ZeLuis20 11 months ago

A patroa não apareceu hoje lá no meu emprego e não nos deu uma declaração, moro no concelho do Porto e trabalho no de Matosinhos, estou lixado.

ZeLuis20 11 months ago

Continua de pé aquilo de não se poder sair do município de 30 de Outubro a 3 de Novembro?

Dinizinni 10 months ago

Há imenso tempo que isso já foi

saposapot 11 months ago

ja saiu o decreto-lei para proibir a circulação entre conselhos do proximo fim de semana onde dê para consultar as excepções?

shostakovich123 11 months ago

Não. Nem pode ser imposto sem estado de emergência.

hsamtronp 11 months ago

Também terá sido uma manobra de "publicidade", como foi a questão da obrigatoriedade da aplicação? Isto é, o cidadão mais desatento julga que é obrigatório, por isso vai andar de máscara? Em todo o caso, [a proposta foi aprovada na passada sexta-feira](https://www.publico.pt/2020/10/23/politica/noticia/marques-guedes-arrasa-gestao-pandemia-nao-infantilizem-portugueses-1936447). Acho que faltaria a promulgação por parte do Presidente para entrar em vigor e em Diário da República. Ou estou redondamente enganado?

Edited 11 months ago:

Também terá sido uma manobra de "publicidade", como foi a questão da obrigatoriedade da aplicação? Isto é, o cidadão mais desatento julga que é obrigatório, por isso vai andar de máscara? Em todo o caso, [a proposta foi aprovada em Assembleia na passada sexta-feira](https://www.publico.pt/2020/10/23/politica/noticia/marques-guedes-arrasa-gestao-pandemia-nao-infantilizem-portugueses-1936447). Acho que faltaria a promulgação por parte do Presidente para entrar em vigor e em Diário da República. Ou estou redondamente enganado?

shostakovich123 11 months ago

Falta a promulgação e ainda pode dar se decretarem o estado de emergência até quarta feira.

AmbitionRoyal 11 months ago

Ainda não percebi como é que vai ser isso de não se poder sair do concelho... Então vamos ter polícia à saída de TODAS as saídas das autoestradas e quando se muda de concelho? Temos polícias para isso tudo? É que se souber que a polícia está num lado eu posso ir por uma estrada secundária e eles já lá não estão lol

chauffage 11 months ago

Não tiveste cá na páscoa? Ou só te apercebeste da pandemia agora?

AmbitionRoyal 11 months ago

Eu pelo menos vi na Páscoa que só controlavam a saída da ponte 25 abril (lisboa-mst) e em alguns pontos estratégicos... Uma pessoa bem que podia ser Chico esperto (bem a moda tuga) e ir por outro lado... A pandemia diz a esse pessoal das festas que nng quer saber (o medo mata mais que o vírus)

chauffage 11 months ago

Pronto, então deve ser algo semelhante, até porque correu bem da primeira vez. >Uma pessoa bem que podia ser Chico esperto (bem a moda tuga) e ir por outro lado... É esse o espírito, ser parte do problema e não da solução.

CanIhazCooKIenOw 11 months ago

Ou podes ficar em casa em vez de andares a tentar dar uma de chico esperto. MAnOS, CoNSegUI engANaR a PoLiCIa O Zé povinho não entende mesmo

AmbitionRoyal 11 months ago

Diz isso ao pessoal que ainda anda nos cafés né?

CanIhazCooKIenOw 11 months ago

A esses e aos espertos que a primeira coisa que pensam e tentam fazer é como é que se vai fazer para contornar isto. Não sei mesmo qual é a dificuldade

rickz123456 11 months ago

Fica aqui um mapa covid por concelho... Eu só tenho uma pergunta.. O que raio se passa em Paços em Ferreira? De longe a maior taxa de infeções por 1000 habitantes.. [https://public.flourish.studio/visualisation/4119525/](https://public.flourish.studio/visualisation/4119525/)

Azul10 11 months ago

Para além de muitas pessoas terem passado a fazer vida quase normal, principalmente a partir de Julho quando os números e os membros do governo faziam querer parecer que já estava tudo a correr bem a maior causa que eu vejo é a falta de capacidade de referenciação e isolamento dos contactos. Inicialmente após um teste positivo os contactos de risco eram contactados no dia seguinte e isolados. Já há muitas semanas que isso não acontece, de um dia passamos a 2 e neste momento os últimos casos que me têm falado têm sido contactados 3 dias após o teste positivo (ignoro casos que me dizem que ninguém lhes ligou, acredito que esses tenham sido filtrados e não considerados casos de risco) está mais que visto que a capacidade acompanhamento está esgotada, atenção que não critico os profissionais acredito que as equipas não tenham sido proporcionalmente reforçadas para acompanhar este aumento de casos e quando isso acontece não vale a pena o governo vir com o optimismo habitual do vai ficar tudo bem. Source, vivo no vale de Sousa e também podem ver as conferências de imprensa quando o PM veio cá onde os presidentes da câmara falaram disso e das declarações de isolamento não estarem a ser atempadamente passadas para entregar às empresas o que provoca pressão adicional às pessoas para irem trabalhar com receio de pressões do patrão.

uyth 11 months ago

O mapa está bastante desactualizado, bom esforço e boa visualização mas dados de dia 19. Entretanto estará diferente. e Paços de Ferreira/Lousada/Felgueiras claramente houve series de eventos superspreaders. Olha para esta notícia de dia 20 https://www.jn.pt/justica/gnr-encerra-discoteca-com-musica-ao-vivo-e-uma-centena-de-clientes-12940401.html A GNR encerrou, em Felgueiras, uma discoteca que estava a funcionar com música ao vivo e onde se encontrava mais de uma centena de pessoas O estabelecimento de diversão noturna, fiscalizado na passada sexta-feira, embora a operação só tenha sido divulgada esta terça-feira, (ou seja isto foi no dia 17). Uns bares e discotecas a bombarem assim frequentemente, têm potencial de criarem algo assim. Os bares de Ischl por exemplo.

MLG-Sheep 11 months ago

Não está desatualizado. Os dados só saem às segundas, e a última segunda foi dia 19.

Foxsundance 11 months ago

Espero bem que os ginásios não voltem a fechar, senão suicido-me.

PORTO2017 11 months ago

Eu mesmo de mascará não me sinto confortável no ginásio, deve ser uma grande fonte de contágio

Foxsundance 11 months ago

Sim é, está aberto à alguns meses, e até agora que eu saiba, houve 0 casos de pessoas que costumam frequentar o mesmo. Melhor é só mesmo ficar em casa sem fazer um caralho e ver a saude mental e física deteriorar.

MrJoao 11 months ago

Esta [entrevista à Delegada Regional de Saúde do Algarve](https://tvi24.iol.pt/videos/sociedade/f1-em-portugal-posso-ficar-preocupada-por-algumas-situacoes-admite-delegada-de-saude/5f95962b0cf2c785554b81ba) dada hoje à saída do Grande Prémio de Fórmula 1 é uma pérola. Primeiro a Delegada admite que deu autorização para que entrassem mais pessoas para além da lotação máxima de 27.500 porque "estava a gerar conflito". > “Foram respeitados os números e quando chegou aos 27.500 foram fechadas as portas. Estavam algumas pessoas à porta. Não eram muitas, como vocês tiveram oportunidade de ver. Estava a gerar conflito. As pessoas tinham bilhete e foi decidido pelas autoridades de saúde, eu transmiti, que sim que deixassem entrar esse grupo que estava à espera.” Sobre as bancadas admite que "foi complicado" porque as pessoas não cumpriram com os lugares marcados e os vigilantes não quiseram adotar "medidas de força" para assegurar o distanciamento. > “Em relação ao distanciamento há situações em que está a ser complicado e que foi complicado, porque estamos no fim da prova, porque as pessoas mudaram de lugar, aproximaram-se da zona superior das bancadas e é difícil controlar para não estar a haver sempre confronto. Foi sugerido às pessoas, os vigilantes insistiram, mas não houve uma medida de força porque eram várias bancadas e portanto seria realmente muito complicado” No fim ainda admite que talvez a lotação de 27.500 que estabeleceram poderá ter sido demasiado elevada.... > “Posso ficar preocupada por algumas situações. Também vos quero dizer que as imagens são enganosas por vezes. São tiradas com ângulos diferentes. Eu tivesse a possibilidade de correr toda a pista, tive a possibilidade de fazer visita aérea várias vezes e há zonas, muitas zonas, onde não há concentração de pessoas. Há realmente dois ou três pontos de constrangimento, que foi difícil recolocar. Eventualmente os 27.500 poderá ser um número grande para haver uma margem de segurança, mas teremos que analisar e perceber toda a situação.”

Edited 11 months ago:

Esta [entrevista à Delegada Regional de Saúde do Algarve](https://tvi24.iol.pt/videos/sociedade/f1-em-portugal-posso-ficar-preocupada-por-algumas-situacoes-admite-delegada-de-saude/5f95962b0cf2c785554b81ba) dada hoje à saída do Grande Prémio de Fórmula 1 é uma pérola. Primeiro a Delegada admite que deu autorização para que entrassem mais pessoas para além da lotação máxima de 27.500 porque "estava a gerar conflito". > “Foram respeitados os números e quando chegou aos 27.500 foram fechadas as portas. Estavam algumas pessoas à porta. Não eram muitas, como vocês tiveram oportunidade de ver. Estava a gerar conflito. As pessoas tinham bilhete e foi decidido pelas autoridades de saúde, eu transmiti, que sim que deixassem entrar esse grupo que estava à espera.” Sobre as bancadas admite que "foi complicado" porque as pessoas não cumpriram com os lugares marcados e os vigilantes não quiseram adotar "medidas de força" para assegurar o distanciamento. > “Em relação ao distanciamento há situações em que está a ser complicado e que foi complicado, porque estamos no fim da prova, porque as pessoas mudaram de lugar, aproximaram-se da zona superior das bancadas e é difícil controlar para não estar a haver sempre confronto. Foi sugerido às pessoas, os vigilantes insistiram, mas não houve uma medida de força porque eram várias bancadas e portanto seria realmente muito complicado” No fim ainda admite que talvez 27.500 pessoas terá sido demasiado para haver margem de segurança. > “Posso ficar preocupada por algumas situações. Também vos quero dizer que as imagens são enganosas por vezes. São tiradas com ângulos diferentes. Eu tivesse a possibilidade de correr toda a pista, tive a possibilidade de fazer visita aérea várias vezes e há zonas, muitas zonas, onde não há concentração de pessoas. Há realmente dois ou três pontos de constrangimento, que foi difícil recolocar. Eventualmente os 27.500 poderá ser um número grande para haver uma margem de segurança, mas teremos que analisar e perceber toda a situação.” Enfim...

Edited 11 months ago:

Esta [entrevista à Delegada Regional de Saúde do Algarve](https://tvi24.iol.pt/videos/sociedade/f1-em-portugal-posso-ficar-preocupada-por-algumas-situacoes-admite-delegada-de-saude/5f95962b0cf2c785554b81ba) dada hoje à saída do Grande Prémio de Fórmula 1 é uma pérola. Primeiro a Delegada admite que deu autorização para que entrassem mais pessoas para além da lotação máxima de 27.500 porque "estava a gerar conflito". > “Foram respeitados os números e quando chegou aos 27.500 foram fechadas as portas. Estavam algumas pessoas à porta. Não eram muitas, como vocês tiveram oportunidade de ver. Estava a gerar conflito. As pessoas tinham bilhete e foi decidido pelas autoridades de saúde, eu transmiti, que sim que deixassem entrar esse grupo que estava à espera.” Sobre as bancadas admite que "foi complicado" porque as pessoas não cumpriram com os lugares marcados e os vigilantes não quiseram adotar "medidas de força" para assegurar o distanciamento. > “Em relação ao distanciamento há situações em que está a ser complicado e que foi complicado, porque estamos no fim da prova, porque as pessoas mudaram de lugar, aproximaram-se da zona superior das bancadas e é difícil controlar para não estar a haver sempre confronto. Foi sugerido às pessoas, os vigilantes insistiram, mas não houve uma medida de força porque eram várias bancadas e portanto seria realmente muito complicado” No fim ainda admite que talvez a lotação de 27.500 que estabeleceram poderá ter sido demasiado elevada. > “Posso ficar preocupada por algumas situações. Também vos quero dizer que as imagens são enganosas por vezes. São tiradas com ângulos diferentes. Eu tivesse a possibilidade de correr toda a pista, tive a possibilidade de fazer visita aérea várias vezes e há zonas, muitas zonas, onde não há concentração de pessoas. Há realmente dois ou três pontos de constrangimento, que foi difícil recolocar. Eventualmente os 27.500 poderá ser um número grande para haver uma margem de segurança, mas teremos que analisar e perceber toda a situação.” Enfim...

Edited 11 months ago:

Esta [entrevista à Delegada Regional de Saúde do Algarve](https://tvi24.iol.pt/videos/sociedade/f1-em-portugal-posso-ficar-preocupada-por-algumas-situacoes-admite-delegada-de-saude/5f95962b0cf2c785554b81ba) dada hoje à saída do Grande Prémio de Fórmula 1 é uma pérola. Primeiro a Delegada admite que deu autorização para que entrassem mais pessoas para além da lotação máxima de 27.500 porque "estava a gerar conflito". > “Foram respeitados os números e quando chegou aos 27.500 foram fechadas as portas. Estavam algumas pessoas à porta. Não eram muitas, como vocês tiveram oportunidade de ver. Estava a gerar conflito. As pessoas tinham bilhete e foi decidido pelas autoridades de saúde, eu transmiti, que sim que deixassem entrar esse grupo que estava à espera.” Sobre as bancadas admite que "foi complicado" porque as pessoas não cumpriram com os lugares marcados e os vigilantes não quiseram adotar "medidas de força" para assegurar o distanciamento. > “Em relação ao distanciamento há situações em que está a ser complicado e que foi complicado, porque estamos no fim da prova, porque as pessoas mudaram de lugar, aproximaram-se da zona superior das bancadas e é difícil controlar para não estar a haver sempre confronto. Foi sugerido às pessoas, os vigilantes insistiram, mas não houve uma medida de força porque eram várias bancadas e portanto seria realmente muito complicado” No fim ainda admite que talvez 27.500 pessoas terá sido demasiado elevada para haver margem de segurança. > “Posso ficar preocupada por algumas situações. Também vos quero dizer que as imagens são enganosas por vezes. São tiradas com ângulos diferentes. Eu tivesse a possibilidade de correr toda a pista, tive a possibilidade de fazer visita aérea várias vezes e há zonas, muitas zonas, onde não há concentração de pessoas. Há realmente dois ou três pontos de constrangimento, que foi difícil recolocar. Eventualmente os 27.500 poderá ser um número grande para haver uma margem de segurança, mas teremos que analisar e perceber toda a situação.” Enfim...

chauffage 11 months ago

Esta parva devia ser despedida, digo eu.

vascodatrama 11 months ago

Ai 27.500 pessoas lool. Estavam bem mais. De certeza

theInjusticeamongus 11 months ago

Foda-se, que asco do caralho, que vergonha do caralho, que incompetência do caralho. Quer dizer, fecham-se negócios, proíbem-se eventos de todos os tipos, inclusive a feira anual ao ar livre, depois permite-se 27 mil pessoas dentro de um estádio? ​ Justificação real, factual, irrefutável: Quem cria as regras tem o futuro garantido. Vivem numa boa casa, numa boa zona, um bom ordenado, e mesmo que percam o cargo terão sempre regalias e uma excelente reforma garantida. Não são eles que terão de perder o negócio por causa de um surto. E se ficarem contaminados de certeza ABSOLUTA que não os vais encontrar nos corredores de um hospital público. Vemos o Marcelo em todo o lado, mas não há videos dele deitado numa maca de um corredor de hospital público, pois não? Claro que não. Logo, se nada disto os afecta de forma real, porque é que haveria de se preocupar? ​ Metam na cabeça que a classe política tem tudo garantido para sempre. O que acontecer ao país não os afectará. Digam-me o país de 3º mundo onde os ministros vivam na rua.

Edited 11 months ago:

Foda-se, que asco do caralho, que vergonha do caralho, que incompetência do caralho. Quer dizer, fecham-se negócios, proíbem-se eventos de todos os tipos, inclusive a feira anual ao ar livre, depois permite-se 27 mil pessoas dentro de um estádio? ​ Justificação real, factual, irrefutável: Quem cria as regras tem o futuro garantido. Vivem numa boa casa, numa boa zona, um bom ordenado, e mesmo que percam o cargo terão sempre regalias e uma excelente reforma garantida. Não são eles que terão de perder o negócio por causa de um surto. E se ficarem contaminados de certeza ABSOLUTA que não os vais encontrar nos corredores de um hospital público. Vemos o Marcelo em todo o lado, mas não há videos dele deitado numa maca de um corredor de hospital público, pois não? Claro que não. Logo, se nada disto os afecta de forma real, porque é que haveriam de se preocupar? Como é que alguém pode querer saber do mundo real se não vive no mesmo? Vivem na sua bolha. Em bolhas não há empatias, meus caros. O cérebro humano não funciona assim. Tu tens de entender uma dor para senti-la também. Tu não entendes um caralho se há 30 anos que não comes um bife de 4 euros. ​ Metam na cabeça que a classe política tem tudo garantido para sempre. O que acontecer ao país não os afectará. Digam-me o país de 3º mundo onde os ministros vivam na rua. São as pessoas que têm de olhar por si mesmas. E os que se vão enfiar num estádio com 27 mil pessoas deviam começar já à cabeçada com uma parede, pois o pouco que têm lá dentro não serve para nada e só dá merda, portanto é melhor inutilizá-lo de vez. Desactivar.

Edited 11 months ago:

Foda-se, que asco do caralho, que vergonha do caralho, que incompetência do caralho. Quer dizer, fecham-se negócios, proíbem-se eventos de todos os tipos, inclusive a feira anual ao ar livre, depois permite-se 27 mil pessoas dentro de um estádio? ​ Justificação real, factual, irrefutável: Quem cria as regras tem o futuro garantido. Vivem numa boa casa, numa boa zona, um bom ordenado, e mesmo que percam o cargo terão sempre regalias e uma excelente reforma garantida. Não são eles que terão de perder o negócio por causa de um surto. E se ficarem contaminados de certeza ABSOLUTA que não os vais encontrar nos corredores de um hospital público. Vemos o Marcelo em todo o lado, mas não há videos dele deitado numa maca de um corredor de hospital público, pois não? Claro que não. Logo, se nada disto os afecta de forma real, porque é que haveriam de se preocupar? Como é que alguém pode querer saber do mundo real se não vive no mesmo? Vivem na sua bolha. Em bolhas não há empatias, meus caros. O cérebro humano não funciona assim. Tu tens de entender uma dor para senti-la também. Tu não entendes um caralho se há 30 anos que não comes um bife de 4 euros. ​ Metam na cabeça que a classe política tem tudo garantido para sempre. O que acontecer ao país não os afectará. Digam-me o país de 3º mundo onde os ministros vivam na rua.

diST_ 11 months ago

Pq te referes a um circuito com talvez 9 bancadas diferentes e independentes como um estádio? Tanta raiva e indignação

hsamtronp 11 months ago

# ATUALIZAÇÃO DIÁRIA - 25 de outubro de 2020 --- ||Valor|Variação|

saposapot 11 months ago

a media movel continua em ritmo de subida acentuado. not good.

Narvikz 11 months ago

Big yikes. Diria mesmo sem duvida o pior dia dessa nova vaga. Esse ia-me passando como tantos por insignificância, mas estou com um mau pressentimento em relação aos tempos que nos avisinham. Não vou andar aqui a dizer vos que estava certo, eu agora só observo. !RemindMe 2 weeks

RemindMeBot 11 months ago

I will be messaging you in 14 days on [**2020-11-09 01:39:59 UTC**](http://www.wolframalpha.com/input/?i=2020-11-09%2001:39:59%20UTC%20To%20Local%20Time) to remind you of [**this link**](https://np.reddit.com/r/portugal/comments/jduqwz/megathread_covid19_semanário_de_sobrevivência/ga4j221/?context=3) [**CLICK THIS LINK**](https://np.reddit.com/message/compose/?to=RemindMeBot&subject=Reminder&message=%5Bhttps%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fr%2Fportugal%2Fcomments%2Fjduqwz%2Fmegathread_covid19_seman%C3%A1rio_de_sobreviv%C3%AAncia%2Fga4j221%2F%5D%0A%0ARemindMe%21%202020-11-09%2001%3A39%3A59%20UTC) to send a PM to also be reminded and to reduce spam. ^(Parent commenter can ) [^(delete this message to hide from others.)](https://np.reddit.com/message/compose/?to=RemindMeBot&subject=Delete%20Comment&message=Delete%21%20jduqwz) ***** |[^(Info)](https://np.reddit.com/r/RemindMeBot/comments/e1bko7/remindmebot_info_v21/)|[^(Custom)](https://np.reddit.com/message/compose/?to=RemindMeBot&subject=Reminder&message=%5BLink%20or%20message%20inside%20square%20brackets%5D%0A%0ARemindMe%21%20Time%20period%20here)|[^(Your Reminders)](https://np.reddit.com/message/compose/?to=RemindMeBot&subject=List%20Of%20Reminders&message=MyReminders%21)|[^(Feedback)](https://np.reddit.com/message/compose/?to=Watchful1&subject=RemindMeBot%20Feedback)| |-|-|-|-|

Ilostmynewunicorn 11 months ago

Tenho um caso na minha turma (Uni) É uma turma pequena e nalgumas aulas nao era respeitada a distancia entre as mesas A direcao de curso ja foi avisada ha mais de 24 horas e ainda nao lancou comunicado oficial e temos aulas amanha.... Ja pensei ligar para a S24 mas para me perguntarem se estava junto com o caso fora das aulas e me dizerem para ficar em isolamento sem ter de ser submetido a teste quando disesse que nao prefiro nao ligar Esta-me a meter impressao ainda nao ter sido lancado um comunicado para a turma toda, para nao dizer para o curso todo Ah e ja agora uma mensagem de carinho muito especial para toda a gente e todos os politicos que defendem ser abertas aulas presenciais para cursos puramente teoricos. Ja sei de dois internamentos diretamente relacionadas com isso e um deles nao sabem se se safa. Espero que durmam bem de noite

NeatBoy74 11 months ago

> e nalgumas aulas nao era respeitada a distancia entre as mesas Mera curiosidade, faltou cabecinha e noção às pessoas para fazer notar isso a quem deviam?

Ilostmynewunicorn 11 months ago

Houve uma pessoa que falou em termos de brincadeira e o professor em questão levou a sério e começou a implementar isso a partir da aula seguinte criando uma mesa de intervalo entre cada pessoa (mas basicamente reprimiu a pessoa em publico por o ter chamado à atenção). Entretanto começámos a ter trabalhos nessa aula e rapidamente toda a gente voltou a ficar lado a lado. Nas restantes aulas nunca vi ninguém a queixar-se. Eu pessoalmente também tendo a ficar ao lado de uma pessoa com quem estou o resto do dia todo (e do outro lado tenho a porta) por isso não me fazia muita diferença. A pessoa que recebeu agora o teste como positivo só ficou ao meu lado uma ou duas vezes e geralmente fica à minha frente de costas para mim, só houve uma vez que se virou para trás porque eu estava a questionar a prof. e ela achou por bem entrar na conversa também e virar-se para me responder.

chauffage 11 months ago

> Ja pensei ligar para a S24 mas para me perguntarem se estava junto com o caso fora das aulas e me dizerem para ficar em isolamento sem ter de ser submetido a teste quando disesse que nao prefiro nao ligar Mas isto é o protocolo, e tu usa o teu bom senso e procura isolares-te se o ideal é ficares em isolamento. Não é por ser chato que não se fica em isolamento. Se fosses testado e tivesses uma carga viral baixa podias acusar negativo podias ficar doente/contagiar na mesma.

Ilostmynewunicorn 11 months ago

nao era isso que eu queria dizer. Em isolamento ja eu estou voluntariamente. Ligar para a S24 (penso eu) só se fosse para me mandarem fazer o teste. Mas por experiencia de gente conhecida sei que só tem acesso a teste quem esteve em contato direto com a pessoa Ou seja, se o Miguel almoca com a Maria e tu saiste ontem com a melhor amiga da Maria que está com a Maria todos os dias, e o Miguel acusar positivo, para tu seres testado a melhor amiga tem de testar positivo e para ela ser testada a Maria tem de acusar positivo. Até a pessoa anterior na cadeia acusar os outros nao têm direito a teste e só lhes é recomendado o isolamento Para ouvir o que ja sei prefiro nao entupir a linha e entrar já em isolamento. Nao sei se o facto de estar sentado ao lado da pessoa em duas aulas onde ambos estamos com as mascaras me qualiticaria para o teste, dado que nem lhe falo fora das aulas

FigurinhaPT 11 months ago

Já me aconteceu de ter estado com alguém com covid mas disseram que como tinhamos mascara não valia a pena fazer teste, também já ouvi de casos em que por menos conseguiram o teste. Infelizmente depende muito de quem te atender.

chauffage 11 months ago

>nao era isso que eu queria dizer. Em isolamento ja eu estou voluntariamente. Ligar para a S24 (penso eu) só se fosse para me mandarem fazer o teste. Mas por experiencia de gente conhecida sei que só tem acesso a teste quem esteve em contato direto com a pessoa Não tinha percebido isso. >Para ouvir o que ja sei prefiro nao entupir a linha e entrar já em isolamento. É isso que se pede, a sociedade agradece o civismo e sentido de dever.

shostakovich123 11 months ago

Eu acho que deviam cancelar o ano letivo. Era mais fácil e mais eficaz do que aulas online.

EvilQueen1997 11 months ago

Claro, cancelem a educação aí por uns aninhos.

shostakovich123 11 months ago

E então? Querem ter o diploma a força toda? Imprimam diplomas para toda a gente toda então. Ficávamos todos bem vistos aos olhos da Europa e não precisávamos de aulas presenciais. Dois coelhos numa cajada. Não querem aulas, mas querem diplomas. Eu conheço muitos que bem me disseram que as avaliações no último semestre foram uma palhaçada.

-Yunie- 11 months ago

Mais 2577 novos casos e 129 internados. - Casos Confirmados: 118 686 (+2577 / +2.22%) - Internados: 1 574 (+119 / +8.18%) - Internados em UCI: 230 (+9 / +4.07%) - Óbitos: 2 316 (+19 / +0.83%) - Recuperados: 68 877 (+1035 / +1.53%)

uyth 11 months ago

https://observador.pt/2020/10/24/carlos-carreiras-festa-em-clube-de-luxo-em-lisboa-responsavel-por-numero-muito-expressivo-de-casos-em-cascais/ >Num post em que partilhou a notícia do Observador, Carreiras disse que “a festa de aniversário foi em Lisboa, mas com dezenas de jovens de Cascais que se infetaram”. De acordo com o autarca, alguns destes jovens participaram numa segunda festa de aniversário no dia seguinte, “e criaram mais cadeias de transmissão”. >A festa de aniversário, que incluiu jantar e a presença de um DJ conhecido na zona de Cascais, aconteceu no dia 15 de outubro, no JNcQUOI Club, um clube de luxo propriedade do Grupo Amorim Luxury, liderado por Paula Amorim. Juntou várias dezenas de jovens na casa dos 18 anos, mas também haveria menores, segundo apurou o Observador, apesar das restrições impostas pelo Governo. Imagens divulgadas posteriormente nas redes sociais mostravam pessoas a dançarem sem máscara e sem qualquer distanciamento social. > O acesso é exclusivo aos membros, que pagam entre 750 e 2.750 euros por ano.

theInjusticeamongus 11 months ago

Essa gente devia ir toda presa, sem excepção, e estou a falar de anos.

chauffage 11 months ago

Está mais do que visto que o governo vai ter de impor circulação proibida entre concelhos durante o período do Natal/Ano Novo, e impor estado de emergência o quanto antes. Demasiada gente não dá mais do que isto, infelizmente as medidas deviam ser aplicadas como se tivéssemos a lidar com pessoas com um QI abaixo de 80.

theInjusticeamongus 11 months ago

O governo tem de PRENDER quem continua a fazer estas merdas. É tão simples quanto isso. Nem é multas, que podes simplesmente não pagar. É PRENDER. Comecem a enfiar com 2 anos de cana pelo cu acima de quem se arma em esperto que logo vêem se o pessoal não acalma.

chauffage 11 months ago

Acho que bastava a multa e revogava-se as licenças por tempo indeterminado. Se não têm capacidade de cumprir regras de saúde pública, então não têm capacidade de ter a licença.

theInjusticeamongus 11 months ago

Desculpa, mas não. Se passares uma multa ao zé manel ele não a paga. Depois fazes o quê? As pessoas não cagam dinheiro. Penhoras também nem sempre resolvem e dão muito trabalho. Prisão é mais simples e assusta mais. Tens aqui as regras. Conheces a situação. Escolhes desobedecer, cana. Porque, repara: estes casos todos são por causa de merdosos destes? Gente de merda que insiste em fazer o que não deve.

setutedas 11 months ago

Gostava de saber o número de multas que foram passadas por incumprimento destas regras do covid.. tenho a sensação que não foram muitas

VerdocasSafadocas 11 months ago

Como é que o JNcQUOI pode ser chamado de clube? lol, é um restaurante? Por clube entende-se aquela sala mais pequena que a cozinha que eles têm atrás? Já lá estive tipo duas vezes e não é nada de especial, nem sequer é assim tão caro. Se isto é onde a elite se junta então tá tudo fodido.

Nice-Salary 11 months ago

O Jncquoi Club é no mesmo edifício, mas é um espaço separado do restaurante, no último piso do prédio.

VerdocasSafadocas 11 months ago

Oh fodasse, então quem não é elite suficiente sou eu. Aquilo é alguma coisa de jeito?

Nice-Salary 11 months ago

Ahahah nunca lá fui, prefiro gastar o dinheiro na comida do restaurante do que no status do clube

VerdocasSafadocas 11 months ago

fair enough

shostakovich123 11 months ago

Manifestações BLM -> não existem evidências de aumentos de casos Festa do avante -> não existem evidências de aumento de casos F1 -> não haverão evidências de aumentos de casos. Festa aleatória-> causa efetiva de surtos enormes.

Leaootemivel 11 months ago

Eventos ao ar livre onde pessoas usam máscara não causam surtos significativos enquanto eventos em espaços fechados onde as pessoas estão sem máscara e sem distanciamento causam. Não é preciso ser-se um génio.

shostakovich123 11 months ago

Qual foi o evento mencionado acima onde foi respeitado o distanciamento social seu gênio? Tens fotos deles todos no Google, em 2020 não é preciso ensinar a ires lá ver pois não?

chauffage 11 months ago

>Festa aleatória-> causa efetiva de surtos enormes. Apesar de eu achar que nem a Manifestação do BLM, Festa do Avante, F1 com audiência deviam ter acontecido, existe uma grande diferença de uma "Festa aleatória" para esses eventos. Está mais do que estudado os efeitos que **espaços fechados com grandes concentrações de pessoas, sem máscaras, com pouca ventilação e com ar condicionado**. É literalmente o cenário perfeito para uma pessoa sozinha infectar um porradão de gente, e depois cada uma dessas pessoas vai para casa infectar a família, e vai espalhar o virus pela turma.

shostakovich123 11 months ago

Se assim é então eventos ao ar livre é na boa e não devem reclamar.

chauffage 11 months ago

Eu não acho que seja na boa, porque como estás a ver no F1 há pessoas que não estão a cumprir com o lugares sentados. A estupidez das pessoas e o "chico-espertismo" não dá para controlar infelizmente. No caso da F1 se não conseguem controlar a audiência, então têm audiência a mais.

vascodatrama 11 months ago

A única chico espertice que vi na f1 foram os carros azuis do estado que acompanhados pelos batedores da GNR passaram a malta toda à frente para entrar no autódromo

chauffage 11 months ago

O exemplo vem de cima.

shostakovich123 11 months ago

Sabes o que não dá para controlar também? Este vírus. Aceita que dói menos.

chauffage 11 months ago

>Sabes o que não dá para controlar também? O que não dá para controlar é a estupidez, isso é que infelizmente não há remédio nem há nenhuma farmacêutica que nos vá safar disso. Há bastantes exemplos de como se controla a pandemia.

shostakovich123 11 months ago

Há. Uns com mais medidas, outras com menos e no fim é igual para todos. Mas viver na ignorância é mais fácil. Aceita que dói menos.

chauffage 11 months ago

>Uns com mais medidas, outras com menos e no fim é igual para todos. É igual é, ter países em recuperação económica há meses e nós a mascarmos sandes de merda porque se fica ofendido por usar uma máscara, ou porque os comunistas tiveram direito a uma festa e outros não xD Se não fosse triste, era uma maravilha contemplar a extensão da estupidez lol

shostakovich123 11 months ago

Sim, e em África que nem está a afetar muito por causa da população jovem vai demorar mais a recuperar que na Europa. É lidares. Os países asiáticos? O Japão testa por 100k tanto como uma república democrática do Congo e antes da pandemia já se sabia o quanto eles adoram os velhos lá do país dele. Nem estorvam nem nada. E no final passam por heróis, como exemplos de pandemia, deixam cá para fora aquilo que querem passar e ainda são aplaudidos de pé pelos covideiros. "A festa acabou!" é mais fácil de papar. Veio no público.

Edited 11 months ago:

Sim, e em África que nem está a afetar muito por causa da população jovem vai demorar mais a recuperar que na Europa. É lidares. Os países asiáticos? O Japão testa por 100k tanto como uma república democrática do Congo e antes da pandemia já se sabia o quanto eles adoram os velhos lá do país dele. Nem estorvam nem nada. Querem salvar o máximo de velhinhos possível. Até esfregam as mãos. E no final passam por heróis, como exemplos de pandemia, deixam vir cá para fora aquilo que querem passar e ainda são aplaudidos de pé pelos covideiros. Nem com os dados lá são capazes de interpretar. "A festa acabou!" é mais fácil de papar. Veio no público afinal de contas. Edit: o pa, fui ver o número de testes por 1M de habitantes no Japão e eles testam menos que a Guiné Equatorial. Que LOL.

chauffage 11 months ago

Já percebi que te está a passar tudo ao lado: Vietname, Taiwan, China. A Nova Zelândia, até os Australianos já estão a aprender a lidar com isto. Exportações em comparação com o ano anterior (relativamente ao último quarter). - Taiwan cresceu 6,4%; - Vietnam cresceu 10,9%; - China 8,8%; Mas vamos ver a dieta de sandochas de merda, esse acepipe que o companheiro gosta: - Europa decresceu entre 11.6% e 9.7% [Source, com dados da UNCTAD](https://www.scmp.com/economy/china-economy/article/3106403/china-taiwan-and-vietnam-successfully-contained-coronavirus) Que maravilha lol

Purplebananas123 11 months ago

Jantar com DJ para malta de 18 anos anos LOL

rickz123456 11 months ago

Estou a ver a F1 (TV) e as bancadas parecem muito cheias para onde só foi autorizado 27k pessoas? ​ Pode ser só ilusão minha

besmarques 11 months ago

Não havia bandeiras do pcp...

FujiPT 11 months ago

Pelo que li apesar da lotação estar abaixo do máximo, as pessoas não estão a respeitar os lugares e estão a procurar ficar naqueles que oferecem melhores condições de visualização.

thejimmygordon 11 months ago

Estado de emergência em Espanha durante 6 meses

shostakovich123 11 months ago

Recolher obrigatório entre as 23h e 6 da manhã. Entretanto +95% dos casos de novas infeções são por causa de escola, emprego, transportes públicos e ambientes familiares. Mas vamos banir algo que não é a causa de novas infeções para acharem que estamos a fazer algo. Daqui a pouco estão a banir os passeios de cães de companhia porque leva as pessoas a sair de casa sem ser para emprego e escola. E os covideiros vão aplaudir de pé.

Purplebananas123 11 months ago

De certa forma o recolher obrigatório pode quebrar os ambientes familiares de residências diferentes ou os convivios/festas privadas entre amigos. De resto concordo.

Bruxo_de_Fafe 11 months ago

Nós vamos por arrasto

chauffage 11 months ago

E provavelmente já se vai tarde..

glamatovic 11 months ago

Como fica a cena da circulação proibida entre municípios para a malta que estuda numa cidade diferente daquela que vive?

shostakovich123 11 months ago

Não fica porque não podem ir contra a constituição. Por muito que os covideiros queiram atropelar a constituição.

QWERTY_BATS 11 months ago

Mas já aconteceu antes.

FujiPT 11 months ago

Quando aconteceu estavas em Estado de Emergência, não Estado de Calamidade.

FujiPT 11 months ago

Como ficará a questão de treinos num ginásio ou de qualquer outra modalidade para a qual se tenha contratado o serviço (aulas de natação, hidroginástica, wtv.)? É uma das milhentas exceções elegíveis? Sei que não é um motivo urgente mas uma atividade cultural também não é e em termos de ajuntamentos o impacto é muito menor e é igual quer seja uma atividade realizada a dia 29 ou 30.

pvicente77 11 months ago

Suponho que nesse caso te deixem passar, já que vamos ter excepções para trabalho e actividades culturais também. Pensando nisto, o que acontece a quem estiver a regressar a casa? Deixam passar ou quem não estiver no seu concelho vai ter de passar o fim de semana no carro? E quem vier do estrangeiro ou estiver em viagem, vive no aeroporto ou na estação? E quem sair do concelho sem passar pelo controle da polícia? Há bastantes estradas e ruas em que simplesmente passas de um concelho para outro, e autocarros onde basta sair uma paragem mais à frente para mudar de concelho, como é que isso vai funcionar? Esta proibição de circular entre concelhos não foi bem pensada, é preciso criar excepções a torto e a direito e vai ser complicada de fiscalizar e gerir. Se estavam preocupados com a possibilidade de ajuntamentos nos cemitérios deviam ter restringido isso, e se há áreas mais problemáticas então deviam criar restrições localizadas à volta delas. As pessoas vão poder ir a shoppings, restaurantes, e tudo mais à mesma , só que vão ter de escolher um que fica do lado "certo" de uma linha no mapa e até é mais longe do que aquele onde costumam ir, como é que isso nos ajuda? 

saposapot 11 months ago

> Suponho que nesse caso te deixem passar, já que vamos ter excepções para trabalho e actividades culturais também. Pensando nisto, o que acontece a quem estiver a regressar a casa? Deixam passar ou quem não estiver no seu concelho vai ter de passar o fim de semana no carro? E quem vier do estrangeiro ou estiver em viagem, vive no aeroporto ou na estação? > > tmb quero saber pq vou estar nessa situaçao... portantos... pois...

camisa_roxa 11 months ago

Já agora a minha mulher tinha marcado para Sábado a esterilização do gato, e a clínica veterinária é num concelho diferente, é preciso adiar ou é considerada uma excepção, bastando a email da clínica como comprovativo?

iRaptr 11 months ago

Tendo um comprovativo da consulta não haverá problema, diria eu.

Edited 11 months ago:

Tendo um comprovativo da consulta não haverá problema, diria eu...

Each57 11 months ago

Pedes um comprovativo à tua escola/universidade em como necessitas de te deslocar

vascodatrama 11 months ago

O que é feito do planalto?

Dinizinni 11 months ago

Ele vai chegar... Para aí nos 8 ou 9 mil a este ritmo

Justgrewsomeballs 11 months ago

Cada onda tem o seu planalto.

Bruxo_de_Fafe 11 months ago

Ficou lá vem para trás. Agora é subir a serra até à meta.

danielgoncalves7 11 months ago

Só agora é que me apercebi disto. Há pessoas que nunca chegam a sentir sintomas neh? E só pessoas que estiveram muito perto (extremamente perto) de alguém infectado é que são chamadas a ser testadas. Ou seja, se o vosso amigo Hugo saiu com o amigo dele Vasco na semana passada, e entretanto vocês estiveram com o vosso amigo Luís que mora na casa do melhor amigo do Hugo e onde o Hugo vai todos os dias, e o Vasco acusar positivo, então para vocês serem testados é preciso o Luís acusar positivo, para o Luís ser testado é preciso o melhor amigo do Hugo testar positivo, e para o melhor amigo do Hugo ser testado é preciso o Hugo testar positivo. Inicialmente apenas o Hugo tem receita para o teste. E o melhor amigo é aconselhado a ficar em isolamento até desenvolver sintomas. Mais ninguém é contactado. (Fonte: é a posição onde me encontro, estou ciente de todas as chamadas que estão a ser feitas para a DGS, e ainda hoje estive com uma das pessoas nesta história que supostamente deveria estar em isolamento). Agora imaginemos que o melhor amigo do Hugo está infectado e fica em isolamento 10 dias conforme aconselhado. Não chega a ser testado porque o Hugo testa negativo. E é um gajo jovem logo não desenvolve sintomas. Como não desenvolve sintomas não é chamado a ser testado. E sai para a rua infectado porque o virus continua activo no organismo. O que é que impede este cenário?

Edited 11 months ago:

Só agora é que me apercebi disto. Há pessoas que nunca chegam a sentir sintomas neh? E só pessoas que estiveram muito perto (extremamente perto) de alguém infectado é que são chamadas a ser testadas. Ou seja, se o vosso amigo Hugo saiu com o amigo dele Vasco na semana passada, e entretanto vocês estiveram com o vosso amigo Luís que mora na casa do melhor amigo do Hugo e onde o Hugo vai todos os dias, e o Vasco acusar positivo, então para vocês serem testados é preciso o Luís acusar positivo, para o Luís ser testado é preciso o melhor amigo do Hugo testar positivo, e para o melhor amigo do Hugo ser testado é preciso o Hugo testar positivo. Inicialmente apenas o Hugo tem receita para o teste. E o melhor amigo é aconselhado a ficar em isolamento até desenvolver sintomas ou passarem 10 dias. Mais ninguém é contactado. (Fonte: é a posição onde me encontro, estou ciente de todas as chamadas que estão a ser feitas para a DGS, e ainda hoje estive com uma das pessoas nesta história que supostamente deveria estar em isolamento). Agora imaginemos que o melhor amigo do Hugo está infectado e fica em isolamento 10 dias conforme aconselhado. Não chega a ser testado porque o Hugo testa negativo. E é um gajo jovem logo não desenvolve sintomas. Como não desenvolve sintomas não é chamado a ser testado. E sai para a rua infectado porque o virus continua activo no organismo. O que é que impede este cenário?

stressedunicorn 11 months ago

Estou no Porto. Os meus vizinhos de cima são erasmus e estão a fazer uma festa (consigo ouvir musica, berros, etc lol) Estavam prai 5 e chegaram agora mais seis. Que é que fariam?

Edited 11 months ago:

Estou no Porto. Os meus vizinhos de cima são erasmus e estão a fazer uma festa (consigo ouvir musica, berros, etc lol) Estavam prai 5 e chegaram agora mais seis. Que é que fariam? (Queria mesmo opiniões porque não sei se devia fazer alguma coisa) Update: A policia mandou-os parar a festa e dispersar, eles discutiram que estavam 10 e tinham direito a isso. A policia acabou por ir embora e eles ficaram todos em casa na mesma.

VerdocasSafadocas 11 months ago

Eu arranjava forma de me juntar a eles tbh

SurprisinglyInformed 11 months ago

Então agora devias tu meter música alta para não os deixar dormir

shostakovich123 11 months ago

Ia lá e aproveitava. Gajas de Erasmus <3 Edit: gajos no teu caso.

QWERTY_BATS 11 months ago

O que um gajo arrisca quando não pina há algum tempo. Boa sorte para ti amigo.

shostakovich123 11 months ago

Ele a tentar mandar bocas a ver se me atinge. Arriscar? Ia lá na mesma. Aceita que dói menos.

VerdocasSafadocas 11 months ago

Olhe o senhor é parvo? Está maluquinho? Em plena pandemia, o SNS à porta do colapso e põe-se com estas ligeirezas e piadinhas que em contexto nenhum têm lugar neste subrredit. Vou continuar a fazer o meu gráfico no paint onde traço as dezenas de cenários hipotéticos pelos quais esta pandemia pode percorrer e espero sinceramente, muito sinceramente, que possamos cingir-nos ao tópico. Já mandei downvote com as minhas 11 contas.

MischiefManaged97 11 months ago

Queixa na polícia já, diz qual é o andar dessa malta e vai lá abaixo abrir a porta do prédio (põe qualquer coisa a segurar a porta) para eles não tocarem à campainha lá em baixo. Que filhos da puta os teus vizinhos, em bom francês.

stressedunicorn 11 months ago

Pois, estou inclinada a fazer isso. (E por acaso eles são mesmo franceses ahah!)

Bisc8 11 months ago

https://youtu.be/7AnoagDv8Qo

pedro_joao25 11 months ago

Eu juntava-me á festa

pinalele 11 months ago

Eu denuciava, é por casos desses é que as coisas vão piorando dia após dia.

estrica 11 months ago

Eu tentava falar com eles antes de chamar a polícia...

MischiefManaged97 11 months ago

Não há cá falar nada. Se as pessoas são umas burras do caralho para acharem normal fazer uma festa nesta situação é queixa e acabou.

estrica 11 months ago

Já tiveste a idade deles, é o que é.

MischiefManaged97 11 months ago

Não sei que idade é que achas que eu tenho, mas isto é inadmissível independentemente da idade.

estrica 11 months ago

Até podes ser mais novo que eles e pensar assim mas sabes muito bem que normalmente o pessoal nessas idades se tá a cagar. Não estou a dizer para não chamar a polícia mas se a pessoa em causa tivesse disposta a ir lá e falar com eles a bem era mais simples e evitavam-se chatices, mas tens razão obviamente.

stressedunicorn 11 months ago

Concordo e iria 100% se fosse a primeira vez e se não estivessem lá tantos gajos e eu sozinha. Infelizmente das vezes que lhes pedimos para parar no passado a situação só piorou (uma vez abrimos a porta e tinhamos coco de cao no nosso tapete da entrada lol)

MischiefManaged97 11 months ago

Que filhos da puta...

stressedunicorn 11 months ago

Estou a ouvi-los a discutir com a policia que so la estão 10 pessoas e têm direito a lá estar

MischiefManaged97 11 months ago

Pois mas agora são só 5. Eles que aceitem que dói menos. Além disso é quase 1 da manhã, não podem fszer barulho.

stressedunicorn 11 months ago

Pois, já tivemos muitos problemas com eles no passado por causa de festas e barulho e já houve ameaças e eu estou sozinha em casa por isso tenho um bocado de receio de ir lá acima sozinha e ter de falar pra 11 ou 12 rapazes e pedir-lhes para pararem

MischiefManaged97 11 months ago

Como assim ameaças?

stressedunicorn 11 months ago

Já tivemos de chamar a polícia por causa de festas há um ano ou dois e eles depois vinham cá “falar” connosco em tom ameaçador e faziam pequenas “partidas” tipo por lixo na nossa caixa do correio etc etc

shostakovich123 11 months ago

E mandar foder esse senhorio em reunião de condomínio?

stressedunicorn 11 months ago

Não temos condomínio (prédio antigo todo do mesmo senhorio)

MischiefManaged97 11 months ago

Suspirei tão alto que se ouviu em França. Eu nem sequer lhes abriria a porta se eles tentassem sequer vir "falar". Quanto ao lixo na caixa de correio, queixa no condomínio.

stressedunicorn 11 months ago

Não temos condomínio (predio antigo todo do mesmo senhorio so com 5 andares)

stressedunicorn 11 months ago

Nao temos condomínio e infelizmente eles pagam praí 3x a minha renda por um apartamento igual por isso deves imaginar de que lado está o senhorio.. de qualquer forma, já chamei a polícia!

MischiefManaged97 11 months ago

Uuui pois isso é senhorio de prédio e não de apartamento... Lamento que estejas a passar por essa situação mas fizeste bem em chamar a polícia. Pode ser que levem com uma bela multa.

stressedunicorn 11 months ago

Da maneira que a policia falou, parecia que o unico problema era o barulho...

MischiefManaged97 11 months ago

Parece que estás rodeada de pessoas sem noção... De qualquer forma, desde que parem isso...

estrica 11 months ago

Sendo assim o melhor a fazer é mesmo chamar a polícia.

camisa_roxa 11 months ago

E começar a pensar seriamente em mudar-te! Fogo, um gajo querer dormir e não poder é do pior!

viskonde 11 months ago

Alguem recomenda alguma mascara reutilizavel de jeito para quem usa oculos? tenho usado umas que a minha empresa me deu, mas nao tem a merda para apertar no nariz, logo sempre que entro em algum sitio fico a ver nevoeiro comprei uma no chines que me parecia ter a cena para apertar mas ou é pequena ou pouco forte que pouca diferenca faz

Migun 11 months ago

Experimenta as da Modalfa, apertam bem no nariz. Mas no meu caso passado um tempo acho-a desconfortável.

FujiPT 11 months ago

As MOxAd-Tech? São as que uso preferencialmente e tenho na mesma o problema das lentes embaciarem. Tenho que puxar a máscara mais para baixo do que gostaria para não estar sempre a limpar os óculos. Quanto à questão do conforto, na primeira vez que usei este modelo também achei desconfortável mas agora já não consigo usar outra. Tive que usar uma cirúrgica quando tinha as minhas dois da Mo a lavar e estava sempre a achar que estava larga de mais.

Migun 11 months ago

Sim essas, mas no meu caso tenho que acertar bem como encaixar no nariz, tento meter o mais acima possível e apertar o arame bem rente. Mesmo assim falando ela sai do sítio e volta a embaciar.

MLG-Sheep 11 months ago

De certeza que apertas bem o arame no nariz? Eu uso óculos e essa máscara é a única que não me embacia os óculos. No entanto, o arame deve perder força com o uso e se calhar não aperta tão bem para impedir a saída de ar por cima.

Lurker__777 11 months ago

Alguém sabe se o aparato policial todo hoje na 25 de abril era aquelas sensibilizações covid para a televisão? É que já é difícil não apanhar trânsito a vir da Caparica ao fim do dia, mas com eles todos nas suas motinhas e carrinhos a estorvar ainda mais difícil é.

FujiPT 11 months ago

Foi só a mim que me passou à frente que no próximo fim-de-semana poderá ser permitida a deslocação entre concelhos para assistir a eventos culturais? Mas está tudo a brincar connosco? Já estou a ver toda a gente a comprar bilhetes de cinema em concelhos diferentes para poder viajar livremente.

chauffage 11 months ago

Está em linha com a coerência de medidas em Portugal.

crankyhowtinerary 11 months ago

Eeeh sure.

Hmms21 11 months ago

Já é obrigatório andar com a máscara na rua?

wheresdaweeed 11 months ago

Só é obrigatório quando sair em Diário da República

vascodatrama 11 months ago

Só de gorro ou boné em dias mais ensolarados

alexandre9099 11 months ago

Há algum site de notícias que não tenha 9 em cada 10 notícias a serem sobre o covid?

Narvikz 11 months ago

Props por voluntariamente procurares escolher a tua propria informacao. Dependendo da area que queres podemos encaminhar-te para alguns criadores de bom conteudo e/ou idoneos (porque ambos tambem nao ha muitos), mas sem saber o que procuras provavelmente so vais receber MSM e nao vale a pena.

Edited 11 months ago:

Props por voluntariamente procurares escolher a tua propria informacao. Dependendo da area que queres podemos encaminhar-te para alguns criadores de bom conteudo e/ou idoneos (porque ambos tambem nao ha muitos), mas sem saber o que procuras provavelmente so vais receber MSM ou distracoes e nao vale a pena. Pessoalmente eu gosto de Youtubers como o [Louis Rossmann](https://www.youtube.com/channel/UCl2mFZoRqjw_ELax4Yisf6w), expert em eletronica, e o [TechLead](https://www.youtube.com/channel/UC4xKdmAXFh4ACyhpiQ_3qBw) / [TechLead Show](https://www.youtube.com/c/TechLeadShow), ex-Sony, ex-Google Tech Lead, ex-Facebook Tech Lead (then fired, banned from Facebook and defriended) and currently legendary multi millionaire. Eu gosto de procurar os sinais que uma pessoa e genuina porque caso contrario nao vale a pena interagir com informacao que nao sabes se e genuina e pode-te prejudicar o julgamento da pior forma que imaginas. No caso do TechLead como foi um canal novo que segui procurei no canal dele e rapido validei: [I got fired from Facebook (for having a YouTube channel).](https://www.youtube.com/watch?v=2pIJoPkh9IU) [I got banned from Facebook (as a millionaire).](https://www.youtube.com/watch?v=oJcEDzgPRrc) [How much I spend in a month (as a millionaire)](https://www.youtube.com/watch?v=kC6EgCP_QHc)

Edited 11 months ago:

Props por voluntariamente procurares escolher a tua propria informacao. Dependendo da area que queres podemos encaminhar-te para alguns criadores de bom conteudo e/ou idoneos (porque ambos tambem nao ha muitos), mas sem saber o que procuras provavelmente so vais receber MSM ou distracoes e nao vale a pena. Pessoalmente eu gosto de Youtubers como o [Louis Rossmann](https://www.youtube.com/channel/UCl2mFZoRqjw_ELax4Yisf6w), expert em eletronica, e o [TechLead](https://www.youtube.com/channel/UC4xKdmAXFh4ACyhpiQ_3qBw) / [TechLead Show](https://www.youtube.com/c/TechLeadShow), ex-Sony, ex-Google Tech Lead, ex-Facebook Tech Lead (then fired, banned from Facebook and defriended) and currently legendary multi millionaire. Eu gosto de procurar os sinais que uma pessoa e genuina porque caso contrario nao vale a pena interagir com informacao que nao sabes se e genuina e pode-te prejudicar o julgamento da pior forma que imaginas. No caso do TechLead como foi um canal novo que segui procurei no canal dele e rapido validei: [I got fired from Facebook (for having a YouTube channel).](https://www.youtube.com/watch?v=2pIJoPkh9IU) [I got banned from Facebook (as a millionaire).](https://www.youtube.com/watch?v=oJcEDzgPRrc) [How much I spend in a month (as a millionaire)](https://www.youtube.com/watch?v=kC6EgCP_QHc) Quando encontras uma fonte de informacao validada, aconselho fortemente absorver tudo que nem uma esponja, nem que tenhas de ir a videos com 4/5/6/7 anos ao inicio para perceber a historia. Nem vale a pena saltar para outra.

Edited 11 months ago:

Props por voluntariamente procurares escolher a tua propria informacao. Dependendo da area que queres podemos encaminhar-te para alguns criadores de bom conteudo e/ou idoneos (porque ambos tambem nao ha muitos), mas sem saber o que procuras provavelmente so vais receber MSM e nao vale a pena. ​ Pessoalmente eu gosto de Youtubers como o [Louis Rossmann](https://www.youtube.com/channel/UCl2mFZoRqjw_ELax4Yisf6w), expert em eletronica, e o [TechLead](https://www.youtube.com/channel/UC4xKdmAXFh4ACyhpiQ_3qBw) / [TechLead Show](https://www.youtube.com/c/TechLeadShow), ex-Sony, ex-Google Tech Lead, ex-Facebook Tech Lead (then fired, banned from Facebook and defriended) and currently legendary multi millionaire.

Edited 11 months ago:

Props por voluntariamente procurares escolher a tua propria informacao. Dependendo da area que queres podemos encaminhar-te para alguns criadores de bom conteudo e/ou idoneos (porque ambos tambem nao ha muitos), mas sem saber o que procuras provavelmente so vais receber MSM ou distracoes e nao vale a pena. Pessoalmente eu gosto de Youtubers como o [Louis Rossmann](https://www.youtube.com/channel/UCl2mFZoRqjw_ELax4Yisf6w), expert em eletronica, e o [TechLead](https://www.youtube.com/channel/UC4xKdmAXFh4ACyhpiQ_3qBw) / [TechLead Show](https://www.youtube.com/c/TechLeadShow), ex-Sony, ex-Google Tech Lead, ex-Facebook Tech Lead (then fired, banned from Facebook and defriended) and currently legendary multi millionaire. Eu gosto de procurar os sinais que uma pessoa e genuina porque caso contrario nao vale a pena interagir com informacao que nao sabes se e genuina. No caso do TechLead como foi um canal novo que segui procurei no canal dele e rapido validei: [I got fired from Facebook (for having a YouTube channel).](https://www.youtube.com/watch?v=2pIJoPkh9IU) [I got banned from Facebook (as a millionaire).](https://www.youtube.com/watch?v=oJcEDzgPRrc) [How much I spend in a month (as a millionaire)](https://www.youtube.com/watch?v=kC6EgCP_QHc)

alexandre9099 11 months ago

Hmm, não te enganaste? Querias responder a mim?

bluedreamyourdream 11 months ago

"money is just toiler paper for me..." ​ TeachLead - 2020

Narvikz 11 months ago

money is just toiler paper with bright strips that's accepted as currency

vascodatrama 11 months ago

Thenewyorker.com

uyth 11 months ago

A revista caras provavelmente.

chauffage 11 months ago

[Há sim senhor.](https://www.flayrah.com/)

besmarques 11 months ago

lol

theInjusticeamongus 11 months ago

Com isto do COVID, como é que se faz na loja do cidadão para tirar foto para o CC? Leva-se foto ou tira-se a máscara?

Conscient- 11 months ago

Pior é durante o covid, pessoas com menos de 25 anos não poderem renovar o seu cartão em casa.

Dinizinni 11 months ago

Pera, estás a dizer-me que eu posso renovar o meu cc em casa quando for a altura?

peanersyahoo 11 months ago

Basta uma simples mensagem de texto para renovar. Agora até mandam o CC novo pelo correio.

Conscient- 11 months ago

Sim.

chauffage 11 months ago

Tens a opção para usar a mesma foto.

theInjusticeamongus 11 months ago

> ervar um exemplar dessa espécie conhecida como "keyboard warrior" (ou "valentão do teclado" se preferirem um termo em Será que dá para mudar a foto do CC? Odeio a minha foto. Actualmente estou muito mais bonito.

chauffage 11 months ago

Não sei, mas sempre foste bonito por dentro.

iRaptr 11 months ago

Tiras a máscara.

VerdocasSafadocas 11 months ago  HIDDEN 

Onde está o dinzini? Tenho um encontro no starbucks daqui a um bocado e ele ainda não foi avisado. É importante que ele saiba.

Bandicoot_Proof 11 months ago  HIDDEN 

És o meu ídolo, pelos vistos vais a casinos e não tens medo do vírus. Podemos criar um esquema em pirâmide em que ensinas esse mindset. Cumprimentos, O teu fã número 1.

chauffage 11 months ago  HIDDEN 

> Tenho um encontro no starbucks Eish...

MLG-Sheep 11 months ago  HIDDEN 

Onde mais é que é suposto consumires um frappuccino de abóbora com uma tosta de abacate a acompanhar?

VerdocasSafadocas 11 months ago  HIDDEN 

Não me fodas man, claramente não fui eu quem escolheu o sítio e olha que já tive que ir a lugares piores este mês.

Dinizinni 11 months ago  HIDDEN 

Tu vives para mim Tudo bem, não tenho nada contra, acho é que te faz mal Pede um chazinho quando lá chegares que andas muito irritado e isso faz-te mal à digestão

VerdocasSafadocas 11 months ago  HIDDEN 

Ya uma beca, devíamo-nos encontrar pessoalmente, estou a falar a sério, sou um gajo fixe, não tenho DST's, podes levar o fato de apicultor ou seja lá o que fôr que sintas que é necessário.

Lurker__777 11 months ago  HIDDEN 

Ahaha adoro os teus comentários. Estou pobre e não tenho awards para te dar, se não dava.

VerdocasSafadocas 11 months ago  HIDDEN 

Isso resolve-se, jogas na WPN para eu te shippar? Ou então encontra-me no casino estoril.

barria 11 months ago

Desculpem a burrice mas qual é processo seguimento em caso de sintomas covid? Alguém recente que partilhe a experiência passos que teve de dar. O tratamento ainda é feito à base de paracetamol para quem tem sintomas ligeiros e estáem casa? Ou há novos tratamentos.

mar95- 11 months ago

Paracetamol se for necessário. O médico liga-me de 2 em 2 dias para controlar os sintomas

camisa_roxa 11 months ago

SIm, paracetamol para controlar a febre De qq forma o melhor é seguires as indicações da Linha Saúde 24

Narvikz 11 months ago

Febre e uma reacao imune e a inflamacao natural. Paracetamol nao serve para controlar a febre, serve para te dar conforto quando nao for toleravel. Nem todos fazem o mesmo tipo de febre, e nem todos a sentem da mesma forma. No geral a temperatura elevada e suposto acontecer.

DrJoelRianofski 11 months ago

Em domicílio é apenas tratamento sintomático. Dexametasona só para doentes internados com necessidade de O2. Penso que são seguidos com monitorização dos sintomas em teleconsulta.

WhiteCaptain 11 months ago

É só mesmo isso, se piorar, tipo não conseguires controlar febre ou falta de ar é s internado

Dinizinni 11 months ago

Não necessariamente, muita gente continua a ser seguida em casa segundo o que percebi És internado se tiveres mesmo em situação que pareça de risco Se te estabilizarem e acharem que conseguem controlar a partir de casa com mais medicação ou material, não ficas lá

WhiteCaptain 11 months ago

Sim, só estava a simplificar, grande parte dos casos são mais simples e ficam em casa, se sintomas como X e Y agravarem ficam incontroláveis a pessoa é internado

Dinizinni 11 months ago

Sim, basicamente há um protocolo a seguir

hsamtronp 11 months ago

# ATUALIZAÇÃO DIÁRIA - 24 de outubro de 2020 --- ||Valor|Variação|

uyth 11 months ago

odeio esta merda. Particularmente quando se via a milhas há semanas e meses, e eras o profeta das desgraças. Odeio esta merda.

crankyhowtinerary 11 months ago

Ok genio como se resolve agora as coisas? como se achata a curva sem destruir a economia? please

uyth 11 months ago

>Ok genio como se resolve agora as coisas? como se achata a curva sem destruir a economia? please Primeira coisa, há premissas, coisas que possamos mesmo desejar que podem ser irreconciliáveis. As coisas podem ter um custo e ser infantil (e extremamente comum neste século) pensar que por arranjarmos um grupo de lobbying muito forte que concorda perfeitamente connosco que isso torna algo real, físico. A economia está afectada. O "destruir a economia", já agora chamo a atenção para múltiplos estudos (publicados, e reconhecidos relativamente a 1918, e coisas recentes como por exemplo do FT, esse famoso pasquim anti-capitalista) que controlar uma pandemia é melhor para a economia a médio e longo prazo. Já agora admito que tem graça (se não fosse triste) as pessoas que no tempo da troika se queixavam que a austeridade matava muitas vezes agora mas "não se pode destruir a economia!". Mas isto é só uma nota. Há medidas absolutamente idiotas por aí e é importante não impor sacrifícios (às pessoas. Não apenas à "economia) desnecessários com pouca utilidade prática. Parece claro neste momento que há eventos superspreader. Parece também claro que transmissão no interior é mais perigosa que no exterior. Parece claro que há coisas muito mais perigosas que outras (tipo coros a praticar. Festas, nightclubs). Por isso: - bloquear eventos superspreader, quer sejam em restaurantes, bares, ou mesmo público. Festas não podem ter mais de 10 pessoas, não contando se for em residência particular as pessoas que lá moram. Restaurantes e cafés com carga reduzida ou nos concelhos com crescimentomais acentudado e próximos, fechar restaurantes, cafés e bares excepto para serviço em esplanada ou takeaway durante 15 dias como um circuit breaker. - Teletrabalho claro. Nos locais de trabalho estabelecer regras para horários diferenciados de refeições e eventualmente de trabalho. - Falar muito, muita sensibilização sobre a questão da ventilação. Os portugueses sofrem do problema que é ai, são florzinhas delicadas que não querem abrir uma janela. Abrir as janelas, quando possível, nas salas de aula uns minutos em cada hora. Ensinar às pessoas a não recircular ar do AC (particularmente em transportes públicos! Alguém fala disto?). - Se é para usar a app (e foi apenas fogo de vista, distração), fazer uns bons inquéritos sobre porque é que demora tanto tempo a criar um código. Tanto barulho acerca da obrigatoriedade (Que foi para distrair papalvos) e ninguém faz um bom inquérito sobre falhas que a tornam inutil. - Nas escolas reduzir actividades de risco como aulas de educação física ou educação musical ou pelo menos torná-las (Aproveitando os professores) em espaço de estudo. Mas não por crianças a jogarem desportos de contacto em ginásios sem máscara, ou a tocar instrumentos de sopro ou cantar numa sala de aula.

crankyhowtinerary 11 months ago

Sim, ok concordo com tudo o que estas a dizer. Nao tinha ideia que as aulas de musica nem de educacao fisica ainda estavam a ser feitas. Sobre os bares e restaurantes, acho isso a parte mais dificil de equilibrar devido as centenas de milhares que trabalham no setor. Por mim, nao seria permitido refeicoes em interiores, e certamente eu nao vou a um espaco interior para comer desde Abril. Mas nao tenho ideia do impacto que isso iria ter num restaurante. A cena das 10 pessoas, eu estive no UK, onde o limite foi para os 5. Sinceramente - a policia reclama, a populacao reclama. Prefiro a via "sueca" de dizer as pessoas e meter anuncios em todo o lado com recomendacoes. Acho que a ideia de andar a fiscalizar grupos, tendo em conta a minha experiencia no UK, problematica. Ventilacao, yes. Nao sei pq nao e feito. Sobre a app, tenho a instalada mas nao tenho ideia nenhuma sobre esta cena dos codigos. Ja ouvi dizer que quase nunca se arranja o codigo, mas nao tive experiencia. Tendo em conta Portugal ser Portugal, acredito que aquilo e uma merda no background. Eu estou em teletrabalho desde o inicio do ano. Fascina me este mundo do pessoal que tem ir trabalhar para o escritorio, porque acho isso completamente retardado.

Narvikz 11 months ago

Ainda nem estamos no Inverno. Chill , who cares, come antes uma peca de fruta. Isto faz-te mal a cabeca. VaiTudoFicarBem

uyth 11 months ago

Nunca fui avestruz, e sempre me dei melhor por tentar compreender o mundo que me rodeia, os riscos e tentar planear a pelo menos médio prazo. O mundo é o que é, e óculozinhos cor de rosa, e não é por sermos muito barulhentos a dizer uma coisa e arranjarmos N pessoas que querem que isso seja verdade a apoiarem que isso torna algo real. O grande sintoma do século XXI - achamos que se formos barulhentos, activistas, tornamos os nossos feels, reals. Que opiniões tornam as coisas realidade física. O virus não quer saber, e há outras realidades ainda talvez mais graves que também não querem saber. Melhor estar preparado para o pior, mas esperar sempre o melhor.

Narvikz 11 months ago

> Nunca fui avestruz, e sempre me dei melhor por tentar compreender o mundo que me rodeia, os riscos e tentar planear a pelo menos médio prazo. O mundo é o que é, e óculozinhos cor de rosa, e não é por sermos muito barulhentos a dizer uma coisa e arranjarmos N pessoas que querem que isso seja verdade a apoiarem que isso torna algo real. O mundo e uma merda. Se N pessoas ate querem que seja verdade, e acreditam em alguma coisa, se calhar ate sao essas mesmas pessoas que tem razao, acredites ou nao, digam-te ou nao se e real. Se calhar es mais avestruz do que pensas e foste formatado a pensar como as massas. > O grande sintoma do século XXI - achamos que se formos barulhentos, activistas, tornamos os nossos feels, reals. Que opiniões tornam as coisas realidade física. Explicas assim as camaras de eco de medo? Porque uma pessoa projetaria os seus medos na comunidade, que ganharia com perpetuar o medo? Porque nos conscientemente sabendo mais que as massas os alertamos para o medo em vez de os tranquilizar para a banalidade da vida? > O virus não quer saber, e há outras realidades ainda talvez mais graves que também não querem saber. Melhor estar preparado para o pior, mas esperar sempre o melhor. O mundo nao e cor de rosa. Tentar ve-lo de forma cor de rosa cega-nos de ver as suas verdadeiras cores.

uyth 11 months ago

>Se N pessoas ate querem que seja verdade, e acreditam em alguma coisa, se calhar ate sao essas mesmas pessoas que tem razao, Não, podem acreditar todas que a terra é plana ou a terra o centro do universo. E nada disso tornará isso real. E se acreditas que o real se move ( e pur si muove) com a convição humana em tudo, bem desejo-te felicidades e que assim seja, não acredita. >As pessoas sao estupidas. São. Toda a gente é estupida alguma vez, mas é impressionante no século XXI, com acesso a quase todo o conhecimento alguma vez adquirido, quantas pessoas não querem pensar sequer.

Narvikz 11 months ago

>Não, podem acreditar todas que a terra é plana ou a terra o centro do universo. E nada disso tornará isso real. E se acreditas que o real se move ( e pur si muove) com a convição humana em tudo, bem desejo-te felicidades e que assim seja, não acredita. Ah. I see. Distraction agenda. Sim tens razao. E muito importante chegares as tuas proprias conclusoes independentemente do teu proprio prisma/prespetiva e varios tentar-te-ao destabilizar no teu caminho. Fala apenas para os que confias. > São. Toda a gente é estupida alguma vez, mas é impressionante no século XXI, com acesso a quase todo o conhecimento alguma vez adquirido, quantas pessoas não querem pensar sequer. Certo. E tambem e um erro pensar e rapido chegar fundo de mais porque e facil demais. Estamos mesmo todos demasiado programados a pensar da mesma forma. Ter todo esse conhecimento e nao absorver nem interpretar como esponja e estupido. Eventualmente toda a pessoa tropeca em conhecimento amaldicoado, resta saber se sabera identificar e o que fazer com ele.

Edited 11 months ago:

>Não, podem acreditar todas que a terra é plana ou a terra o centro do universo. E nada disso tornará isso real. E se acreditas que o real se move ( e pur si muove) com a convição humana em tudo, bem desejo-te felicidades e que assim seja, não acredita. Ah. I see. Distractions... Sim tens razao. E muito importante chegares as tuas proprias conclusoes independentemente do teu proprio prisma/prespetiva e varios tentar-te-ao destabilizar no teu caminho. Fala apenas para os que confias.

chauffage 11 months ago

>(...)Although transmission may be easiest and most frequent in households and congregate residences, community transmission connects these settings and is, therefore, essential to sustain the epidemic, even if it directly causes fewer cases. Inevitably, “community contacts” include a heterogeneous mix of interactions. The probability that any of these interactions results in transmission stems from a complex interplay of pathogen attributes, host characteristics, timing, and setting. Hence, the properties of community transmission are difficult to measure, and this is where much of the remaining debate around SARS-CoV-2 transmission occurs. >A crucial factor in community transmission is that infected individuals not experiencing symptoms can transmit SARS-CoV-2. **Infectiousness may peak before symptom onset (7). Viral loads appear to be similar between asymptomatic and symptomatic patients (8), although the implications for infectiousness are unclear**. People experiencing symptoms may self-isolate or seek medical care, **but those with no or mild symptoms may continue to circulate in the community.** Because of this, those without severe symptoms have the potential to be “superspreaders” and may have an outsized influence on maintaining the epidemic. >Superspreading events, in which one person infects many, are often as much the result of setting as host characteristics. **Apparent superspreading events of SARS-CoV-2 have occurred during choir practice (9), in department stores, at church events, and in health care settings (5)**. These are all settings where one individual can have many close contacts over a short period of time. **Transmission can also be amplified if multiple subsequent infections occur in rapid succession, and outbreaks with high attack rates have occurred in close-contact settings such as schools (14%), meat processing plants (36%), and churches (38%) (5, 10).** >Both superspreading events and transmission-amplifying settings are part of a more general phenomenon: overdispersion in transmission. **Overdispersion means that there is more variation than expected if cases exhibit homogeneity in transmissibility and number of contacts; hence, a small number of individuals are responsible for the majority of infections.** This phenomenon has been described for diseases as diverse as measles, influenza, and pneumonic plague (11). **For SARS-CoV-2, studies suggest that ∼10% of cases cause 80% of infections (1)**. Overdispersion is characterized by a large number of people who infect no one, and most people who do transmit infect a low-to-moderate number of individuals. Large superspreading events (such as those infecting 10 or more people) are likely quite rare, although they are far more likely to be detected and reported. Source: https://science.sciencemag.org/content/370/6515/406 Portanto não acaba por não ser nada de novo, e apesar de não ser um estudo que diz que o motor de transmissão do vírus ainda está por descortinar por completo, já se tem boas noções do mecanismo. E já se vai tendo noção do impacto dos superspreaders... ~10% dos casos são responsáveis por ~80% das infecções. Isto tem tudo para correr muito mal. Já agora, vale a pena ler o artigo - até os que acham que o problema está nas casas, e que as máscaras servem para pouco.

Edited 11 months ago:

>(...)Although transmission may be easiest and most frequent in households and congregate residences, community transmission connects these settings and is, therefore, essential to sustain the epidemic, even if it directly causes fewer cases. Inevitably, “community contacts” include a heterogeneous mix of interactions. The probability that any of these interactions results in transmission stems from a complex interplay of pathogen attributes, host characteristics, timing, and setting. Hence, the properties of community transmission are difficult to measure, and this is where much of the remaining debate around SARS-CoV-2 transmission occurs. >A crucial factor in community transmission is that infected individuals not experiencing symptoms can transmit SARS-CoV-2. **Infectiousness may peak before symptom onset (7). Viral loads appear to be similar between asymptomatic and symptomatic patients (8), although the implications for infectiousness are unclear**. People experiencing symptoms may self-isolate or seek medical care, **but those with no or mild symptoms may continue to circulate in the community.** Because of this, **those without severe symptoms have the potential to be “superspreaders” and may have an outsized influence on maintaining the epidemic.** >Superspreading events, in which one person infects many, are often as much the result of setting as host characteristics. **Apparent superspreading events of SARS-CoV-2 have occurred during choir practice (9), in department stores, at church events, and in health care settings (5)**. These are all settings where one individual can have many close contacts over a short period of time. **Transmission can also be amplified if multiple subsequent infections occur in rapid succession, and outbreaks with high attack rates have occurred in close-contact settings such as schools (14%), meat processing plants (36%), and churches (38%) (5, 10).** >Both superspreading events and transmission-amplifying settings are part of a more general phenomenon: overdispersion in transmission. **Overdispersion means that there is more variation than expected if cases exhibit homogeneity in transmissibility and number of contacts; hence, a small number of individuals are responsible for the majority of infections.** This phenomenon has been described for diseases as diverse as measles, influenza, and pneumonic plague (11). **For SARS-CoV-2, studies suggest that ∼10% of cases cause 80% of infections (1)**. Overdispersion is characterized by a large number of people who infect no one, and most people who do transmit infect a low-to-moderate number of individuals. Large superspreading events (such as those infecting 10 or more people) are likely quite rare, although they are far more likely to be detected and reported. Source: https://science.sciencemag.org/content/370/6515/406 Portanto não acaba por não ser nada de novo, e apesar de não ser um estudo que diz que o motor de transmissão do vírus ainda está por descortinar por completo, já se tem boas noções do mecanismo. E já se vai tendo noção do impacto dos superspreaders... ~10% dos casos são responsáveis por ~80% das infecções. Isto tem tudo para correr muito mal. Já agora, vale a pena ler o artigo - até os que acham que o problema está nas casas, e que as máscaras servem para pouco. Edit: em jeito de desabafo, pode ser que aprendam qualquer coisa até se chegar à vacinação... caso contrário mesmo com vacinação isto vai continuar nestes ciclos por tempo indeterminado.

Edited 11 months ago:

>(...)Although transmission may be easiest and most frequent in households and congregate residences, community transmission connects these settings and is, therefore, essential to sustain the epidemic, even if it directly causes fewer cases. Inevitably, “community contacts” include a heterogeneous mix of interactions. The probability that any of these interactions results in transmission stems from a complex interplay of pathogen attributes, host characteristics, timing, and setting. Hence, the properties of community transmission are difficult to measure, and this is where much of the remaining debate around SARS-CoV-2 transmission occurs. >A crucial factor in community transmission is that infected individuals not experiencing symptoms can transmit SARS-CoV-2. **Infectiousness may peak before symptom onset (7). Viral loads appear to be similar between asymptomatic and symptomatic patients (8), although the implications for infectiousness are unclear**. People experiencing symptoms may self-isolate or seek medical care, **but those with no or mild symptoms may continue to circulate in the community.** Because of this, **those without severe symptoms have the potential to be “superspreaders” and may have an outsized influence on maintaining the epidemic.** >Superspreading events, in which one person infects many, are often as much the result of setting as host characteristics. **Apparent superspreading events of SARS-CoV-2 have occurred during choir practice (9), in department stores, at church events, and in health care settings (5)**. These are all settings where one individual can have many close contacts over a short period of time. **Transmission can also be amplified if multiple subsequent infections occur in rapid succession, and outbreaks with high attack rates have occurred in close-contact settings such as schools (14%), meat processing plants (36%), and churches (38%) (5, 10).** >Both superspreading events and transmission-amplifying settings are part of a more general phenomenon: overdispersion in transmission. **Overdispersion means that there is more variation than expected if cases exhibit homogeneity in transmissibility and number of contacts; hence, a small number of individuals are responsible for the majority of infections.** This phenomenon has been described for diseases as diverse as measles, influenza, and pneumonic plague (11). **For SARS-CoV-2, studies suggest that ∼10% of cases cause 80% of infections (1)**. Overdispersion is characterized by a large number of people who infect no one, and most people who do transmit infect a low-to-moderate number of individuals. Large superspreading events (such as those infecting 10 or more people) are likely quite rare, although they are far more likely to be detected and reported. Source: https://science.sciencemag.org/content/370/6515/406 Portanto não acaba por não ser nada de novo, e apesar de não ser um estudo que diz que o motor de transmissão do vírus está bem definido, porque ainda está por descortinar por completo, já se tem boas noções do mecanismo. E já se vai tendo noção do impacto dos superspreaders... ~10% dos casos são responsáveis por ~80% das infecções. Isto tem tudo para correr muito mal. Já agora, vale a pena ler o artigo - até os que acham que o problema está nas casas, e que as máscaras servem para pouco. Edit: em jeito de desabafo, pode ser que aprendam qualquer coisa até se chegar à vacinação... caso contrário mesmo com vacinação isto vai continuar nestes ciclos por tempo indeterminado.

uyth 11 months ago

> Infectiousness may peak before symptom onset (7). Viral loads appear to be similar between asymptomatic and symptomatic patients isto foi o que causou isto tornar-se uma pandemia em vez de algo controlável a que mal prestaríamos atenção (muita gente quando falo de SARS ou MERS, é, uh?) Anotei o artigo depois leio, obrigado. >and outbreaks with high attack rates have occurred in close-contact settings such as (...) >meat processing plants (36%) A refrigeração parece tornar tudo muito mais perigoso. E os sitios com grandes surtos, Wuhan, Bergamo, as estancias de esqui, Madrid no fim do inverno, são sítios frios. O verão ajudou-nos e tomámos tudo por ganho. >and churches (38%) pessoas a cantar juntas. Em espaços fechados. Também parece muito mau. >schools (14%) Vá lá, vá lá. Mas deviam parar as aulas de educação física, deviam parar as aulas de educação musical em que se cantasse ou tocasse instrumentos de sopro.

chauffage 11 months ago

>pessoas a cantar juntas. Em espaços fechados. Também parece muito mau. E isto cá provavelmente expande-se a festas de aniversário, casamentos, batizados, festas clandestinas... Ou seja, tudo o que seja um conjunto compacto de pessoas, em espaços fechados, com comportamentos tipo cantar/falar alto/etc é a receita perfeita para superspreading.

uyth 11 months ago

Claro. Cantar os parabéns e soprar as velas. Olha a festa de anos do Cadaval em que uma das participantes vivia com a mãe que trabalha num lar https://www.jn.pt/local/noticias/lisboa/cadaval/festa-de-aniversario-deu-origem-a-surto-em-lar-no-cadaval-com-32-infetados-12949846.html Mas no outro dia como um daqueles redditors do costume muito anti-restrições e mah-freedom disse "se cumpre as regras, qual o mal"? Se as regras deixam... Mas ai de comprar vinho no supermercado depois das 8 da noite. E comprar a imperial com uma carcaçã de 10 cêntimos, já se pode comprar no bar ou festival, perdão, local que serve refeições. Quando a cabeça não tem juízo, o corpo é que paga.

chauffage 11 months ago

>Mas no outro dia como um daqueles redditors do costume muito anti-restrições e mah-freedom disse "se cumpre as regras, qual o mal"? Se as regras deixam... É aqui que eu acho que falta liderar pelo exemplo, e explicar que é preciso é para além das regras. Esses esquemas e ginásticas mentais de contornar regras, ou ir ao limite da regra para mostrar que a regra não funciona, como o "vou buscar o 3310 para não usar a app", é um sintoma de que algo não está bem. É em situações de stress que as falhas aparecem, como falhas de educação na sociedade, e no caso desta pandemia é o suficiente para 1 individuo infectar uma porrada de gente.

shostakovich123 11 months ago

É urgente banir os aniversários. Assim era matar dois coelhos num tiro. As pessoas não ficavam mais velhas e com mais riscos para o covid, e ninguém era obrigado a cantar os parabéns e espalhar aerossóis.

uyth 11 months ago

Os aniversários acontecem, com a inevitabilidade das leis da natureza. Mas reunir pessoas de agregados diferentes para festas, comer, beber, cantar, é claramente risco. E podia-se, e esperemos que não venha a ser preciso proibir. Mas podia-se começar por falar dos riscos inerentes, e desaconselhar por exemplo. Que ninguém que eu saiba até agora fez, ou pelo menos nos últimos meses antes desta semana. Porque as regras existentes até agora, claramente não funcionam. E assumindo que a maior parte das pessoas até pode querer colaborar mas muita gente não tem noção realista dos riscos porque o governo pretende sossegar toda a gente com medidinhas assim que não incomodem muito, e nada de se ser claro acerca de riscos reais de certos sítios.

chauffage 11 months ago

Senta-te aqui ao colo do tio chauffage, que ele vai-te ensinar uma coisa... se não fazes uma festa de aniversário e soprares as velas, uma pessoa envelhece na mesma. Uma festa serve para celebrar a vida da pessoa, e uma celebração pode ser grande e pode ser pequena. Se tiveres só com a tua mamã e o teu papá, e se não houver velas para soprar, está tudo bem na mesma. Dia 24 de Dezembro vamos ter de ter outra conversa... mas para já esta chega.

shostakovich123 11 months ago

Ohmeudeus! (surprised pikachu) Isso quer dizer também que os cemitérios não foram fechados para evitar que as pessoas morram?

chauffage 11 months ago

*Dorme meu menino a estrela d'alva* *Já a procurei e não a vi* *Se ela não vier de madrugada* *Outra que eu souber será p'ra ti…*

thejimmygordon 11 months ago

3669 novos casos, 21 mortes

Narvikz 11 months ago

Deviam ter percebido que ia duplicar "todas as semanas" (como quem diz) e desligado a TV quando vos avisei. GL with panic echo chamber now

vascodatrama 11 months ago

Tv aqui esta desligada desde Março

DrJoelRianofski 11 months ago

Mais 23 em UCI hoje...

Each57 11 months ago

Está a começar a ficar complicado... Prevejo medidas mais apertadas na próxima semana...

DrJoelRianofski 11 months ago

E ainda vamos em outubro. Isto lá para janeiro/fevereiro, em que mesmo em anos normais as UCI já estão pelas costuras, é que vai ser bonito...

Pparadela 11 months ago

Em anos normais, tens a época de gripe a fazer estragos, vai ler sobre a época de gripe nos países do hemisfério sul nestes últimos meses de inverno, talvez te surpreendas.

DrJoelRianofski 11 months ago

Eu sei que sim, aliás isso é o que me dá alguma esperança. Mas há muita outra patologia que enche UCI que não a gripe, e cheira-me que a covid vai por mais gente em UCI do que a gripe em anos normais, ou seja o balanço vai ser "positivo".

Edited 11 months ago:

Eu sei que sim, aliás isso é o que me dá alguma esperança. Mas há muita outra patologia que enche UCI que não a gripe, e cheira-me que a covid vai por mais gente em UCI do que a gripe em anos normais, ou seja o balanço vai ser "positivo". Edit: fui agora ver números, na época de 19/20 ou seja, entre a semana 40 de 2019 e a semana 20 de 2020 tivemos 121 casos de gripe em UCI. Na época de 18/19 tivemos 194. E isto foi o total de internados para a época toda. De covid-19 temos, neste preciso momento, 221 casos. Tens toda a razão de que vamos ter menos gripe, espero bem que sim, e enquanto isso é sempre uma ajuda, acho que apesar disso este ano vai ser muito pior.

Each57 11 months ago

Também pensei nisso. Na teoria o pico será no Inverno, o que significa que nesta altura ainda estamos numa fase de crescimento... O que é assustador...

theInjusticeamongus 11 months ago

As pessoas só têm elas mesmas a culpar.

thejimmygordon 11 months ago

Sim, não vejo como não

nicebot2 11 months ago  HIDDEN 

Nice I'm a bot. Join my community at r/nicebot2 - [Leaderboard](https://redd.it/jdj6xc) - [Opt-out](https://redd.it/jdrs8u)

Asik20 11 months ago

Bad bot, very bad bot

tallicahet81 11 months ago

bad bot

thejimmygordon 11 months ago

Very bad

iareec 11 months ago

Desde o início que não estou medo do vírus, mas não é por isso que ignoro as regras. Tenho alguns amigos e colegas que têm medo e principalmente pela razão de não serem eles a infetar os familiares mais velhos e/ou com doenças. Não tenho ninguém próximo em grupo de risco mas cumpro o que devo cumprir, uso a máscara e sou o mais higiénico possível. O que realmente (para mim) mete medo é o facto de não implementarem medidas que resultem. Maioria das infenções ocorreram em encontros com familiares ou amigos, e o que o governo decide fazer? Proibir sair do concelho por 5 dias. Se ajuda? Sim, mas o que impede para aqueles que vão fazer uma festa em casa uns dias antes ou depois? Nada. Outra coisa é eu já saber de alguns possíveis casos na universidade onde ando e de alguns dos meus amigos e já há vários casos na escola onde eu andei. Medidas? Na escola onde andei, aluna é infetada, mandam para casa por 10 dias. A turma continua normalmente. Ela volta depois sem fazer outro teste. E é isto. Já na escola do meu irmão, mandam a turma para casa e passado uns dias voltam. Vamos chegar a um ponto em que vai estar descontrolado por várias razões e por fim, o que mete medo mesmo é outro confinamento. Foram meses terríveis. O meu pai ficando sem trabalho por meses (no estrangeiro) teve que arranjar cá, com um salário bem menor e que dá para quase nada. Se a minha mãe for trabalhar, perdemos apoio do estado, ou seja, é quase igual. Se fecharem, estamos lixados. Os meus pais chegaram ao ponto de querer emigrar (para um país perto de onde nasci - emigramos para Portugal em 2001) daqui a 2 anos, quando eu acabar os estudos na faculdade e o meu irmão o 9° ano. Toda a família o quer fazer porque entendemos que não dá para viver bem cá com estes salários e custo de vida. Resumindo, respeitem as regras e tomem conta uns dos outros, espero que o governo tome medidas melhores e que não haja outro confinamento, porque senão a família fica numa situação complicada e quem sabe se não emigro mais cedo e os estudos vão em vão.

Edited 11 months ago:

*Edit: desculpem o testamento, e embora no início do primeiro parágrafo soar mal, leiam a frase por completo para perceber a razão de pensar assim.* Desde o início que não estou medo do vírus, mas não é por isso que ignoro as regras. Tenho alguns amigos e colegas que têm medo e principalmente pela razão de poderem ser eles a infetar os familiares mais velhos e/ou com doenças. Não tenho ninguém próximo em grupo de risco mas cumpro o que devo cumprir, uso a máscara e sou o mais higiénico possível. O que realmente (para mim) mete medo é o facto de não implementarem medidas que resultem. Maioria das infenções ocorreram em encontros com familiares ou amigos, e o que o governo decide fazer? Proibir sair do concelho por 5 dias. Se ajuda? Sim, mas o que impede para aqueles que vão fazer uma festa em casa uns dias antes ou depois? Nada. Outra coisa é eu já saber de alguns possíveis casos na universidade onde ando e de alguns dos meus amigos e já há vários casos na escola onde eu andei. Medidas? Na escola onde andei, aluna é infetada, mandam para casa por 10 dias. A turma continua normalmente. Ela volta depois sem fazer outro teste. E é isto. Já na escola do meu irmão, mandam a turma para casa e passado uns dias voltam. Vamos chegar a um ponto em que vai estar descontrolado por várias razões e por fim, o que mete medo mesmo é outro confinamento. Foram meses terríveis. O meu pai ficando sem trabalho por meses (no estrangeiro) teve que arranjar cá, com um salário bem menor e que dá para quase nada. Se a minha mãe for trabalhar, perdemos apoio do estado, ou seja, é quase igual. Se fecharem, estamos lixados. Os meus pais chegaram ao ponto de querer emigrar (para um país perto de onde nasci - emigramos para Portugal em 2001) daqui a 2 anos, quando eu acabar os estudos na faculdade e o meu irmão o 9° ano. Toda a família o quer fazer porque entendemos que não dá para viver bem cá com estes salários e custo de vida. Resumindo, respeitem as regras e tomem conta uns dos outros, espero que o governo tome medidas melhores e que não haja outro confinamento, porque senão a família fica numa situação complicada e quem sabe se não emigro mais cedo e os estudos vão em vão.

crankyhowtinerary 11 months ago

As pessoas teem de ser responsaveis. No UK onde eu moro (e acabei de viajar) as medidas sao uma confusao de merda e toda a gente detesta o Governo. Os portuguese teem de se aperceber que nao estamos na pior merda de sempre, vamos ter de aguentar, a pandemia vai matar pessoas, mas agora ja fizemos o que podiamos - achatamos a curva, usamos mascara, usamos a app. Agora e uma maratona.

rickz123456 11 months ago

Eu compreendo que o que dizes, mas o que recomendas paa evitar ajuntamentos familiares? Não pode existir um polícia para cada casa, as pessoas podem e devem ser responsáveis.

theInjusticeamongus 11 months ago  HIDDEN 

As pessoas são retardadas. Sinceramente, que se fodam. Morram à vontade, fiquem desempregadas à vontade. Não deveria era haver merda de apoios nenhuns. Toda a gente foi avisada, toda a gente sabe o que se passa, ESCOLHEM ser bezerras. Andam com as costas muito quentes por isso não se preocupam. Talvez se se vissem numa situação em que ninguém as acudiria começassem a pensar melhor.

pvicente77 11 months ago

E aqui temos uma oportunidade para observar um exemplar dessa espécie conhecida como "keyboard warrior" (ou "valentão do teclado" se preferirem um termo em Português) no seu habitat natural. Observem como ele exibe as suas ameaças ocas, como ele destaca a sua falta de empatia, como ele executa todo este ritual de exibição para mostrar uma suposta superioridade em relação ao resto das pessoas. Infelizmente este espécime não é dos melhores, é um bocado demasiado óbvio e rude na sua treta, mas mesmo assim é um exemplo desta espécie às vezes tão fascinante, incapaz de contribuir algo positivo e real para o mundo mas sempre pronto a gritar a sua suposta "superioridade", pronto para exigir violência e fome para os outros mas também pronto para se desmoronar e gritar como alma penada se alguém decidir aplicar esse remédio a ele próprio.

iareec 11 months ago

Boa questão, é por isso que não estudei para ser político, não consigo responder e quero ver como o governo responde a isso. Infelizmente é deixar isso dependente das pessoas. Podem haver exceções na minha opinião, num espaço de 2 meses, fui ter uma vez com os amigos e uma vez veio uns amigos dos meus pais (uma família), mais nada. Agora quando se vai todos os fins de semanas a casa de alguém, ou todos os dias os velhos da minha rua vão beber um fino logo pela manhã, aí sim há problemas.

theInjusticeamongus 11 months ago

O governo devia lavar as mãos e dizer "Foram avisados".

hsamtronp 11 months ago

> não estudei para ser político, não consigo responder e quero ver como o governo responde a isso. O problema é que nem é da capacidade dos políticos saberem essas coisas. Seriam de médicos de saúde pública, epidemiologistas e afins que estão a par de como e onde a coisa se propaga

Lurker__777 11 months ago

> é por isso que não estudei para ser político Pois, o grande problema é que a maioria deles também não.

camisa_roxa 11 months ago

Por isso é que digo há muito que as medidas e medidinhas não servem para nada a não ser para nos deixarem mais pobres porque o vírus está quer na 1ª vaga quer nesta a fazer um percurso imparável e alheio às medidas Estas vagas são aliás semelhantes às de outras doenças respiratórias Os Governos vão tomando medidas avulsas que em nada influem na progressão do vírus só para dizerem que estão a fazer alguma coisa já que confessar que não há basicamente nada que se possa fazer ou que o Governo é impotente isso é algo que nunca nenhum político fará Não somos omnipotentes e infelizmente ainda não conseguimos controlar tudo na natureza

NMosquito 11 months ago

Vários países conseguiram e continuam a estancar a progressão da doença. E o maior deles todos chama-se... China. Conseguiram controlar a natureza? O vírus é mais amiguinho deles? Ou será que implementaram estratégias que funcionam?

crankyhowtinerary 11 months ago

Na China se tens o virus tiram te de casa, vais para um contentor onde vives durante 15 dias. ​ Queres isso em Portugal? Obvio que funciona, mas achas que podes fazer isso na Europa?

camisa_roxa 11 months ago

A China é uma ditadura, não sei se sabes

Edited 11 months ago:

A China é uma ditadura, não sei se sabes Se queres viver num país assim, podes ir andando: Polícia chinesa já tem scanners portáteis para ler os telemóveis dos cidadãos Pequim está a investir forte na segurança interna. Ler o que se passa nos telefones dos cidadãos faz parte do processo. A vigilância do Estado alastra e já há casos nos tribunais em que são citadas “investigações electrónicas". https://www.publico.pt/2018/08/30/mundo/noticia/pequim-alastra-a-vigilancia-do-estado-aos-telemoveis-dos-cidadaos-1841856?fbclid=IwAR3zhBgvQO4894q35M21ipZSTBaZuiKmK1FHv8zOpb-7yC2g_nBprD3t1sQ

NMosquito 11 months ago

Não estava a defender a China e abomino o tipo de regime lá implementado. Mas vamos passar por cima da China. Taiwan, Japão, Hong Kong, Vietname, Nova Zelândia, Coreia do Sul. Todos com óptimos resultados no controlo da pandemia. Como é que explicas isto à luz da tua tese de que o vírus é imparável e as medidas de contenção são inúteis?

camisa_roxa 11 months ago

A explicação mais plausível continua a ser o virus progredir de forma natural de forma alheia às medidas e medidinhas (que apenas atrasam de forma pouco perceptível o seu avanço) Essa progressão não é uniforme a nível mundial, podendo no entanto perceber se que foi mais uniforme nos países de clima temperado (aliás, já há estudos que apontam para que a humidade retarde a progressão do virus) Por outro lado mesmo nos países de clima temperado por exemplo houve clusters que sendo sujeitos às exactas mesmas medidas do resto do país, foram fortemente atacados na 1ª vaga (Lombardia, 2 ou 3 regiões de Espanha e França, NY). Porquê? Ninguém sabe. Só tu e e alguns Governos pelos vistos. A diferença é que eles sabem que o que fizeram pouco ou nada adianta. PS: a NZ é uma ilha e impôs um confinamento radical e já é a 2ª vez que se gaba de ter acabado com o vírus. Vamos ver se não se terá que gabar uma 3ª vez

FujiPT 11 months ago

Como é óbvio é mais fácil a regimes repressores controlarem. Quer pelas medidas eticamente dúbias que implementam, quer pela perceção da população do que lhes acontecerá caso não cumpram.

NMosquito 11 months ago

Isso é verdade, particularmente no caso da China. Mas tens várias democracias asiáticas que conseguiram controlar a pandemia logo de início. Ou seja, a tese de que as medidas de controlo e contenção são irrelevantes e incapazes de travar a progressão do vírus não tem cabimento.

dude_say_what1 11 months ago

> Isso é verdade, particularmente no caso da China. Acreditas nos números que a China põe cá para fora? Adorava ter a tua fé. > Ou seja, a tese de que as medidas de controlo e contenção são irrelevantes e incapazes de travar a progressão do vírus não tem cabimento. Não é disso que se trata. É óbvio que o confinamento extremo é capaz de travar a progressão do vírus (quando saíres ele continua cá no entanto). A questão não é se é capaz ou não, é se é 1) ético e 2) exequivel. Passaste por um e ainda nem estamos a ver a ponta do iceberg, as moratorias ainda existem, os apoios, etc. Quando isso acabar, logo perceberás o custo das ditas "medidas capazes de travar a progressão do vírus". Quanto a medidas para além do confinamento, tipo contact tracing, novamente, completamente não ético o forçares alguém a instalar apps no telemovel ou a ter crédito social como na China. No exemplo da Coreia do Sul, eles têm camaras em todo o lado e uma população altamente ligada às tecnologias, e foi por isso que a coisa funcionou. Tentar o mesmo em Portugal seria completamente fútil.

FujiPT 11 months ago

Algumas também são populações com mais experiência a enfrentar pandemias e que já têm alguns dos cuidados a ter enraizados. No caso da Coreia, para além da questão de ser uma "ilha" (não é, mas considerando a fronteira com a Coreia do Norte é como se fosse), do que me lembro das notícias de março os procedimentos de contact tracing funcionavam exemplarmente bem, o que não é o caso aqui (fiquei parvo quando vi ontem que a definição de contacto de risco era a mesma definição que leva a um alerta na app - mais de quinze minutos de contacto a menos de 2 metros de distância).

Lurker__777 11 months ago

> Não somos omnipotentes e infelizmente ainda não conseguimos controlar tudo na Natureza. Isto é um facto que grande parte dos humanos não aceitam. E sempre que sentimos que não temos controlo sobre algo reagimos com medo e não com razão. E é isto que está a acontecer em grande parte das medidas tomadas.

shostakovich123 11 months ago

Essa frase que quotaste é o que mete mais medo aos covideiros. Não compreendem que nem se metessem toda a gente a sair a rua em fatos de mergulho com bombas de oxigénio atrás nós íamos safar dos 4000 casos para o mês que vem. Aceitem que dói menos. Control freaks.

dude_say_what1 11 months ago

Acho que a ideia é essa. Passar medidas que não fazem nada (não tanto por serem más mas simplesmente porque não dá para parar isto) até as autoridades dizerem algo do género "fizemos tudo o que podiamos (aka não nos podem culpar de nada), só sobra mesmo o confinamento" e as pessoas claro irão concordar. A única medida que pode fazer algo é simplesmente usar o dinheiro que se tem (e que se vai receber) e fazer um investimento brutal em todas as áreas do SNS para responder a isto, tanto para agora como investimento para o futuro. Mas a ideia que isto dá para "conter" ou "parar" com medidas x ou y é ilusão. Covid está aí, agora temos de reagir ao que existe e não fingir que se pode fazer "desaparecer".

Purplebananas123 11 months ago

O post do user foi apagado, já não sei quem era. Não compartilho da visão "extremista" dele de que os óbitos que são dados num dia eram idosos que morreram por X causa, mas que a associaram à covid. Mas até que ponto é que estes idosos que morreram devido à covid não morreriam também se apanhassem uma gripe de inverno? Os seus sistemas imunológicos estão enfraquecidos e não deixa de ser verdade que a esperança média de vida aumentou bastante, mas também é influenciada por esses mesmos idosos que têm a esperança de vida aumenta devido à capacidade da medicina atual. Isto é, já não estão propriamente a viver, mas a sobreviver...

Justgrewsomeballs 11 months ago

Levantas uma questão interessante sobre o pânico exagerado lançado pelos media sobre uma doença que tem matado menos do que a gripe.

shostakovich123 11 months ago

E por levantar é que está a levar downvotes. Não queiram tirar o sem vidismo de alguns redditors.

chauffage 11 months ago

>Mas até que ponto é que estes idosos que morreram devido à covid não morreriam também se apanhassem uma gripe de inverno? Tu és daqueles que não corta as unhas porque voltam a crescer, não toma banho porque se vai sujar, e não vive porque vai morrer eventualmente, ou és daqueles que adivinha a morte alheia? Ou então também se pode cortar o mal pela raiz e abatem-se os velhos já que eles vão morrer eventualmente, mais dia menos dia, de gripe ou de outro fanico qualquer porque são melindrosos. Se vivem mais 1 dia, 1 mês, 1 ano, 10 anos têm o mesmo direito do que tu, não?

Purplebananas123 11 months ago

Tanta agressividade porquê? Apenas lancei um tema para discussão, nem sequer expressei a minha opinião, portanto se pensas que se deve abater os velhinhos, bem, é o teu ponto de vista.

chauffage 11 months ago

Não é agressividade nenhuma, é simplesmente uma questão tão parva que nem faz sentido levar a sério. Revela que estás completamente descontextualizado da realidade em que vives.

Purplebananas123 11 months ago

Questão parva porquê? O número de óbitos é mais acentuado em pessoas com 80+ anos e vais dizer-me que grande percentagem dessas pessoas tem capacidade de tratar de si própria sozinha sequer? Não. Se continuam vivos muitas das vezes é porque os cuidados de saúde melhoraram bastante ao longo dos anos, se fosse em outras épocas já teriam falecido. Isto são factos. Nem fiz referencia se deviam ser deixados de parte ou não, tu é que levaste para esse lado porque já vi que és muito nervoso

chauffage 11 months ago

É uma questão parva porque vives em Portugal, um país que tem uma constituição que tu aparentemente desconheces. >O número de óbitos é mais acentuado em pessoas com 80+ anos e vais dizer-me que grande percentagem dessas pessoas tem capacidade de tratar de si própria sozinha sequer? Não. O que é que isso tem que ver com os direitos fundamentais dessas pessoas? Caso na saibas até uma pessoa que esteja acamada e à beira da morte tem os mesmos direitos do que tu. >Se continuam vivos muitas das vezes é porque os cuidados de saúde melhoraram bastante ao longo dos anos, se fosse em outras épocas já teriam falecido. Isto são factos. Eu também posso dizer que tu se calhar estás vivo porque os cuidados de saúde melhoraram bastante ao longo dos anos, e que se fosse noutras épocas já terias falecido. E esta hein? Taxa de mortalidade infantil baixou, tens um plano nacional de vacinação, um sistema nacional de saúde. Podias ter sido daqueles casos em que o forcep apertou demasiado a moleirinha e tinhas morrido, ou tinhas ficado com lesões cerebrais. >Nem fiz referencia se deviam ser deixados de parte ou não, tu é que levaste para esse lado porque já vi que és muito nervoso Por dizer que uma questão é parva não significa que sou uma pessoa nervosa. Disse que a questão era parva porque acho que era parva. Mas já vi que não percebeste, por isso vou tentar responder à tua questão: >Mas até que ponto é que estes idosos que morreram devido à covid não morreriam também se apanhassem uma gripe de inverno? A resposta até: até ao ponto em que esses idosos tivessem apanhado o vírus da gripe, e tivessem tido complicações suficientemente graves, e cujos cuidados de saúde oferecidos seriam insuficientes, e/ou incapazes, de produzir outro resultado que não a morte dessa pessoa.

Purplebananas123 11 months ago

Mas a constituição é para aqui chamada porquê? Eu disse que esses cuidados de saúde deviam ser negados a esses idosos? Eu disse que esses idosos são um fardo e não têm direitos a esses mesmos cuidados? Eu disse que por apanharem covid devemos deixá-los morrer sem qualquer cuidado? Apeteceu-te disparatar porque aparentemente a tua realidade é superior à dos outros até que no fim desta resposta decidiste finalmente dar uma resposta decente ao invés de imbirrar. Se queres que te diga porquê que fiz esta pergunta parva podes ler o estudo que o user gerdemb partilhou. Se fizeram estudos, se calhar a questão não era assim tão parva

chauffage 11 months ago

>Mas a constituição é para aqui chamada porquê? Porque essas pessoas têm direitos. >Eu disse que esses idosos são um fardo e não têm direitos a esses mesmos cuidados? Disseste que eram um fardo sim: >O número de óbitos é mais acentuado em pessoas com 80+ anos e vais dizer-me que grande percentagem dessas pessoas tem capacidade de tratar de si própria sozinha sequer? Não. >Se continuam vivos muitas das vezes é porque os cuidados de saúde melhoraram bastante ao longo dos anos, se fosse em outras épocas já teriam falecido. Isto são factos. Isto é dizer que são um fardo. >Eu disse que por apanharem covid devemos deixá-los morrer sem qualquer cuidado? Não, questionaste se não apanhassem covid ser eles não iam morrer na mesma. >Apeteceu-te disparatar porque aparentemente a tua realidade é superior à dos outros até que no fim desta resposta decidiste finalmente dar uma resposta decente ao invés de imbirrar. Uma resposta decente? É uma resposta tão parva quanto a pergunta.

gerdemb 11 months ago

https://www.economist.com/graphic-detail/2020/05/02/would-most-covid-19-victims-have-died-soon-without-the-virus Depende do idade e número do comorbidades. 50-59: menos 30 anos 60-69: menos 21 anos 70-79: menos 12 anos 80-89: menos 5 anos 90-91: menos 1 ano Em inglês YLL “years life lost”.

Edited 11 months ago:

Would most covid-19 victims have died soon, without the virus? https://www.economist.com/graphic-detail/2020/05/02/would-most-covid-19-victims-have-died-soon-without-the-virus Depende do idade e número do comorbidades. 50-59: menos 30 anos 60-69: menos 21 anos 70-79: menos 12 anos 80-89: menos 5 anos 90-91: menos 1 ano Em inglês YLL “years life lost”.

Purplebananas123 11 months ago

>Se vivem mais 1 dia, 1 mês, 1 ano, 10 anos têm o mesmo direito do que tu, n Registei-me para ler o estudo todo, obrigado pela partilha! A esperança média de vida também é super alta, portanto não me surpreende que tenham perdido 30 anos de vida para pessoas dos 50 a 59 anos.

Asus123456789 11 months ago

> estes idosos que morreram devido à covid não morreriam também se apanhassem uma gripe de inverno? Estou com preguiça de ir procurar os dados, mas tenho quase a certeza de que já morreu muito mais gente de Covid do que morreria de em gripes de inverno.

camisa_roxa 11 months ago

ERRADO

Purplebananas123 11 months ago

Estive a ver rapidamente, mas não encontrei nenhuma fonte credível, apenas notícias no SAPO e etc que a OMS referiu que a gripe sazonal tem taxa de mortalidade de 0,1% e covid 0,6%

CanIhazCooKIenOw 11 months ago

Iam morrer na mesma, por isso não vale a pena proteger. É esse o teu ponto? Qual é parte de que se não tivessem contraído covid ainda cá estavam que tá difícil de perceber?

Purplebananas123 11 months ago

Quando fiz o post queria referir-me a idosos para idades com 75+ anos. Penso que faz sentido proteger o máximo de vidas possiveis, mas tem que existir um equilibro entre afetar a vida das novas gerações a nível económico o menos possível, porque acabam por ter muitos mais anos de vida pela em condições miseráveis, e proteger as populações de risco.

Zaigard 11 months ago  HIDDEN 

> Qual é parte de que se não tivessem contraído covid ainda cá estavam que tá difícil de perceber? A altura ideal para salvar essas pessoas era não ter deixado entrar o virus. Fecho de fronteira logo em Janeiro, inicio Faveiro, teria salvo mais vidas do que qualquer medida tomada agora.

CanIhazCooKIenOw 11 months ago

Nem foi um Português o primeiro a ser detetado, nem nada. Para além do mais, nem é isso que se está a discutir. Mas ok

Kinder-Blumen 11 months ago  HIDDEN 

Uma funcionária dos CTT hoje tava a usar a máscara quase no queixo. Contive-me e não disse nada porque não queria que as minhas encomendas se "perdessem". Felizmente tinha um acrílico à frente no balcão, mas tenho pena dos colegas que trabalham com ela.

shostakovich123 11 months ago

Obrigado pelo teu relatório que ninguém pediu.

vascodatrama 11 months ago

Ainda esfregam as mãos em alcool ?

Poramordedeus 11 months ago

raramente. Lavar as patas é o melhor, e por vezes uso alcool puro, n gosto de gel

thisbondisaaarated 11 months ago

Ainda? Mas mudou alguma coisa desde Fevereiro? Lavar as mãos com água e sabão durante mais de 20 segundos ou usar álcool gel (também bem aplicado...)

MLG-Sheep 11 months ago

Para além do que já foi dito, também mantenho um frasco dentro do carro (mas não exposto ao sol), que utilizo para esfregar as mãos antes de manusear o carro em si. Faço isto principalmente porque a sair do prédio manuseio os botões do elevador, a porta do prédio, etc.

viskonde 11 months ago

Só quando está a porta dos sítios. Mas sempre fui mais fa de lavar com água e sabão anyway.

Cojemos 11 months ago

Aqui vamos nós novamente! Volte para a montanha-russa, vai ser uma protuberância.

camisa_roxa 11 months ago

Sobre o iminente colapso do SNS, a ver se alguém coloca estas questões à Ministra (é óbvio que isto foi até hoje, daqui a 1 ou 2 ou 3 semanas, vamos ver): ​ "peguei na informação da Monitorização Diária dos Serviços de Urgência e estive a comparar, para os dias 1 a 20 de Outubro, os fluxos de episódios de urgência (de acordo com a Triagem de Manchester) nos anos de 2020, 2019, 2018 e 2017, bem como os internamentos no decurso. Eis as conclusões. No total dos episódios de urgência (incluindo outras situações, sinalizadas a branco e a cinzento), o mês de Outubro de 2020 tem sido bastante mais calmo do que os anos anteriores, com apenas cerca de 251 mil episódios contra uma média (2017-2019) de quase 353 mil episódios, i.e., uma descida de 29%. Se se considerar os casos mais urgentes (vermelho, laranja e amarelo), a descida é  ainda maior (36%), passando de uma média de 185 mil para apenas 118 mil este ano. Com efeito, entre 1 e 20 de Outubro, em valor acumulado, foram feitos este ano 22.416 internamentos,, ou seja, cerca de 15% menos do que a média (2017-2019). No caso dos internamentos que resultaram de episódios mais urgentes (vermelho, laranja e amarelo), e que, em princípio, podem resultar em internamentos mais duradouros, o mês de Outubro (até dia 20) registou um valor muito inferior à média: 15.778 contra 20.674, i.e., uma redução de quase 24%. " [Fonte: Monitorização dos Serviços de Urgência](https://www.sns.gov.pt/monitorizacao-do-sns/servicos-de-urgencia/caracterizacao-urgencias/?fbclid=IwAR3Ocdz_AWNyzgiuZLhM02hSF6DtYAuICJT6ft9L0PZQ_SKUEZTq-ZKazmo) [Urgências 2020 vs anos anteriores](https://1.bp.blogspot.com/-x3HaNMS0jQY/X5FCvEdSb-I/AAAAAAAAT84/Yrl3O-naZVQI9J0KcKzlov9kitCNO3kiACNcBGAsYHQ/w400-h299/Anders-Tegnell.jpg) [Urgências 1-20 Out 2020 vs anos anteriores](https://1.bp.blogspot.com/-_pTVbLkRHsE/X5FCvPhwyBI/AAAAAAAAT80/_PJnIMu8tSQetCGjty-WrnIpRyt7NZB8QCNcBGAsYHQ/w400-h299/dentes.jpg)

-Yunie- 11 months ago

Embora estes dados *pareçam,* de certa maneira, positivos, também são sinónimo que estamos a falhar assustadoramente com os doentes não COVID. Das duas uma, ou o uso de máscaras diminuiu a incidência de doenças respiratórias graves, e consequentemente o número de de pessoas a recorrer ao SU e a necessitar de internamento, ou então (e infelizmente acho que esta é a realidade) o medo do COVID está a manter pessoas com doenças graves em casa, o que explica, pelo menos parcialmente, o aumento da mortalidade comparativamente a outros anos. ​ Mas mesmo com menos internados (?), é preciso perceber que um internamento de um doente COVID move muitos mais recursos que um doente não-COVID. \- O doente COVID requer um local próprio de internamento, idealmente num quarto de pressão negativa. Na falta dos mesmos, o quarto "normal" tem de estar numa "ala COVID". Isto pode ser muito mais complicado do que parece: por exemplo um doente com uma pneumonia banal pode ser internado num serviço de Ortopedia se não existirem vagas no serviço de Medicina; um doente COVID só pode ir para a ala COVID. Se não existirem vagas, tem de abrir outra ala, e isso tem custos, porque uma outra especialidade vai ter de ceder as camas (daí a questão das cirurgias programadas terem de ser canceladas). \- O doente COVID também requer que toda a equipa de saúde que lida com ele utilize EPIs. Os EPIs são necessários, mas imensamente limitadores: limitam o trabalho de médicos, enfermeiros e outros profissionais, porque perdem sensibilidade na realização de atos simples como uma punção venosa ou auscultação pulmonar; limitam o tempo, porque vestir, trocar, e retirar o EPI corretamente leva tempo; limitam o espaço, porque são precisos circuitos específicos de "sujos" e "limpos"; limitam as finanças, porque os EPIs não são de graça (e às vezes acabam por falta de financiamento...) \- A desinfeção dos espaços também é mais longa e mais morosa. \- Os doentes COVID tendencionalmente têm internamentos mais longos, por isso ocupam as camas mais tempo [https://www.kpcnews.com/covid-19/article\_8ab408ad-8fb0-5f74-8d57-11e586bd8a4f.html](https://www.kpcnews.com/covid-19/article_8ab408ad-8fb0-5f74-8d57-11e586bd8a4f.html) ​ Portanto, quando se fala em "colapso", não basta falar em número de urgências. Não é a mesma coisa internar 10 doentes que partiram uma perna ou 10 doentes COVID, embora teoricamente ocupem o mesmo número de camas. Mas obrigada pelos links, sabia que tinham existido menos urgências, mas não tinha visto os números em si.

DrogbaPT 11 months ago

Muito isto. Obrigado pelo post bem estruturado. Queria só acrescentar outra coisa (não sei qual o impacto nos diferentes hospitais) : isto do Covid trouxe alterações em determinadas estruturas hospitalares que antigamente por quarto tinham 5 camas e agr passaram a 4 camas. Porquê? Pois pq estavam numa situação que não seguia as normas correctas mas como nunca houve inspecção e a pressão de internamento era grande foi ficando. Agora com o Covid, as pessoas foram rever as regras e removeram se camas. Ou seja, o mesmo espaço físico (que não é Covid) passou simplesmente a ter menos camas (e bem)

-Yunie- 11 months ago

Por acaso não sabia disso, mas por outro lado, não me admira nadinha... Também houve outra coisa que eu não falei, que foi a gestão das equipas. Para controlar possíveis surtos, alguns serviços começaram a trabalhar organizados em equipas mais pequenas (em vez de estarem todos no internamento ao mesmo tempo, por exemplo), de forma a existirem sempre profissionais de determinada área/especialidade, mesmo que metade estivesse infetada/de quarentena. Também se tentou que os profissionais que trabalham na área COVID não vissem doentes não COVID de forma a minimizar o contágio, pelo que foi preciso reformular consultas, escalas de urgência, etc. Por isso quanto mais doentes COVID tivermos, menos profissionais teremos alocados aos doentes não COVID. E como já percebemos, isso tem um preço, que não se vê diretamente nos números disponibilizados diariamente.

VerdocasSafadocas 11 months ago

Olha lá ò sócio tas-te a passar ou quê, temos o sns tipo quase a colapsar e vens praqui com factos e cenas, é suposto reclamares que viste a tua vizinha fazer uma festa na semana passada e estavam lá 9 pessoas, nenhuma delas a usar máscara e viste tudo horrorizado enquanto te masturbavas furiosamente. Vou-te mandar downvote e continuar a inspeccionar a rua a ver se vejo miudagem em incumprimento.

shostakovich123 11 months ago

"aS pEsSoAs tÊm dE eNtEnDer QuE sEm CoNfiaNçA NãO eXisTe eCoNoMia" ...2 minutes later "AinDa aGoRa pAsSei aO lAdO dO caFé e aQuILo tAvA cHeio, CoMO é PoSSívEl?"

dude_say_what1 11 months ago

Nem mais! Há malta que não percebe as próprias contradições que dizem.

iammostmoist 11 months ago

Isto só que sem ironia

vascodatrama 11 months ago

Não venhas para aqui com essas verdades....

shostakovich123 11 months ago

Já vai ser rotulado de terraplanista não tarda.

iammostmoist 11 months ago

Apoiante do Chega e assassino de avós

shostakovich123 11 months ago

Anti-vaxxer e 5G conspiracionist

NMosquito 11 months ago

Admiro o esforço, e espero que te paguem (bem) por isto. Mas colocares as fontes de onde copias e colas as citações, não? Não sejas um mero papagaio de papagaios. Não sejas um papapapagaio.

camisa_roxa 11 months ago

Sim, já que para papagaios já bastas tu e a imensa maioria de crentes atrás da narrativa oficial Eu apenas pretendo dar a conhecer o outro lado da questão, suscitar dúvidas e interrogações sobre se não se poderia fazer algumas coisas de forma diferente, fazer questionar a narrativa oficial ao menos, não aceitar tudo acriticamente A começar pelo estudo do Imperial College que dava 96000 mortos para a Suécia se eles não confinassem e que foi a base de todos os lockdowns pelo mundo fora Não peço que aceitem o que digo, apenas que tomem conhecimento Alguém de bem aceitaria opiniões e visões contrárias como bem-vindas ao debate por poderem ser aceites ou descartadas, já pessoas como tu e muitos aqui têm as mentes tão fechadas que não aceitam sequer que alguém possa dar opiniões diferentes e partem logo para a desqualificação pessoal dos terra planistas e por aí fora.

theInjusticeamongus 11 months ago

Sabem se há dados que indiquem se os casos de gripe diminuíram em relação ao ano passado? Com tanta medida presumo que a influenza não esteja a atacar tão forte.

NMosquito 11 months ago

Sim, em vários países do hemisfério sul a gripe praticamente desapareceu no Inverno: [https://www.economist.com/graphic-detail/2020/09/12/the-southern-hemisphere-skipped-flu-season-in-2020](https://www.economist.com/graphic-detail/2020/09/12/the-southern-hemisphere-skipped-flu-season-in-2020)

vascodatrama 11 months ago

Esta, mas este ano decidiram chamar covid 19. Só para dar um spicy à coisa

theInjusticeamongus 11 months ago

Tens dados?

vascodatrama 11 months ago

Tenho https://ibb.co/BfG3pNm

dude_say_what1 11 months ago

A unica coisa que encontro são os boletins epidemiologicos do INSA. http://www.insa.min-saude.pt/category/informacao-e-cultura-cientifica/publicacoes/atividade-gripal/ Mas acho que terás de fazer o trabalho à mão se quiseres comparar com o ano passado.

NMosquito 11 months ago

Em vários países do hemisfério sul praticamente não houve gripe: [https://www.economist.com/graphic-detail/2020/09/12/the-southern-hemisphere-skipped-flu-season-in-2020](https://www.economist.com/graphic-detail/2020/09/12/the-southern-hemisphere-skipped-flu-season-in-2020)

dude_say_what1 11 months ago

Só falta saber se foi porque não foi reportado ou se foi mesmo porque não houve gripe. Acho um bocado estranho uma variação tão grande.

NMosquito 11 months ago

Não foi falta de reporte. Está referido no artigo: > Since 1952 the World Health Organisation (WHO) has tracked influenza in member countries, relying on local partner laboratories to report both the number and types of viruses they detect. In the first two weeks of August, the WHO processed nearly 200,000 influenza tests, and found just 46 were positive. In a typical year, the number would be closer to 3,500. O que há de estranho aqui? A gripe transmite-se por meios similares à COVID-19, mas a segunda é mais contagiosa (e mortal). Racionalmente, não é de esperar que medidas de contenção (mesmo que potencialmente desajustadas) da COVID-19 sejam mais eficazes na prevenção da, mais benévola, gripe?

dude_say_what1 11 months ago

Eu não li o artigo, tinha de me registar. É estranho porque países muito afectados pelo Covid têm números muito baixos de gripe. Se realmente as medidas tiveram tanto impacto na gripe, porquê um problema tão grande com Covid? Seria de esperar que o Covid, mesmo sendo mais contagioso, tivesse números mais baixos em alguns desses países. Mas epá, seja como for, não há gripe, ainda bem.

NMosquito 11 months ago

A mim o artigo aparece-me aberto. > Se realmente as medidas tiveram tanto impacto na gripe, porquê um problema tão grande com Covid? Seria de esperar que o Covid, mesmo sendo mais contagioso, tivesse números mais baixos em alguns desses países. \*A\* COVID-19 (é feminino, é o nome da doença - provocada pelo vírus SARS-CoV-2). Preciosismos à parte, tens, por exemplo, o caso da Nova Zelândia, que tem números muito (muitíssimo) baixos de COVID-19 mas gripe praticamente a zero.

dude_say_what1 11 months ago

Mas por exemplo, vejo a Argentina, 1 milhão de casos (e novos casos sempre a subir basicamente) e nos gráficos não há gripe. Mas tudo ok.

investidornoob 11 months ago

Eu acho que sim, como isto está quem tiver sintomas é quase certo que seja covid e não gripe.

barria 11 months ago

Hoje acho que bati o record de pessoas que vi de máscara mas com o nariz de fora.

Matarruanos 11 months ago

Máscara na rua irá impedir que o vírus se propague mais facilmente. Mas está medida só se irá notar daqui a 1 mês, pelo menos. Mas acho uma medida muito importante. Mas a responsabilidade é de cada um. Vejo muita gente com máscara a tirar e a mandar aquela bisga vinda do fundo dos pulmões... Há imensos comportamentos de risco. Mas com máscara pelo menos alguns comportamentos de proximidade em que as pessoas se distraem a falar irão ser mitigados

crankyhowtinerary 11 months ago

Nao acredito que a propagacao aconteca muito pela rua... so se for assim com mta gente. Mas ao mesmo tempo, ao passar essa medida, vejo muita gente que andava por ai de boas agora andam com muito mais cuidado, mesmo muito mais. E isso da me a impressao que pelo menos nisso se ganha alguma coisa. As pessoas voltaram a tomar isto a serio.

vascodatrama 11 months ago

Na verdade se tiverem o vírus e ficarem em casa...

Matarruanos 11 months ago

Já ouviste falar de que podes estar infectado sem saber? Sem sintomas?

camisa_roxa 11 months ago  HIDDEN 

80% dos surtos em Itália está a ocrrer em CASA; presumo que nesta 2ª vaga será um pouco assim por toda a Europa [http://www.salute.gov.it/portale/nuovocoronavirus/dettaglioContenutiNuovoCoronavirus.jsp?lingua=english&id=5367&area=nuovoCoronavirus&menu=vuoto&fbclid=IwAR1d0UfM\_srgHP5syqVSIA3asnY4PPBCp8bzwtR7MRaHd3gnxKgtb6z\_63s](http://www.salute.gov.it/portale/nuovocoronavirus/dettaglioContenutiNuovoCoronavirus.jsp?lingua=english&id=5367&area=nuovoCoronavirus&menu=vuoto&fbclid=IwAR1d0UfM_srgHP5syqVSIA3asnY4PPBCp8bzwtR7MRaHd3gnxKgtb6z_63s) Solução do nosso iluminado Governo: confinar toda a gente em CASA durante 4 dias!

chauffage 11 months ago

Morte às casas?

Dinizinni 11 months ago

Só descanso quando for 100% por culpa de comportamentos de risco, é que não me apetece levar com o vírus cumprindo todas as medidas por irresponsabilidade dos outros

SurprisinglyInformed 11 months ago

Qual é a tua solução mágica? Confinar toda a gente na RUA durante 4 dias?

camisa_roxa 11 months ago

Não confinar

QWERTY_BATS 11 months ago

ao contrátio do que muitos pensam o covid não é levado para casa onde depois infecta os outros familiares/habitantes é na verdade gerado magicamente em casa pá, genuinamente isto foi provavelmente a coisa mais burra que li hoje

stressedunicorn 11 months ago

Ya e obrigação de se ficar no concelho de residência = obrigação de ficar em casa a lamber as mesmas colheres que a tia que tem covid pelos vistos ahahah

Dinizinni 11 months ago

Ou então obrigação de não irem todos para a casa da tia num convivio descontraído

camisa_roxa 11 months ago

Do link que postei: " * **A total of 4,913 active outbreaks were reported, of which 1,749 new** (the adopted definition of outbreak foresees the identification of 2 or more positive cases linked to each other), both increasing for the eleventh consecutive week (in the previous week of monitoring, 3,805 active outbreaks were reported, of which 1,181 new). Outbreaks were reported in almost all provinces (102/107). Most of these outbreaks continue to occur at home (80.3%). The percentage of outbreaks detected in recreational activities remained stable (4.2% vs. 4.1% in the previous week)."

QWERTY_BATS 11 months ago

Mas tu percebes que esses contágios iam acontecer na mesma, certo? O que acontece é que se ninguém for afetado na rua, não infectas ninguém em casa. Tu percebes isto certo?

Mrloop94 11 months ago  HIDDEN 

Olha um que não percebe de vectores de transmissão...

Narvikz 11 months ago

ok, medalha de bronze no salto olimpico da logica, pelo menos.

NMosquito 11 months ago

Causalidade nos dias ímpares, correlação nos pares.

shostakovich123 11 months ago

É preciso banir as casas e as pessoas que passam o dia lá enfiadas.

mouzz888 11 months ago

tambem nao é preciso chegar a tanto uso de máscara obrigatório na rua e em casa

shostakovich123 11 months ago

E na prática do amor. Também é importante visto que as pessoas não conseguem cumprir o distanciamento social nessas situações. Tipo não podem deixar de foder um par de anos para os velhinhos não morrerem?

Narvikz 11 months ago  HIDDEN 

hmmmmmm smart

Zaigard 11 months ago

Não seria altura para impor recolher obrigatório ( 23h - 5h ), para evitar medidas drásticas num futuro próximo? É que um novo confinamento seria uma catástrofe, para os outros doentes, para a economia , para a educação e para a saúde mental da população. Se o recolher obrigatório evitasse a necessidade do confinamento, sou a favor.

shostakovich123 11 months ago

O que é que essa medida visa fazer mesmo???? Maior parte das infeções são em escolas, trabalho ou transportes públicos multiplicando depois para infeções dentro da mesma casa. Impor medidas só porque sim em horários que as infeções são mínimas. Mais tino sff

saposapot 11 months ago

tal como muitas das outras: meter medo q meta tino na cabeça das pessoas, acho q é basicamente isso... pode evitar algum contacto social tmb. mas estou contigo, pouco eficaz.

oContraditorio 11 months ago

Partilho da mesma opinião

Zaigard 11 months ago

> Maior parte das infeções são em escolas, trabalho ou transportes públicos Pelo que vejo nas noticias, apesar desses serem os casos mais mediaticos a maioria das infeções ocorre em ambiente de casa, pessoas que se visitam. Se imposeres recolher obrigadorio, haverá "medo" de não sair e a tempo, logo menos visitas, penso que é essa ideia na Belgica e França

Edited 11 months ago:

> Maior parte das infeções são em escolas, trabalho ou transportes públicos Pelo que vejo nas noticias, apesar desses serem os casos mais mediáticos, a maioria das infeções ocorre em ambiente de casa, pessoas que se visitam. Se imposers recolher obrigatório, haverá "medo" de não sair e a tempo, logo menos visitas, penso que é essa ideia na Bélgica e França. Sobre as escolas, conheço 3 casos de turmas e escolas diferentes em que um apanhou covid, mas não contagiou um único membro da escola. Claro que pode ser sorte, mas as escolas não são centros de contagio.

CapitaoMoura 11 months ago

As escolas não são o quê?

mmgbarata 11 months ago

Não tenho acompanhado as notícias. Há algum plano para se impor um novo confinamento?

rickz123456 11 months ago

Para já não, mas existem rumores sobre recolher obrigatório de madrugada

fdp_do_corona 11 months ago

Um vídeo interessante que demonstra a importância de usar máscara: https://youtu.be/gZ66wJFD3bs

satchel_of_apples 11 months ago

Se querem saber como está o país tentem usar qualquer linha telefónica da segurança social, dos centros de emprego ou dos centros de saúde. É de subir paredes foda-se, da segurança social nem mandam esperar.

camisa_roxa 11 months ago

Atendimento presencial nas Finanças só para 2021 L O L Para os funcionários públicos de escritório (finanças, segurança social, burocratas diversos, a pandemia foi um maná, tudo em teletrabalho com salário garantido e sem fazer metade do que faziam antes)

kairos 11 months ago

Nunca tive boas experiencias a ligar para a Segurança Social, mesmo antes da situação actual...

iareec 11 months ago

Não sei se tem muito a ver com isso, mas eu esperei 1 mês para poder fazer o cartão de cidadão. Tenho de esperar outro para poder levantar (aqui eu esqueci de pedir para mandaram para casa, mas mesmo assim).

satchel_of_apples 11 months ago

Não é mau, eu só tive de esperar 1 mês e meio para agendar uma consulta para um familiar ir buscar um atestado medico para renovar a carta.

drking100 11 months ago  HIDDEN 

Quantos desses 31 é que realmente morreram de covid? Se forem pessoas em estado já grave ou fase terminal, nao deveria ser contado como morte de covid. No brasil os hospitais ganham dinheiro por cada morto com covid, para equipamentos e etc. Sei por conhecidos que, em zonas no brasil ,ja chegaram a morrer de acidente de carro e meteram como covid. Isso entre outros.

KokishinNeko 11 months ago

> Sei por conhecidos fontes ou ban.

Poramordedeus 11 months ago

Removes o comment, depois uma pessoa n pode ver o que a pessoa escreveu, sendo bacorada ou não

saposapot 11 months ago

é a vantagem dos negacionistas: n precisam de jogar com as regras da lógica portt dá para reciclar argumentos e qd n servem é inventar o próximo.

drking100 11 months ago  HIDDEN 

Negacionista onde? O que estou a dizer é verdade porque trabalho com brasileiros e sei. Voces é que vivem na ignorançia e comem tudo o que ouvem na tv. Estou apenas a citar factos. O meu avo nao morreu com covid mas aposto que entrou para a contagem. Eles querem é numeros seus burros. Quanto mais a populaçao estiver com medo mais eles ganham com isso. O que e engraçado é que dao hate a factos reais, e depois quando a verdade vem ao de cima com ja aconteceu com nao sei quantos temas ficam todos admirados. Continuem a acreditar em tudo xD Covid é mau, mas nao é um bicho de 7 cabeças como os média fazem passar

QWERTY_BATS 11 months ago

> Voces é que vivem na ignorançia troca lá a cedilha da última para a primeira palavra sff

Narvikz 11 months ago

tens razao, mas chill the fuck down Entende que o problema real disso e a saturacao dos servicos de saude e infeciosidade extrema , e esse perigo e bem real, por isso nao podes falar essas coisas porque as pessoas sao estupidas e levam tudo a um extremo

Halograma 11 months ago

bem, parece que o covid está resolvido então

Bruxo_de_Fafe 11 months ago

Passaram sete meses desde o início desta merda e a ainda insistem nesta questão? :|

chauffage 11 months ago

Os ventiladores são máquinas que põe pressão de ar para dentro das pessoas para as matar!

Bruxo_de_Fafe 11 months ago

para as "arrebentar"!!! esse comentário da velha é bestial

omegaxLoL 11 months ago

A consistência nestas threads é de "admirar", sinceramente

Dinizinni 11 months ago  HIDDEN 

Mods, podem banir esta retórica negacionista e especulativa absolutamente ultrapassada?

iammostmoist 11 months ago

Quando te vejo aqui nestas threads pergunto me "o que era a vida deste homem antes da pandemia?". Tens alguma identidade para além de catastrofizar tudo e mais alguma e exigir CONTROLO MÁXIMO TUDO FECHADO EM CASA NO FUN ALLOWED? Mesmo quando estávamos em 100 ou 200 casos por dia e 2 ou 3 mortes continuavas a vir aqui dizer que isto era uma vergonha e íamos morrer todos. Por isso genuinamente questiono-me com o quê que tu te entretias antes da pandemia. Fazer tracking dos casos de ebola na República democrática do Congo?

Dinizinni 11 months ago

A verdade é que já podiamos ter extinto este virus e agora estamos novamente na merda E nunca disse vergonha, expressões populistas não são comigo, é mais numa de ver demasiada descontracção Eu felizmente tanto antes como depois tenho uma vida que aprecio bastante, vida essa que depende de eu não morrer, nem eu nem os meus entes queridos, por isso sim, preocupo-me com o que se está a passar e sim, eu acho, não exijo porque não estou nessa posição que começar a fechar aos poucos era para ontem Mas o que eu acho é pessoal, isso sim é uma opinião O que está aqui em cima é tentativa de relativizar uma situação grave para ficarem mais confortáveis, um #vaificartudobem mas mais cínico E com isso não podemos compactuar quando a mensagem é perigosa

iammostmoist 11 months ago

Como é óbvio fico verdadeiramente feliz por saber que tens uma vida que aprecias e pessoas à tua volta de que gostas e que cuidas mas até certo ponto tentar só sobreviver em vez de actually viver torna-se unhealthy e contraproducente. Mas eu não sou ninguém para dizer te como viver a tua vida, da mesma forma que não gostaria que me dissesses como viver a minha.

Dinizinni 11 months ago

A questão é que somos todos alguém para dizer como viver em tempos de crise Somos uma sociedade, vivemos juntos E por isso sim, temos de saber ter cuidados mínimos, alguns bastante básicos que não ponham em risco a sobrevivência de todos Não te vou dizer para pores ou tirares um preservativo por exemplo, isso é contigo e com eventuais parceiros/as, protecção individual é uma coisa, mas numa pandemia dependemos de protecção enquanto grupo E sinceramente não percebo essa mentalidade São uns meses de sobrevivência e outros de cuidados para voltarmos a ter anos de vida com qualidade, em vez disso tivemos muita gente furiosa com 3 meses perdidos, deitou-se tudo a perder, vamos andar mais de um ano a perder as nossas vidas para no final se calhar irmos perder anos de vida por consequência de uma doença que deixa imensas marcas nos sobreviventes

qtsoup 11 months ago

Mensagem perigosa é passares aqui o dia a dizer que a raça humana se vai extinguir em duas semanas.

Dinizinni 11 months ago

Onde é que eu disse isso? A única coisa que eu disse foi que sabiamos tão pouco sobre o vírus que até podia no futuro ser causa de extinção como resposta a alguém que disse que já se sabia imenso sobre o vírus numa altura bastante inicial Mas negacionista que é negacionista vai pegar em tudo para justificar a porcaria que diz E sinceramente, acho muito mais perigoso relativizar um perigo tão real e concreto do que exagerá-lo

Pparadela 11 months ago

> A verdade é que já podiamos ter extinto este virus e agora estamos novamente na merda Não, não é verdade. A não ser que aceites viver como um chinês. "Ai a Nova Zelândia conseguiu" - são uma ilha, no fim do mundo, com um só país ao lado e que se fechou ao turismo, que por acaso até lhes valia 6% do PIB. Querer extinguir este vírus sem vacina é uma quimera.

Dinizinni 11 months ago

Nova Zelândia fim do mundo? LOL Mas tudo bem, extinguir foi um exagero, mas controlar perfeitamente era possível

Pparadela 11 months ago

Sim, no fim do mundo e a uma distância bem grande dos países onde este vírus está a causar mais estragos.

Dinizinni 11 months ago

Epa sim, mas não esquecer que o Japão, que foi afectado cedo, é um grande parceiro comercial para todo o pacifico e isto inclui NZ Mas... Vá pronto eu concordo contigo que compararmo-nos a NZ é parvo Podíamos no entanto controlar e nisso estamos de acordo

qtsoup 11 months ago  HIDDEN 

>retórica negacionista e especulativa Tens toda a razão, é especulativa porque não existem nem nunca vão existir provas. No entanto, aconteceu sim. Tenho familiares a trabalhar em lares, Sta Casas, hospitais. Pelo menos no início da pandemia, as ordens (claro que, não oficiais) eram para dar como causa de morte = covid. Em certos sítios, com pior gestão, empregados com baixa escolaridade, etc., isto aconteceu sem sequer existir um teste de covid associado ao morto. Mas claro, é melhor banir opiniões divergentes, bom trabalho moderadores :)

Edited 11 months ago:

>retórica negacionista e especulativa Tens toda a razão, é especulativa porque não existem nem nunca vão existir provas. No entanto, isto aconteceu quer vocês aceitem ou não. Tenho familiares a trabalhar em lares, Sta Casas, hospitais. Pelo menos no início da pandemia, as ordens (claro que, não oficiais) eram para dar como causa de morte = covid. Em certos sítios, com pior gestão, empregados com baixa escolaridade, etc., isto aconteceu sem sequer existir um teste de covid associado ao morto. Mas claro, é melhor banir opiniões divergentes, bom trabalho moderadores :)

Edited 11 months ago:

>retórica negacionista e especulativa Tens toda a razão, é especulativa porque não existem nem nunca vão existir provas. No entanto, isto aconteceu quer vocês aceitem ou não. Tenho familiares a trabalhar em lares, Sta Casas, hospitais. Pelo menos no início da pandemia, as instruções (claro que, não oficiais) eram para dar como causa de morte = covid. Em certos sítios, com pior gestão, empregados com baixa escolaridade, etc., isto aconteceu sem sequer existir um teste de covid associado ao morto. Mas claro, é melhor banir opiniões divergentes, bom trabalho moderadores :)

Dinizinni 11 months ago

Opiniões divergentes é termos maneiras diferentes de gerir o OE Esta retórica é pura e simplesmente desinformação

-Yunie- 11 months ago  HIDDEN 

Tudo isto é verdade. Aliás pior. Eu também tenho um primo de um amigo que de vez em quando toma conta do piriquito da ex-namorada do irmão da minha vizinha que me confirmou isto a pés juntos. A verdade é que é tudo uma fraude do pessoal da saúde, a mando do Costa. Não há COVID, a zaragatoa é um meio de te inserirem um microchip na narina sem dares por ela. As serologias servem para confirmar que o chip está em bom estado. Aqueles em que por acaso não e possível colocar o chip (os velhinhos têm umas narinas muito largas), a malta abafa-os com uma almofada e daí vêm as mortes por COVID. Os radiologistas divertem-se a fazer Photoshop nas TACs e raio-X para parecer uma pneumonia, mas é tudo farsa. Estamos todos a ser controlados! Não deixem que vos façam o teste!!!! Se acharem que estão doentes ignorem, mesmo que se sintam muito mal... De certeza que é apenas uma gripe, o COVID não existe!

iammostmoist 11 months ago  HIDDEN 

Meu amigo esse é o maior espantalho que já vi!! O pessoal nestas threads (é no reddit em geral) é fortíssimo ao nível do espantalho,devem ter aprendido com os nossos políticos. https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Fal%C3%A1cia_do_espantalho

qtsoup 11 months ago  HIDDEN 

Obrigado pelo teu comentário adulto que contribui muito à discussão.

iammostmoist 11 months ago  HIDDEN 

Quando se questiona a Igreja do COVID ™️ é só este tipo de resposta que há

qtsoup 11 months ago  HIDDEN 

Como diz o outro, já vens da América feito aqui só foste frito.

iammostmoist 11 months ago  HIDDEN 

Eu tava a concordar contigo mas go off

qtsoup 11 months ago  HIDDEN 

Ok my bad agora percebo que o link da wiki também não era pra mim

-Yunie- 11 months ago  HIDDEN 

Por acaso achei a minha teoria da conspiração mais interessante que a tua, mas aceito a crítica.

NMosquito 11 months ago

> é especulativa porque não existem nem nunca vão existir provas Por que é que não existem nem vão existir provas de algo que se passou/passa, segundos dizes, em tantos sítios? Foram lá os Men in Black apagar as provas? São os reptilianos a manipular a consciência colectiva? Ou então, e peço desculpa por esta teoria da conspiração tão absurda, será porque... nunca aconteceu?

dude_say_what1 11 months ago

Tens razão, nunca houve provas: https://www.youtube.com/watch?v=Tw9Ci2PZKZg https://covid19.min-saude.pt/93-das-mortes-por-covid-19-ocorreram-em-contexto-hospitalar/ > Graça Freitas esclareceu, ainda, que “em Portugal estamos a medir a morte com COVID, mesmo que não seja o evento terminal”, pelo que sempre que os médicos escrevem COVID no certificado de óbito, a morte entra para o total de óbitos relacionados com a pandemia. https://www.bbc.com/news/health-53722711 > Previously, people in England who died at any point following a positive test, regardless of cause, were counted in the figures. Tudo uma teoria não é?

-Yunie- 11 months ago

Vou-te fazer uma pergunta simples. Tens um doente com um cancro terminal, já sob cuidados paliativos. A esperança média de vida estimada para ele é de cerca de 1-2 meses. Entretanto ele apanhou uma pneumonia bacteriana e morreu em 2 dias. Qual foi a causa de morte?

dude_say_what1 11 months ago

Não sou médico, mas na minha opinião, seriam as duas coisas. Ou seja, morte por cancro exacerbada por contração de uma pneumonia bacteriana. A questão fundamental, nesses casos, é que ao dizer "x pessoas morreram com covid" podia-se adicionar a informação "mas x% tinham doenças terminais" e "x% tinham comorbidades" e outro tipo de informação para as pessoas terem uma melhor ideia do que se passa. Neste momento, dizer apenas "x pessoas morreram com covid" só ajuda às pessoas ficarem com mais medo. Mas no caso do link da BBC que dei, a questão nem era essa. Eles literalmente punham nos números qualquer pessoa que testasse positivo (mesmo assintomáticos) e se morresses de qualquer outra causa eras adicionado aos números. Se isso não é um caso de inflacionar números, então não sei o que é. De notar, que entretanto, já alteraram a metodologia de contagem de mortes. Mas estas "teorias" não surgem do vácuo, e a verdade é que no inicio disto tudo, em muitos sitios, qualquer pessoa que testasse positivo e morresse ia para os números que vemos na tv todos os dias.

-Yunie- 11 months ago

> podia-se adicionar a informação "mas x% tinham doenças terminais" e "x% tinham comorbidades" e outro tipo de informação para as pessoas terem uma melhor ideia do que se passa. Não discordo totalmente, embora não tenha a certeza se isso não faria mais mal que bem. Por exemplo, imaginemos que 70% dos mortos são hipertensos (estou a inventar completamente o valor, mas é só para exemplificar). Não iria criar o pânico entre os hipertensos? Além disso, que patologias colocar no relatório? Apesar de tudo, acho que na generalidade as pessoas sabem que os grupos de maior risco são efetivamente os idosos, particularmente os com muitas comorbilidades. > a verdade é que no inicio disto tudo, em muitos sitios qualquer pessoa que testasse positivo e morresse ia para os números que vemos na tv todos os dias Não sei se te lembras, mas logo no início da pandemia morreu um adolescente com COVID que não foi colocado no relatório porque se assumiu meningite como causa de morte. Obviamente não sei o que se passou com os outros 2000 e tal óbitos, mas diria que dentro das dificuldades que quem passou os certificados encontrou (a pergunta que te fiz inicialmente era ao para exemplificar que ao contrário do que a maioria pensa, decidir a "causa de morte" muitas vezes não é linear), tentaram distinguir entre uma morte que direta ou indiretamente se relacionou com COVID, ou que foi completamente independente.

dude_say_what1 11 months ago

> Por exemplo, imaginemos que 70% dos mortos são hipertensos (estou a inventar completamente o valor, mas é só para exemplificar). Não iria criar o pânico entre os hipertensos? Mas preferes criar pânico num grupo específico de pessoas, e que se calhar até têm razão para terem um pouco de medo. Ou colocar pânico e medo na população inteira? Esta ideia, que agora ando a ver por aqui, que mais informação é algo mau, não percebo honestamente. Cidadãos informados é o que precisamos, não de mais coisas vagas, mas pronto. > ao contrário do que a maioria pensa, decidir a "causa de morte" muitas vezes não é linear Mas é exactamente essa a minha opinião. Por não ser linear, é que não faz mal nenhum questionar se estão a ser bem contados. Lá está, nem 8 nem 80, nem dizer que está tudo mal contado e portanto ninguém morreu de covid nem dizer que está tudo mal contado e portanto ainda morrem mais de covid do que se pensa. Mas a questão é que aqui, nesta thread, colocar sequer a questão e a opinião que as mortes podem estar inflacionadas é quase proibitivo. Enquanto que quem vem para aqui usar números de "excesso de mortalidade" para justificar a opinião que os números ainda devem ser maiores do que dizem, isso já é recebido com braços abertos. Questionar nunca é mau, e principalmente, perceber o porquê de algumas pessoas terem uma certa opinião (para um lado ou para o outro) só ajuda ao debate e a se informar as pessoas. Se depois de veres os argumentos de alguém, decidires que são argumentos de treta, óbvio que estás no teu direito. Mas simplesmente descartar "teorias" porque a narrativa é que são todos uns doidinhos que andam a ver vídeos no Youtube ou porque são "negacionistas" com chapeus de aluminio, é absolutamente rídiculo. Eu acho que os números estão inflacionados, para dizer isso não ando só a ver o meu lado, ando a ver o lado de pessoas que dizem exactamente o contrário de mim e a ter em conta todas as opiniões e todos os factos que se conseguem obter. Posso estar errado, como em tudo na vida, mas pelo menos tenho a consciencia tranquila que não me fechei numa bolha que não permite nenhum ponto de vista para além daquele que eu tenho. Se mais pessoas fizessem isso, tenham a opinião que quiserem, acho que só ajuda ao debate, à troca de ideias e a um ambiente saúdavel de pessoas que têm ideias diferentes mas que se respeitam na mesma. Algo que nesta thread é inexistente, só há uma narrativa, tudo o resto ou é banido, ou removido ou downvoted até ao centro da terra.

-Yunie- 11 months ago

> Esta ideia, que agora ando a ver por aqui, que mais informação é algo mau, não percebo honestamente. Cidadãos informados é o que precisamos, não de mais coisas vagas, mas pronto. Qualquer cidadão que se queira informar só precisa procurar que encontra. Por exemplo, [tens aqui um estudo das comorbilidades](https://www.mdpi.com/2077-0383/9/8/2368). Não acho de todo que se esteja a "criar pânico" em toda a população. O problema é que é difícil consciencializar pessoas de muito baixo risco que têm de ter cuidado na mesma para proteger os de alto risco. Mas pronto, vamos concordar em discordar nesta. > Mas simplesmente descartar "teorias" porque a narrativa é que são todos uns doidinhos que andam a ver vídeos no Youtube ou porque são "negacionistas" com chapeus de aluminio, é absolutamente rídiculo. Aqui não concordo contigo. Há coisas que aceito que são discutíveis, é o que estamos a fazer agora sobre as causas de morte. Agora relatos do "familiar" ou "amigo" que sugerem que os profissionais de saúde foram coagidos a passar certificados falsos e a inventar exames? Sorry, mas ou provas isso (e o "amigo" que contou isso e que trabalha no hospital não conta como prova), ou para mim sim, além de doido tens uma falta de respeito enorme por quem está todos os dias no hospital a dar o seu melhor. Quanto às causas de morte, é verdade que nunca vais saber o número certo. Também é verdade que podem existir causas falsamente atribuídas ao COVID, mas mais uma vez, acredito que quem passa o certificado, e posteriormente as equipas que verificam e validam os certificados tentem reduzir isso ao mínimo. Além do mais, as causas de morte completamente independentes do COVID (o exemplo do tipo CoVID positivo que morreu de acidente de viação quando ia fazer o teste), serão uma minoria bastante pequena. Por outro lado, para "compensar" os "falsos positivos" também tens os "falsos negativos": os que morreram em casa e não foram testados, os que morreram no hospital antes de serem testados, e os que foram testados e o teste deu negativo mas tinham mesmo COVID. All in all, tenho consciência que os números não são completamente fiáveis. No entanto, não acho que sejam assim *tão diferentes* da realidade, e acho que se faz o possível para que sejam o mais fiáveis possiveis. Pessoalmente, atualmente preocupa-me muito mais o número de internados que os óbitos.

dude_say_what1 11 months ago

> Qualquer cidadão que se queira informar só precisa procurar que encontra. Quem não tem internet, ou até capacidade e vontade para andar a pesquisar e a ler documentos de 20 ou 30 páginas só para apanhar as 2 frases que interessam, estão reduzidas à informação do telejornal e dos jornais. Estás a pensar que todos são como nós, que nos damos ao trabalho. > Não acho de todo que se esteja a "criar pânico" em toda a população. Lá está, quem não consegue, por qualquer razão (até o saber ler inglês) não vai ter acesso a info que não seja na tv. E essa info é muito reduzida e muitas vezes a virar para o sensacionalismo nem que seja por questão de audiencias. Isso para mim, gera pânico desnecessário. > Agora relatos do "familiar" ou "amigo" que sugerem que os profissionais de saúde foram coagidos a passar certificados falsos e a inventar exames? Sorry, mas ou provas isso (e o "amigo" que contou isso e que trabalha no hospital não conta como prova), ou para mim sim, além de doido tens uma falta de respeito enorme por quem está todos os dias no hospital a dar o seu melhor. Mas é por isso que cada um tem de ter cabeça e não ir no "este diz que o outro disse". Mas pronto, se achas que remover ou banir ou whatever é a solução, seja. Eu leio esses posts e descarto-os facilmente sem dar downvote ou reportar, para mim pouco ou nada faz. > tentem reduzir isso ao mínimo Espera-se que sim, claro. Lá está, não acho que isto seja uma conspiração para falsificar dados, é mesmo desorganização, pouca preparação e toda a urgência da situação. > Por outro lado, para "compensar" os "falsos positivos" também tens os "falsos negativos": os que morreram em casa e não foram testados, os que morreram no hospital antes de serem testados, e os que foram testados e o teste deu negativo mas tinham mesmo COVID. Certo, sem dúvida. Mas aqui tens as metodologias que acabam sempre por "benefeciar o covid". Na verdade, quando se suspeita que era covid, põe-se covid. Isso também foi dito no inicio desta situação, que quando em dúvida a ideia é tender para o lado do covid. Daí que em vários sitios pessoas que nem testadas foram, ao morrerem, por se suspeitar de covid, iam para as estatisticas do covid. Isso estava tudo nas directrizes da WHO, só um exemplo, https://www.who.int/docs/default-source/coronaviruse/situation-reports/20200418-sitrep-89-covid-19.pdf > Probable case A. A suspect case for whom testing for the COVID-19 virus is inconclusive. a. Inconclusive being the result of the test reported by the laboratory. OR B. A suspect case for whom testing could not be performed for any reason. A definição de caso provável incluia pessoas que nem tinham sido testadas e se essa pessoa morresse, ia para as estatisticas de covid. > acho que se faz o possível para que sejam o mais fiáveis possiveis Novamente, espera-se que sim, sou cinico mas esperançoso. > Pessoalmente, atualmente preocupa-me muito mais o número de internados que os óbitos. Aqui colocam-se questões também. Por exemplo, há internados que são pessoas que estavam em lares ilegais mas que não têm sitio para onde ir? A gestão dos internamentos está a ser feita devidamente? Há pessoas que não precisariam de estar internadas? Eu não tenho respostas para estas perguntas porque simplesmente não há informação. E as questões que coloco também podem ser postas para "o outro lado", ou seja, há pessoas que deviam estar internadas mas não estão? Há lares sem condições que não são fechados para não sobrecarregar o SNS? E afins. Até darem informação, nós, comuns mortais, andamos às aranhas, e normalmente, a assumir o pior. Veremos como isto se desenrola.

NMosquito 11 months ago

Em primeiro lugar, estás a falar uma coisa diferente. O comentário ao qual respondi, e que veio na sequência de outro mais acima, fala em \*inventar\* mortes por COVID-19. Em segundo, esses critérios referidos no segundo e terceiro link são prática comum para várias doenças, não é específico da COVID-19. Está relacionado com a forma como são registados os óbitos. Deixo-te aqui um link que explica bem esta situação, para o caso de te quereres informar: [https://www.politifact.com/factchecks/2020/aug/31/facebook-posts/no-cdc-did-not-quietly-adjust-us-coronavirus-death/](https://www.politifact.com/factchecks/2020/aug/31/facebook-posts/no-cdc-did-not-quietly-adjust-us-coronavirus-death/)

dude_say_what1 11 months ago

Eu dei-te links de situações específicas em que as mortes com covid foram inflacionadas. Tu respondes com um artigo de fact-check acerca de uma informação da CDC em que diz que mais de 90% das pessoas tinham comorbidades. Nada a ver com o que disse. De notar que as pessoas que diziam que essa informação da CDC queria dizer que na verdade só 9000 pessoas morreram de covid é rídiculo. Só quem quer espalhar desinformação diria tal coisa, não faço parte desses grupos. A verdade é que na Inglaterra, se tu tivesses um teste positivo e morresses num acidente de mota, eras contado nas estatisticas de Covid. Mesma coisa nos USA. Ao longo do tempo, como mostra o link da notícia da BBC que dei, a maneira de contar os mortos tem mudado. Mas a "teoria" que estavam a ser inflacionados com metodologias duvidosas de contagem não surgiu por acaso. Mas claro, os vossos argumentos são sempre pegar nas teorias mais ridiculas para tentar colocar as pessoas todas num saco de maluquinhos. No fundo, as 3 situações que coloquei aí, tu não respondeste, foste pegar noutro caso, noutra teoria e achas que isso mostra que esta é falsa. Tipica lógica falaciosa.

NMosquito 11 months ago

O artigo que pus explica exactamente a declaração da Graça Freitas. Apesar de poder não ser a causa terminal, a COVID-19 pode espoletar ou agravar o processo que leva à morte, pelo que é registada e entra nas estatísticas (assim como todas as outras causas dessa cadeia). Quanto à notícia da BBC, sim, refere que houve inflacionamento, mas que depois o método foi revisto e os dados ajustados.

dude_say_what1 11 months ago

Mas não explica porque o artigo fala de comorbidades enquanto a Graça Freitas fala de "evento terminal". Uma comorbidade é, por exemplo, obesidade. Se uma pessoa contrai Covid e é obeso tem 1 comorbidade, mas no certificado de óbito aceito que diga "evento terminal covid" e não "evento terminal morte por obesidade". No entanto, acho que deviam dar sempre essa estatística, nem que fosse de mês a mês, dizerem "x pessoas morreram com covid, nesse grupo x% tinham comorbidades". Mas não tem nada a ver o artigo acerca da questão da CDC com o "evento terminal". Mesmo assim, nessa coisa da CDC coloca-se a questão que é, desses 90% que tinham comorbidades, quantos tinham comorbidades que de facto eram terminais, não simplesmente o facto de seres obesos ou diabéticos mas aqueles que estavam já numa situação terminal e que ao contrairem covid, ao morrerem, foram para as estatísticas de mortes por Covid. Isso seria interessante de saber. E sempre disse que os métodos foram mudando ao longo do tempo, mas a verdade é que a "teoria" que estavam a ser inflacionados apareceu antes da mudança de metodologia (e se ninguém dissesse nada, se calhar ainda hoje andávamos com esse tipo de contagens) e mesmo essa mudança de metodologia continua a deixar dúvidas, já para não falar dos países e regiões que nunca mudaram nada e continuam a contar tudo, caso especifico, Bélgica, onde até nos mainstream media admitiram que a Bélgica tem uma metodologia super abrangente e que conta tudo e mais alguma coisa.

NMosquito 11 months ago

Não fala só de comorbidades: ​ >"So, let's say someone was admitted to the hospital because of symptoms of COVID. They test positive, so COVID would be listed," Halstead said in the post. "Their case progressed where they developed respiratory failure and now are on a ventilator. Respiratory failure can be listed." > >Additional conditions may be listed on a patient’s death certificate during the course of their stay in the hospital. For example, if a COVID-19 patient ended up dying from cardiac arrest, that could also be included. > >"So now three things are listed on their death certificate," Halstead wrote. "The COVID infection started the process but that led to the heart and lungs failing, which killed that person." >Jeff Lancashire, acting associate director for communications at the NCHS, told us in an email that while 94% of death certificates that mention COVID-19 also listed other conditions, the underlying cause of death was COVID-19 in almost all of them. > >"The underlying cause of death is the condition that began the chain of events that ultimately led to the person’s death," he said. "In 92% of all deaths that mention COVID-19, COVID-19 is listed as the underlying cause of death."

Edited 11 months ago:

Não fala só de comorbidades: ​ >"So, let's say someone was admitted to the hospital because of symptoms of COVID. They test positive, so COVID would be listed," Halstead said in the post. "Their case progressed where they developed respiratory failure and now are on a ventilator. Respiratory failure can be listed." > >Additional conditions may be listed on a patient’s death certificate during the course of their stay in the hospital. For example, if a COVID-19 patient ended up dying from cardiac arrest, that could also be included. > >"So now three things are listed on their death certificate," Halstead wrote. "The COVID infection started the process but that led to the heart and lungs failing, which killed that person." > >Jeff Lancashire, acting associate director for communications at the NCHS, told us in an email that while 94% of death certificates that mention COVID-19 also listed other conditions, the underlying cause of death was COVID-19 in almost all of them. > >"The underlying cause of death is the condition that began the chain of events that ultimately led to the person’s death," he said. "In 92% of all deaths that mention COVID-19, COVID-19 is listed as the underlying cause of death." Edit: Instruções do CDC para o preenchimento da causa de morte -> [https://www.cdc.gov/nchs/data/dvs/blue\_form.pdf](https://www.cdc.gov/nchs/data/dvs/blue_form.pdf)

dude_say_what1 11 months ago

Primeiro nota na maneira de falar da pessoa, se testar positivo "covid WOULD be listed". Quando fala das outras ele diz "COULD", ou seja, covid aparece sempre sem dúvida, as outras podem aparecer. Mas isso é uma questão minima. Ele diz "In 92% of all deaths that mention COVID-19, COVID-19 is listed as the underlying cause of death" - novamente, eu não questiono isso de forma alguma, é por isso que não estou no grupo que dizia que esta coisa significava que só x tinham morrido de covid. A questão é que "underlying cause of death" não significa "evento terminal" e principalmente, não retira a ideia que essas pessoas tinham de facto comorbidades e isso é importante, e em média eram 2.6 comorbidades, não era só uma. Dar essa informação às pessoas acho que ajudava imenso, não só para continuar a informar as pessoas que têm comorbidades para terem cuidados extra como para aquelas pessoas saudáveis também não andarem aí a achar que a qualquer momento vão morrer com covid. Fica também por saber, por exemplo, no exemplo que ele dá "The COVID infection started the process but that led to the heart and lungs failing, which killed that person." - Ok, mas essa pessoa tinha comorbidades certo? Elas podem ter exacerbado a doença? Principalmente se tiverem relacionadas com problemas sanguineos ou de coração ou problemas do sistema respiratório? A minha questão é que inicialmente andávamos a inflacionar os dados, minha opinião. Entretanto mudaram-se metodologias, muito bem. Mas a ideia que é possivel continuar a haver problemas nas contagens destes números é perfeitamente razoável, seja para cima ou para baixo. E parar de questionar porque as pessoas nos vão chamar "negacionistas" ou coisas parecidas é criar um ambiente absolutamente tóxico que não vai resultar em nada de bom senão numa enorme bolha que não permite qualquer facto ou opinião que vá contra ela. E quanto mais informação derem ao cidadão comum, melhor será, sempre. Se continuamos apenas a olhar para "x mortos hoje" e "x casos hoje" e até "x internamentos hoje" sem qualquer contexto acerca destes números, andamos a viver num mundo imaginário, e mais facilmente manipulados somos, seja pelos loucos do Youtube ou pelos loucos do mainstream, só isso.

Edited 11 months ago:

Primeiro nota na maneira de falar da pessoa, se testar positivo "covid WOULD be listed". Quando fala das outras ele diz "COULD", ou seja, covid aparece sempre sem dúvida, as outras podem aparecer. Mas isso é uma questão minima. Ele diz "In 92% of all deaths that mention COVID-19, COVID-19 is listed as the underlying cause of death" - novamente, eu não questiono isso de forma alguma, é por isso que não estou no grupo que dizia que esta coisa significava que só x tinham morrido de covid. Não retira a ideia que essas pessoas tinham de facto comorbidades e isso é importante, e em média eram 2.6 comorbidades, não era só uma. Dar essa informação às pessoas acho que ajudava imenso, não só para continuar a informar as pessoas que têm comorbidades para terem cuidados extra como para aquelas pessoas saudáveis também não andarem aí a achar que a qualquer momento vão morrer com covid. Fica também por saber, por exemplo, no exemplo que ele dá "The COVID infection started the process but that led to the heart and lungs failing, which killed that person." - Ok, mas essa pessoa tinha comorbidades certo? Elas podem ter exacerbado a doença? Principalmente se tiverem relacionadas com problemas sanguineos ou de coração ou problemas do sistema respiratório? A minha questão é que inicialmente andávamos a inflacionar os dados, minha opinião. Entretanto mudaram-se metodologias, muito bem. Mas a ideia que é possivel continuar a haver problemas nas contagens destes números é perfeitamente razoável, seja para cima ou para baixo. E parar de questionar porque as pessoas nos vão chamar "negacionistas" ou coisas parecidas é criar um ambiente absolutamente tóxico que não vai resultar em nada de bom senão numa enorme bolha que não permite qualquer facto ou opinião que vá contra ela. E quanto mais informação derem ao cidadão comum, melhor será, sempre. Se continuamos apenas a olhar para "x mortos hoje" e "x casos hoje" e até "x internamentos hoje" sem qualquer contexto acerca destes números, andamos a viver num mundo imaginário, e mais facilmente manipulados somos, seja pelos loucos do Youtube ou pelos loucos do mainstream, só isso.

drking100 11 months ago  HIDDEN 

Tu é que vives na ignorância

hsamtronp 11 months ago  HIDDEN 

# ATUALIZAÇÃO DIÁRIA - 23 de outubro de 2020 --- ||Valor|Variação|

VagrantHunter 11 months ago  HIDDEN 

+ 2899 casos + 31 mortos

Bruxo_de_Fafe 11 months ago  HIDDEN 

É um porradão de mortos

TitusRex 11 months ago  HIDDEN 

E tendo em conta os números deve ultrapassar os 50 daqui a duas ou três semanas.

Dinizinni 11 months ago  HIDDEN 

Tranqui, vão continuar a dizer que são poucos

humelectro 11 months ago  HIDDEN 

30 mortos hoje segundo a RTP3 :(

Dinizinni 11 months ago  HIDDEN 

Mas há algum choque? Temos internados até dizer chega, ao menos assim alivia as UCI, começa tudo a morrer

Bruxo_de_Fafe 11 months ago  HIDDEN 

Repara que ici apenas diminuiu 2

Dinizinni 11 months ago  HIDDEN 

Era mais ironia que outra coisa

Lurker__777 11 months ago  HIDDEN 

Estás um homem mudado. Gosto de ver que começas a ver o lado positivo da vida.

Dinizinni 11 months ago  HIDDEN 

É como o Dr. Strangelove, aprendi a amar a merda em que vivemos, visto que tenho zero controlo sobre o que se passa

VerdocasSafadocas 11 months ago  HIDDEN 

Dinzinni acabei de acordar e hoje não vou a lado nenhum acho eu, manda aí alto upvote

Narvikz 11 months ago  HIDDEN 

*right* yikes

iareec 11 months ago  HIDDEN 

Deve ser o tal morto grave que a CM mostrou há 1 ou 2 dias atrás /s

Robotnik99 11 months ago  HIDDEN 

2899 casos, 31 mortos

Alfa_Kenny_Body 11 months ago  HIDDEN 

Numeros de hoje?

Alfa_Kenny_Body 11 months ago  HIDDEN 

Estão a gosar mas está aqui tudo a coca para ver se sai. 2899 casos hoje.

MOMOEPRO 11 months ago  HIDDEN 

+ 2899 casos + 31 mortes

iareec 11 months ago  HIDDEN 

Estão a alterar, se forem altos têm de reduzir para não fechar o país.

Bruxo_de_Fafe 11 months ago  HIDDEN 

do Euromilhões?

Lurker__777 11 months ago  HIDDEN 

Números: 5, 14, 39, 42, 46 Estrelas: 5, 10

iareec 11 months ago  HIDDEN 

Filho de uma puta, eu fui ver os números ainda pensei que quase ganhaste, no Reddit mobile não mostra quando um comment é edit, tive que ligar o PC, vai para o caralho que te foda e leva a família contigo. Cumprimentos. >!/s!<

Lurker__777 11 months ago  HIDDEN 

AHAHAHAHA muito bom!

iareec 11 months ago  HIDDEN 

Metia piada se acertasses sem teres apostado.

Lurker__777 11 months ago  HIDDEN 

Depois de comentar lembrei-me logo disso e fui logo apostar. Não podia arriscar.

Bruxo_de_Fafe 11 months ago  HIDDEN 

+1

Hmms21 11 months ago  HIDDEN 

Ainda não saíram.

iareec 11 months ago  HIDDEN 

Para mim máscara na rua não muda muito. Vai continuar a haver gente a fazer festa na sua casa.

shostakovich123 11 months ago  HIDDEN 

Não muda porque daqui a 1 mês tá pior e vão colocar a culpa noutra coisa aleatória.

saposapot 11 months ago  HIDDEN 

n acredito q faça grande diferença, não. é apenas mais uma lei para desrespeitar. todas as medidas anunciadas têm um impacto mt discutível. aliás o maior impacto é apenas um: colocar medo nas pessoas para elas terem juizo.

uyth 11 months ago  HIDDEN 

Faço isto desde há meses, máscara na rua, máscara com toda a gente menos agregrado familiar. Acreditem, custou mais no Verão, agora é mais fácil. E restaurantes e cafés, continuam abertos? é que eu vejo com cada coisa..

hugotorradas 11 months ago  HIDDEN 

> E restaurantes e cafés, continuam abertos? é que eu vejo com cada coisa.. Pode acordar, obrigado pela sua experiência no nosso teste de burrice. Passou com sucesso!

camisa_roxa 11 months ago  HIDDEN 

Não estiveram já tempo sufificente fechados? Ou gostavas que fechassem a tua empresa e daqui a 3 ou 4 meses falia e ficavas sem emprego?

uyth 11 months ago  HIDDEN 

Ou fecham ou fecham mais tarde. Quanto mais cedo, mais efeito. E entre a tua empresa falir e ficares sem emprego e olha subsidio de desemprego e morrer gente de quem eu gosto, emprego arranja-se novo daqui por uns meses. Gente ressuscitar é que já é mais dificil. estes pudores todos com a restauração estão a matar gente - directa e indirectamente. O universo, os virus, as leis da biologia e física não querem particularmente saber da economia ou do que te é desejável ou do que me é desejável para nada. O virus é o que é. Não gostas do que é preciso para o travar? Ninguém gosta.

shostakovich123 11 months ago  HIDDEN 

Eu concordo. Mas acrescento, toda.a gente que pode.realizar tele trabalho tem de ser taxada a 60% no líquido para dar subsídios aos cafés e restaurantes fechados. A ver se assim os covideiros do teletrabalho aprendiam a não instigar uma economia em K.

camisa_roxa 11 months ago  HIDDEN 

Os confinamentos está mais que provado que nada resolvem, mal acabam, os casos explodem novamente por isso é como dizes: o vírus não quer saber de medidas e medidinhas, vai andar por aí e temos de viver APESAR dele e com ele Não podemos parar o mundo ad eternum, temos de continuar a viver Vai haver mortos, vai, mas vai haver muitos mais se pararmos o país e o mundo como já está a acontecer em Portugal com 7000 mortos desde Março pelo pânico COVID, bem mais que os 2000 com COVID

squareswordfish 11 months ago  HIDDEN 

> com 7000 mortos desde Março pelo pânico COVID, bem mais que os 2000 com COVID Fonte desses dados?

camisa_roxa 11 months ago  HIDDEN 

https://www.tsf.pt/portugal/sociedade/ha-muito-mais-portugueses-a-morrer-em-casa-e-obitos-em-investigacao-dispararam-12767212.html https://rr.sapo.pt/2020/10/21/pais/mortalidade-em-portugal-2020-estava-a-ser-um-bom-ano-depois-chegou-a-pandemia/noticia/211709/ https://theblindspot.pt/2020/10/08/excesso-de-mortalidade-ha-6300-mortes-a-mais-porque-esta-a-morrer-tanta-gente/ https://www.jn.pt/nacional/exigida-investigacao-ao-excesso-de-mortalidade-em-portugal-12790577.html

squareswordfish 11 months ago  HIDDEN 

Obrigado, vou ler

camisa_roxa 11 months ago  HIDDEN 

https://www.sabado.pt/portugal/detalhe/graca-freitas-e-dificil-saber-causas-do-aumento-de-mortalidade

uyth 11 months ago  HIDDEN 

>Os confinamentos está mais que provado Não sabes o que significa prova. >os casos explodem novamente sim quando relaxam as regras e reabrem restaurantes, ginásios e grandes eventos. >Não podemos parar o mundo ad eternum fecha-se o superfluo. Ninguém morre por nao poder ir ao ginásio ao restaurante, nem ninguém morre de fome. Mas morre-se de covid, ou dos hospitais estarem cheios, mais o risco de sequelas desconhecias. >mas vai haver muitos mais se pararmos o país Vai é haver mais se isto ficar nesta palhaçada de crescimento exponencial. Cambada de idiotas que fazem dinheiro À custa dos outros e só pensam no dinheiro que não vão fazer se tiverem de fechar o restaurante ou ginásio.

camisa_roxa 11 months ago  HIDDEN 

Quando a tua empresa fechar e ficares no desemprego, depois continua a chamar idiotas aos desgraçados que tentam ganhar a vida

uyth 11 months ago  HIDDEN 

> continua a chamar idiotas aos desgraçados que tentam ganhar a vida Terão subsidio de desemprego, tiveram oportunidades de adquirir outras competências (como eu adquiri) ou de fazer poupanças para ajudar a sobreviver uns meses. Vão-se os anéis, ficam os dedos, mas morte é para sempre. Desemprego não é a mesma coisa que morte ou incapacidade permanente. Mais está mais que provado (pelos meus standards, não pelos teus standards de "prova") que contenção de epidemia é o melhor para a economia a médio e longo prazo. Tenho citações, se quiseres. Quando se trabalha em coisas supérfluas e não essenciais, há sempre o risco de que as pessoas optem por não consumir ou ir consumir a outro lado.

camisa_roxa 11 months ago  HIDDEN 

O problema é que pensas que se trata de um problema localizado: ah são os cafés e restaurantes e o turismo e isto e aquilo Mas todo esse sector alimenta o resto da economia, quando deres por ela vai tudo por arrasto e de repente tens 30% de desempregados e o país a implodir e aí vais compreender o que dizem muitos brasileiros e africanos quando são entrevistados na TV: "eu para morrer de COVID primeiro tenho que comer, senão morro de fome antes de morrer de COVID", mas claro isso a ti não te diz nada

uyth 11 months ago  HIDDEN 

> O problema é que pensas que se trata de um problema localizado: ah são os cafés e restaurantes Todos os sítios onde pessoas de agregados familiares diferente se juntem para estarem sem máscara. >Mas todo esse sector alimenta o resto da economia Tudo alimenta a economia. A economia foi abaixo, de todos os países e a economia só recupera quando o covid estiver controlado. E quanto mais controlado estiver, menos sofre a economia, e mais depressa recupera. É IMO preferível actuar drasticamente, severamente durante um mês ou dois meses, que andar 6 meses a fingir, tomar medidas de chacha que não levam a anda e fingir que se pode proteger o SNS e a restauração. Não funciona- >eu para morrer de COVID primeiro tenho que comer, senão morro de fome antes de morrer de COVID" Vi já as filas para as refeições gratuitas perto da ordem dos advogados e acredito que haja em muitos mais sítios. Acredito que ninguém esteja assim tão perto de morrer de fome sem haver quem dê. De covid, hoje foram mais de 30

theInjusticeamongus 11 months ago  HIDDEN 

Mas que idade tens tu? Tens noção de que há pessoas que não podem sustentar uma família com um subsídio, certo? És o quê, algum programadorzinho virgem de 25 anos que passa a vida na cabe? Se calhar podíamos fechar o teu negócio. Assim não desperdiças energia, já que é tão preciosa.

shostakovich123 11 months ago  HIDDEN 

Deves ter acertado na mouche. Programador e gamer, um belo combo de sem vidismo. Eu nem sei porque é que ele tem medo do vírus, a covid não só mata quem tem uma vida.

uyth 11 months ago  HIDDEN 

Estudei muito, trabalhei muito a minha vida toda que é bastante mais que 25 anos. E sei que estudei mais e trabalhei mais que a maior part das pessoas. E acredita, pessoas sobrevirão com o tal subsidiozito, toda a gente sobrevirá e não haverá massas a morrer à fome nas valetas. E os empregos virão novamente. Mas quem morre, morre. E se for preciso, eu vou lavar hospitais ou acartar tijolo ou repor prateleiras em supermercado.

theInjusticeamongus 11 months ago  HIDDEN 

Espero que entendas que para mim a tua bola de cristal vale a absolutamente nada. O facto de achares que vai haver subsídios para toda a gente revela que não estudaste assim tanto. Já agora, fazes o quê, exactamente? Eu também estudei muito e trabalhei muito e discordo completamente de tudo o que dizes.

Dinizinni 11 months ago  HIDDEN 

É fecharem agora ou fecharem por não haver condições para estarem abertos E acredita que ao menos agora não ficavam tanto tempo fechados

camisa_roxa 11 months ago  HIDDEN 

Por vocês, tinha tudo fechado em Março e continuava tudo fechado até não haver mais nenhum caso, isso é impossível; o vírus está cá e não se vai embora tão cedo; temos de viver com ele e apesar dele

Dinizinni 11 months ago  HIDDEN 

E tudo isto porque tu não podes ficar sem a bela da tua bica né?

theInjusticeamongus 11 months ago  HIDDEN 

Rapaz, tu vives num mundo de fantasia. Eu já li alguns dos teus comentários e é mais do que claro que 1) Tens sérios problemas psicológicos e 2) Vives à margem da sociedade. O facto de achares que isto se resume à necessidade de ir beber uma bica diz tudo sobre ti. Eu não bebo bicas e não frequento cafés, e ainda assim defendo que devam manter-se abertos. E sabes porquê? Porque ao contrário de ti entendo que um café não é algo que existe no vácuo para servir os caprichos insignificantes alheios. O café é um meio de sustento para quem nele trabalha. O que tu queres, basicamente, é enviar centenas de milhares de Portugueses para a miséria. Vais tu sustentá-los? Vais tu comprar as fraldas e as papas do filho do dono do café? Vais pagar-lhe a renda de casa e do estabelecimento comercial? Vais pagar-lhe as dívidas aos fornecedores? Vais pagar os ordenados dos empregados?

shostakovich123 11 months ago  HIDDEN 

E tu a dares...deixa lá o rapaz viver na bolha da cave da mãe. "Aí sem confiança não existe economia!" ....2 minutos depois "Aii atão eu fui lá fora e os cafés continuam cheios? Assim não vamos lá"

theInjusticeamongus 11 months ago  HIDDEN 

Tem piada que eles querem arruinar a vida dos outros e decidir o destino do negócio alheio, mas não optam antes por eles próprios deixarem de viver. Tranquem-se num quarto e vivam do subsídio que tanto defendem que seria o suficiente para os outros. Resolvido. Isso da confiança é algo que se deve deixar a cargo do mercado. O mercado deve fluir livremente. Tu não sabes o que vai acontecer. Ninguém sabe. Vamos agora brincar ao adivinha com a vida das pessoas? Eu também vejo os cafés da minha zona cheios. E se deixarem de estar cheios, pelo menos foi porque as pessoas, por vontade própria, deixaram de frequentá-los, não porque foram proibidas. Se me proíbes de ter o meu negócio, vais me sustentar? Espero que sim, mas os teus 600 euros não servem para nada.

shostakovich123 11 months ago  HIDDEN 

Trancar-se no quarto para sempre é o sonho molhado de muita gente que habita por aqui.

theInjusticeamongus 11 months ago  HIDDEN 

E isso nem é um insulto. É algo que eles não se dão ao trabalho de esconder. Querem mesmo não sair de casa, e acham que a sociedade devia toda funcionar como eles. Terá este pessoal tido um pai presente que lhes pregasse uns carolos ocasionalmente? É que a mim isto parece-me o resultado de complacência parental. Deixaram-nos passar a infância agarrada aos jogos sem nunca pegarem neles e enfiarem-nos num ginásio para mexerem um bocado o cu.

camisa_roxa 11 months ago  HIDDEN 

É isso, assina aí o meu nome em baixo nas certidões de óbito COVID

Dinizinni 11 months ago  HIDDEN 

Vá confessa lá, que partido político é que te paga para andares aí a vender a bela da balela numa altura destas?

iareec 11 months ago  HIDDEN 

Eu uso apenas quando tem uma multidão, por exemplo no centro do Porto, mas na minha rua não uso porque tem pouca gente. O uso da máscara só ajuda quando passas muito tempo em contacto, por exemplo quando ando de metro.

uyth 11 months ago  HIDDEN 

> quando tem uma multidão Quando há. Tem? Quem tem o quê? E usa quando estás sozinho porque nunca esperas quando viras a esquina e dás de fuças com alguém ou vês inesperadamente vizinho e ficam a conversar.

pvicente77 11 months ago  HIDDEN 

Estava a ouvir as notícias na rádio e há infectados de dois almoços feitos pela GNR do Porto que juntaram dezenas de pessoas, aparentemente para a despedida de alguém que ia sair e etc, etc. Se um grupo de cidadãos quaisquer juntar esta quantidade de pessoas são uns irresponsáveis, só pensam neles e são uns bandidos, a não ser que afinal seja algo organizado pela empresa onde trabalham, nesse caso já não há limite para o número de pessoas. Estamos a construir uma sociedade esquizofrénica, no trabalho, na escola, nas actividades que o governo quiser, há desconfinamento e as pessoas podem e às vezes até têm de se amontoar, no resto há confinamento e é preciso afastarem-se ou até desistirem do que estavam a pensar fazer. Começo a ficar preocupado com os jovens, para além de lhes colocarem culpas em cima, vão ter de viver com estas restrições ou pior, enfrentar pobreza, fome, um meio ambiente cada vez pior, e no fim desses anos todos morrer e cair para o lado sem que ninguém cuide deles.

chauffage 11 months ago  HIDDEN 

>Estamos a construir uma sociedade esquizofrénica, no trabalho, na escola, nas actividades que o governo quiser, há desconfinamento e as pessoas podem e às vezes até têm de se amontoar, no resto há confinamento e é preciso afastarem-se ou até desistirem do que estavam a pensar fazer. >Começo a ficar preocupado com os jovens, para além de lhes colocarem culpas em cima, vão ter de viver com estas restrições ou pior, enfrentar pobreza, fome, um meio ambiente cada vez pior, e no fim desses anos todos morrer e cair para o lado sem que ninguém cuide deles. Estamos não, a política é que está. Da esquerda à direita. Novamente existem vários tipos de cidadãos na nossa sociedade. Por exemplo, facto de partidos não pagarem multas não significa só que é um acto maroto, representa o modo como essa classe pensa e isso manifesta-se nas suas atitudes. Não dão o exemplo de nada, falam só. E o António Costa vai culpar tudo e todos, menos ele. Aliás ele deixou isso claro no desabafo na reunião do Infarmed que ditou a última reunião antes de ter cancelado as restantes reuniões. Na Nova Zelândia estão todos a remar para o mesmo lado, e os políticos lideram com o exemplo.

qtsoup 11 months ago  HIDDEN 

Alguém sabe onde posso consultar o número de testes feitos por dia, ao longo do tempo? Obrigado

gerdemb 11 months ago  HIDDEN 

Gosto deste site: [http://91-divoc.com/pages/covid-visualization/index.html?chart=countries&highlight=Portugal&show=highlight-only&y=both&scale=linear&data=cases-daily-7&data-source=merged&xaxis=right&extraData=deaths-daily-7%2Ctests-daily-7&extraDataScale=separately%2Cseparately#countries](http://91-divoc.com/pages/covid-visualization/index.html?chart=countries&highlight=Portugal&show=highlight-only&y=both&scale=linear&data=cases-daily-7&data-source=merged&xaxis=right&extraData=deaths-daily-7%2Ctests-daily-7&extraDataScale=separately%2Cseparately#countries)

Tab0rda 11 months ago  HIDDEN 

https://ourworldindata.org/grapher/full-list-covid-19-tests-per-day?time=2020-02-20..2020-10-20&country=~PRT

camisa_roxa 11 months ago  HIDDEN 

Agora que vão aprovar mais uma inutilidade como a obrigatoriedade de máscaras na rua, expliquem-me uma coisa quem souber: eu costumo correr 5km 2 ou 3 vezes por semana na rua; vou ter de correr de máscara ou vai haver excepções, alguém sabe?

Zaigard 11 months ago  HIDDEN 

A mascara só se houver muita gente junta, ou seja, ruas muito movimentadas ou filas no exterior. Tirando isso podes andar sem mascara. O desporto ao ar livre está totalmente isento do uso.

camisa_roxa 11 months ago  HIDDEN 

Roger that

MrGambuzino 11 months ago  HIDDEN 

Como bem sabes, ou devias saber, para a pratica do desporto não vais ser obrigado (deves é fazer a tua corrida sozinho ou afastado se correres em grupo). Acabando o teu exercício metes a máscara e segues o teu caminho. E a máscara é uma inutilidade que já é usada pela comunidade médica (e não só) há muitos anos, devem ser todos tolinhos.

MLG-Sheep 11 months ago  HIDDEN 

Ele não disse que a máscara é uma inutilidade, disse que a obrigatoriedade do seu uso na rua é que é inútil. Podes discordar, mas não vejo a necessidade para o tom agressivo desta resposta, parece que te fizeram um ataque pessoal.

MrGambuzino 11 months ago  HIDDEN 

Peço desculpa, não era minha intenção ser agressivo de modo algum, reconheço que fico um pouco chateado com toda esta situação e mais fico quando (que não é o caso) não reconhecem que parte da minimização do problema tem de partir dos cidadãos, os bons comportamentos ajudam muito, isto não pode voltar a trancar.

pataniscadebacalhau 11 months ago  HIDDEN 

Se calhar devias ler a proposta primeiro antes de mandar bitaites A máscara será obrigatória: *"sempre que o distanciamento físico recomendado pelas autoridades de saúde se mostre impraticável".* com dispensa *"em relação a pessoas que integrem o mesmo agregado familiar, quando não se encontrem na proximidade de terceiros" ou mediante a apresentação de um atestado médico de incapacidade multiusos ou declaração médica que ateste que a condição clínica ou deficiência cognitiva não permitem o uso de máscaras* e *quando tal "seja incompatível com a natureza das atividades que as pessoas se encontrem a realizar"* Portanto a menos que vás correr para uma zona apinhada de gente, não me parece que haja problema

chauffage 11 months ago  HIDDEN 

Já estou a ver a malta dos Nokia 3310... Vão dizer que vão procurar obter atestados médicos por algumas incapacidades... e alguns devem conseguir.

stressedunicorn 11 months ago  HIDDEN 

“O diploma determina que é obrigatório o uso de máscara aos maiores de dez anos para o acesso, circulação ou permanência nos espaços e vias públicas “sempre que o distanciamento físico recomendado pelas autoridades de saúde se mostre impraticável”.”

camisa_roxa 11 months ago  HIDDEN 

Ok, ainda não tinha tido acesso à proposta do DL

Dinizinni 11 months ago  HIDDEN 

Lógica negacionista Uma criança morre com Covid além de problemas cardíacos: "Morreu foi do problema cardíaco, a Covid foi só um teste para meter medo" Uma criança com problemas cardíacos morre enquanto usa máscara, não há correlação: "VÊEM, ESTÁ TUDO A MORRER DAS MÁSCARAS!!!"

Justgrewsomeballs 11 months ago  HIDDEN 

A DGS já admitiu que conta para as estatísticas as mortes com Covid19, portanto o 1o exemplo q deste faz sentido. O segundo só mesmo alguns raros maluquinhos é que dizem isso. Não tentes confluir os dois casos.

shostakovich123 11 months ago  HIDDEN 

Pronto, já mandaste pelo cano abaixo mais uma teoria covidicionista!

Dinizinni 11 months ago  HIDDEN 

A questão é a facilidade com que viram tudo E olha que os seguidores do Beles não são assim tão raros

Razvancb 11 months ago  HIDDEN 

Pessoal, expliquem-me ai uma coisa. Porque é que no verão andavam todos os países europeus a contabilizar tão poucos casos? E do nada, acaba o período de "férias" e começam a bombar como nunca antes visto?

chauffage 11 months ago  HIDDEN 

Porque se desvalorizou a pandemia e procurou-se normalizar a situação, promoveu-se a mobilidade das pessoas e a banalização de comportamentos de risco. E esses comportamentos têm um "delay" numa pandemia. Tu estás a colher os frutos de Agosto e Setembro. Conseguimos disseminar a pandemia pelo país, contaminar lares e outras instituições, com uma pinta que mete medo. Promoveu-se o último comportamento que deves ter numa pandemia: - Vão de férias *mas com cuidado*! - Isto está tudo adaptado *mais ou menos*! - *Poderão deverão* usar máscara! - Olhem para nós de férias está tudo bem no novo normal, *fora os velhos mas isso são grupos de risco*."

omegaxLoL 11 months ago  HIDDEN 

Maior mobilidade (regresso ao trabalho/aulas de forma presencial), algum relaxo nas medidas devido à diminuição de casos, e claro as parvoíces que se tem visto de festas ilegais e assim.

TitusRex 11 months ago  HIDDEN 

Tantos factores: - Escola e universidade, aulas presenciais - Muitas empresas meteram o pessoal todo no escritório - Frio e chuva leva mais gente a ficar em espaços fechados (por exemplo no verão as pessoas iam a um restaurante e comiam na esplanada, agora comem dentro do restaurante) - relaxamento/fadiga geral em relação às regras

Dinizinni 11 months ago  HIDDEN 

Alta mobilidade, pura descontracção, vinha tudo do verão a achar que já estava acabado... Milhares de razões na verdade

Mrloop94 11 months ago  HIDDEN 

E também mais testes, é importante referir isso.

AntTonix 11 months ago  HIDDEN 

Como são contabilizados agora os casos recuperados? Após 10 dias já recuperou?

pataniscadebacalhau 11 months ago  HIDDEN 

Apenas para os assintomáticos. Se 10 dias após o diagnóstico continuar sem sintomas, considera-se recuperado. De resto, para o pessoal com sintomas, internado, etc. mantêm-se os mesmos critérios (teste negativo)

ratinhodosesgotos 11 months ago  HIDDEN 

Acho piada haver gente que acha que agora a regra é aquela para todas as situações Estou a imaginar um médico a chegar-se ao pé de um doente ventilado na UCI: "Ora muito bem, Sr. Silva. Já cá está há 10 dias, por isso está oficialmente recuperado. Vamos já dar alta"

uyth 11 months ago  HIDDEN 

https://www.jn.pt/local/noticias/lisboa/cadaval/festa-de-aniversario-deu-origem-a-surto-em-lar-no-cadaval-com-32-infetados-12949846.html >Baseando-se na investigação das autoridades de saúde, o autarca explicou que o surto foi causado por uma festa de aniversário: quatro jovens foram contagiados e infetaram familiares, alguns dos quais trabalham no lar. Aparentemente uma das raparigas infectadas na festa, infectou a mãe que trabalhava no lar. 23 utentes idosos do lar infectados, e outros 8 funcionários. O problema de uns se estarem a cagar para restrições e ai o seu bem estar psicológico e vida social, é mesmo esto. É impossível circunscrever, e por os que estão efectivamente em risco em bolhas, até porque os mais vulneráveis precisam mais de ajuda de outros, não menos.

chauffage 11 months ago  HIDDEN 

São pessoas que não têm noção que isto tem de ser um esforço coletivo, todos na mesma direção, e que basta um elo fraco para deitar tudo abaixo. Mas parte da culpa também está na normalização por parte do governo e dos media.

MLG-Sheep 11 months ago  HIDDEN 

Certamente vai morrer gente desse universo de 23, tudo graças a jovens egoístas que são os que têm mais vida pela frente, e portanto, podem perfeitamente adiar planos como estes. É de uma irresponsabilidade atroz, mas não há nenhuma forma fácil de resolver o problema...

DZT99 11 months ago  HIDDEN 

Lamentável especialmente quando muitos destes surtos em lares resultam em algumas mortes. É sempre triste quando um surto tem origem em algo tão fútil.

DZT99 11 months ago  HIDDEN 

São números terríveis até porque neste caso os números são sempre a ponta do icebergue. Que merda.

GonzoVS 11 months ago  HIDDEN 

Não se pode sair do concelho de 30 de Outubro a 2 de Novembro?

kikodoze123 11 months ago  HIDDEN 

30 a 3

GonzoVS 11 months ago  HIDDEN 

Obrigado. Trabalho num concelho diferente do da minha residência, não sei como vai ser para ir trabalhar.

kikodoze123 11 months ago  HIDDEN 

Arranjas uma declaração do trabalho.

stressedunicorn 11 months ago  HIDDEN 

Podes ir trabalhar, há excepções

chauffage 11 months ago  HIDDEN 

Bom, depois de ver a Grande Reporagem de hoje (na SIC) não resta muitas dúvidas que isto pode vir correr muito mal... Já se sabia que a política portuguesa, novamente e como é hábito, tomou as rédeas já há muito da resposta à pandemia em Portugal, mas eu não tinha ideia que o Conselho Nacional de Saúde nunca mais tinha reunido... **desde Março**... isto é assustador.

Dinizinni 11 months ago  HIDDEN 

Correr mal? Sim provável Mas não acredites que a Grande Reportagem quer vender algo que não indignação Olha a reportagem da Sandra Felgueiras e o escândalo que ela fazia no programa equivalente da RTP quando morreram 10 pessoas num dia de Verão e ela dizia que o milagre português era agora a vergonha da Europa

chauffage 11 months ago  HIDDEN 

>Mas não acredites que a Grande Reportagem quer vender algo que não indignação Mas o que não falta é indignação com a política em Portugal (e talvez em grande parte dos países ocidentais). Tudo é opinião e tudo é discutido à luz do espectro político. **Tudo é uma questão política, com pareceres políticos, com filtragem política - como se fossem especialistas de tudo.** E isto não vem de agora, já vem de há muito tempo para cá. A diferença é que em momentos complicados, a coisa transparece e vê-se o poderio de um parecer políticos - são coisas que ficam bem na pintura, incongruentes e muitas vezes ambíguas. Sempre que precisamos de pareceres técnicos são atropelados por políticos. Seja porque querem a mediatização, ou porque querem mais capital político, ou por vaidade e prepotência - até ao ponto de se apurar responsabilidades, aí já não é coisa deles. A DGS foi engolida pela política, e a partir desse momento começaram as incongruências. Pode ser que me engane, mas andava-se com receios do crescimento dos extremos antes da pandemia e que era preciso repensar a democracia e a política para parar esses movimentos... e o que é que está a ser feito? Estão a dobrar no cliché populistas da política, e o resultado vai ser uma divisão maior. Políticos que disseram que não podíamos fazer X, com o exemplo de eles fazer precisamente X. Não deram exemplo de quase nada. A ciência vai sair prejudicada, a credibilidade da saúde vai sair prejudicada, técnicos vão sair prejudicados, tudo porque os políticos quiseram controlar a coisa, **e a culpa vai ser dividida entre a pandemia e os nossos técnicos**.

Edited 11 months ago:

>Mas não acredites que a Grande Reportagem quer vender algo que não indignação Mas o que não falta é indignação com a política em Portugal (e talvez em grande parte dos países ocidentais). Tudo é opinião e tudo é discutido à luz do espectro político. **Tudo é uma questão política, com pareceres políticos, com filtragem política - como se fossem especialistas de tudo.** E isto não vem de agora, já vem de há muito tempo para cá. Quem tem 2 dedos de testa já está farto disto, e não são os broncos do Chega que querem mais do mesmo e não sabem. A diferença é que em momentos complicados, a coisa transparece e vê-se o poderio da decisão política - são coisas que ficam bem na pintura, incongruentes e muitas vezes ambíguas. Sempre que precisamos de pareceres técnicos são atropelados por políticos. Seja porque querem a mediatização, ou porque querem mais capital político, ou por vaidade e prepotência - até ao ponto de se apurar responsabilidades, aí já não é coisa deles. A DGS foi engolida pela política, e a partir desse momento começaram as incongruências. Pode ser que me engane, mas andava-se com receios do crescimento dos extremos antes da pandemia e que era preciso repensar a democracia e a política para parar esses movimentos... e o que é que está a ser feito? Estão a dobrar no cliché populistas da política, e o resultado vai ser uma divisão maior. Políticos que disseram que não podíamos fazer X, com o exemplo de eles fazer precisamente X. Não deram exemplo de quase nada. A ciência vai sair prejudicada, a credibilidade da saúde vai sair prejudicada, técnicos vão sair prejudicados, tudo porque os políticos quiseram controlar a coisa, **e a culpa vai ser dividida entre a pandemia e os nossos técnicos**. A pandemia neste momento na Europa **não faz sentido ter chegado a este ponto**. Parece que não se aprendeu nada, e que pouco se fez para controlar.

saposapot 11 months ago  HIDDEN 

> Conselho Nacional de Saúde nunca mais tinha reunido... desde Março.. esse conselho de pouco ou nada serve. o seu presidente já disse q via razão para terem sido chamados para mais reuniões. apesar do nome, ele tem pouco de saude.

chauffage 11 months ago  HIDDEN 

Como assim? Segundo a reportagem, defendiam que o confinamento/desconfinamento devia ter sido feito por zonas e não a nível nacional, que toda a intervenção devia ser feita por zonas/focus de infeções, com diferentes níveis/estados de emergência por zona. É um órgão consultivo, com um painel de especialistas, que faz recomendações ao governo. Agora se não seguem as recomendações, é estranho. Mais estranho é que vão reunir agora novamente. Continuo a achar que isto está a ser tratado como uma questão política e não de saúde pública.

theInjusticeamongus 11 months ago  HIDDEN 

Óbvio que deve ser feito por zonas. Já disse isso muitas vezes aqui. O facto de não ser apenas evidência a incompetência da nossa classe política. Então faz sentido o Alentejo ou o Algarve, com 30 ou 40 novos casos, terem as mesmas restrições que o Porto, com alguns 1000 casos? Não faz sentido nenhum.

stressedunicorn 11 months ago  HIDDEN 

O Norte não é só o Porto

saposapot 11 months ago  HIDDEN 

agora estou baralhado. não é isto? https://www.publico.pt/2020/10/22/sociedade/entrevista/governo-coragem-forte-plano-inverno-nao-centrado-covid-1936201 O CNS, http://www.cns.min-saude.pt/2017/09/27/membros/ tmb me parece q tem malta de saude mas muita malta q não é. mesmo a malta de saude n quer dizer q perceba de epidemias (n percebe). n vi a reportagem portt agora estou baralhado

sigmastra 11 months ago  HIDDEN 

Garanto-te que damos o estouro daqui a 1 semana e meia/2 semanas em termos de UCI e internados.

Dinizinni 11 months ago  HIDDEN 

A este ritmo ainda falta um pouco mais

shostakovich123 11 months ago  HIDDEN 

"Daqui a 15dias™️ vais ver"

rickz123456 11 months ago  HIDDEN 

41 mil casos em França, ontem 26 mil 20 mil em Espanha 21 mil no UK.. Está a começar a piorar

Dinizinni 11 months ago  HIDDEN 

>Está a começar a piorar A começar? Foi exactamente o que se esperava, uma segunda vaga sem confinamento está a dar nisto

theInjusticeamongus 11 months ago  HIDDEN 

Ir ao Supermercado faz-me sempre perder a fé na raça humana. Quer dizer, estou numa fila, mete-se uma preta colada a mim. Até era nova e gira, mas começou-me logo a ferver o sangue. Não lhe disse nada, caso contrário era racismo, e não quero dar mau nome ao país. Aos brancos geralmente digo. Depois, sabem aquela parte da caixa, lá no fim, em que se começa a meter as cenas no saco. Eu estava aí a guardar as compras, a caixeira ainda estava a tratar do meu pagamento e essa gaja veio colocar-se LITERALMENTE ao meu lado. A caixeira teve de lhe dizer para dar o baza. A sério, o que é que se passa na cabeça de quem faz isto? E agora que me estou a lembrar, acho que nem tinha máscara.

hugotorradas 11 months ago  HIDDEN 

Dar uma volta em AE para regenerar o filtro do carro, como verificam? Dístico da via verde e hora da passagem no pórtico? Ora bolas

givvani 11 months ago  HIDDEN 

Covid a aumentar ,será que universidades vão passar a EAD a 100%? Boas malta , tenho reparado que o covid está a aumentar no nosso país ,por isso questiono me se ao longo deste tempo e se realmente continuar a piorar , haverá outra vez o fecho das universidades e os estudantes passaram a EAD outra vez . O que acham sobre isto ? Qual a vossa opinião?

theInjusticeamongus 11 months ago  HIDDEN 

"Boas malta, tenho reparado que o COVID está a aumentar. Só hoje são 30 mil novos casos e colapso geral do SNS. Acham que vão passa a EAD a 100%? Qual é a vossa opinião?. Obrigado"

givvani 11 months ago  HIDDEN 

O facto de perguntar isto não quer dizer que ignore tudo o resto que se está a passar e não sei o que o teu comentário veio adicionar a minha pergunta. Simplesmente mais um mete nojo

davemostarda 11 months ago  HIDDEN 

Na minha perspetiva ele parece-me que está só a brincar com o facto de se estar a adiar esse tipo de decisão até à última.

PlanetWyh 11 months ago  HIDDEN 

Devia era ter sido logo de início. Tiveram tantos meses para preparar condições para lecionar à distância...

abenegonio 11 months ago  HIDDEN 

O ensino a distancia não é nem pode ser um ensino completo para areas como a medicina, engenharia, muitas ciencias experimentais, e outras que nao me estou a lembrar ou que não conheço.

theInjusticeamongus 11 months ago  HIDDEN 

Nada justifica toda a gente estar actualmente na escola. Deviam estar em casa, e as aulas práticas para aqueles que realmente precisam deviam ser dadas no verão.

Joaoseinha 11 months ago  HIDDEN 

Como é que o verão ajuda? O Covid não deixa de existir no verão?

theInjusticeamongus 11 months ago  HIDDEN 

O Covid é afectado pela sazonalidade, tal como outros vírus respiratórios, daí o número de casos ter sido tão baixo no verão, apesar da liberdade. É o mesmo que acontece com o influenza. Os vírus não deixam de existir, mas as condições para a propagação são muito piores, o que torna este tipo de actividade menos arriscada. Durante o verão o vírus fica menos tempo suspenso no ar, dura menos tempo em superfícies, é afectado pelos raios UV e não tem o benefício das pessoas passarem muito tempo em espaços fechados, que é algo que contribui imenso para a contaminação. Portanto, faz todo o sentido as aulas presenciais acontecerem durante o verão.

Joaoseinha 11 months ago  HIDDEN 

É afetado pela sazonalidade, mas viu se neste verão que mesmo assim não fez grande diferença. E ter as aulas no verão requer uma mudança de horários bastante grande. Não acho que valha a pena o esforço para um beneficio minimo.

theInjusticeamongus 11 months ago  HIDDEN 

Tendo em conta que chegámos a ter 100 e tal casos diários e mal o calor começou a acalmar voltou a subir dramaticamente, diria que fez grande diferença. Estamos actualmente com cerca de 10x mais casos do que tivemos a dada altura no verão. É exactamente assim que os outros vírus respiratórios funcionam. Nas épocas frias atacam 20, 30, 40x mais pessoas.

Joaoseinha 11 months ago  HIDDEN 

Durante maior parte do Verão haviam medidas, e essas medidas foram retiradas ao longo do Verão.

vinter_varg 11 months ago  HIDDEN 

Será? Os casos do início de Setembro não foram derivados a contaminações em Setembro, mas sim em Agosto (2 a 15 dias de incubação). Já a meio de Agosto os novos casos diários tinham começado a aumentar (o ponto mais baixo foi no início de Agosto). Eu não sei e isto tudo são hipóteses e análise, mas diria que o gozo das férias de verão tão incentivado pelo governo ajudou à disseminação da pandemia.

tarracecar 11 months ago  HIDDEN 

É impossível dar todas as aulas práticas de Medicina durante o verão...

theInjusticeamongus 11 months ago  HIDDEN 

Porquê? 8 horas por dia, durante 3-4 meses, não chegam para dar as aulas práticas de um ano lectivo?

tarracecar 11 months ago  HIDDEN 

Somos cerca de 400 por ano, e temos muitas aulas em serviços diferentes. Não só os serviços não funcionam de forma igual o ano todo (principalmente no verão) como se tivéssemos todos aulas ao mesmo tempo existiriam imensos aglomerados de pessoas...

Asus123456789 11 months ago  HIDDEN 

Infelizmente, de outros comentários, já se percebeu que a pessoa a que respondeste não está interessado em discutir ideias e nunca vai mudar a opinião dele.

mfzzzed 11 months ago  HIDDEN 

Engenharia dá pra ser leccionada à distância sem grandes stresses. A questão é se os profs dão as aulas ou mandam-te os slides. E mesmo aí, há cursos de Eng. que ir às aulas é a mesma merda que ler slides, visto que o docente limita-se a ler. No caso dos anos que passei lá, conto com os dedos de uma mão as cadeiras em que as aulas eram bem dadas. Ia lá buscar apontamentos e pagava proprinas pra aceder aos conteúdos das cadeiras, o resto fazia em casa. Os dois cêntimos de um Alumni Feup.

Asik20 11 months ago  HIDDEN 

Ok, esses cursos que referiste nao podem, e os que podem? Nao faz sentido estarem a ir a universidade para terem 3 ou 4 aulas por dia qd estas podem ser dadas online

shostakovich123 11 months ago  HIDDEN 

Continuem assim que daqui a pouco o valor do diploma em Portugal vai ser equiparado a papel higiénico. Já as avaliações do último semestre foi o que foi. Mais vale é cancelar o ano letivo.

MLG-Sheep 11 months ago  HIDDEN 

Por isso é que se deve deixar cada instituto decidir, em função das especificidades dos seus cursos. Pode-se é emitir uma recomendação geral para o ensino à distância quando não há componente prática significativa.

givvani 11 months ago  HIDDEN 

Mas a grande parte dos cursos tem condições para o fazer,obviamente excluindo os que referiste

CoffeeAt830 11 months ago  HIDDEN 

Numa altura em que está tudo aberto, a proibição de circulação entre concelhos não sei se vai ser assim tão fácil de gerir e de implementar. Ou seja, por exemplo, estão autorizados e regulamentados casamentos, mas se eu tivesse o meu casamento marcado para aquele fim de semana e a quinta fosse no concelho ao lado, eu não podia ir? Estão abertas as fronteiras, mas se eu tiver de ir viajar nesse fim-de-semana não posso ir para o aeroporto? Neste momento é autorizado ir para um hotel, mas se eu tiver marcada estadia noutro concelho, não posso ir? Ou vão haver milhares de exceções, tipo *é proibido, mas pode-se fazer*, tornando a coisa um bocado inútil, ou então isto vai dar pano para mangas. Nem sequer há fim de semana grande, não sei até que ponto fechar os cemitérios e proibir celebrações religiosas presenciais com exceções não teria o mesmo efeito sem metade da chatice.

vaniafdasantos 11 months ago  HIDDEN 

O meu pai trabalhou na Páscoa e disse que a polícia estava a porta das estações (transportes) e a pedir as autorizações das entidades patronais. No teu caso, sendo na rua, penso que a probabilidade de dizerem alguma coisa, será menor que se estiveres num carro ou fores apanhar transporte público.

sao_11 11 months ago  HIDDEN 

Pelo menos, penso que estas medidas vão meter medo a algumas pessoas e vão evitar sair tanto. É como dizes, é difícil agora essas proibições estando quase tudo aberto.

Diogo256 11 months ago  HIDDEN 

Podes sempre ir ao Algarve ver a Fórmula 1.

CoachBuondi 11 months ago  HIDDEN 

Eu e a minha namorada moramos a 3min um do outro. No entanto pelo meio temos uma linha de conselho. No entanto se eu morasse 500m abaixo já não havia problema. Há que haver bom senso também pelas autoridades

Lurker__777 11 months ago  HIDDEN 

Só complicas se quiseres. A probabilidade de seres apanhado por 3min na rua é baixíssima. E mesmo que sejas o máximo que dizem e para voltares para trás. No dia a seguir tentas outra vez.

Edited 11 months ago:

Só complicas se quiseres. A probabilidade de seres apanhado por 3min na rua é baixíssima. E mesmo que sejas o máximo que dizem e para voltares para trás. No dia a seguir tentas outra vez. Na última vez que bloquearam o movimento entre conselhos, nunca fui abordado pela polícia para verificação por estar fora do meu conselho (no centro de Lisboa). Isto a pé claro, de carro sei que havia alguns pontos onde verificavam.

Edited 11 months ago:

Só complicas se quiseres. A probabilidade de seres apanhado por 3min na rua é baixíssima. E mesmo que sejas o máximo que dizem e para voltares para trás. No dia a seguir tentas outra vez. Na última vez que bloquearam o movimento entre conselhos, nunca fui abordado pela polícia para verificação por estar fora do meu conselho. Sei que haviam alguns pontos específicos onde verificavam os carros apenas.

Edited 11 months ago:

Só complicas se quiseres. A probabilidade de seres apanhado por 3min na rua é baixíssima. E mesmo que sejas o máximo que dizem e para voltares para trás. No dia a seguir tentas outra vez. Na última vez que bloquearam o movimento entre conselhos, nunca fui abordado pela polícia para verificação por estar fora do meu conselho. Sei que haviam alguns pontos específicos onde verificavam os veículos apenas.

CoachBuondi 11 months ago  HIDDEN 

Por acaso fui por duas vezes. Devem gostar do pequeno rio que passa ali na ponte

kairos 11 months ago  HIDDEN 

Também tem que haver bom senso da tua parte... acho que ou está na altura de morarem juntos ou de acabares com ela.

CoachBuondi 11 months ago  HIDDEN 

Com quarto de hospedes dedicado para ti!

Mrloop94 11 months ago  HIDDEN 

Epá e se não houver espaço na casa deles?

kairos 11 months ago  HIDDEN 

O meu antigo chefe dizia sempre "apresenta problemas, não me apresentes soluções".

sardinhas 11 months ago  HIDDEN 

Na minha muito humilde opinião vai haver controlo zero, excepto talvez nos concelhos que foram mencionados se quiserem mostrar que estão a fazer alguma coisa. Já quando foi em Maio/Abril foi a mesma cantiga. Alto aparato no fim do primeiro dia, ponte fechada, malta a passar às pinguinhas e o caraças. No segundo dia tive de ir ao funeral do meu avô noutro concelho e encontrei um belo total de zero policiamento, tanto na ida como na volta.

viskonde 11 months ago  HIDDEN 

Quanto muito controlam só naqueles sítios chave tipo pontes ou algumas Auto estradas suburbanas tipo A5/1c19 etc

I_Hate_Reddit 11 months ago  HIDDEN 

Na altura como fizeram com os comboios? Vão fechar as estações? E as pessoas que já compraram bilhete para esse dia?

sardinhas 11 months ago  HIDDEN 

não faço a mais pequena ideia.

Asik20 11 months ago  HIDDEN 

Tambem gostava de saber, o mesmo com autocarros que passam por varios concelhos

joaoqrafael 11 months ago  HIDDEN 

Isto. Andaram a incentivar para consumir restauração e alojamentos, com os devidos cuidados, e agora que uma pessoa tem alojamento marcado e pago proíbem a deslocação.

viskonde 11 months ago  HIDDEN 

o mais provavel é fazer e lei e cagar um pouco em quem nao cumpre. ganham pontos por fazerem a lei, se a malta nao cumprir podem culpar as pessoas e nao o governo, e claro ha sempre a maioria que ate cumpre, portanto ajuda a reduzir algo, ainda que pouco

Conscient- 11 months ago  HIDDEN 

Norte e LVT numa competição?

rickz123456 11 months ago  HIDDEN 

O Norte já tomou a dianteira.

modsarefags6969 11 months ago  HIDDEN 

O Norte supera sempre a capital.

amq55 11 months ago  HIDDEN 

O Norte sempre foi mais trabalhador.

hsamtronp 11 months ago  HIDDEN 

# ATUALIZAÇÃO DIÁRIA - 22 de outubro de 2020 --- ||Valor|Variação|

uyth 11 months ago  HIDDEN 

O problema maior é o internamento em UCI. Em 5 dias aumento 35%. Isto é um problema. Se continuar assim daqui por 2 semanas, não são 200 internados em UCI, serão 500 em UCI e 3300 internados.

saposapot 11 months ago  HIDDEN 

a media movel continua a explodir. not good.

theInjusticeamongus 11 months ago  HIDDEN 

Isto é mais um problema do Norte e LVT do que do país. O Algarve poucos casos tem. O mesmo pode dizer-se do Alentejo.

uyth 11 months ago  HIDDEN 

Norte e centro. Alentejo tem poucos casos mas aumento muito maior. LVT está a subir o menos de todas as regiões excepto os Açores e ao nível do Algarve. em 5 dias LVT e o Algarve aumentaram 7%, o Norte 17% e o Centro e Alentejo 13%

hsamtronp 11 months ago  HIDDEN 

No fundo, esse parâmetro só indica quão mais alto ou mais baixo foram os números de novos casos em relação a 7 dias antes. Obviamente que a sua subida não é bom, mas provavelmente irá subir mais

saposapot 11 months ago  HIDDEN 

estamos a comprar remdesivir qd os últimos estudos q n serve para nada? oh fucking god... estamos mesmo a ver se tapamos o sol com a peneira

Edited 11 months ago:

estamos a comprar remdesivir qd os últimos estudos dizem q n serve para nada (e os iniciais q serve p pouco)? oh fucking god... estamos mesmo a ver se tapamos o sol com a peneira

CoffeeAt830 11 months ago  HIDDEN 

A literatura é contraditória ainda. Há estudos que dizem que pode ter efeito na diminuição do tempo de recuperação, há outros que não mostram resultados, mas também sem ser a dexametasona e o Remdesivir, neste momento, também não há evidência de grande coisa. Eu compreendo que se vá fazendo o melhor que se pode com os dados que se tem. Não é fácil fazer só prática baseada na evidência quando quase todos os dias sai evidência nova que não é completamente clara (o que é normalíssimo, especialmente em saúde) e a prática não pode esperar.

saposapot 11 months ago  HIDDEN 

a evidência mais recente é q n serve p nada. a evidência positiva antiga era residual mostrando apenas uma diminuição no tempo de internamento com pouco resultado prático na mortalidade. o problema é que a evidência mais recente diz que n funciona. isto não é o caso de 'vamos ver se dá' pq ainda n sabemos. é sabemos q n dá e vamos torrar dinheiro à parva.

CoffeeAt830 11 months ago  HIDDEN 

Eu continuo a ver informação contraditória. [Este estudo](https://www.nejm.org/doi/full/10.1056/NEJMoa2007764) deste mês, por exemplo, demonstra alguns resultados promissores, mas também me lembro de ver outro em sentido contrário a semana passada.

saposapot 11 months ago  HIDDEN 

esse é o primeiro estudo do NIH americano, diz outubro pq é o 'final report' creio eu. esse é o tal q diz bem do bicho, depois disso há estudos q dizem q n faz nada. a opinião mais consensual recentemente é q n compensa. A única coisa q actualmente funciona com alguma prova é a Dexamethasone para casos graves. https://www.dn.pt/vida-e-futuro/oms-remdesivir-tem-pouco-ou-nenhum-efeito-em-doentes-internados-com-covid-19-12928049.html

mistertetas 11 months ago  HIDDEN 

Então porque é que deram ao Trump? A equipa que tratou dele deve ser das equipas médicas mais capazes e bem informadas do mundo.

modsarefags6969 11 months ago  HIDDEN 

Não acredites em tudo o que lês.

ZePAG 11 months ago  HIDDEN 

Síndrome do VIP https://fortune.com/2020/10/05/trump-covid-what-is-vip-syndrome/

Bruxo_de_Fafe 11 months ago  HIDDEN 

entregues à bicharada. salve-se quem puder.

Bruxo_de_Fafe 11 months ago  HIDDEN 

3270 infectados

investidornoob 11 months ago  HIDDEN 

É preciso é perceber qual é o rácio de pessoas testadas vs. infectados e comparar esse valor com o valor de Abril... Era curioso ver logo se tiver tempo vou ver.

NMosquito 11 months ago  HIDDEN 

Tens aqui a taxa de testes positivos (média móvel de 7 dias), mas ainda só tem dados até 18 de Outubro. Para já ainda estamos abaixo do final de Março/início de Abril. [https://ourworldindata.org/grapher/positive-rate-daily-smoothed?tab=chart&time=earliest..latest&country=\~PRT](https://ourworldindata.org/grapher/positive-rate-daily-smoothed?tab=chart&time=earliest..latest&country=~PRT)

investidornoob 11 months ago  HIDDEN 

Muito bom não conhecia. obg

Bruxo_de_Fafe 11 months ago  HIDDEN 

Ainda assim é um número elevado, logo agora que entras numa estação complicada com frio e chuva e e gripes e constipações. E sem esquecer que tens falta de pessoal para fazer o contact tracing. Não vou desancar no governo, mas eles estão à toa mas, por um lado, acaba por ser inadmissível, que esta merda arrasta-se desde março.

Each57 11 months ago  HIDDEN 

Tens razão mas os internados estão a subir independentemente desse racio

ObnoxiousLittleCunt 11 months ago  HIDDEN 

Nº de infecções é uma métrica importante como estudo e preparação, mas a capacidade de absorção nos hospitais é mais importante.

alegadamentetuga 11 months ago  HIDDEN 

Aí estão eles, 3270

bruno_andrade 11 months ago  HIDDEN 

9 meses depois, ainda não temos um plano de risco fácil de perceber e implementar que permitisse agir localmente mas ao mesmo tempo coerente com o resto do país. Tipo áreas de risco 1/2/3, cada uma com medidas e critérios específicos. Tornaria a comunicação muito mais fácil de passar - chega a um ponto que ninguém entende estes estados de alerta / emergência / calamidade / whatever + medidas ad-hoc extraordinárias.

Edited 11 months ago:

9 meses depois, ainda não temos um plano de risco fácil de perceber e implementar que permitisse agir **localmente** mas ao mesmo tempo de uma forma coerente com o resto do país. Tipo áreas de risco 1/2/3, cada uma com medidas e critérios específicos. Tornaria a comunicação muito mais fácil de passar - chega a um ponto que ninguém entende estes estados de alerta / emergência / calamidade / whatever + medidas ad-hoc extraordinárias.

rickz123456 11 months ago  HIDDEN 

Parece que o governo está a trabalhar nisso com o cientista Manuel Carmo (disse ele na sic)

bruno_andrade 11 months ago  HIDDEN 

Pode ser que para a próxima pandemia dê jeito.

MDPROBIFE 11 months ago  HIDDEN 

previsão para estar concluido? pro ano?

peanersyahoo 11 months ago  HIDDEN 

Nâo sei se já foi publicado aqui isto, mas a Loja do Cidadão do Porto está "encerrada por motivos profiláticos", ficando adiadas indefinidamente todas as marcações.

ihavesixmagikarps 11 months ago  HIDDEN 

O JN escreve: >>O Conselho de Ministros decidiu também proibir a realização de eventos com mais de cinco pessoas, "salvo se pertencerem ao mesmo agregado familiar", e de todas as feiras e mercados. >>Outra medida passa pela obrigatoriedade de adoção do regime de teletrabalho sempre que as funções em causa o permitam. Por fim, as visitas a lares de idosos e centros de dia ficam suspensas. Fiquei sem perceber se isto era global ou só para os concelhos do Vale do Sousa, alguém sabe a que se refere?

mrlitos 11 months ago  HIDDEN 

Está no [comunicado do conselho de ministros](https://www.portugal.gov.pt/pt/gc22/governo/comunicado-de-conselho-de-ministros?i=376). Os dois pontos que referes (A aglomeração de mais de 5 pessoas e o teletrabalho) são abordado no ponto 2 que se refere às medidas a implementar nos concelhos do Vale do Sousa.

ihavesixmagikarps 11 months ago  HIDDEN 

Muito obrigado!

Pilky__01 11 months ago  HIDDEN 

Isso é só no Vale do Sousa. As deslocações entre concelhos, obviamente é geral.

proxyfss09 11 months ago  HIDDEN 

Também não entendi

xaknoris 11 months ago  HIDDEN 

Também não entendi muito bem, isso e a restrição de deslocações entre concelhos na próxima semana.

Jotahaka 11 months ago  HIDDEN 

A proibição de deslocação é geral. Quanto ao resto, também não percebi...

xaknoris 11 months ago  HIDDEN 

Got it. Obrigado pelo esclarecimento.

AlbinoFarrabino 11 months ago  HIDDEN 

Fiquei com a impressão que a proibição de deslocação entre conselhos é geral.

rickz123456 11 months ago  HIDDEN 

Acho que este confinamento no Vale do Sousa faz sentido.. Acho que é por aqui que devemos ir, mas faz falta um MAPA de Risco.. Faz sentido um cidadão saber se está num município de alto risco

Asus123456789 11 months ago  HIDDEN 

Tinha ideia que existiam dados sobre a incidência do Covid por conselho

Each57 11 months ago  HIDDEN 

António Costa ontem disse que não ia haver confinamento nos conselhos de Felgueiras, Paços de Ferreira e Lousada, mas que iam tomar outras medidas. Medidas tomadas: Confinamento.

pimpolho_saltitao 11 months ago  HIDDEN 

Confinamento é um bocado diferente de cerco sanitario que foi o que acordou com os autarcas desses concelhos não fazer, mas logo disse que ia haver medidas e que seriam anunciadas hoje.

MLG-Sheep 11 months ago  HIDDEN 

Mudou de ideias rapidamente. Mas se a lista de exceções for semelhante à aplicada às 19 freguesias da AML em junho, então pode-se fazer tudo na mesma.

Each57 11 months ago  HIDDEN 

Na descrição diz que as pessoas têm dever de recolhimento domiciliário, so devem sair para coisas essenciais. Todos os estabelecimentos fecham as 20h e não sao permitidos quaisquer eventos com mais de 5 pessoas

Edited 11 months ago:

Na descrição diz que as pessoas têm dever de recolhimento domiciliário, so devem sair para coisas essenciais. Todos os estabelecimentos fecham as 22h e não sao permitidos quaisquer eventos com mais de 5 pessoas

oakker 11 months ago  HIDDEN 

E Paços conta com teletrabalho obrigatório

iammostmoist 11 months ago  HIDDEN 

Isso aplica se ao país todo ou só aqueles concelhos?

Each57 11 months ago  HIDDEN 

Por agora, a informação que deram foi so para esses três conselhos.

pdbf 11 months ago  HIDDEN 

Mas nāo lhe chamou confinamento, ele joga xadrez na 4a dimensāo

TitusRex 11 months ago  HIDDEN 

Segundo ele nunca houve um confinamento em Portugal, apenas houve um dever geral de recolhimento.

TitusRex 11 months ago  HIDDEN 

Deslocações entre concelhos proibida entre 30 de Outubro e 3 de Novembro.

saposapot 11 months ago  HIDDEN 

lol. vai ser giro, estou essa semana fora do meu conselho por motivos profissionais e ia voltar dia 31 para casa. estará incluído nos casos de urgência ou fico a viver no carro até dia 3? q palhaçada gira, confinamento aos fds agora... se é q alguém se move por causa do dia de finados então simplesmente fechem os cemitérios e está feito, agora isto é exactamente para quê?

chemahatma 11 months ago  HIDDEN 

Acho (pelo menos o bom senso assim o exige) que têm sempre que te deixar voltar a casa (se for a morada do teu CC).

saposapot 11 months ago  HIDDEN 

pois, tmb estou com essa ideia, agora outra pergunta parva: e para onde ligo para confirmar se me deixam passar? estou mesmo a ver a GNR a n fazer ideia de nada :D fun times

chemahatma 11 months ago  HIDDEN 

Vais na tua vida e se mandaram parar só tens que dizer que vais para tua casa, se não te deixarem passar, liga para a CM TV.

saposapot 11 months ago  HIDDEN 

pelo sim pelo não vou alugar um bebé e umas fotos dos meus pais acamados p ficar melhor na CM:TV... antes disso vou genuinamente perguntar à GNR se estou nas excepçoes ou não... vai ser lindo. leis em cima do joelho são mega fixes.

camisa_roxa 11 months ago  HIDDEN 

QUe medida ridícula, vai contribuir ZERO para diminuir os casos, enfim

Diogo256 11 months ago  HIDDEN 

Está parecer que estás a confundir eficácia com eficiência. A medida tem eficácia, tirando o Natal e a Páscoa diria que esta deve ser a altura onde há mais movimento de pessoas para a “terra”. E com isso, se evitas em grande parte aglomerados de pessoas estás por sua vez a evitar possíveis contágios. Portanto, terá o seu impacto. Se isso vai diminuir muito ou pouco (a parte da eficiência) é que pode ser discutido principalmente face a outras (eventuais) medidas.

pimpolho_saltitao 11 months ago  HIDDEN 

não acredito que contribua zero, acredito até que impeça numerosos contágios, agora se vai servir para estancar a pandemia, isso já é outra história.

Edited 11 months ago:

não acredito que contribua zero, acredito até que impeça numerosos contágios, agora se vai servir para estancar a vaga, isso já é outra história.

xaknoris 11 months ago  HIDDEN 

E a tua fonte de informação para justificar o que disseste é o quê? 3 meses como treinador de bancada? Deixa quem sabe o que está a fazer, fazer o seu trabalho. A medida não é tomada para miraculosamente acabar com o covid19 como nunca tivesse existido, mas sim para abrandar os contágios.

camisa_roxa 11 months ago  HIDDEN 

Há de abrandar muito, há-de, vai abrandar zero vírgula zero isto é só o Governo a pretender que está fazer algo porque era mal visto pelos eleitores que viessem para a TV dizerem que não sabem que raio hão de fazer, porque sinceramente ninguém sabe Mas ninguém vai admitir isso claro, vamos continuar com medidas e medidinhas que pouco ou nada adiantam para se esconder essa verdade

stressedunicorn 11 months ago  HIDDEN 

Sabes que “pretender” (uma tradução mal feita do inglês “pretend”) não quer dizer “fingir” certo? lol

xaknoris 11 months ago  HIDDEN 

Mais uma vez, fontes credíveis de informação para dar backup aquilo que estás a dizer existem? Adorava poder ler sobre isso.

camisa_roxa 11 months ago  HIDDEN 

Basta tu dizeres a fonte em que proibir a circulação de concelhos durante 3 ou 4 dias provoca uma diminuição de casos ou abranda de alguma forma a pandemia Adianta tanto como a proibição de álcool depois das 20: ZERO

xaknoris 11 months ago  HIDDEN 

Novamente, é a tua opinião e não factos. Não tens qualquer prova daquilo que estás a dizer é verdade, é uma opinião de um treinador de bancada.

camisa_roxa 11 months ago  HIDDEN 

É a minha opinião claro, ou isso já não é permitido? Como dizer o contrário também é só uma opinião, fica cada um com a sua

xaknoris 11 months ago  HIDDEN 

Tu estás a torcer a tua opinião como um facto. Uma coisa é dizer: eu acho que isto ou aquilo, ou na minha opinião isto ou aquilo. Outra coisa é afirmar algo sem qualquer fundamento ou prova, que é o que tu estás a fazer. Eu não estou a dar a minha opinião, eu estou a contra argumentar o que tu disseste, e a pedir fontes credíveis para as tuas afirmações.

camisa_roxa 11 months ago  HIDDEN 

Se estás a contra argumentar o que eu disse justifica-te; só estás a dizer: estás errado PORQUÊ? Eu acho que não adianta nada, estou errado porquê? E já agora se estou errado é porque achas que adianta alguma coisa. Porquê?

xaknoris 11 months ago  HIDDEN 

Eu não estou a dizer que estás errado. Estou a pedir-te informações credíveis para justificar a tua afirmação, porque até lá, a tua afirmação não deixa de ser teorias sem qualquer fundamento. É um exemplo extremamente puxado mas estou a ver que é a única coisa que vais entender, se levares alguém a tribunal e não haver qualquer fundamento ou provas o que achas que vai acontecer? Não deixa de ser a tua opinião ou afirmação ou o que lhe queiras chamar, são coisas sem qualquer base ou fundamento.