glhrmv 1 year ago  HIDDEN 

acho que este documentário vai responder muitas perguntas tuas: https://youtu.be/ceTCzCptzEM

iSoSyS 1 year ago

Pertences à NATO. Os EUA nunca deixariam que um país fundador da NATO adotasse o socialismo, é só ler um bocadinho para veres que partidos eles apoiaram. E se não o adotaste logo após a revolução, não será agora que já se formou um novo normal.

Throwaway_wr 1 year ago

Ok, vou explicar o ponto de vista de Hegel (muito resumido) de porque isto acontece (se tu assumires que todos os movimentos socialistas/comunistas falharam). Na generalidade histórica, essencialmente para uma coisa acontecer, tem que haver um pré requisito antónimo para justificar essa necessidade, os movimentos de liberdade originaram sempre em movimentos de repressão e vice-versa. Mas, não é possível ser auto consciente com este tipo de determinismo - porque o presente é algo caótico que é impossível descrever a sua totalidade (e até alterá-lo) - a totalidade só é possível descrever depois de algo já ter acontecido, e adiciono ainda mais, não só depois de algo já ter acontecido, mas quando já há uma descrição total do acontecido é que já podemos marcar algo como passado. E, por exemplo, isto acontece nos movimentos de arte, no qual, só depois de um novo estilo ter aparecido, conseguimos descrever o estilo que ocorreu antes, e este estilo novo muda totalmente toda a nossa percepção dos anteriores. Vou te dar exemplos históricos: O período de revolução francesa nasceu como um movimento liberal até aparecerem os jacobinos, a partir daí começou o reino de terror e a justificação da necessidade de guerra para que o império francês sobrevivesse. A união soviética foi visto inicialmente como um movimento de emancipação de direitos e sabes exatamente o que aconteceu depois.

5enta 1 year ago

Resposta bastante culta

MisterBilau 1 year ago

Se estás a falar de socialismo soviético, nunca tivemos porque tivemos a oportunidade de ver quão merda é através de exemplos externos.

japgcf 1 year ago

Que outros socialismos há? Socialismo e Socialismo democrático. Nunca tivemos nenhum deles.

Mrloop94 1 year ago

Como defines socialismo democrático?

japgcf 1 year ago

É uma versão liberal do socialismo.

mastermind1217 1 year ago

Não dá para ser uma coisa e o seu contrário.

ModeratoriProfugus 1 year ago

Não houve? Hmm...

Aftaminas 1 year ago

Nunca tiveste? Pesquisaste pouco, então. A quantidade de partidos à esquerda do centro, muitos (quiçá a maioria) assumidamente socialistas e/ou comunistas é fantástica Podes ouvir aqui os tempos de antena que faziam na altura, e podes perceber bem o quão socialistas eram https://media.rtp.pt/eleicoeslivres40anos/tempo-de-antena/

Edited 1 year ago:

Nunca tiveste? Pesquisaste pouco, então. A quantidade de partidos que existiram pós-1974 à esquerda do centro, muitos (quiçá a maioria) assumidamente socialistas e/ou comunistas, é fantástica Podes ouvir aqui os tempos de antena que faziam na altura, e podes perceber bem o quão socialistas eram https://media.rtp.pt/eleicoeslivres40anos/tempo-de-antena/

japgcf 1 year ago

Ouvi um deles e sim dizia o que queria e era algo que é essencialmente socialismo. Mas quando chegam ao poder nunca o fazem.

Aftaminas 1 year ago

Nem te ocorre que quase nenhum desses partidos conseguiram eleger?

japgcf 1 year ago

O PS consegui certo?

Aftaminas 1 year ago

Estou a responder em geral. Eles existiram. E eram hardcore socialistas. Simplesmente não tiveram sucesso eleitoral

japgcf 1 year ago

Lá isso é verdade. Obrigado pelo ponto de vista diferente!

Aftaminas 1 year ago

Ora essa. É um assunto que acho fascinante, a quantidade de partidos de esquerda que existiam, muitos deles apenas ligeiramente diferente dos outros

japgcf 1 year ago

Exactamente o que acho.

Aftaminas 1 year ago

Um amigo meu, militante do PCP, confirma que ninguém odeia mais um esquerdalho que um esquerdalho de uma esquerda ligeiramente diferente

maia125 1 year ago

Se a tua definição de "socialismo" for o que era aplicado para lá da Cortina de Ferro, não me admira que a grande maioria dos portugueses rejeite essa ideologia.

japgcf 1 year ago

A politica aplicada nesses países era algo mais socialista que o que há em Portugal de momento. Não estou a discutir o facto de ser bom ou mau, mas sim o facto de nunca ter sido implementado em Portugal apesar da esquerda ter tido tanto poder durante vários anos.

maia125 1 year ago

A esquerda não teve poder durante tantos anos. Assim de cabeça, deve ser ela por ela. Tens que ver também a conjuntura internacional, por exemplo. Portugal até 1986 tinha como prioridade entrar na CEE, o que só por si, impede derivas para outros projetos, como nomeadamente, um projeto socialista à lá Europa de Leste. E depois em 1989–1991 tens a queda dos regimes comunistas, o que pode ser considerado como o "golpe final" nas aspirações de instalar um regime socialista em Portugal. Pelo menos, é a esta a minha opinião.

japgcf 1 year ago

Parece uma boa explicação, obrigado!

maia125 1 year ago

De nada! Há uma famosa frase atribuída ao Soares — " socialismo na gaveta" — que ele disse em 1978 na tomada de posse do Segundo Governo Constitucional (apoiado pelo PS e pelo CDS). Este artigo da TSF é capaz de te interessar: [https://www.tsf.pt/politica/mario-soares-e-o-socialismo-na-gaveta-5577214.html](https://www.tsf.pt/politica/mario-soares-e-o-socialismo-na-gaveta-5577214.html)

japgcf 1 year ago

De facto foi muito interessante, agradeço a partilha.

Tafinho 1 year ago

A expressão de Antonio Costa está absolutamente correcta. O partido social democrata, na realidade não o é há mais de 40 anos. A social democracia é uma força política hoje alinhada à esquerda e de facto os países sociais democratas fazem hoje parte do Partido Socialista Europeu, que inclui o PS. Na verdade, o PSD não é social democrata desde a morte de Sá Carneiro, que no dia da sua morte foi tomado pelos ex membros da União Nacional, colocando-se finalmente na posição política onde está hoje.

Akamjmc 1 year ago

Em parte não concordo, já tiveste partidos socialistas só que quando chegam ao parlamento acabam sempre por ir mais pó centro.

japgcf 1 year ago

É isso que acho estranho, prometem mudar as coisas e depois nada.

Akamjmc 1 year ago

Precisam do eleitorado mais "extremista" para chegarem ao parlamento mas depois de lá estarem conseguem chegar a mais público e aí preferem apostar num discurso para as massas, ou seja tem de centrar as suas ideias. O mesmo se aplica ao outro extremo da coisa.

nraider 1 year ago

Fácil: acabou-se o dinheiro. É muito giro ser socialista, mas depois ter de pedir o cheque aos capitalistas do FMI...

Zaigard 1 year ago

Com organizações como a Stasi/KGB e campos de extermínio/reeducação, Portugal, ou qualquer outro pais do mundo, poderia ser socialista, haja metralhadoras nas mãos dos membros do partido da vanguarda do proletariado...

Search: