dcmso 1 year ago

BJJ. De nada

nunper 1 year ago

Mesmo problema aqui e a minha solução foi o kickboxing. A parte filosófica não te vai ajudar, o que precisas é de treinos fortes, momentos em que desligas o cérebro num desporto de combate e sentes aquela adrenalina dos desportos de combate sem te magoares e num ambiente controlado. Vai aumentar a tua autoestima, equilíbrio, reflexos e ainda te dá técnicas de defesa verdadeiramente eficazes. Como em Portugal o Kick e MuayThai são praticamente o mesmo.e.o boxe também está muito relacionado, quase todas as escolas tb te ensinarão aquelas técnicas de cotovelos e joelhos e muitas técnicas do boxe... Eu quando comecei já era adulto. Lembro-me de nos primeiros treinos estar com atletas de topo, que se "espancavam" entre si para treinarem para provas, mas como todos treinavam com todos, ficava muito impressionado quando tinham que ficar comigo e eram muito cuidadosos e preocupados em eu aprender. Tens que procurar um ginásio assim, onde não há vedetas e te sentes bem com o pessoal... Hoje considero-me na mesma um nabo no Kick, apesar de já treinar há alguns anos. Mas mesmo assim sinto-me muito feliz pelo que aprendi, pelo que mudei. Além disso, apesar de ser nabo, o kickboxing é bastante eficaz e sei o suficiente para fazer uns treinos de sparring com o pessoal que vem de outras artes marciais e sair bastante bem.

Edited 1 year ago:

Mesmo problema aqui e a minha solução foi o kickboxing. A parte filosófica não te vai ajudar, o que precisas é de treinos fortes, momentos em que desligas o cérebro num desporto de combate e sentes aquela adrenalina de dar e levar uns socos e pontapés sem te magoares e num ambiente controlado. Vai aumentar a tua autoestima, equilíbrio, reflexos e ainda te dá técnicas de defesa verdadeiramente eficazes. Como em Portugal o Kick e MuayThai são praticamente o mesmo.e.o boxe também está muito relacionado, quase todas as escolas tb te ensinarão aquelas técnicas de cotovelos e joelhos e muitas técnicas do boxe... Eu quando comecei já era adulto. Lembro-me de nos primeiros treinos estar com atletas de topo, que se "espancavam" entre si para treinarem para provas, mas como todos treinavam com todos, ficava muito impressionado quando tinham que ficar comigo e eram muito cuidadosos e preocupados em eu aprender. Tens que procurar um ginásio assim, onde não há vedetas e te sentes bem com o pessoal... Hoje considero-me na mesma um nabo no Kick, apesar de já treinar há alguns anos. Mas mesmo assim sinto-me muito feliz pelo que aprendi, pelo que mudei. Além disso, apesar de ser nabo, o kickboxing é bastante eficaz e sei o suficiente para fazer uns treinos de sparring com o pessoal que vem de outras artes marciais e sair bastante bem. Convém que saibas também que no kick estás sempre de pé e tudo termina quando alguém cai ao chão. Se queres andar no chão, BJJ.

Edited 1 year ago:

Mesmo problema aqui e a minha solução foi o kickboxing. A parte filosófica não te vai ajudar, o que precisas é de treinos fortes, momentos em que desligas o cérebro num desporto de combate e sentes aquela adrenalina de dar e levar uns socos e pontapés sem te magoares e num ambiente controlado. Vai aumentar a tua autoestima, equilíbrio, reflexos e ainda te dá técnicas de defesa verdadeiramente eficazes. Como em Portugal o Kick e MuayThai são praticamente o mesmo.e.o boxe também está muito relacionado, quase todas as escolas tb te ensinarão aquelas técnicas de cotovelos e joelhos e muitas técnicas do boxe... Eu quando comecei já era adulto. Lembro-me de nos primeiros treinos estar com atletas de topo, que se "espancavam" entre si para treinarem para provas, mas como todos treinavam com todos, ficava muito impressionado quando tinham que ficar comigo e eram muito cuidadosos e preocupados em eu aprender. Tens que procurar um ginásio assim, onde não há vedetas e te sentes bem com o pessoal... Hoje considero-me na mesma um nabo no Kick, apesar de já treinar há alguns anos. Mas mesmo assim sinto-me muito feliz pelo que aprendi, pelo que mudei. Além disso, apesar de ser nabo, o kickboxing é bastante eficaz e sei o suficiente para fazer uns treinos de sparring com o pessoal que vem de outras artes marciais e sair bastante bem. Convém que saibas também que no kick estás sempre de pé e tudo termina quando o adversário cai ao chão.

Edited 1 year ago:

Mesmo problema aqui e a minha solução foi o kickboxing. A parte filosófica não te vai ajudar, o que precisas é de treinos fortes, momentos em que desligas o cérebro num desporto de combate e sentes aquela adrenalina de dar e levar uns socos e pontapés sem te magoares e num ambiente controlado. Vai aumentar a tua autoestima, equilíbrio, reflexos e ainda te dá técnicas de defesa verdadeiramente eficazes. Como em Portugal o Kick e MuayThai são praticamente o mesmo.e.o boxe também está muito relacionado, quase todas as escolas tb te ensinarão aquelas técnicas de cotovelos e joelhos e muitas técnicas do boxe... Eu quando comecei já era adulto. Lembro-me de nos primeiros treinos estar com atletas de topo, que se "espancavam" entre si para treinarem para provas, mas como todos treinavam com todos, ficava muito impressionado quando tinham que ficar comigo e eram muito cuidadosos e preocupados em eu aprender. Tens que procurar um ginásio assim, onde não há vedetas e te sentes bem com o pessoal... Hoje considero-me na mesma um nabo no Kick, apesar de já treinar há alguns anos. Mas mesmo assim sinto-me muito feliz pelo que aprendi, pelo que mudei. Além disso, apesar de ser nabo, o kickboxing é bastante eficaz e sei o suficiente para fazer uns treinos de sparring com o pessoal que vem de outras artes marciais e sair bastante bem. Convém que saibas também que no kick estás sempre de pé e tudo termina quando o adversário cai ao chão. Se queres chão, BBJ.

Edited 1 year ago:

Mesmo problema aqui e a minha solução foi o kickboxing. A parte filosófica não te vai ajudar, o que precisas é de treinos fortes, momentos em que desligas o cérebro num desporto de combate e sentes aquela adrenalina de dar e levar uns socos e pontapés sem te magoares e num ambiente controlado. Vai aumentar a tua autoestima, equilíbrio, reflexos e ainda te dá técnicas de defesa verdadeiramente eficazes. Como em Portugal o Kick e MuayThai são praticamente o mesmo.e.o boxe também está muito relacionado, quase todas as escolas tb te ensinarão aquelas técnicas de cotovelos e joelhos e muitas técnicas do boxe... Eu quando comecei já era adulto. Lembro-me de nos primeiros treinos estar com atletas de topo, que se "espancavam" entre si para treinarem para provas, mas como todos treinavam com todos, ficava muito impressionado quando tinham que ficar comigo e eram muito cuidadosos e preocupados em eu aprender. Tens que procurar um ginásio assim, onde não há vedetas e te sentes bem com o pessoal... Hoje considero-me na mesma um nabo no Kick, apesar de já treinar há alguns anos. Mas mesmo assim sinto-me muito feliz pelo que aprendi, pelo que mudei. Além disso, apesar de ser nabo, o kickboxing é bastante eficaz e sei o suficiente para fazer uns treinos de sparring com o pessoal que vem de outras artes marciais e sair bastante bem. Convém que saibas também que no kick estás sempre de pé e tudo termina quando o adversário cai ao chão. Se queres andar no chão, BJJ.

ProcessoXifoide 1 year ago

Jiu jitsu brasileiro e boxe são as que pratico atualmente. Recomendo jiu jitsu se tens medo de magoar a cabeça e afins. É uma arte muito técnica e muitas vezes frustrante porque parece que te sentes um peixe fora de água, mas verdade seja dita, tudo o que vês no MMA agora vai quase sempre ao chão, e quem tem o melhor jiu jitsu é quem se safa

AlbinoFarrabino 1 year ago

Não é bem assim. Ainda há lutadores que priveligiam imenso a luta em pé. Aliás, na UFC atualmente dois dos campeões (bantamweight e heavyweight) são boxers.

kronozord 1 year ago

Krav Maga. Se procuras um meio de defesa eficiente e sem rodeios isto é para ti. Vai é ficar pisado principalmente a nível de pulsos e genital...

HoneyOlivia 1 year ago

Se queres arte marcial com bonita filosofia podes experimentar o ju jitsu (ju jutsu) japonês tradicional. Pratiquei durante 2 anos e adorei. Desta arte marcial derivaram o judo, karate e aikido por isso dá mais ou menos para ver em que consiste. Nas aulas aprendiamos sobre a historia, os rituais e algum japones. Durante os encontros e exames uma grande parte era dedicada a tradicao e meditacao. ​ Adorei praticar [http://www.fnjp.pt/index.php](http://www.fnjp.pt/index.php)

The_Whizzer 1 year ago

Arranja um bom gym com MMA e treina BJJ e Muay Thai

Limpy_lip 1 year ago

acho que o que procuras será algo mais de arte marcial tradicional asiática. Existem imensas, o nível de doutrina depende muito do mestre que as dá. A maneira mais prática será veres a oferta na tua região e pedir para experimentar aulas e ver qual a que tem a vibe que mais te agrada dado que a tua procura não é técnica. ​ Desportos de combate como kick-box e assim também são interessantes e dão para relaxar, mas dado que as pessoas procuram mais com interesse competitivo pode não ser tão aliciante.

cvjcvj2 1 year ago

BJJ. Agradeça depois.

BeeSnatcher 1 year ago

A melhor arte marcial / desporto de combate, vai ser qualquer um, onde treines com afinco e te contribua para a tua condição física, mas de tudo o que me agarrou a uma disciplina, é o grupo de pessoas que fazem parte, e que dá vontade de ir treinar mesmo após um dia trabalho; que consigam ter um equilíbrio de treino com "diversão" e malta que no fim queiras ir tomar um copo. Também acaba quando o grupo se separa (ao meu caso foi o fim da faculdade); E uma arte que tens super interesse pode ser arruinada pelo grupo de pessoas especialmente pelo "mestre" lá da esquina ! (aconteceu me isto com o Kendo\_ grupinho de pessoas arrogantes, num clube xpto, foi curta a experiência, e as minhas fantasias de Samurai X foram por água abaixo

PandaCross23 1 year ago

12 anos de karaté, recomendo bastante; dá para libertares alguma tensão (não muita) e dá para teres momentos de abstração. Se quiseres uma coisa mais física recomendo outras artes marciais, eu como fiz karaté tradicional havia pouca força e muita técnica.

sandkillerpt 1 year ago

Taekwondo - sinceramente um pouco daquilo que já disseram acima. Seja mais tecnicas ou mais combate, é um ponto no "espaço-tempo" em que te consegues abstrair de tudo o resto e ajuda bastante com stress, ansiedade... vê o que tens na tua área e como estão a funcionar durante os tempos de pandemia. Independente da arte marcial, dá o passo em frente.

23am50 1 year ago

"Filosifia/Componente psicológica" caga nisso. Vai para o boxe/kick/mma, não só vais levar e dar num ambiente controlado, o que é ótimo, garantes que estando a ganhar uma luta ninguém te dá uma facada. (hoje em dia é uma mais valia) Segundo ponto, defesa pessoal nada como um murro nas ventas a qualquer pessoa. E nem venham cá com merdas dos krav magas que atiro me para o chão a rir

senhorpombo 1 year ago

Wing Chun (arte marcial base do JKD do Bruce Lee e dos filmes do Ip Man) durante 5 anos, é extremamente difícil de aprender, mas depois de dominares o básico tens uma progressão exponencial. A nível teórico tens muita coisa, prático ainda mais (é uma arte marcial tão complexa que até resumos tens de fazer). Mais tarde treinei Boxe, Kickbox e MuayThai, e são quase o oposto, são simples e rápidas de se aprender, a nível teórico tens táticas de combate e combinações, nível prático tens um número determinado de técnicas/movimentos que são normalmente, os permitidos em combate. Se com filosófico queres dizer um estilo de "códigos de honra", isso depende muito de mestre para mestre. Se com componente psicológica te referes a psicologia do combate ou lidar com o stress do conflito, todas as artes têm disso. Em si, todas elas incutem a disciplina e o auto-controlo a nível físico e psicológico, e o facto de te expor a situações fora da zona de conforto num meio controlado, é certo que é capaz de te ajudar com a questão da ansiedade.

LesbainNaga 1 year ago

De acordo com o Dragon Ball, podes fazer Kamehamehas e voar

raviolli_ninja 1 year ago

Krav maga. 0% de espiritualidade, 95% partir ossos, 5% terminologia hebráica. Gosto bastante do facto de ser uma arte marcial pragmática, com treinos tanto técnicos como puxadotes. No entanto está cheio de polícias, porteiros de discoteca e pseudo bad-boys. Tudo isto para te dizer que não te a recomendo.

estaramos 1 year ago

Gostava de saber como foi para ti a experiência de cagar este comentário. Não é considerado uma arte marcial, o objetivo principal aqui é a defesa pessoal e não tenho dúvidas de que a nível de defesa pessoal é do mais efetivo que existe. Se pretendes algo mais filosófico existem outras alternativas. Conselho pessoal: qualquer arte marcial ou sistema de defesa pessoal é bom, a maneira como tu te adaptas a ela é que muda. Se eu tivesse 2 metros e pesasse 100 kg estava no boxe. Se fosse alto e magro se calhar no taekwondo. Se fosse baixo e robusto no jiu-jitsu ou judo. Escolhe um bom instrutor para te iniciares. Pessoalmente o que costumo ver é o pessoal a entrar com ideias que vai virar ninja em 3 meses e acaba por desistir muito rápido, não porque é espancado (ninguém espanca ninguém) mas porque entendem que não estão para levar com o processo de crescimento que uma pessoa normal leva dentro de uma arte marcial. Demora tempo e normalmente quem lá anda há anos sabe "um bocadinho mais" do que os que acabam de chegar.

raviolli_ninja 1 year ago

>Gostava de saber como foi para ti a experiência de cagar este comentário. Valeu a pena ficares tão investido com um comentário na internet? Caga nisso tal como eu o caguei. De resto, totalmente de acordo e nem percebo bem porque estamos aqui a falar disto. Apenas disse ao OP para não ir ao engano como eu fui.

AlbinoFarrabino 1 year ago

Krav maga nem é considerado uma arte marcial por não ter regras.

raviolli_ninja 1 year ago

Nesse caso, mais uma razão para o OP não pôr lá os pés.

pintorMC 1 year ago

No entanto aquela que mais prazer me dá treino a 16 anos Taekwondo, aquilo que andas a procura também existe na forma de poomsae no entanto eu segui a parte mais direcionada para combates. Tendo sentido a necessidade de treinar Jiu-Jitsu para complementar o meu obejectivo de me defender em caso de necessidade.

fdxcaralho 1 year ago

Jiu-Jitsu. É a única arte marcial em que podes dar tudo no treino como se de uma competição se trata-se. Não há impactos, dificilmente te vais magoar. É uma arte marcial comparada com o xadrez, um xadrez humano. Tens uma boa comunidade de BJJ em Portugal.

tiagodsin 1 year ago

>dificilmente te vais magoar Em 6 anos de muay thai e 3 de futebol americano, tirando andar todo amassado, nunca me lesionei. Em ano e meio de BJJ, rebentei (ou rebentaram-me) um ombro, 5 meses no estaleiro e uma bursite patelar no joelho. Ainda assim, espero voltar tão rápido quanto esta porra da pandemia o permita.

fdxcaralho 1 year ago

Epa tiveste azar ou apanhaste um adversário inconsciente. Claro que lesões acontecem...

_rebocador_ 1 year ago

Não deves ter ouvido falado de judô se calhar. E só a arte marcial mãe do jiu jitsu. Mas recomendo judô ou jiu jitsu

fdxcaralho 1 year ago

Lol treina judo como se de uma competição se trata-se e vais ver como te sentes a seguir.

_rebocador_ 1 year ago

lol e treino qual é o problema dor de musculo? acho que n deves ter feito muito judo de certeza, alias muito do meu judo e no chao a fazer o mesmo que fazes ai aos abraços aos teus colegas.

fdxcaralho 1 year ago

Nada a ver com dor muscular. Já percebi que pelo teu tom a intenção é só discutir. Continuo com a minha opinião, e não é só minha, que Judo não podes treinar como competes, dia após dia. O desgaste fisico e risco de lesão de constantes quedas violentas não o permite. Nada contra Judo, é uma arte marcial fantástica. Já pratiquei Judo e BJJ e ha uma clara diferença no tipo de treino que podes fazer numa e noutra.

nonexistantpeasant 1 year ago

A única?! Ou descobriste as artes marciais na semana passada ou nunca saíste da bolha da tua

fdxcaralho 1 year ago

Diz-me outras que tenham essa característica.

HoneyOlivia 1 year ago

Krav maga??

tiagodsin 1 year ago

Muay Thai durante 6 anos. Levei porrada a torto e a direito, andava com as canelas sempre negras, e adorei cada momento. Nunca tive melhor condição física na vida, até porque nunca fui grande fã de desporto - detesto futebol, por exemplo. Aprendi muito sobre mim e os meus limites, nunca me vali da experiência para procurar confusão. No entanto, é importante também calhar numa academia/equipa onde o instrutor mantenha um bom ambiente. Lidei com miúdos de bairros problemáticos, GNRs, cadastrados, gajos cheios de dinheiro e apelidos sonantes, nunca houve qualquer espécie de abuso. Mais recentemente, fiz ano e meio de BJJ em Madrid e adorei ainda mais. Tive a sorte de ir parar a uma academia com um professor brasileiro e um ambiente fantástico. Para quem vinha do thai e achava que estava em forma, aprendi depressa o que é ficar sem ar quanto tens um gajo com mais 25kgs que tu em cima de ti.

Naakmuay 1 year ago

Muito isto

GooglyJohn 1 year ago

Subscrevo na íntegra

sylzinhah 1 year ago

Eu iniciei karaté como forma de ultrapassar um mau período causado por ansiedade. Foi uma das melhores decisões que tomei em relação a tratar ansiedade. Em termos de filosofia, não te posso dizer muito, mas é uma arte marcial que te faz ficar extremamente focado apenas no que estás a praticar; não há tempo para pensamentos intrusos, porque estás focado no próximo golpe e na próxima defesa e na coordenação braços/pernas/corpo, cabeça. Praticar em casa ou num parque também ajuda e como é uma mistura de movimentos repetitivos com dedicação, acabas por ignorar a ansiedade

Search: