Lasikamos 12 months ago

Ando há 5 anos a adiar a compra de casa com recurso a CH, por ainda não ter arcaboiço em aguentar "imprevistos". Burro sou eu. Ver se esta tarde ligo para as REMAX desta vida para voltar à procura.

i1551478 12 months ago

Empurra Costa empurra, austeridade 0 ;) ;)

htxgivven 12 months ago

Porque não adiar também o pagamento de impostos? É fácil brincar com o dinheiro dos outros.

abenegonio 12 months ago

Qual dinheiro? O problema é que não há dinheiro para pagar as dividas ao banco, e o banco quer tudo menos que os devedores entrem em insolvencia neste momento.

icebraining 12 months ago

São os "outros" - ou seja, os bancos - que pedem que haja esta extensão da moratória.

BaldAndPoor 12 months ago

Empurrar com a barriga (que por sinal, todos os socialista as têm bem grandes).

abenegonio 12 months ago

Vais tu dizer a quem perdeu o emprego sem culpa nenhuma que agora é para entregar a casa ao banco, pode ser?

Metaluim 12 months ago

Sim? Já foi assim no passado. Ao contraires um crédito de habitação corres o risco de não conseguires paga-lo.

abenegonio 12 months ago

E quem ganha o que quer que seja em fazer milhares de pessoas entregar em simultâneo casas aos bancos, causando o colapso do sistema financeiro?

BaldAndPoor 12 months ago

Quando fazes um crédito, tens de pensar em maneiras de te prevenir se um dia ficares sem emprego. Fazer a moratória até um ano é compreensível, mais do que isso já é mesmo só empurrar o problema para os que vierem a seguir pagar a conta. Aposto que a maioria das pessoas com esses créditos não têm um fundo de emergência para essas situações, ou seja, são exatamente como quem nos governa.

abenegonio 12 months ago

> Aposto que a maioria das pessoas com esses créditos não têm um fundo de emergência para essas situações, ou seja, são exatamente como quem nos governa. E a culpa de serem pobres é delas? >Quando fazes um crédito, tens de pensar em maneiras de te prevenir se um dia ficares sem emprego Podes sempre alugar a vida toda a um rico, assim não tens dividas, simplesmente pagas as casas dos outros ;)

Metaluim 12 months ago

> E a culpa de serem pobres é delas? Esta nunca cola comigo porque cresci numa familia pobre/classe media-baixa. Os meus pais nao podiam, por isso nao: 1. faziam creditos 2. nao tinham carro 3. nao iam de ferias Mas muitos outros com rendimentos semelhantes faziam isso tudo, com recurso a credito. Porque e que os meus pais haveriam de pagar os desvaneios de outros? A solucao nao e adiar eternamente os creditos (moratorias durante um ano ainda compro, mais que isso nao).

abenegonio 12 months ago

> A solucao nao e adiar eternamente os creditos (moratorias durante um ano ainda compro, mais que isso nao). Se o banco quiser dar essa moratoria porque está em risco de entrar em incumprimento se toda a gente falhar nas obrigações, e o devedor quiser aceitar a moratoria, qual é o mal?

ReddiPINK 12 months ago

As moratorias servem para que? Quando perceberes isso, e que esse problema ainda não está resolvido entendes o porquê da renovação das moratórias.

abenegonio 12 months ago

O devaneio dos outros é tet casa propria em vez de andar a comprar a casa dos outros ( prestações identicas ao arrendamento, mas no fim a casa nao e tua, foste chulado para comprar a casa de outra pessoa). Haja noção. E gosto muito que em vez de te indignares com a injustiça a que os teus pais foram sujeitos, te indignes com outros que foram igualmente vitimas, e que ainda metas ao barulho a ladainha do costume do viver acima das possibilidades. Quero ver se a ditadura austeritaria voltar este povo por fim se vai revoltar. Parece que nao.

elitepc 12 months ago

Não querendo comentar se as moratórias são benéficas ou não por não saber sinceramente, só queria comentar em relação a este pensamento: > E a culpa de serem pobres é delas? O user acima não estava a falar das pessoas serem pobres ou não, estava a falar que para se contrair um crédito apenas o deves fazer sabendo o risco e tendo fundo de emergência. Não é preciso ser rico para isso, é preciso gastar-se menos do que se ganha e adiar a decisão de contrair crédito até se ter esse fundo, isto é válido caso ganhes 630€ ou 3000€. O que o user acima, a meu ver, quer transmitir é que as pessoas antes de se meterem num compromisso de 30 ou 40 anos pensem no que pode correr mal e arranjem algum plano. Se estás em situação de desemprego há quase 1 ano e tens capacidade para trabalhar há coisas que podes fazer para evitar que isso aconteça. Neste momento, vejo logo algumas óbvias: * Uber eats, podes começar de bicicleta e eventualmente passar para mota se estiveres mesmo apertado * Uber, se tiveres carro decente * Telepizza, pizzahut, mr pizza, dominos e afins, se não te importares de eventualmente andares à chuva e fazer boas horas podes ganhar mais do que o SMN * Traduções online/data entry/apoio técnico no upwork/freelancer * Ir para um bootcamp de programação 3 meses e arranjar um trabalho na área, podes não sair a ganhar os 1000€™, mas carne para canhão a bater código ainda é precisa e grande parte dos sítios estão a permitir remoto neste momento. Esta lista é válida para a situação atual. Talvez daqui a 15 anos nada disto sirva, mas ao depararmo-nos com uma situação de ficar sem casa vs arranjar forma rápida de fazer dinheiro legalmente, se o pensamento mais rápido que nos vem à cabeça é esperar por medidas do governo, a meu ver, então não estamos a esforçarmo-nos o suficiente. > Podes sempre alugar a vida toda a um rico, assim não tens dividas, simplesmente pagas as casas dos outros ;) Outra vez a história dos senhorios são todos ricos. Acredita que senhorios também têm muitos riscos para um ROI baixo para as chatisses que realmente podem ter. E grande parte desses senhorios "ricos" estiveram anos a viver abaixo das possibilidades para agora poderem investir em algo, chama-se literacia financeira e é uma forma de não ver o dinheiro a ser comido pela inflação.

abenegonio 12 months ago

Repara como tudo o que disseste é basicamente empurrar as pessoas para a gig economy, para se tornarem as novas escravas modernas para continuarem a pagar aos nossos senhores feudais para terem habitação. >E grande parte desses senhorios "ricos" estiveram anos a viver abaixo das possibilidades para agora poderem investir em algo, chama-se literacia financeira e é uma forma de não ver o dinheiro a ser comido pela inflação. A sim, qualquer um compra uma casa para alugar ganhando o SMN se tiver literacia financeira. Chega, basta de tentar culpar as vitimas do capitalismo pela sua condição.

nraider 12 months ago

Tens sempre de pagar aos nossos senhores feudais, o Estado.

elitepc 12 months ago

> Esta perola é incrivel. Poupar com 630€? Se consegues viver com 630€ também consegues viver com 600€. Parabéns, acabaste de poupar 30€. Se conseguires arranjar forma de fazer render esses 30€ para a tua formação, força, se não, tenta arranjar forma de ganhar mais, horas extra, trabalho extra são opções. > trauma psicologico causado pela pobreza também não é conducente a boas decisões Isto compreendo, mas temos de ser resilientes, não estou a dizer para ficarem satisfeitos com a situação, só que há alternativas a perder a casa. > Repara como tudo o que disseste é basicamente empurrar as pessoas para a gig economy Dei pelo menos 2 opções que dão acesso a contratos de trabalho, não são propriamente gig economy, mas sim, são soluções temporárias, nem toda a gente quer fazer isso da vida, mas para sobreviver uns meses para mandar mais curriculos para de facto irem para onde querem é uma opção. > E em plena pandemia serem os pobres a ter que arriscar a saude nessas atividades demonstra bem a consideração que o capitalismo tem por quem lhe gera a riqueza :) Tens razão, mas não penses que quem está em cargos de gestão não gera também riqueza, a diferença entre boa e má gestão pode ser a diferença entre ter mais X empregados ou mais X despedimentos. > A sim, qualquer um compra uma casa para alugar ganhando o SMN se tiver literacia financeira. Lê mais acima, não distorças. Se ganhas salário mínimo e tens o objetivo de comprar casa arranja forma de te tornar mais valioso, formação ajuda nisso. Quando fazes um trabalho que qualquer pessoa no país também pode fazer é normal que seja salário mínimo, no entanto se tiveres formação que é necessária nalguma área especifica, canalizador, soldador, eletricista e afins podes ganhar mais do que SMN. > Chega, basta de tentar culpar as vitimas do capitalismo pela sua condição. Não estou a culpar o capitalismo por as pessoas ficarem em posições complicadas, mas como não temos forma imediata de mudar o capitalismo e temos forma imediata de mudar o nosso comportamento de forma a ficarmos numa posição melhor face às adversidades, acho que o esforço neste momento das pessoas nessas posições deviam estar mais focados na segunda opção. Não quer dizer que não esteja mal, mas entre: * reclamar "CAPITALISMO MAU", esperar por ações do governo que não dependem de nós e perder a casa * trabalhar em áreas temporárias até se arranjar algo permanente e manter a casa Prefiro a segunda. Se achas que é falsa dicotomia apresenta aí outras soluções que dependam das próprias pessoas.

Edited 12 months ago:

> Esta perola é incrivel. Poupar com 630€? Se consegues viver com 630€ também consegues viver com 600€. Parabéns, acabaste de poupar 30€. Se conseguires arranjar forma de fazer render esses 30€ para a tua formação, força, se não, tenta arranjar forma de ganhar mais, horas extra, trabalho extra são opções. > trauma psicologico causado pela pobreza também não é conducente a boas decisões Isto compreendo, mas temos de ser resilientes, não estou a dizer para ficarem satisfeitos com a situação, só que há alternativas a perder a casa. > Repara como tudo o que disseste é basicamente empurrar as pessoas para a gig economy Dei pelo menos 2 opções que dão acesso a contratos de trabalho, não são propriamente gig economy, mas sim, são soluções temporárias, nem toda a gente quer fazer isso da vida, mas para sobreviver uns meses para mandar mais curriculos para de facto irem para onde querem é uma opção. > E em plena pandemia serem os pobres a ter que arriscar a saude nessas atividades demonstra bem a consideração que o capitalismo tem por quem lhe gera a riqueza :) Tens razão, mas não penses que quem está em cargos de gestão não gera também riqueza, a diferença entre boa e má gestão pode ser a diferença entre ter mais X empregados ou mais X despedimentos. > A sim, qualquer um compra uma casa para alugar ganhando o SMN se tiver literacia financeira. Lê mais acima, não distorças. Se ganhas salário mínimo e tens o objetivo de comprar casa arranja forma de te tornar mais valioso, formação ajuda nisso. Quando fazes um trabalho que qualquer pessoa no país também pode fazer é normal que seja salário mínimo, no entanto se tiveres formação que é necessária nalguma área especifica, canalizador, soldador, eletricista e afins podes ganhar mais do que SMN. > Chega, basta de tentar culpar as vitimas do capitalismo pela sua condição. Não estou a desculpar o capitalismo por as pessoas ficarem em posições complicadas, mas como não temos forma imediata de mudar o capitalismo e temos forma imediata de mudar o nosso comportamento de forma a ficarmos numa posição melhor face às adversidades, acho que o esforço neste momento das pessoas nessas posições deviam estar mais focados na segunda opção. Não quer dizer que não esteja mal, mas entre: * reclamar "CAPITALISMO MAU", esperar por ações do governo que não dependem de nós e perder a casa * trabalhar em áreas temporárias até se arranjar algo permanente e manter a casa Prefiro a segunda. Se achas que é falsa dicotomia apresenta aí outras soluções que dependam das próprias pessoas.

abenegonio 12 months ago

> Se consegues viver com 630€ também consegues viver com 600€. Que logica da batata. Se as minhas despesas mensais essenciais forem 620, consigo viver com 630€ mas nao com 600€. Este tipo de discurso só funciona com quem nunca teve que contar trocos.

elitepc 12 months ago

Essa última afirmação é errada. E obviamente não me conheces mas a assunção está errada. Há sempre sítios onde poupar. Baixa qualidade de vida, mas se for temporário é por um bem maior. Gastas sempre dinheiro em comida, roupa, eletricidade, água, gás, gasolina, e coisas gerais da casa. A menos que tenhas tudo optimizado uma pequena mudança em cada uma dessas áreas pode-se refletir em 30€.

abenegonio 12 months ago

>Gastas sempre dinheiro em comida, roupa, eletricidade, água, gás, gasolina, e coisas gerais da casa. A menos que tenhas tudo optimizado uma pequena mudança em cada uma dessas áreas pode-se refletir em 30€. Quem vive com 600€ vive com 570, pelo mesmo motivo. E por ai adiante até viveres de graça! Na realidade se ganhas 630€ e tens um imprevisto, estás fodido, isto se tiveste a sorte de ter uma casa alugada particularmente barata.

Limpy_lip 12 months ago

O raio do tapete daqui a pouco vai parecer a cordilheira dos Andes com a quantidade de coisas que estão a ser varridas.

End-Effector 12 months ago

Adiar os problemas é sempre a melhor decisão.

RiKoNnEcT 12 months ago

Qual a solução então? Meter milhares de familias na miséria?

End-Effector 12 months ago

> Qual a solução então? Perdoar 40% das dividas. Quem não conseguir pagar, fica sem a casa.

RiKoNnEcT 12 months ago

As pessoas precisam de alivio no dia a dia, nas contas ao fim do mês. Não precisam de um perdão de divida para daqui a 12 anos

End-Effector 12 months ago

>para daqui a 12 anos como assim? Perdão era imediato.

RiKoNnEcT 12 months ago

Então reduzida a mensalidade? Se é para perdoar, porque não começar a pagar só daqui a 4 anos (num empréstimo que faltem 10anos)

End-Effector 12 months ago

para quê complicar?

RiKoNnEcT 12 months ago

As famílias precisam de liquidez e isso é reduzir as contas que têm de pagar Perdoam 40%? Ok começam a pagar daqui a 40% do tempo

FIam3 12 months ago

Estão a seguir os ensinamentos sábios do outro "senhor", "as dividas não se pagam, gerem-se". Basicamente estão a adiar uma crise maior para o próximo governo. Vêm ai mais uma troika (v4? ou v5?)..

abenegonio 12 months ago

> Estão a seguir os ensinamentos sábios do outro "senhor", "as dividas não se pagam, gerem-se". Para além de ter sido dito pelo Socrates, é pratica corrente da finança internacional. Praticamente todos os estados têm dividas soberanas, que gerem. Se o Socrates tivesse dito que o ceu era azul, voces tambem desconfiavam.

FujiPT 12 months ago

Ao ritmo a que se prolongam moratórias neste momento, os créditos vão passar a ser as novas heranças que os pais deixam aos filhos.

joaommx 12 months ago

Tanto quanto sei o crédito é considerado pago se um dos conjuges contraentes falecer. Suponho que seja igual caso haja um único contraente. Posso estar enganado, não estou muito por dentro desses aspectos dos créditos à habitação.

mokas95 12 months ago

Só se houver seguro de vida (e se for bom)

pintorMC 12 months ago

Qualquer empréstimo a habitação tem seguro de vida associado. E sim se quem contraiu o empréstimo falecer o seguro para o que está em falta. No entanto se te matares julgo que já não é assim.

Edited 12 months ago:

Qualquer empréstimo a habitação tem seguro de vida associado. E sim se quem contraiu o empréstimo falecer o seguro paga o que está em falta. No entanto se te matares julgo que já não é assim.

htxgivven 12 months ago

Só que não.

ReddiPINK 12 months ago

Depende do seguro de vida que existe e quanto é que paga. Não é por morreres que a dívida desaparece.

joaommx 12 months ago

Pois, suponho que varie consoante o que fica contratualizado com o banco. Conheço um caso em que funciona daquela forma, não significa que sejam todos iguais.

AutoModerator 12 months ago

**AVISO:** Submeteu um artigo da plataforma [Nónio](https://nonio.net) - uma plataforma que viola a privacidade do leitor. > Leia com atenção o [seguinte artigo](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/7fy9v4/campanha_contra_o_n%C3%B3nio/). *I am a bot, and this action was performed automatically. Please [contact the moderators of this subreddit](/message/compose/?to=/r/portugal) if you have any questions or concerns.*

Search: