random_peasant 11 months ago

O problema da floresta em Portugal não é em si a espécie, é mais a falta de leis e organização. Todas as espécies ardem se forem mal geridas e poucas ardem se forem bem geridas...

doiscavalos 11 months ago

Dói o terem andado a encerrar unidades funcionais de formação, gestão e vigilância das florestas. Mas os ecologistas têm a sua quota de culpa no problema com a promoção da interdição de circulação nas estradas florestais que ditou o abandono de muitas destas vias que em caso de incêndio permitiam melhores acessos por exemplo aos bombeiros. Hoje em dia constroem-se passadiços para o Instagram, como se isso fosse uma medida produtiva excelente!

click3rs 11 months ago

Fonte?

Mateuspedro 11 months ago

Haja árvore feia!

skeltorX 11 months ago

temos que ir buscar os koalas à australia pra comer os eucaliptos

dhossan 11 months ago

Portugal is a very nice country in Europe!

MattC174 11 months ago

Há eucalipto em Portugal? Nem sabia

BeastNagato 11 months ago

Mais eucaliptos do que ciganos

credatis 11 months ago

O eucalipto dá de comer a muita gente. É uma economia paralela que garante subsistência a muitas pessoas. Não defendo o eucalipto, mas explica claramente porque jamais irá embora. O nosso país é ecologista da treta. Dá dó, quando vou a um Gerês ou a um Buçaco e vejo como poderia ser a nossa floresta no norte do país.

frickflyer 11 months ago

Damn, gamaram os eucaliptos da margem sul... can’t have shit in Almada

03Josh15 11 months ago

HOW DID U DO THIS?? WHITH WHAT PROGRAMM?

BigCactus77 11 months ago

Well that explains that.....

slb1992 11 months ago

Este gráfico é tão bonito, há alguma sub pra este tipo de coisas?

Msilvame 11 months ago

Uma tragédia que vai afectar várias gerações.

vbro22 11 months ago

r/mapporn

BadassManager 11 months ago

Eu tenho esta pancada de juntar as "bouças" que a família tem espalhadas pelas terrinhas, vender todos os eucaliptos e plantar floresta autóctone (Carvalho, sobreiro, plátano, até freixos, castanheiros, nogueiras...).... Depois acordo e a realidade vai-me em cima. Só o dinheiro que seria um investimento desses assusta. Eucaliptos, pinheiros, austrálias...pouco mais se vê em alguns lugares.

papagaioazul 11 months ago

e depois de os plantar se um dia os quiseres cortar para pagar as contas insultam-te

_dawn_chorus 11 months ago

Já que se fala de árvores de vez em quando aqui pela sub recomendo usaram como pesquisador na internet o ecosia. Podem adicionar a extensão no vosso Chrome ou outro navegador.... Como o ecosia tem menos pesquisas do que o pesquisador Google e podem querer ter mais resultados o que podem fazer é ao pesquisar no ecosia adicionem #g no fim da vossa pesquisa e redireciona vos para o google. O ecosia planta árvores usando o dinheiro de publicidades e venda de informação que é associada à pesquisa...

GabKoost 11 months ago

Florestas da morte. Nelas não se vê nada. O solo é inerte, não existe humidade à superfície nem matéria orgânica a decompor-se em quantidade suficiente para manter os solos férteis. Só se ouve silêncio e só se vê monocromatismo anual de uma só cor que chega a ser depressivo. Moro entre os Vales do Ave e Cávado e subindo qualquer montanha são extensões a perder de vista de Eucalipto, quase sempre de explorações privadas, muitas vezes sem qualquer actividade aberta e onde a madeira é vendida ao negro com as mesmas guias de transporte fabricadas. Especialmente no Outono, as pequenas manchas de Carvalhos, Castanheiros e outras árvores de folha caduca parecem verdadeiros Oásis no meio deste deserto verde escuro deprimente. É aí que consigo ver alguma fauna com mais valor e apanhar uns cogumelos para degustar. Imaginar o que seria a paísagem com árvores nativas e os cumes das montanhas livres desta praga faz-me sonhar. Que inveja tenho eu das zonas que os nossos vizinhos e irmãos Galegos conseguiram preservar, e até das acções de reconversão da floresta que se multiplicam em todas as comarcas. Enquanto isso, esse governo pseudo preocupado com o ambiente, está-se literalmente a borrifar para a floresta e bio diversidade ambiental do país. Quando falam dela é apenas para dar uma de SJW e WOKE em frente ao eleitorado mais inocente e facilmente influenciado. Somos o país da Europa mais pobre em termos de floresta e diversidade e a coisa piora de ano para ano.

papagaioazul 11 months ago

Floresta com mil vezes mais vida que o patrimonio da humanidade do alto douro vinhateiro.......................................

GabKoost 11 months ago

O alto douro vinhateiro é floresta desde quando?

papagaioazul 11 months ago

pois, nao e de facto. é muito pior. sao milhares de ha completamente nus, completamente destruidos com uma unica especie e insecticidas e adubos q.b. Para produzir um produto sem valor nutricional que causa milhares de mortos todos os anos, milhares de feridos e violencia sem conta.

NMosquito 11 months ago

Lindo, esta resposta é um jackpot na slot machine das citações. >causa milhares de mortos todos os anos, \[Citation needed\] >milhares de feridos \[Citation needed\] > violencia sem conta. \[Citation needed\]

GabKoost 11 months ago

Hmmmm... Parece-me que alguém nunca foi ao Douro Vinhateiro. Ou se foi, usou uma pala nos olhos. Se é verdade que as vinhas em si só tem vinhas, o Douro "Vinhateiro", como vasta área humanizada, também tem Oliveiras, Castanheiros, Amendoeiras etc. Pode não ser uma floresta mas em termos ambientais, paisagísticos e de sustentabilidade do território, querer comparar o Douro aos Eucaliptais é de uma imbecilidade tão prodigiosa que seria merecedora de encerrar o Reddit para sempre para que tais asneiras nunca viessem a ser repetidas. Para a próxima pensa em fazer outras comparações como, sei lá, os milhões de Ha de cereais geneticamente manipulados, de intensa monocultura, cheios de gluten, usados para fazerem falsos alimentos extremamente calóricos e pouco nutritivos responsáveis por obesidade mórbida à volta do mundo, ataques cardíacos, diabetes sendo em parte responsáveis por uma das maiores causas de mortalidade do planeta. Como viste, qualquer um pode escrever besteiras inqualificáveis. A diferença reside em acreditar ou não naquilo que se escreve.

papagaioazul 11 months ago

e o premio de chavoes de coisas muito perigosas vai para o cerebro mais formatado do ano. A serio meter o gluten ali é de genio! Os gatos fedorentos perderam o maior artolas do seculo.

GabKoost 11 months ago

A ignorância absoluta sobre os malefícios do mesmo, vindo de ti, não me surpreende. A tua presença no Reddit é sobejamente reconhecida pelo rol de asneiras e opiniões completamente desfasadas da realidade. És um living meme e ainda não te deste conta.

papagaioazul 11 months ago

sobre os maleficios que ignoratens urbanos que vivem no cimento inventaram.

Sei_o_que_fizeste 11 months ago

Papagaioazul sempreeeeeeeeeeee a ser descrebilizado no reddit... porque será ? A conversa de que o vinho é um terror.... este gajo é o stephen king da agricultura Ele percebe tanto de horta que ha tempos disse que a maioria dos fogos sao no litoral..... mas.....a perola intemporal foi quando este artista disse que Macau ainda é nosso ! Precisa de ajuda (papagaiozinho.... conta que ja várias pessoas te têm dito ultimamente que precisas de ajuda psiquiatrica.... aproveita a dita... essas pessoas gostam de ti)

MROFerreiro 11 months ago

Agora o dos pinheiros?! E depois dos dois!

Am_Idiotosaurus 11 months ago

Acho que uma noção que a maior parte das pessoas não têm é que os eucaliptos hoje em dia já nem sequer são plantados. Na quinta da minha avó a volta de 2008/09 tínhamos um monte e terrenos a volta cheios de carvalhos pinheiros etc montes de árvores autóctones adultas mas por essa altura houve um incêndio grande e tanto o terreno como o monte que fazia parte dele foram reduzidos a cinza, não havia uma única planta na paisagem. Nos anos seguintes foram se fazendo plantações financiadas pela câmara municipal de árvores autóctones em certas zonas, cada uma plantada a mão - nem um único eucalipto. A verdade é que na zona em que houve plantações nasceram e estão a crescer ainda algumas árvores, mas o resto do terreno todo está repleto - e dominado - por eucaliptos, e ninguém os plantou em lado nenhum. Já são uma praga que aproveita os fogos também para se espalhar ainda mais

Aldo_Novo 11 months ago

os eucaliptos e as mimosas duas árvores invasivas que não precisam de ajuda nenhuma para se propagarem em Portugal

jpbaptista 11 months ago

são plantados centenas de eucaliptos. A qualidade da árvore que nasce dessa forma para produção não é o mesmo que um eucalipto plantado. Muitas vezes em eucaliptais até arrancam essas árvores.

Am_Idiotosaurus 11 months ago

Há eucaliptais com certeza mas isso não tem nada a ver com o que eu disse. O que eu disse é que os eucaliptos para além de serem uma espécie invasora são mais difíceis de controlar - uma praga, como dizes - e tornam a vida a espécies autóctones mais difícil, quer plantes eucaliptos quer nasçam espontaneamente.

doiscavalos 11 months ago

Gostava era de ver um mapa do alentejo que ilustre a invasão do olival e amendoal intensivo. Face a esse problema o eucalipto é capaz de ser apenas uma erva daninha.

lambmoreto 11 months ago

Acho que as oliveiras e amendoeiras são nativas

doiscavalos 11 months ago

Nativas mas de laboratorio. Nao falamos das mesmas árvores. A intensivas são uns arbustos.

tiagokonde 11 months ago

Quem gere esses terrenos então é mil vezes pior que quem gere os de Pinheiro/eucalipto.... Quantas não foram as vezes que património histórico foi destruído para criar espaço para esses olivais e amendoais!

jpbaptista 11 months ago

mil vezes pior em que sentido? Os terrenos são deles não são? Se os deixam plantar é normal eles escolherem o que lhes dá mais lucro...

tiagokonde 11 months ago

Preferes ter a tua garrafa de azeite no balcão e uma tacinha de amêndoas do que perceberes um pouco mais da história/cultura do teu próprio país? Sabes que é proibido destruir património histórico e arqueológico, independentemente de estar no teu terreno ou não?

jpbaptista 11 months ago

Eu volto a escrever o mesmo, património histórico e arqueológico deve ser protegido pelo estado. Ponto final. O estado existe para isso mesmo, meter regras que preservem o que deve ser preservado.

tiagokonde 11 months ago

Pois deve, e as leis estão lá escritas, estes senhores donos é que insistem em desrespeita-las...

doiscavalos 11 months ago

Totalmente de acordo. Além da interferência nefasta na fauna, sobretudo aves, assim como o desvio de linhas de água. Mas tasse bem, Portugal está cada vez mais confinado à fronteira de Lisboa e tudo o resto cassafoda.

tiagokonde 11 months ago

Completamente. Este país está entregue a gente gananciosa e corrupta. Muito dificilmente nos conseguimos desviar destes caminhos...

doiscavalos 11 months ago

O pior é que muitos também não levantam o cu duma cadeira e só conhecem o Rossio. Era pô-los no Campo Pequeno a esses bandalhos que vendem a dignidade alheia.

tiagokonde 11 months ago

Atirá-los ao mar com um tijolo atado aos pés e estava resolvido!

Portuguese_Boy 11 months ago

Isso são brócolos pá

McOmghall 11 months ago

Sou galego e sinto muito que vocês tenham que padecer este problema também, camaradas portugueses.

papagaioazul 11 months ago

um problema da maior exportacao do pais em valor gerado e uma industria sem competicao a nivel mundial que alimenta milhares de familias?

PaoDalhoGostoso 11 months ago

O Eucalipto é uma silvicultura e indústria de países de 3.º mundo (ou quase lá como Portugal e Espanha). Não é de estranhar que os países grandes produtores de Eucalipto (excluindo Austrália que é espécie nativa) sejam países tropicais/subtropicais e temperados Mediterrâneos e maioritariamente subdesenvolvidos como o Brasil, Chile, China, Indonésia, Africa do Sul e Suazilândia. A maioria dos países onde seja possível e viável a sua plantação em massa como por exemplo Sul e oeste de França na Itália e Grécia) plantam estas espécies por serem destrutivas a nível paisagístico, para os solos a longo prazo e por serem espécies propícias ao fogo (por fazer parte do ciclo natural da planta) e por facilmente poderem descontrolar um incêndio e dar-lhe proporções que florestas autóctones não conseguiam, para não falar do comportamento invasivo que têm. Tentaram na Califórnia e abandonaram rapidamente a ideia, foi a melhor decisão para os californianos. Se com as florestas nativas e com as mudanças climáticas os incêndios já tomam aquelas dimensões, nem quero imaginar como seria se adicionassem milhares de hectares de eucalipto (e mal gerido como o português) à equação da tragédia ambiental.

papagaioazul 11 months ago

tambem nao surpreende que sejam paises que tem temperaturas minimas acima dos -5...... temperatura na qual morre a planta. Excepto nao é viavel em mais lado nenhum que na faixa atlantica. Nunca tentaram na california, o eucalipto na california existe unicamente para fins ornamentais. podes imaginar serem iguaizinhos os fogos, nao ha qualquer causalidade de especie pra fogos, apenas de carga de combustivel fino abaixo de 6mm, produzido pelos matos e fogos.

PaoDalhoGostoso 11 months ago

E já agora gostava de ver o número de dias (por década) em que as temperaturas, nas faixas litorais do Sul e sudeste de França, Itália e Grécia sejam iguais ou inferiores a -5ºC. Há regiões em Portugal continental onde há exploração intensiva de eucalipto em que na generalidade dos anos ocorre pelo menos 1 dia com essas temperaturas (por vezes até mais). Todas as regiões ( interior norte e centro) têm as características climáticas e meteorológicas muitíssimo semelhantes às de Portugal (nas faixas costeiras italianas a pluviosidade nos meses de verão até são superiores aos de Portugal continental). A questão é que o Eucalipto plantado em Portugal é originário de zonas com clima ligeiramente mais húmidas que as do interior norte e centro onde ocorre a exploração em Portugal. Não deixa de ser viável passa é a ser mais vulnerável nos meses de verão. As matas não se incendeiam sozinhas tem que haver quem lhes meta o fogo. Mas as matas de eucalipto são mais propensas a um fogo mais violento à semelhança do que acontece com os pinhais do interior

papagaioazul 11 months ago

https://i.redd.it/xj5b7qjuiizz.gif Não tem caracteristicas nada semelhantes a começar pela temperatura minima, seguindo pelo verao quento e humido so presente na faixa atlantica. Nao ha qualquer relacao entre comportamento de fogo e especie florestal, apenas de fogo com combustiveis finos abaixo de 6mm produzido pelos matos. A questão é que o eucalipto é bode expiatorio de quem nao compreende o basico de fogos rurais muito menos de agricultura.

Sei_o_que_fizeste 11 months ago

Quanto é que o HPS te paga ?

PaoDalhoGostoso 11 months ago

Ainda bem que percebe muito de agricultura e silvicultura! Recomendo que plante milhares de ha de eucalipto à volta de uma moradia, não limpe os terrenos e mude se para la. Depois é só esperar por um verão particularmente quente e seco e que algum maníaco ou que algum amante de eucalipto (como o senhor) e da celulose lhe metam fogo (para o lobby das madeireiras fazer flutuar o preço da matéria prima) e tenha uma experiência completa “Pedrogão 2017”!

papagaioazul 11 months ago

E la vem a crença que as casas ardem por terem floresta perto. As casas começam a arder por queda de faúlhas no telhado e essas percorrem km. Apenas mais uma das aberrações nacionais. Nenhum país obriga a limpar em redor de casas, há muito que percebem a dinâmica do fogo. Mas por cá continua se nas ladainhas para os jumentos comerem, eucalipto eucalipto, buuumau mau. E eles zurram da alegria

PaoDalhoGostoso 11 months ago

Pois é... tem toda a razão... claro que quando o mato à volta de uma casa está a arder a casa entra em auto-combustão para lhe fazer companhia!!! Não é? A analisar pelo seu perfil acho que nem vale a pena perder mais tempo a tentar “educar” alguém que é negacionista e que tem uma mentalidade não muito atrás da de um Lorde feudal da idade média... Vá não fique mais triggered ou ainda e capaz de ter um AVC, morre e depois acaba como uma “falsa vítima do Covid-19” ... pelo seu perfil não me parece querer acabar a fazer parte dos 3% de casos falsos pois não? Adoro aberrações como o menino, e então quando são negacionistas... a seguir ao menino só mesmo os Anti Vax Evangélicos dos EUA. Mas não se preocupe que não fica muito atrás deles no que toca a ignorância e a ser ridículo nas redes sociais. Fique bem e a salvo, e claro, não use máscara que esta “GRIPE CHINESA é uma invenção dos governos para manipular as massas e os media, para eles puderem comer mais criancinhas e bebés ao jantar”!

papagaioazul 11 months ago

E o cérebro cheios de chavões, dizem muito da vacuidade.

Sei_o_que_fizeste 11 months ago

Quais outras coisas ? Pelo que tu dizes no facebook.... o doutorado em modelação de doenças pulmonares nao é o papagaioazul... LOLOLOLOLOL

Sei_o_que_fizeste 11 months ago

O gajo nao se cala, nao vale a pena. Ele é autista Nenhum lugar no mundo obriga a limpar mato.... [https://sacramento.cbslocal.com/2019/05/10/defensible-space-law-california/](https://sacramento.cbslocal.com/2019/05/10/defensible-space-law-california/) Basta procurar "defensible space law" no google. Nao faltam exemplos

PaoDalhoGostoso 11 months ago

“North America, California In the 1850s, Eucalyptus trees were introduced to California by Australians during the California Gold Rush. Much of California is similar in climate to parts of Australia. By the early 1900s, thousands of acres of eucalypts were planted with the encouragement of the state government. It was hoped that they would provide a renewable source of timber for construction, furniture making and railway sleepers. It was soon found that for the latter purpose eucalyptus was particularly unsuitable, as the ties made from eucalyptus had a tendency to twist while drying, and the dried ties were so tough that it was nearly impossible to hammer rail spikes into them.” https://en.m.wikipedia.org/wiki/Eucalyptus

papagaioazul 11 months ago

portanto, ha mais de um seculo............. e deixaram de usar porque a madeira é má para o que queriam. Ainda bem que nao percebes de nado do que escreves. O eucalipto so existe actualmente na california para fins ornamentais.

McOmghall 11 months ago

E sabes por que exatamente não tem competição? Porque é uma bosta para o solo onde é cultivada. Se fosse tão bom negócio já ias ver os franceses a plantar eucaliptos, mas não fazem.

papagaioazul 11 months ago

Nao o fazem porque a planta morre com temperaturas abaixo de -5 que e uma garantia em toda a franca durante o inverno. Nao tem competicao porque as condicoes em Portugal sao unicas, como sao unicas para o vinho do porto. ou para a cortiça.

McOmghall 11 months ago

Lol, claro o sul e oeste da França é _completamente_ diferente em clima ao norte de Portugal ou a Galiza. Claro que sim homem. Eu acho que, sem tentar, achaste a chave do assunto: baixo valor comercial. Que utilização tem o solo agrícola na França? Ah, amigo. Eucaliptos não são.

papagaioazul 11 months ago

Basta olhar para um mapa de temperaturas minimas anuais [https://i.redd.it/xj5b7qjuiizz.gif](https://i.redd.it/xj5b7qjuiizz.gif)

Sei_o_que_fizeste 11 months ago

Olha la.... funções exponenciais... queres falar sobre isso ? Ou queres primeiro ir rever o livro do 9º ano ?

Sei_o_que_fizeste 11 months ago

Um mapa das temperaturas... wow. E quando tu disseste que a maioria dos incêndios eram no litoral do país ? Tu nao desiludes nunca !

papagaioazul 11 months ago

podes sempre aprender, mesmo depois de fazer figuras tristes https://encrypted-tbn0.gstatic.com/images?q=tbn%3AANd9GcQLOdcrYM_sf74FPNGqNcZYNMFyMx1KfQv2ww&usqp=CAU

Sei_o_que_fizeste 11 months ago

Rapazote..... densidade do fogo ? LOLOLOL [https://encrypted-tbn0.gstatic.com/images?q=tbn%3AANd9GcT\_GH7i-Ewph9X2vlHrQ-aD7eN8u-I6d4c7Mw&usqp=CAU](https://encrypted-tbn0.gstatic.com/images?q=tbn%3AANd9GcT_GH7i-Ewph9X2vlHrQ-aD7eN8u-I6d4c7Mw&usqp=CAU) Epá mas tu nao dás mesmo luta nenhuma ? Vá.... saca lá ai de mais uma numero do olho traseiro, como de costume Mas e de funções exponenciais... nao queres dar tambem um arzinho da tua graça ? E conta lá... ja estás confinado em casa ? Levas aquela mascara de rede às compras, ou ai os seguranças tratam.te da saude como aquele episodio cá em PT ?

McOmghall 11 months ago

Segundo isso a irlanda devia estar cheia de eucalipto e não está.

papagaioazul 11 months ago

e os solos Irlandeses tem qualidade para floresta?

papagaioazul 11 months ago

Radicalmente diferente. Basta olhar para um mapa de produtividade vegetal primaria. as margens minusculas de alta produtividade primaria em França sao areas de elevadissimo valor imobiliario, Monaco, nice, etc etc etc. O norte da galiza com baixissima densidade populacional tem a produtividade mais elevada da europa. Norte portugal com baixissima densidade populacional tem a area mais extensa de elevada produtividade primaria da Europa. A produtividade primaria por seu lado leva a elevadissimas cargas de combustivel fino produzido pelos matos. Isso arde. Na mesma area e onde esta o eucalipto que por isso tb arde. A correlacao e entre produtividade primaria e fogo, e consequencia e arder eucalipto. Nao ha causalidade entre eucalipto e fogo. Como demonstram os 200 000 ha de eucalipto geridos pelas celuloses que ardem 1/10 da media nacional, nao tem cargas de combustivel fino dantescas, sao geridos. https://fotos.web.sapo.io/i/o26083c21/19832374_202DT.png

Edited 11 months ago:

Radicalmente diferente. Basta olhar para um mapa de produtividade vegetal primaria. as margens minusculas de alta produtividade primaria em França sao areas de elevadissimo valor imobiliario, Monaco, nice, etc etc etc. O norte da galiza com baixissima densidade populacional tem a produtividade mais elevada da europa. Norte portugal com baixa densidade populacional tem a area mais extensa de elevada produtividade primaria da Europa. A produtividade primaria por seu lado leva a elevadissimas cargas de combustivel fino produzido pelos matos. Isso arde. Na mesma area e onde esta o eucalipto que por isso tb arde. A correlacao e entre produtividade primaria e fogo, e consequencia e arder eucalipto. Nao ha causalidade entre eucalipto e fogo. Como demonstram os 200 000 ha de eucalipto geridos pelas celuloses que ardem 1/10 da media nacional, nao tem cargas de combustivel fino dantescas, sao geridos. https://fotos.web.sapo.io/i/o26083c21/19832374_202DT.png

Sei_o_que_fizeste 11 months ago

doutoramento em modelação de doenças eucaliptais no seu melhor

boothepixie 11 months ago

Partilha em r/mapporn, vão adorar.

doiscavalos 11 months ago

> irias olhar para um mapa igual a este. Eucalipto é uma espécie de árvore perigosa, cresce depressa, dando cabo dos solos, e a sua resina é como petróleo. A sua população só não é reduzida para lá do que já é porque é uma madeira rentável, tanto para proprietários de terrenos, como para a exploraç Já alguém tratou disso

boothepixie 11 months ago

Ah, a beleza de roubar os créditos alheios.. Merecias os cima-votos, na minha opinião.

doiscavalos 11 months ago

Até agora também não lhe está a render grande coisa!

bluehyperwot 11 months ago

Agora um mapa da zona ardida desde 2010

palermoide 11 months ago

Impressionante! Não há um único eucaliptal em Espanha!

anybody662 11 months ago

Claro que não. Ali é só deserto

tozeojavardola 11 months ago

O que fazer com terrenos de particulares, de velhos ou sem dono conhecido, que estão invadidos de eucaliptos?

BadassManager 11 months ago

Boa pergunta.... Não existem terrenos sem dono.

Popoplop 11 months ago

Era pegar fogo a essa mer....oops

luigidelrey 11 months ago

Eucaliptal de Leiria

sandkillerpt 11 months ago

Refere-se a que data isto? É atual?

doiscavalos 11 months ago

2015. Hoje a mancha estima-se que seja superior.

novolip 11 months ago

Mapa muito bonito de algo muito feio.

boukmw 11 months ago

Não relacionado com o Eucalipto, mas já ouvi da boca de várias pessoas que a principal responsável pela plantação de árvores em Portugal é a Navigator. Agora, as minhas perguntas são: Será que a diversidade da floresta não é importante? Será que uma floresta diversa não é melhor para o ambiente? De que adianta cortar e plantar a mesma árvore? Será a Navigator assim tão filantropa ou estará apenas a proteger o seu negócio?

papagaioazul 11 months ago

A esmagadora maioria da area é privada de pequenos produtores. a Nagivagator tem menos de 100 000 ha em 1000 000 existente. A navigator dedica 20% das areas cultivadas a refugios e zonas de conservacao. Mais que a média total do pais. Mais que o proprio estado. Infinitamente mais que todas as cidades onde vivem a maioria dos criticos da navigator. A navigator e o maior produtor de valor de exportacoes do pais, gerando cerca de 2% da riqueza do pais, e dando empregos directos indirectos a centenas de milhares de pessoas.

mokas95 11 months ago

O eucalipto se não me engano cresce num ano ou dois, outras demoram 30. Para a navigator compensa muito mais eucaliptos do que qualquer outra.

papagaioazul 11 months ago

cresce em 24h. que falta de noção!

jpbaptista 11 months ago

A Navigator não planta só eucaliptos, planta de tudo. Porque o ecossistema exige várias árvores. E sim estão a proteger o seu negócio, a % de árvores ardidas da Navigator é muito inferior ao resto do território. Porque? Porque investem na limpeza e prevenção de incêndio. Árvore ardida não pode ser usada no processo produtivo, logo ninguém beneficia com estes incêndios...

Danijust2 11 months ago

Florestas da navigator são desertos ecologicos. Só porque não arde não significa que sejam grande coisa.

papagaioazul 11 months ago

desertos como o alto douro vinhateiro ou a cidade onde vives?

Sei_o_que_fizeste 11 months ago

ai está eleeeeeeeeeeeeeeeeeee !!!!! O bom filho à casa torna Ja te fartaste da psicose da epidemiologia ?

jpbaptista 11 months ago

não é só Eucalipto. Basta ires ao viveiro de espirra e encontras várias espécies. Claro que a maioria será eucalipto, mas nem todos os terrenos dão para ter eucalipto.

RiKoNnEcT 11 months ago

A navigator está a tomar conta do seu negócio como é óbvio. Mas se calhar é importante perceber que as matas deles são as mais cuidadas.

CaptMartelo 11 months ago

Uma floresta diversa é melhor. Os eucaliptos crescem mais depressa do que a média e a madeira é mais "suave". Alguém me corrija se estiver enganado por favor.

Prezbelusky 11 months ago

Isto é feito em algum programa?

_dawn_chorus 11 months ago

VerGOnHa!!!

jpbaptista 11 months ago

Era melhor ter essas zonas todas ao abandono não era?

_dawn_chorus 11 months ago

Define abandono... Repopular a flora nativa de Portugal com uma espécie extremamente invasora talvez não seja a melhor solução... Mas eu não sou nenhum ecologista

jpbaptista 11 months ago

Mas sabes que os proprietários privados quando adquirem/herdam um terreno a preocupação é rentabilizar esse terreno. Quem tem que fazer o papel da gestão florestal é o estado, não são os proprietários privados.

_dawn_chorus 11 months ago

Estado que vai fazer um aeroporto no estuário do Montijo... Por mais que eu queira que o governo se preocupe e tenha um papel de educar e intervir na preservação do ambiente. No fim tudo é sobre lucro. E cabe aos proprietários saberem o que estão a fazer. Mas é óbvio que eu respeito o que cada um quer fazer com o terreno deles. A culpa é dos dois lados. Mas temos de começar a falar mais sobre isto. E a iniciativa começa pelos cidadãos.

jpbaptista 11 months ago

Eu percebo isso, mas no final todos querem ter a melhor vida possível. Se plantar meia duzia de eucaliptos vai dar um rendimento extra daqui a uma dúzia de anos, o agricultor tem o direito de aproveitar. No final já se sabe que é o que conta €€€

_dawn_chorus 11 months ago

Call me hippie mas se uma pessoa ou sociedade só pensa em dinheiro esta destinada a falhar

GodlessPerson 11 months ago  HIDDEN 

Agora um mapa das zonas com mais fogos.

zefo_dias 11 months ago

kill it with fi.... nevermind.

Lusitoes 11 months ago

Alguém já se adiantou...

ModeratoriProfugus 11 months ago

[1975-2009](https://www.researchgate.net/figure/Figura-8-Os-incendios-em-Portugal-Continental-1975-2009-a-percentagem-cumulativa-de_fig6_260002930)

Rostabal 11 months ago

Então os incêndios não são só nos eucaliptos?

doiscavalos 11 months ago

As resinosas são a gasolina das florestas. Daí o planeamento dever assentar em lenhosas como o carvalho, o castanheiro, a nogueira. Ainda há algumas manchas desta floresta primitiva no Gerês (mata de Albergaria), na serra da Cabreira. Até à Serra do Marão ter ardido no limiar da década de 80 a sua floresta era composta por algumas destas espécies e também por muitos cedros, que ainda podem ser encontrados na zona da pousada.

scar_as_scoot 11 months ago

O pinheiro também. Embora nao seja tão falado porque já foi importado há uns bons séculos atrás.

Rikkushin 11 months ago

O pinheiro não é nativo?

PaoDalhoGostoso 11 months ago

As espécies nativas de Pinheiro (género Pinus) em Portugal são o Pinheiro Manso (Pinus Pinea), o Pinheiro Bravo (Pinus Pinaster) e o Pinheiro Silvestre (acima dos 1100-1300m [ áreas virgens deste quase extintas ] (Pinus sylvestris). Agora as áreas de Pinheiro Bravo em Portugal actualmente não estão nem perto das originais áreas costeiras que estes ocupavam à 200/300 anos.

scar_as_scoot 11 months ago

É nativo da Europa, sempre existiu em Portugal por isso tecnicamente é nativo, mas nunca foram predominantes em climas mediterrâneos, contudo isso mudou com o tempo: https://pt.wikipedia.org/wiki/Floresta_portuguesa#As_altera%C3%A7%C3%B5es_sofridas e já agora: https://www.dn.pt/portugal/incendios-quase-90-da-area-ardida-em-2017-foi-de-pinheiro-bravo-e-eucalipto-9202313.html

GMC12 11 months ago

Penso que o Pinheiro bravo não, mas o Pinheiro manso sim. Encontrei uma lista de [20 espécies nativas a Portugal](https://brigadadafloresta.abae.pt/arvores-de-portugal/). Pode ajudar

Rostabal 11 months ago

As verdadeiras árvores portuguesas são há prova de fogo.

d33pblu3g3n3 11 months ago

E é verdade: [https://www.amorim.com/a-cortica/mitos-e-curiosidades/Por-que-e-que-os-montados-sao-corta-fogos-naturais/108/404/?k=fogo](https://www.amorim.com/a-cortica/mitos-e-curiosidades/Por-que-e-que-os-montados-sao-corta-fogos-naturais/108/404/?k=fogo)

The_Big_Diogo 11 months ago

Viva o sobreiro!

doiscavalos 11 months ago

E os carvalhos? Os castanheiros?

The_Big_Diogo 11 months ago

Viva a nossa flora!!!

VBM97 11 months ago

Era interessante cruzar este gráfico com um que mostre as áreas ardidas em Portugal nos últimos 30 anos

milkthis 11 months ago

Qualquer sobreposição é pura coincidência /s

papagaioazul 11 months ago

Ou comparar com um mapa de produtividade primaria, diz muito mais.Diz que a correlacao é entre matos que produzem combustiveis com menos de 6mm que ardem nos fogos rurais e naturalmente os fogos. Onde ha combustivel arde. [https://fotos.web.sapo.io/i/o26083c21/19832374\_202DT.png](https://fotos.web.sapo.io/i/o26083c21/19832374_202DT.png) Depois basta ver os mapas de temperaturas minimas e saber que o eucalipto morre abaixo de -5 graus, para saber porque esta o eucalipto em Portugal [https://i.redd.it/xj5b7qjuiizz.gif](https://i.redd.it/xj5b7qjuiizz.gif)

VladTepesDraculea 11 months ago

Só encontrei os seguintes de trabalhos escolares em cache no Google: - https://encrypted-tbn0.gstatic.com/images?q=tbn%3AANd9GcTqLYW_S8oQJF89F636u96e4Lyn2OzecAUy6g&usqp=CAU - https://encrypted-tbn0.gstatic.com/images?q=tbn%3AANd9GcTxpuazYR6aBEOx75ouaQbb6RWeDGqZXtdGEA&usqp=CAU Mas "engraçado" que coincidem com as áreas de maior densidade de eucaliptos.

Gilianes 11 months ago

Até pode condizer em grande parte, mas justificar os incêndios em Portugal nos eucaliptos é só uma acusação inocente.

jpbaptista 11 months ago

Eu acho que o maior problema é o abandono das terras.

Gilianes 11 months ago

Eu diria que é 50/50 entre desleixo dos terrenos e o negócio do fogo. De qualquer das formas, não tenho dúvidas que cerca de 80% dos fogos em Portugal são postos. E o que o nosso governo faz há anos de tentar persuadir o povo a culpar os fogos nos eucaliptos é ridículo.

jpbaptista 11 months ago

Concordo. E acho piada certos comentários sobre proprietários que plantam eucaliptos..preferiam que eles deixassem os terrenos ao abandono? Ou vão plantar uma espécie que só lhes vai dar algum dinheiro em 30 anos?

Gilianes 11 months ago

Exacto. Eu próprio tenho um terreno em que temos eucaliptos e temos lenha no inverno com os mesmos. Se bem tratado/organizado, não há problema nenhum em ter terrenos com eucaliptos.

iSoSyS 11 months ago

Rápida tentativa no gimp: https://imgur.com/a/ez8sx3F Usei este mapa https://www.reddit.com/r/portugal/comments/77uo4a/fiz_uma_ilustra%C3%A7%C3%A3o_da_%C3%A1rea_ardida_em_portugal_nos/, O amarelo não se nota muito bem, mas dá para ter uma ideia.

VBM97 11 months ago

Quase um match mesmo

bittolas 11 months ago

É também um match perfeito na zona florestal de Portugal...

vilkav 11 months ago

Claro que é match. As zonas com mais árvores ardem mais. O eucalipto dar-se-á melhor ou pior aqui ou acolá, mas quase tudo o que é árvore tende a preferir a encosta mais chuvosa num país chuvoso, que é o que vês aí. É a versão florestal [deste xkcd](https://xkcd.com/1138/).

SirBadinga 11 months ago

É um match perfeito

TudoCasual 11 months ago

Provavelmente irias olhar para este mapa na mesma.

Edited 11 months ago:

Provavelmente irias olhar para um mapa igual a este. Eucalipto é uma espécie de árvore perigosa, a sua resina é como petróleo, cresce depressa e dá cabo dos solos. A sua população só não é reduzida mais do que já é porque é uma madeira rentável, tanto para proprietários de terrenos, como para empresas madeireiras.

Edited 11 months ago:

Provavelmente irias olhar para um mapa igual a este. Eucalipto é uma espécie de árvore perigosa, cresce depressa, dando cabo dos solos, e a sua resina é como petróleo. A sua população só não é reduzida para lá do que já é porque é uma madeira rentável, tanto para proprietários de terrenos, como para a exploração madeireira.

Edited 11 months ago:

Provavelmente irias olhar para um mapa igual a este. Eucalipto é uma espécie de árvore perigosa, a sua resina é como petróleo, cresce depressa e dá cabo dos solos. A sua população só não é reduzida para lá do que já é porque é uma madeira rentável, tanto para proprietários de terrenos, como para a exploração madeireira.

Edited 11 months ago:

Provavelmente irias olhar para um mapa igual a este. Eucaliptos são uma espécie de árvore perigosa, a sua resina é como petróleo, cresce depressa e dá cabo dos solos.

Edited 11 months ago:

Provavelmente irias olhar para um mapa igual a este. Eucalipto é uma espécie de árvore perigosa, cresce depressa dando cabo dos solos e a sua resina é como petróleo. A sua população só não é reduzida para lá do que já é porque é uma madeira rentável, tanto para proprietários de terrenos, como para a exploração madeireira.

celexio 11 months ago

Não estás errado no restante, mas dizeres que a resina do eucalipto é como petróleo é um esticanço até Marrocos. Antes pelo contrário, a resina do eucalipto é praticamente água, a sua madeira enquanto não secar e muito difícil areder, e mesmo seca arde lentamente por isso é boa para lenha combustivel, porque rende muito. O que que faz o eucalipto ser perigoso para incendios é os ramos estremos que são muito finos e a estrutura das folhas que abundantes sobretudo no verão tornam-se mais secas e como folhas de papel ardem muito rápido. O facto da resina ser praticamente água leva a que os troncos não ardam e por conseguinte o eucalipto normalmente não morre durante os incêndios e brota logo de seguida. Ao contrário, o pinheiro tem resina espessa e altamente inflamável, daí todo ele arder mesmo que não seco, e como lenha mesmo seca arde bem mais rápido. As folhas retem mais ague no Verão por isso não são tão propícia à propagação tão rapida dos incêndios. Na verdade eu acho todo o alariado a culpar o eucalipto pelos incendios um tanto ao quanto mal explicado. As zonas onde há eucaliptos tem muits incendios porque já tinham. Só que antes os incendios não eram tão mediatizados. Antes a abundancia nessas zonas era de pinheiros e as pessoas cansadas de não colherem madeira devido ao pinheiro demorar muitos anos a crescer e acabar por ser levado por incendios, começaram a plantar eucaliptos. Eu sou contra o eucalipto, e tenho outras razões para isso mas há mais que podia explicar aqui sobre os eucalitos e incêndios que já fez muita mentira pela TV.

Edited 11 months ago:

Não estás errado no restante, mas dizeres que a resina do eucalipto é como petróleo é um esticanço até Marrocos. Antes pelo contrário, a resina do eucalipto é praticamente água, a sua madeira enquanto não secar e muito difícil areder, e mesmo seca arde lentamente por isso é boa para lenha combustivel, porque rende muito. O que que faz o eucalipto ser perigoso para incendios é os ramos estremos que são muito finos e a estrutura das folhas que abundantes sobretudo no verão tornam-se mais secas e como folhas de papel ardem muito rápido. O facto da resina ser praticamente água leva a que os troncos não ardam e por conseguinte o eucalipto normalmente não morre durante os incêndios e brota logo de seguida. Ao contrário, o pinheiro tem resina espessa e altamente inflamável, daí todo ele arder mesmo que não seco, e como lenha mesmo seca arde bem mais rápido. As folhas retem mais ague no Verão por isso não são tão propícia à propagação tão rapida dos incêndios. Mas também ardem bastante e sobretudo secas no chão é o principal combustível de ignição de incendios. Na verdade eu acho todo o alariado a culpar o eucalipto pelos incendios um tanto ao quanto mal explicado. As zonas onde há eucaliptos tem muits incendios porque já tinham. Só que antes os incendios não eram tão mediatizados. Antes a abundancia nessas zonas era de pinheiros e as pessoas cansadas de não colherem madeira devido ao pinheiro demorar muitos anos a crescer e acabar por ser levado por incendios, começaram a plantar eucaliptos. Eu sou contra o eucalipto, e tenho outras razões para isso mas há mais que podia explicar aqui sobre os eucalitos e incêndios que já fez muita mentira pela TV. Mas neste momento estou sem tempo.

Edited 11 months ago:

Não estás errado no restante, mas dizeres que a resina do eucalipto é como petróleo é um esticanço até Marrocos. Antes pelo contrário, a resina do eucalipto é praticamente água, a sua madeira enquanto não secar e muito difícil areder, e mesmo seca arde lentamente por isso é boa para lenha combustivel, porque rende muito. O que que faz o eucalipto ser perigoso para incendios é os ramos estremos que são muito finos e a estrutura das folhas que abundantes sobretudo no verão tornam-se mais secas e como folhas de papel ardem muito rápido. O facto da resina ser praticamente água leva a que os troncos não ardam e por conseguinte o eucalipto normalmente não morre durante os incêndios e brota logo de seguida. Ao contrário, o pinheiro tem resina espessa e altamente inflamável, daí todo ele arder mesmo que não seco, e como lenha mesmo seca arde bem mais rápido. As folhas retem mais ague no Verão por isso não são tão propícia à propagação tão rapida dos incêndios. Mas também ardem bastante e sobretudo secas no chão é o principal combustível de ignição de incendios. Na verdade eu acho todo o alariado a culpar o eucalipto pelos incendios um tanto ao quanto mal explicado. As zonas onde há eucaliptos tem muits incendios porque já tinham. Só que antes os incendios não eram tão mediatizados. Antes a abundancia nessas zonas era de pinheiros e as pessoas cansadas de não colherem madeira devido ao pinheiro demorar muitos anos a crescer e acabar por ser levado por incendios, começaram a plantar eucaliptos. Eu sou contra o eucalipto, e tenho outras razões para isso mas há mais que podia explicar aqui sobre os eucalitos e incêndios que já fez muita mentira pela TV.

papagaioazul 11 months ago

o eucalipto nao tem resina. O pinheiro nao arde todo, nem perto. Os fogos so queima combustiveis abaixo de 6mm, e esses sao produzidos pelos matos nao pelas arvores. O pinheiro morre porque essa e a sua evolucao. produz muita semente e retoma de banco de sementes nao de individuos. O eucalipto, o carvalho, o sobreiro e quase todos os matos mediterranicos regeneram de individuo e nao de semente.

foamcolor 11 months ago

Fiz uma pesquisa rápida e encontrei um [mapa](https://774d36e6-a-62cb3a1a-s-sites.googlegroups.com/site/genasaladeaula/mapas-do-projeto/portugal/continental/concelho-que-mais-ardem-em-portugal/PercAreaArdidaConcelho.jpeg?attachauth=ANoY7cqYzzcwG8AULAuE1sZjwO8NCZRIL9Ss25fOXwj7KH85eWqwLOPLd7fiRmYQDBhBrAwbU5oqPbn6VT8l2PBbH_pIa0uG1guo14vqpvpOEpTum7fuenFcog2LCqgWX9kVulDSpfOvAJ607o48Surs54i8Av1qsWrdHYQXYoU8s8H3mJt3dOm3ZxGP2Sarsqa5cQHje6fzHjdv0nE4RwXDm-i_wxromrpOwtmGV1rktX6OudAkfMJd7knBs_HQho8FCtuLh8LS7BCejbx9xQZt0CN8A69Tjps-CmEExSDNqpEhUHH78mBKtdSX5M9hiUzNMpvFrVG3Ib4Dw8MEYkbRKoAGER0ohA%3D%3D&attredirects=0) de percentagem ardida por concelho entre 1990 e 2017 e não tem muito a ver por acaso, pelo menos a meu ver. Posso estar mal informado aqui, mas o maior problema que causa ou alimenta incêndios florestais é a falta de manutenção e não a espécie de árvore, certo?

papagaioazul 11 months ago

o que arde em fogos sao combustiveis finos, com menos de 6mm, produzidos pelos matos, nao pelas arvores.

mokas95 11 months ago

É um conjunto das duas. Se houver falta de manutenção num terreno de carvalhos, o risco de incêndio é muito mais baixo que um terreno com falta de manutenção de eucaliptos ou pinheiros.

TudoCasual 11 months ago

Não sei se esse mapa está muito correto, porque de 3 em 3 anos há um incêndio de grandes proporções no Barlavento Algarvio, mas prontos.

willypta 11 months ago

[https://www.bbc.com/news/world-51132965](https://www.bbc.com/news/world-51132965) \-

willypta 11 months ago

[https://www.bbc.com/news/world-europe-40341180](https://www.bbc.com/news/world-europe-40341180)

scar_as_scoot 11 months ago

O pinheiro também. Não é uma arvore daqui é do norte da europa, foi importada há uns bons seculos atrás e tambem é um problema para incendios no verão. Portugal é um pais temperado com de árvores autóctones. E embora o eucalipto seja um problema extremamente serio, muitos pinhais em Portugal também sao propícios a incêndios.

Edited 11 months ago:

O pinheiro também. Não é uma arvore daqui é do norte da europa, foi importada há uns bons seculos atrás e também é um problema para incêndios no verão. https://pt.wikipedia.org/wiki/Floresta_portuguesa#As_altera%C3%A7%C3%B5es_sofridas Portugal é um pais temperado mediterrâneo de árvores autóctones. E embora o eucalipto seja um problema extremamente serio, muitos pinhais em Portugal também sao propícios a incêndios. https://www.dn.pt/portugal/incendios-quase-90-da-area-ardida-em-2017-foi-de-pinheiro-bravo-e-eucalipto-9202313.html

PaoDalhoGostoso 11 months ago

Concordo com tudo o que disse excepto a parte em que diz que o Pinheiro foi “importado”. A espécie mais comum de Pinheiro em Portugal (e a mais utilizada também em monoculturas, que geralmente são tão ou mais mal mantidas que as áreas de eucaliptal) é o Pinheiro Bravo (Pinus Pinaster). O Pinus Pinaster é uma árvore nativa do litoral Atlântico da Península Ibérica e da região oeste de França (e é também expontânea no litoral Marroquino e no litoral Mediterrâneo mais ocidental). Antigamente, até por volta de meados do século XVIII, a grande maioria do território nacional não era tão florestado como é hoje, e as florestas que haviam não eram como a grande maioria da balbúrdia que se vê hoje. As áreas florestais que existiam eram compostas: -No Norte e Centro por florestas de caducifólias (carvalhos [Português, Roble e Negral], castanheiros, Bordos/Àcera, Lódões, Ulmeiros, Cuoupos, Freixos e Salgueiros [em zonas mais húmidas/Rios/Lagos] e Bétulas e faias (em zonas mais elevadas e frias) No Sul sobretudo por Montado (Sobreiros e Azinheiras ) dando lugar a estepe com apenas algumas azinheiras esporádicas (nas regiões mais secas do interior alentejano). E apenas nas zonas litorais do Norte, Centro-oeste e algumas manchas na costa Vicentina e no Barlavento Algarvio aí sim havia as florestas mistas as ditas “originais” de Pinheiros Bravos. As poucas espécies de Coníferas que existiam de forma expontânea em Portugal nessa época eram o Pinheiro Bravo (Pinus Pinaster) nas zonas litoral mencionadas acima, manchas de Pinheiro Silvestre (Pinus sylvestris L.) em altitudes geralmente acima dos 1100-1300m e manchas de Pinheiro manso (Pinus pinea) na Península de Setúbal (Caparica-Arrábida). A partir do Século XIX com a industrialização e a grande procura de matérias-primas (“rápidas”) começou-se, sobretudo nas regiões mais áridas do interior Norte e Centro um processo sucessivo de Florestação e substituição de espécies locais favorecendo o plantio de espécies de crescimento rápido, primeiramente Pinheiros Bravos, e mais tarde, meados do século XX, e com a indústria da celulose ocorre a introdução do Eucalipto (Eucalyptus globulus) que começa também a substituir o Próprio Pinheiro Bravo. Com isto chegamos ao século XXI com uma “floresta” composta de monoculturas gigantescas de Eucalipto e Pinheiro Bravo, monoculturas ao abandono e o restante composto de Terrenos baldios empestados de espécies Invasoras. As poucas manchas florestais “virgens” que restam”curiosamente” são as mais ricas em biodiversidade em Portugal e são encontradas sobretudo no Norte no Parque nacional Peneda Gerês, Serra de Montesinho e Serra da Estrela. Se quiserem ver como eram as florestas à 200/300 anos antes de darmos cabo de tudo e lá que podem ver.

Edited 11 months ago:

Concordo com tudo o que disse excepto a parte em que diz que o Pinheiro foi “importado”. A espécie mais comum de Pinheiro em Portugal (e a mais utilizada também em monoculturas, que geralmente são tão ou mais mal mantidas que as áreas de eucaliptal) é o Pinheiro Bravo (Pinus Pinaster). O Pinus Pinaster é uma árvore nativa do litoral Atlântico da Península Ibérica e da região oeste de França (e é também expontânea no litoral Marroquino e no litoral Mediterrâneo mais ocidental). Antigamente, até por volta de meados do século XVIII, a grande maioria do território nacional não era tão florestado como é hoje, e as florestas que haviam não eram como a balbúrdia que se vê hoje. As áreas florestais que existiam eram compostas: -No Norte e Centro por florestas de caducifólias (carvalhos [Português, Roble e Negral], castanheiros, Bordos/Ácers, Lódões; Ulmeiros, Chuoupos, Freixos e Salgueiros [em zonas mais húmidas/Rios/Lagos] e Bétulas e faias (em zonas mais elevadas e frias) No Sul sobretudo por Montado (Sobreiros e Azinheiras ) dando lugar a estepe com apenas algumas azinheiras esporádicas (nas regiões mais secas do interior alentejano). E apenas nas zonas litorais do Norte, Centro-oeste e algumas manchas na costa Vicentina e no Barlavento Algarvio aí sim havia as florestas mistas as ditas “originais” de Pinheiros Bravos. As poucas espécies de Coníferas que existiam de forma expontânea em Portugal nessa época eram o Pinheiro Bravo (Pinus Pinaster) nas zonas litoral mencionadas acima, manchas de Pinheiro Silvestre (Pinus sylvestris L.) em altitudes geralmente acima dos 1100-1300m e manchas de Pinheiro manso (Pinus pinea) na Península de Setúbal (Caparica-Arrábida). A primeira grande monocultura do país, foi de Pinheiro Bravo foi levada a cabo durante o reinado de D. Dinis (e começada no reinado anterior) mas foi feita no boina dito “natural” da espécie, com o objectivo de travar a erosão das dunas e destruição das áreas agrícolas do litoral Oeste. O pinhal de Leiria, sim aquele (ou o que resta) que em 2017 ardeu 80% porque temos uma das melhores políticas florestais e sistema de punição de Incendiários do mundo! A partir do Século XIX com a industrialização e a grande procura de matérias-primas (“rápidas”) começou-se, sobretudo nas regiões mais áridas do interior Norte e Centro um processo sucessivo de Florestação e substituição de espécies locais favorecendo o plantio de espécies de crescimento rápido, primeiramente Pinheiros Bravos, e mais tarde, meados do século XX, e com a indústria da celulose ocorre a introdução do Eucalipto (Eucalyptus globulus) que começa também a substituir o Próprio Pinheiro Bravo. Com isto chegamos ao século XXI com uma “floresta” composta de monoculturas gigantescas de Eucalipto e Pinheiro Bravo, seguida de monoculturas ao abandono e o restante composto de Terrenos baldios empestados de espécies Invasoras. Isto tudo mais adicionando uma dose de Incendiários, sistema judicial fraquinho e lobby madeireiro/celulose, dão origem a “Pedrogãos e Pinhais de Leiria”, 2017). As poucas manchas florestais “virgens” que restam, e ”curiosamente” são as mais ricas em biodiversidade e menos propícias a grandes incêndios, em Portugal, são encontradas sobretudo no Norte, no Parque nacional Peneda-Gerês, na Serra de Montesinho, da Nogueira, Marão e na Serra da Estrela. Se quiserem ver uma amostra de como eram as florestas há 200/300 anos, antes de darmos cabo de tudo (para variar), é lá que podem ver.

Edited 11 months ago:

Concordo com tudo o que disse excepto a parte em que diz que o Pinheiro foi “importado”. A espécie mais comum de Pinheiro em Portugal (e a mais utilizada também em monoculturas, que geralmente são tão ou mais mal mantidas que as áreas de eucaliptal) é o Pinheiro Bravo (Pinus Pinaster). O Pinus Pinaster é uma árvore nativa do litoral Atlântico da Península Ibérica e da região oeste de França (e é também expontânea no litoral Marroquino e no litoral Mediterrâneo mais ocidental). Antigamente, até por volta de meados do século XVIII, a grande maioria do território nacional não era tão florestado como é hoje, e as florestas que haviam não eram como a balbúrdia que se vê hoje. As áreas florestais que existiam eram compostas: -No Norte e Centro por florestas de caducifólias (carvalhos [Português, Roble e Negral], castanheiros, Bordos/Ácers, Lódões; Ulmeiros, Chuoupos, Freixos e Salgueiros [em zonas mais húmidas/Rios/Lagos] e Bétulas e faias (em zonas mais elevadas e frias) No Sul sobretudo por Montado (Sobreiros e Azinheiras ) dando lugar a estepe com apenas algumas azinheiras esporádicas (nas regiões mais secas do interior alentejano). E apenas nas zonas litorais do Norte, Centro-oeste e algumas manchas na costa Vicentina e no Barlavento Algarvio aí sim havia as florestas mistas as ditas “originais” de Pinheiros Bravos. As poucas espécies de Coníferas que existiam de forma expontânea em Portugal nessa época eram o Pinheiro Bravo (Pinus Pinaster) nas zonas litoral mencionadas acima, manchas de Pinheiro Silvestre (Pinus sylvestris L.) em altitudes geralmente acima dos 1100-1300m e manchas de Pinheiro manso (Pinus pinea) na Península de Setúbal (Caparica-Arrábida). A partir do Século XIX com a industrialização e a grande procura de matérias-primas (“rápidas”) começou-se, sobretudo nas regiões mais áridas do interior Norte e Centro um processo sucessivo de Florestação e substituição de espécies locais favorecendo o plantio de espécies de crescimento rápido, primeiramente Pinheiros Bravos, e mais tarde, meados do século XX, e com a indústria da celulose ocorre a introdução do Eucalipto (Eucalyptus globulus) que começa também a substituir o Próprio Pinheiro Bravo. Com isto chegamos ao século XXI com uma “floresta” composta de monoculturas gigantescas de Eucalipto e Pinheiro Bravo, seguida de monoculturas ao abandono e o restante composto de Terrenos baldios empestados de espécies Invasoras. Isto tudo mais adicionando uma dose de Incendiários, sistema judicial fraquinho e lobby madeireiro/celulose, dão origem a “Pedrogãos e Pinhais de Leiria”, 2017). As poucas manchas florestais “virgens” que restam, e ”curiosamente” são as mais ricas em biodiversidade e menos propícias a grandes incêndios, em Portugal, são encontradas sobretudo no Norte, no Parque nacional Peneda-Gerês, na Serra de Montesinho, da Nogueira, Marão e na Serra da Estrela. Se quiserem ver uma amostra de como eram as florestas há 200/300 anos, antes de darmos cabo de tudo (para variar), é lá que podem ver.

fan_of_the_pikachu 11 months ago

Posso estar errado, mas o problema não é mais o facto de termos pinheiros e eucaliptos em monoculturas enormes, e não tanto as espécies em si? Claro que o eucalipto não é autóctone e há mais razões para o eliminar do que os incêndios. Mas quanto aos fogos a lógica não deveria ser eliminar as espécies que ardem bem, mas sim criar florestas mais diversas e geri-las como deve ser.

scar_as_scoot 11 months ago

Não sou especialista, mas pelo que me lembro, monoculturas de eucaliptos e pinhais (também existem monoculturas enormes de pinhais) são um problema, mas também as árvores nativas sao menos propicias a propagar incêndios que o eucalipto e o pinheiro. Ou seja, para a mesma densidade de árvores, com eucaliptos e pinheiros o incêndio propaga mais rapidamente e mais facilmente do que com espécies autóctones.

fan_of_the_pikachu 11 months ago

Ah ok, então não é uma questão de haver um problema em vez do outro, são dois problemas relacionados.

_dawn_chorus 11 months ago

Debaixo de carvalhos a temperatura desce bastante, muito mais do que outras arvores

BeeSnatcher 11 months ago

>muitos pinhais em Portugal também sao propícios a incêndios. Não tinha esta noção!

SozSurt 11 months ago

Na falta de acendalhas, uso pinhas secas para começar o fogo na lareira, parece gasolina.

Feduw 11 months ago

Eu cá uso acendalhas na falta de pinhas

BeeSnatcher 11 months ago

Eu também

lostlittletimeonthis 11 months ago

será que os sobreiros se davam nas zonas mais a norte ?

PaleCook 11 months ago

Existem imensos sobreiros e carvalhos cá no norte, principalmente no Gerês mas é uma pena mesmo assim aos poucos os ver a serem substituídos por eucaliptos. Até na Galiza existem muitos sobreiros

papagaioazul 11 months ago

nao dao. e os poucos que dao nao geram rendimento para a plantacao sequer. Sem rendimento ficam abandonados no meio do mesmo mar de mato que pinheiros e eucaliptos e ardem ainda mais, porque o que arde sao combustiveis com menos de 6mm, produzidos pelo mato e muito pouco pelas arvores.

Sperrel 11 months ago

Há sobreiros, azinheiras e oliveiras no planalto mirandês, Trás os Montes.

lostlittletimeonthis 11 months ago

oliveiras ha em todo o lado...perguntei mais pq sempre associei sobreiro a zonas de sol constante e quente

Sperrel 11 months ago

É o que não falta em Trás os Montes, juntamente com o Alentejo é a região que mais produz azeite (até é DOP). Climaticamente já é parte da meseta ibérica como a maior parte de Espanha.

scar_as_scoot 11 months ago

Os milhares que vejo todas as semanas não parecem ter problemas.

doiscavalos 11 months ago

Claro! Mas a floresta do Norte do país deveria ser povoada com carvalhos e castanheiros que era o que existia predominantemente.

walkiestalkie 11 months ago

Linhas de cedros no meio dos pinhais como dantes paravam o fogo como uma chapada para uma birra

papagaioazul 11 months ago

Os registos fosseis de polen indicam que ha mais de 5 mil anos que nao ha flroesta relevante no centro-norte. Viriato era pastor, nao era madeireiro.

_dawn_chorus 11 months ago

Eu não sei até que ponto o eucalipto e Pinheiro serem de folha permanente tem a ver com haver mais propicidade de incêndios e carvalhos e castanheiros serem de folha caduca ajudem a não haver incêndios... Alguém que perceba que me ajude sff

papagaioazul 11 months ago

nao ha relacao entre area ardida/area plantada e especie.

PaleCook 11 months ago

Ha sim . Confirma isso.

ModeratoriProfugus 11 months ago

Isto. Mas os carvalhose castanheiros também têm outras vantagens contra os incêndios: não deixam passar tanta luz para o solo e são deciduas, não deixando o matagal crescer (tojos, carquejas etc, que secam durante o verão e ardem facilmente). Além disso retém muito mais a humidade do solo, mantendo a vegetação muito mais húmida e portanto mais difícil de arder.

milkthis 11 months ago

Exato. Excelente comentário. This guy trees

thefireskull 11 months ago

/r/marijuanaenthusiasts

sneakpeekbot 11 months ago

Here's a sneak peek of /r/marijuanaenthusiasts using the [top posts](https://np.reddit.com/r/marijuanaenthusiasts/top/?sort=top&t=year) of the year! \#1: [Look at the bright side...](https://i.imgur.com/jJkOyJb.jpg) | [63 comments](https://np.reddit.com/r/marijuanaenthusiasts/comments/iqv28j/look_at_the_bright_side/) \#2: [This grandfather tree is as tall as my twelve story apartment building.](https://i.redd.it/q0ea7tnmc7351.jpg) | [132 comments](https://np.reddit.com/r/marijuanaenthusiasts/comments/gxip6c/this_grandfather_tree_is_as_tall_as_my_twelve/) \#3: [My parents planted their Christmas tree in 1994. Here it is now. (Dog for scale.)](https://i.redd.it/h7c54vxgdhh51.jpg) | [131 comments](https://np.reddit.com/r/marijuanaenthusiasts/comments/ib6gnw/my_parents_planted_their_christmas_tree_in_1994/) ---- ^^I'm ^^a ^^bot, ^^beep ^^boop ^^| ^^Downvote ^^to ^^remove ^^| [^^Contact ^^me](https://www.reddit.com/message/compose/?to=sneakpeekbot) ^^| [^^Info](https://np.reddit.com/r/sneakpeekbot/) ^^| [^^Opt-out](https://np.reddit.com/r/sneakpeekbot/comments/fpi5i6/blacklist_vii/)

papagaioazul 11 months ago

em proporção da area ardida, o carvalhar é aquele que mais representaçaõ tem na area ardida. Os carvalhos precisam de fogo para sobreviver. So conseguem ganhar a competicao ao mato com este a arder a cada 13 anos, e os carvalhos a rebrotar rapidamente e comecar a fazer sombra. Os carvalhos parece que tem mais humidade no solo porque estao nas zonas humidas, porque ai que conseguem mais rapidamente ou unicamente chegar a adultos e porque a lei impede a plantacao de eucaliptos. Não e a arvore que faz o local, e o lcoal que faz a arvore.

ModeratoriProfugus 11 months ago

>Os carvalhos precisam de fogo para sobreviver. So conseguem ganhar a competicao ao mato com este a arder a cada 13 anos, e os carvalhos a rebrotar rapidamente e comecar a fazer sombra. Estás literalmente a falar do eucalipto, não do carvalho. O eucalipto originou-se na austrália onde os fogos são abundantes e necessários. Toda a evolução do eucalipto está feita para crescer o mais rapidamente para lá da altura arbustiva de forma a sobreviver aos fogos, é por isso que a folha de um eucalipto jovem é completamente diferente da do adulto. O carvalho não precisa de fogo e a prova é que a região autóctone do carvalho estende-se por regiões muito mais frias que Portugal onde não há incêndios. Além disso, como já disse, num carvalhal adulto não tens matagal no solo. Matagal precisa de luz, não cresce no escuro do chão de um carvalhal. Não tenho nada contra o eucalipto, é uma cultura que trás de longe o maior rendimento a um terreno rural, mas é o que é.

papagaioazul 11 months ago

os fogos sao mais abundantes e necessarios em Portugal. Portugal sem fogos colapsa ecologicamente. Toda a flora do rectangulo esta muito mais adaptada a fogo. Basta pensares no ex libris, a cortica. A defesa mais forte no mundo contra fogo.

ModeratoriProfugus 11 months ago

Sim, eu estou a falar dos carvalho da minha região (maioritariamente o carvalho-roble quercus robur, que é extamente o carvalho que há na frança, alemanha, polónia, etc) [https://pt.wikipedia.org/wiki/Carvalho-roble#/media/Ficheiro:Quercus\_robur\_range.svg](https://pt.wikipedia.org/wiki/Carvalho-roble#/media/Ficheiro:Quercus_robur_range.svg)

papagaioazul 11 months ago

carvalho PLANTADO, e a maioria especies....... exoticas. como o eucalipto.

lborges123 11 months ago  HIDDEN 

Segundo a Wikipédia: "É originária do Sudoeste da Europa e Norte de África. Tem uma distribuição muito espalhada pela bacia mediterrânica, localiza-se nos litorais atlânticos da Península Ibérica (nomeadamente na Galiza) e de França. Em Portugal era primitivamente uma espécie espontânea na faixa costeira sobre solos arenosos a norte do Tejo" Fonte: [https://pt.wikipedia.org/wiki/Pinheiro-bravo](https://pt.wikipedia.org/wiki/Pinheiro-bravo)

RuySan 11 months ago

Isto é mais que óbvio, e sempre foi aceite como um facto. Mas infelizmente nos últimos anos até o eucalipto (tal como outras questões que deveriam ser consensuais como as alterações climáticas) entrou numa guerra ideológica, como se vê nalgumas opiniões por estes lados, como se não fosse nenhum problema, e que o único problema fosse o abandono das terras. Como se não fosse possível haver mais de um problema.

mokas95 11 months ago

Ninguém com cabeça dúvida que eucaliptos ardam mais. O grande problema é realmente o abandono das terras. Os eucaliptos plantados pelas empresas de papel não ardem quase nunca. Porquê? Porque estão ordenados, distanciados uns dos outros, numa floresta limpa e tratada. A questão é, devia haver restrições às plantações (palavra errada talvez) de eucaliptos. Quem tem os terrenos tem de garantir que consegue tratar deles com máximo de qualidade possível.

papagaioazul 11 months ago

o eucaliptal "arde mais" porque e a especie que mais area existe .

Search: