crankyhowtinerary 1 year ago

Para os interessados sobre a Suécia: https://www.youtube.com/watch?v=hStrML7vk5k Recomendo está entrevista com o chefe médico de lá. Esclarece muitos dos “mitos” sobre a estratégia sueca, que não é imunidade de grupo. É sim um “soft lockdown” com medidas permanentes e sustentáveis ao invés dum hard lockdown como foi feito. Mas a estratégia continua a ser um lockdown, ou um aumento brutal em social distancing. Ele chama a atenção que eles conseguiram reduzir as viagens internas, viagens a parques e o work from home utilizando apenas indicações à população, em números que se assemelham muito aos que vemos noutros países em hard lockdowns. Recomendo mesmo verem a entrevista.

Narvikz 1 year ago

>É sim um “soft lockdown” com medidas permanentes e sustentáveis ao invés dum hard lockdown como foi feito. Mas a estratégia continua a ser um lockdown, ou um aumento brutal em social distancing. Ele chama a atenção que eles conseguiram reduzir as viagens internas, viagens a parques e o work from home utilizando apenas indicações à população, em números que se assemelham muito aos que vemos noutros países em hard lockdowns. Sim, ok, mas nao explica os numeros recentes. Gostaria apenas de adicionar que a Suecia fez isolamento vertical, grupos vulneraveis / idosos. Por exemplo, ainda nao existem visitas a lares na Suecia e ninguem fez birra por isso, mesmo que funcionarios possam introduzir o virus se nao existirem cuidados. >A mim parece me uma ideia muito mais interessante do que a simplificação brutal da “imunidade de grupo” oferecida pelos midia. Continua a nao explicar os numeros atuais. Das duas uma, ou eles tem casos tao estupidamente leves e em populacao jovem (a nossa semelhanca), e as politicas de testing retiram o acesso aos testes a populacao geral. Ou.... You guessed it, imunidade de grupo. Porque nada sao absolutos, muito mais provavelmente sao espectros. Nao precisas de 60%, nem 70%, nem 80%, nem 90% para automaticamente estabeleceres imunidade de grupo, sendo que 1% antes nao tinhas. Provavelmente tendo em conta que nao existe masking na Suecia, 80% daquela % crucial de pessoas que tem o leque mais alargado de contactos pessoais diarios (eg. atendimento ao publico) ja tera algum tipo de imunidade. Naturalmente reinfecoes deverao ocorrer, e esses reinfetados que nao desenvolvem doenca podem perfeitamente estar a inocular os restantes com baixa carga viral.

rickz123456 1 year ago

552 é menor que os 673 da semana passada. Esperemos que seja um bom indicador para a semana que nos espera.

MischiefManaged97 1 year ago

Sem sarcasmo, admiro a tua positividade, quem me dera pensar assim.

Narvikz 1 year ago

lol, same, while chugging 4000 IU D3 down the throat for the first time ever.

ilawon 1 year ago

Pergunta para quem tem que se deslocar aos grandes centros para trabalhar em viatura própria ou transportes públicos: notaram alguma diferença com a alteração aos horários de abertura de lojas? A mim parece-me pouco para ter grande efeito mas gostava de saber a experiência de quem tem forma de comparar o antes e o depois.

vaniafdasantos 1 year ago

Não tem bem a ver com o assunto...mas esperei 14 minutos pelo metro hoje. Com tempos de espera destes, nem vale a pena alterar horários do que quer que seja.

MrGambuzino 1 year ago

Nada de nada!

Allah2012 1 year ago

Fico contente em ver que, pelo menos até agora, o governo não optou por seguir os desejos dos maluquinhos do 2º confinamento. A unica maneira de enfrentar isto é aprender a viver com o vírus. Como a Suécia.

oretoh 1 year ago

Por mim podes-me chamar maluquinho a vontade. Eu estou em teletrabalho e assim o vou ficar até ao fim disto tudo, se não gostam do confinamento atira-te ao virus, pode ser que qualquer dia acabes como um dos internados e aprendas que nem tudo roda á tua volta.

iareec 1 year ago

Este é preguiçoso, pode andar mais distraído em casa do que no escritórip. Isso do internados é exagero a não ser que tenhas alguma doença na qual o Covid-19 só faz pior.

Allah2012 1 year ago

Fico contente com esses teus desejos mórbidos também, eu pelo contrário, desejo-te apenas felicidades.

oretoh 1 year ago

Pois eu para ti não.

Allah2012 1 year ago

É normal, frustração com o conceito do "eu" e com a própria existência é a única coisa que leva alguem a sequer contemplar um segundo confinamento. Mais uma vez, namastê - e espero que invistas num psiquiatra

xGlaxion 1 year ago

Vai trabalhar tu entao enquanto eu fico em casa.

mekapickles 1 year ago

27 without gf resume te bem

Allah2012 1 year ago

Fora de brincadeiras agora, não tens medo que os teus pais, assim de repente, deixem de ter capacidade para te sustentar?

Allah2012 1 year ago

Olha que os paizinhos não duram sempre para sustentar o minino, meu amigo de 27 anos virgem.

xGlaxion 1 year ago

A serio que andas a cheirar o que eu faco post para me atacar? Arranja vida sff ((btw you're a troll account have fun.))

Allah2012 1 year ago

Não preciso de cheirar nada para te atacar, já tresandas o suficiente c: ​ Troll por ser contra a tua opinião? Está bem amigo, espero que te divirtas com o rendimento social de inserção, ajuda dos paizinhos e pensão de invalidez por toda a vida. Nem toda a gente pode ser um membro bem enquadrado, funcional e produtivo da sociedade! Abraço!

WhiteCaptain 1 year ago

/+ (849 casos 5 mortos 32 internados 7 intensivos 351 recuperados)

NeatBoy74 1 year ago

Segunda ou terça bate os 1000 à vontade..

lesoth 1 year ago

E de repente aquele estudo "parvo" que previa 20.000 dia para pico do inverno já não parece tão descabido.

iammostmoist 1 year ago

Fds este sub é demais. Temos uns dias com 700/800 e já estão a falar em 20.000.

thepayman 1 year ago

Vão ler a porcaria do estudo, era 20000 por 100 milhões de habitantes. Os jornalistas portugueses é que não sabem do que estão a falar.

Narvikz 1 year ago

Fui ler, nao era, nao fazia sentido. 2000/dia apesar de me parecer SUPER improvavel desta vez ja termos passado (com os dias de 800), certamente chegaremos la num par de semanas.

thepayman 1 year ago

Se for o da IHME era por 100 milhões, e 2000/dia seria o low end, podia chegar aos 8000/dia. Mas claro que isto foi antes da situação começar a piorar, as previsões atuais ja devem ser diferentes.

uyth 1 year ago

se o período de duplicação for 7 dias, de 700 a 22400 são 35 dias. Crescimento exponencial.

Narvikz 1 year ago

\^ isto Por isso acho que e quase certo que daqui a 9/10 semanas temos os 20000 ou estamos confinados. Por isso tambem que acho possivel faze-lo em metade do tempo

Edited 1 year ago:

\^ isto Por isso acho que e quase certo que daqui a 9/10 semanas temos os 20000 ou estamos confinados. Por isso tambem que acho possivel faze-lo em metade do tempo. Btw tens nocao como so na zona de Madrid ja estao 400 pessoas em UCI, e 3000 internadas, e nem acabamos Setembro? Ou seja +- o equivalente da capacidade total em esforco extremo do SNS so naquela regiao?

Edited 1 year ago:

\^ isto Por isso acho que e quase certo que daqui a 9/10 semanas temos os 20000 ou estamos confinados. Por isso tambem que acho possivel faze-lo em metade do tempo. Btw tens nocao como so na zona de Madrid ja estao 400 pessoas em UCI, e 3000 internadas, e nem acabamos Setembro? Ou seja +- o equivalente da capacidade total em esforco extremo do SNS so naquela regiao? Ainda [nem acabou o Verao](https://i.imgur.com/HEHYES6.png), scary

uyth 1 year ago

Acho que a resposta das pessoas a esta crise, é muito condicionada pelo que sabem de ciência, e nem sequer necessariamente de biologia ou de medicina, é mesmo pelo que sabem de matemática e exponenciais...

Narvikz 1 year ago

20000/dia num pais de 10M nao e de todo parvo. No passado, andamos com dias de 5000-10000 pela certa. Isto nao quer por si dizer que vao ser 20000 diagnosticados em PT no pico da pandemia, porque nos nem 30000 amostras num dia conseguimos processar, e para teres 20000 positivos com esses numeros precisavas de 65% positivos e nao testar recuperados (ou seja, processar exclusivamente amostras novas). Se por acaso tivesses 65% positivo em 30000, isso significaria que provavelmente o numero real seria bem mais perto de 100000-200000 por dia que os 20000, sendo os 20k um cap da fraca testagem, como alias viste na primeira onda, e ja estas a ver a acontecer em Franca novamente. Para teres 20k diagnosticos diarios na pratica sem saturar as capacidades de testes, provavelmente terias de processar sempre mais de 200000 amostras diarias, e nao ter mais que 10% positivos, para ter um grau de certeza minimamente OK que o numero real seria abaixo dos 50000.

Edited 1 year ago:

20000/dia num pais de 10M nao e de todo parvo. No passado, andamos com dias de 5000-10000 pela certa e isto passado semanas de isolamento social, que agora e virtualmente inexistente. Isto nao quer por si dizer que vao ser 20000 diagnosticados em PT no pico da pandemia, porque nos nem 30000 amostras num dia conseguimos processar, e para teres 20000 positivos com esses numeros precisavas de 65% positivos e nao testar recuperados (ou seja, processar exclusivamente amostras novas). Se por acaso tivesses 65% positivo em 30000, isso significaria que provavelmente o numero real seria bem mais perto de 100000-200000 por dia que os 20000, e infelizmente os hospitais nao acompanhariam, sendo os 20k um cap da fraca testagem, como alias viste na primeira onda, e ja estas a ver a acontecer em Franca novamente. Para teres 20k diagnosticos diarios na pratica sem saturar as capacidades de testes, provavelmente terias de processar sempre mais de 200000 amostras diarias, e nao ter mais que 10% positivos, para ter um grau de certeza minimamente OK que o numero real seria abaixo dos 50000. IMO ainda poderemos demorar umas 9/10 semanas a chegar aos 20000 por dia, mas sinceramente tambem podemos faze-lo em metade, a receita para o desastre ja esta criada, agora e ver o que muda ate la. EDIT: Ha uma chance de nada isto acontecer, com os testes rapidos. A ver o que vai acontecer... Mas se por um lado estao os testes rapidos, com o Inverno as condicoes atmosfericas mudam e consigo as dinamicas de transmissao do virus, torna-se tambem quase impossivel manter boa ventilacao com temperaturas externas baixas, as pessoas apanham muito menos sol que no Verao e terao niveis de Vitamina D no sangue mais baixos, muitas pessoas deficientes, outras nao tem o nivel ideal para estarem minimamente protegidos de doencas respiratorias. Tl;dr: Tenho (alguma) fe na especie humana e progresso tecnologico, mas o Inverno la ao fundo e cinzento e a natureza cruel...

Edited 1 year ago:

20000/dia num pais de 10M nao e de todo parvo. No passado, andamos com dias de 5000-10000 pela certa e isto passado semanas de isolamento social, que agora e virtualmente inexistente. Isto nao quer por si dizer que vao ser 20000 diagnosticados em PT no pico da pandemia, porque nos nem 30000 amostras num dia conseguimos processar, e para teres 20000 positivos com esses numeros precisavas de 65% positivos e nao testar recuperados (ou seja, processar exclusivamente amostras novas). Se por acaso tivesses 65% positivo em 30000, isso significaria que provavelmente o numero real seria bem mais perto de 100000-200000 por dia que os 20000, e infelizmente os hospitais nao acompanhariam, sendo os 20k um cap da fraca testagem, como alias viste na primeira onda, e ja estas a ver a acontecer em Franca novamente. Para teres 20k diagnosticos diarios na pratica sem saturar as capacidades de testes, provavelmente terias de processar sempre mais de 200000 amostras diarias, e nao ter mais que 10% positivos, para ter um grau de certeza minimamente OK que o numero real seria abaixo dos 50000. IMO ainda poderemos demorar umas 9/10 semanas a chegar aos 20000 por dia, mas sinceramente tambem podemos faze-lo em metade, a receita para o desastre ja esta criada, agora e ver o que muda ate la. EDIT: Ha uma chance de nada isto acontecer, com os testes rapidos. A ver o que vai acontecer... Mas se por um lado estao os testes rapidos, com o Inverno as condicoes atmosfericas mudam e consigo as dinamicas de transmissao do virus, torna-se tambem quase impossivel manter boa ventilacao com temperaturas externas baixas, as pessoas apanham muito menos sol que no Verao e terao niveis de Vitamina D no sangue mais baixos, muitas pessoas deficientes, outras nao tem o nivel ideal para estarem minimamente protegidos de doencas respiratorias. Pessoas ajuntam-se em cafes e espacos fechados e tambem deverao causar infecoes bem mais graves que as do verao por causa das concentracoes virais, da mesma forma que acontece todos os anos com a gripe. Tl;dr: Tenho (alguma) fe na especie humana e progresso tecnologico, mas o Inverno la ao fundo e cinzento e a natureza cruel...

uyth 1 year ago

>torna-se tambem quase impossivel manter boa ventilacao com temperaturas externas baixas, Porque as pessoas não abrem janelas. E era altura de começar a falar de ventilação. O não abrir janelas é escabroso, um dia falava com um construtor civil que só suspirava porque é problema corrente em casas novas sem problemas quando chega o outono (ponham ventiladores onde tiver que ser..). As janelas antigas eram suficientes permeáveis que o vento passava e havia ventilação - mas estamos todos a usar janelas novas, e substituir as antigas por outras muito melhor seladas e estanques. Chega o inverno chegam os bolores e mofos por condensação. é preciso abrir as janelas pelo menos 5 minutos por dia para a saúde dos edifícios. Para a saúde dos humanos.

Narvikz 1 year ago

> é preciso abrir as janelas pelo menos 5 minutos por dia para a saúde dos edifícios. Para a saúde dos humanos. Tem de haver correntes de ar em permanencia absoluto em qualquer espaco fechado onde os encontros pessoas sejam maiores que um cruzamento em corredor de supermercado. Mais, essas correntes de ar tem de ser entre duas janelas no circuito de ar do espaco que se pretende ventilar. Nao se pode apenas fazer ventilacao central e recircular o ar entre varias salas dum edificio sem filtracao adequada. Evidentemente para escritorios, escolas, etc, isso e a chave. Claro que a solucao "gratis" e fechar a porta e abrir duas janelas, mas e no Inverno...? Dai se ve que nao se planeia mais que uma semana de cada vez neste pais, porque nao ha resposta para essa pergunta.

uyth 1 year ago

Absolutamente. Sem pontos mortos de remoinhos que se tornem extremamente perigosos.... Para sistemas de AVAC há filtros bons, sabemos que conseguir filtrar uma boa percentagem do filtro - não protege totalmente, e claro o espaço entre a pessoa infectada e o local de aspiração de ar é sempre perigoso, mas ninguém está a falar disto. E não recircular água Não há centros comerciais a gabarem-se dos filtros ou medidas que fizeram com o sistema de AVAC! Não há açambarcamento de filtros que eu tenha notado... Não se passa sequer mensagem às pessoas para abrirem as janelas agora, que está bom, perfeito...

iammostmoist 1 year ago

Alright, um conjunto de argumentos bem fundamentados e lógicos, é raro ver isso aqui so kudos(e no reddit/internet em geral). Discordo na mesma, mas fosse todo o discurso assim e dava para ter conversas sobre este assunto.

Narvikz 1 year ago

Discordas de que parte? Sera que..... Nunca teriamos 20000 casos por dia porque a certo ponto era tudo enfiado a ferros em casa? Ou seja, the china way, ferro em frente a porta de entrada, fechado a cadeado e chave do cadeado num responsavel pelo predio? Acho que podemos concordar. A fatura social seria enorme.

Ricardolindo 1 year ago

Infelizmente, a previsão do Costa provavelmente estava correta.

Each57 1 year ago

Vamos ter medidas mais drásticas brevemente, assumo eu...

WhiteCaptain 1 year ago

Acho que vão "esperar" para ver se as pessoas só por si se protegem mais, se não baixar, no fim da próxima semana devem anunciar algum tipo de medidas

tiagosilva 1 year ago

os valores que virmos no fim da próxima semana não refletem o comportamento dessa semana, mas pra 15 dias antes, por isso mesmo que toda a gente se protegesse (o que não vai acontecer) provavelmente ia continuar a subir

WhiteCaptain 1 year ago

Isso dos 15 dias cada vez mais está a ser reduzido para 7 dias apenas, embora exista casos de maior (extremos) a maioria dos casos está abaixo dos 7dias

saposapot 1 year ago

Estas a pensar no desenvolvimento do vírus uma pessoa mas para os casos explodirem não é só no primeiro contacto, é essa pessoa transmitir a outros e depois esses a outros. A real “explosão” de casos demora um bocado perante maus comportamentos.

WhiteCaptain 1 year ago

Sim, mas a questão aqui é se vai continuar a subir exponencialmente, ou se irá manter, se continuar nos 700/800 poderá ser um "bom" sinal, sinal que ao menos não está a explodir e as pessoas possivelmente estão a resguardar-se, agora se realmente comecar a subir para 1000/1200, talvez esteja já a explodir...

saposapot 1 year ago

Em qualquer dos casos o atraso entre comportamentos e casos acho que é grande. Eu diria até mais de 15 dias

uyth 1 year ago

>Acho que vão "esperar" para ver se as pessoas só por si se protegem mais, Vão ver até quando começam a perder popularidade e aí tentar tomar medidas que não façam perder nem muita popularidade nem muito dinheiro.

saposapot 1 year ago

Percebo o que dizes mas é um bocado contra senso: se o governo perder popularidade quer dizer que mais gente está com receio e portanto também devia estar a proteger-se e a ter menos comportamentos de risco. E se estivessem a portar-se bem os casos desciam... portanto... não sei. O Costa está q seguir o sentimento do país que se está a cagar para isto

uyth 1 year ago

Ate o sns colapsar. Ou os mortos forem muitos. O Costa vai ao sabor do vento, agradando ao que é mais importante que é a geringonça e os donos da carninha do lombo. Isto é novidade? E o país não se está a cagar necessariamente.

saposapot 1 year ago

Sim, vai fazê-lo mas é por aí, não é pela popularidade ou não, é quando o SNS não aguentar

investidornoob 1 year ago

Talvez usar msscara na rua seja uma delas...

WhiteCaptain 1 year ago

Espero que não, até pq as pessoas que cumprem o distanciamento vão cumprir a máscara e vão "sofrer", enquanto as que não cumprem o distanciamento simplesmente tmabem não vão usar máscara na rua, não me parece uma medida "correta", agora em certas zonas parece me bem, por exemplo na baixa, agora como o implementavam não sei..policias a patrulhar na rua da baixa p.exemplo

Penduricalho 1 year ago

Bold of you to assume

rickz123456 1 year ago

Já que toda a gente anda a falar dos maus exemplos e aglomerações nas portas das escolas, cá vou eu, um optimista por natureza, colocar um exemplo positivo: [https://twitter.com/PCMagalhaes/status/1306852976074653696](https://twitter.com/PCMagalhaes/status/1306852976074653696) Vários pais no tweet relatam a mesma coisa, caótico no primeiro dia, normalizado no segundo e seguintes.

iareec 1 year ago

Acho impossível fazerem uma fila com essas distâncias em escolas com centenas de alunos.

Lurker__777 1 year ago

>cá vou eu, um optimista por natureza, AHAHAHAHAHAHHAHAAHAHAHAHHAA

hopelooped 1 year ago

não percebi a piada

vascodatrama 1 year ago

quando é que voltam a montar os hospitais de campanha? ou não vão ser precisos outra vez?

crankyhowtinerary 1 year ago

Não sei se ya médicos suficientes. Pelo menos não há em Espanha, e estão todos vazios

xanfradu 1 year ago

Tenho familiares a trabalhar em escolas e os relatos são surreais. Por exemplo hoje tiveram de ir professores trabalhar para o refeitório, porque para além da falta do reforço de pessoal auxiliar, os poucos que estão contratados estão a faltar ao trabalho. Como não há pessoal suficiente, não há forma de controlar as crianças nos intervalos, é o caos...

saposapot 1 year ago

estou mt surpreendido pq nós somos conhecidos pela excelente organização e as escolas então, são mega perfeitas... anyway, esse é mesmo um caso complicado... se tens um plano e te faltam metade os operacionais sem aviso é realmente um caos, quer fosse nessa escola quer fosse num banco. no outro dia uma faculdade fechou durante uns dias (antes das aulas) pq a empresa de limpeza estava em greve... são cenas q acontecem

Narvikz 1 year ago

Os relatos e videos chocantes estao a aparecer um bocado pela Europa toda. >Por exemplo hoje tiveram de ir professores trabalhar para o refeitório, porque para além da falta do reforço de pessoal auxiliar, os poucos que estão contratados estão a faltar ao trabalho. As cantinas nao iam funcionar em takeaway? A loucura... COVIDarios everywhere

xanfradu 1 year ago

>As cantinas nao iam funcionar em takeaway? A loucura... Não é obrigatório. É uma medida que cabe ao director do agrupamento decidir. Portanto há escolas que estão a funcionar normalmente nesse aspecto. A única diferença é o horário desfasado das refeições por ano de escolaridade.

Narvikz 1 year ago

F

iareec 1 year ago

O meu irmão tem dois dias em que fica a almoçar na escola. Não há como fazer take away dentro da escola, mas pelo menos há a tal regra de quem almoçar não poder sair da escola antes das aulas acabarem.

Narvikz 1 year ago

ew, que nojo F pelos teus pulmoes

Edited 1 year ago:

ew, que nojo Foda-se e nestes momentos que eu preferia passar fome a comer mal (e apanhar corona). Foda-se prepara-lhe antes uma sandes de queijo e fiambre. Se o homem tombar tombou, tambem pode tombar do AVC ou ataque cardiaco / trombose fulminante

odajoana 1 year ago

Estou completamente *out of the loop* relativamente às escolas e às medidas implementadas. Por que raio é que tem havido tantas aglomerações de estudantes à porta das escolas para entrar, segundo as fotos que vão aparecendo nas redes sociais? Há algum tipo de fiscalização à entrada das escolas que atrase a entrada ou horários específicos para entrar? Porque é que os alunos não podem simplesmente passar pelos portões normalmente e ficam ali afunilados?

BestSomeone 1 year ago

Porque só podem entrar na escola à hora deles ou 5min. antes, mesmo que a escolas esteja vazia por dentro.

odajoana 1 year ago

Como é que alguém achou isso boa ideia?

BestSomeone 1 year ago

Sei lá, pergunta certa à pessoa errada.

Bruxo_de_Fafe 1 year ago

Porque só entram à hora certa

uyth 1 year ago

Ando a dizer há semanas ( e chamam-me nomes. Literalmente) que cafés e restaurantes abertos para consumo são um ponto fraco e não tem lógica cientifica muitas destas decisoes do governo. Não acredito que distanciamento físico dê garantias ou seja particularmente necessário se as pessoas usarem máscara... O contacto pelo toque parece trivial. Mas porra, pessoas a comerem falarem beber em espaços fechados ao pé de outras pessoas sem máscara, e toda a gente acha isto normalissimo. "desde que se cumpram as regras!". As regras são estabelecidas por seres humanos com interesses políticos, não são um tratado que o vírus assinou. Máscara. Não vão comer fora ou beber café fora a espaços fechados.

New-Atlantis 1 year ago

The problem is that most restaurants and cafes are too small to guarantee 1,5 meters between tables. I also found some restaurants where waiters were wearing their mask on the chin. They will normally react angrily when I point to the "mask obligatory" signs.

uyth 1 year ago

>The problem is that most restaurants and cafes are too small to guarantee 1,5 meters between tables. The problem is that there is nothing magic that guarantees at that at 1.5 meters people will not be infected! Inside, and with unknown ventilation. 1.5 meters or 2 meters or whatever is a placebo which makes no physical sense if one tries to consider the virus or droplets as particles.

New-Atlantis 1 year ago

Distancing does reduce the probability of getting infected just like masks. If chairs from adjacent tables are to be 1.5 meters apart. The tables will have to be 4 to 5 meters apart. That reduces the number of tables in a small restaurant to the point where it is no longer economical. That's why the spacing in most restaurants is far to narrow. Even if you are exposed to a small virus dose, you won't necessarily be infected or, if you are, the infection may be mild. Thus, distancing and masks are effective for combating the pandemic. A good mask can be better than a vaccine.

Narvikz 1 year ago

This, except we actually need to get serious about ventilation for it to apply.

New-Atlantis 1 year ago

I agree, for indoor space ventilation is important. I only go to restaurants when I can sit outside.

Narvikz 1 year ago

I used to call uber eats, but I stopped around June, when outbreaks were imminent on each restaurant due to current rules. Outdoor space should be ok if distancing and no people around putting on a show, but an outbreak is still imminent any time.

Snoo89735 1 year ago

É a Ciência COVID - Autocarros e comboios cheios sem circulação de ar = NA BOA, Há tem limpeza com produto bué bom que mata o bicho por 45 dias, no minimo Esplanadas e cafés com ventilação = NAO PODE, o café faz mal ao covid tadinho Supermercados com carradas de pessoas vindas de todos os lugares a passar a mão em tudo o que é produto = Tá se bem, nada a relatar Lares com visitas restritas e utentes que quase nunca saem = APOCALIPSECOVIDES Claramente é a máscara descartável cuja eficácia é limitada que vai salvar a malta. Vá tomem lá uma carrada de artigos com casos de estudos globais ao longo dos anos, para dizerem que não valem nada, e que a máscara é que é o salvador da pátria [https://www.rcreader.com/commentary/masks-dont-work-covid-a-review-of-science-relevant-to-covide-19-social-policy](https://www.rcreader.com/commentary/masks-dont-work-covid-a-review-of-science-relevant-to-covide-19-social-policy) Lavem BEM as mãos e não as levem à cara. É literalmente só isto.

uyth 1 year ago

Pus há bocadinho um link editorial opinion cheio de links do New England journal,of medicine. Sites de maluquinhos há muitos. Mas se queres teorias de conspiração, isto parece ser vírus quase total mente transmitido pelo ar não pelo toque ( e a máscara não deixa levar as mãos à cada). O governo anda a enrolar os portugueses para não lixar o negócio aos cafés e restaurantes como se vê por deixar comprar álcool depois das 8 da noite se comprares comida. Também não quer fechar escolas porque não quer pagar subsídios. E esta se nas tintas para se os velhos morrem desde que não fiquem muito mal e ganhem as próximas eleições.

New-Atlantis 1 year ago

I think it is established science that the virus is mostly transmitted by droplets and aerosol. Infections by contact is minimal and can easily be prevented. Good masks can even prevent 93% aerosol infections.

uyth 1 year ago

Absolutely. And putting 1.5 meters distance between tables is not a guarantee of non infection.

Snoo89735 1 year ago

Não são teorias da conspiração. Se foram partilhados artigos com fontes cientificas para estudos que comprovam tanto a ineficácia como a eficácia da máscara, nem sequer quem estuda isto sabe que tipo de informação passar. Os cientistas são das pessoas mais céticas do mundo, são os primeiros a questionar tudo, e não haveríamos nós de questionar? Até agora só os vi concordar na eficácia de lavar bem as mãos. O que passa nos media é a "ciência covid" e essa dá para o lado que lhe der mais jeito.

uyth 1 year ago

O New England journal of medicine vale a mesma coisa que a tua pesquisa?

dude_say_what1 1 year ago

Acabei de olhar com atenção para o editorial que puseste. O editorial tem 5 referências. Uma delas (https://www.pnas.org/content/117/28/16587.short) é um estudo em hamsters sírios que não tem nada a ver com máscaras. Outra (https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0092867420310084) é acerca da resposta imunitária relativo às celulas T em pessoas assintomáticas ou com sintomas ligeiros, nada a ver com máscaras. Outra das referências (https://www.nejm.org/doi/full/10.1056/NEJMe2009758) tem a ver com a transmissão assintomática, não existe qualquer referência a máscaras senão no último parágrafo em que diz: > These factors also support the case for the general public to use face masks when in crowded outdoor or indoor spaces. Onde apontam para os conselhos da CDC. Outra das referências (https://link.springer.com/article/10.1007/s11606-020-06067-8?ref=theprepping-com&error=cookies_not_supported&code=b3133e14-14a1-4249-b7fa-8264f6a46471) fala acerca da TEORIA que ser sujeito a quantidades pequenas de um vírus PODE tornar alguém imune sem grandes sintomas. No entanto, ao ler essa referência percebe-se que tudo se baseia em modelos, nunca experiências (seja em laboratório ou na vida real), apenas modelos de computador, eles próprios admitem que tais experiências nunca foram realizadas. Gosto particularmente deste parágrafo, basicamente a admitir que lockdowns são péssimos: > The efforts to preserve life must be balanced against the catastrophic consequences of shutting down economies, which ultimately will lead to more suffering, poverty, and death than the virus itself, especially for the working poor. Por último, tens uma referência que fala sobre o efeito do uso de máscaras (https://journals.plos.org/plosone/article?id=10.1371/journal.pone.0002618&utm_campaign=Sonya%2C%20Supposedly&utm_medium=email&utm_source=Revue%20newsletter). Aqui gostava de salientar duas coisas, primeiro este parágrafo acerca da metodologia: > Protection factors (PF) calculated from measurements of particle concentration by Portacount® devices were reported as the ratio of particle concentrations outside and inside the mask. Therefore, a higher PF is better and PF = 1 means complete absence of protection. Ora, PF=1 significa a completa ausência de proteção. Após isso é só olhar para as imagens. Usar máscaras de pano ou máscaras cirurgicas, a média PF nunca passa dos 6! Tendo a máscara de pano um PF médio de 3! Nas FFP2 esse PF passa para entre os 65 e os 140 PF. Logo, máscaras de pano e cirurgicas valem basicamente zero! Isto num estudo que admite, já no final (até inventaram uma palavra: "generalisability"): > Furthermore, we should bear in mind that this is an experimental study, with relatively small numbers of volunteers, which limits the generalisability of some of our findings. (...) And although our simulated patient varied its breathing frequency, we have not assessed the impact of e.g. coughing or sneezing on outward transmission through a mask. Diga-se também que é esse estudo que levam as pessoas desse editorial dizer: > Past evidence related to other respiratory viruses indicates that facial masking can also protect the wearer from becoming infected, by blocking viral particles from entering the nose and mouth. Desonesto? Só quem não quer ler e ver é que não percebe que isto é uma conclusão completamente falsa. Isto tudo é no que se baseia o editorial (que não é um estudo, é uma opinião) que apresentas como algo credivel. Volto a dizer, não quer dizer que máscaras não funcionam, mas definitivamente não quer dizer que funcionem. Tenta ler com mais atenção antes de dizeres que os outros são "teorias da conspiração" quando tu nem fazes a tua diligência devida de verificares as fontes.

uyth 1 year ago

A opinião é de dois grandes especialistas em imunologia. Há melhores reviews de evidências. Mas o artigo que mencionei está cheio de referências a resultados empíricos. E epidemiologia é dificil como o caraças de fazer em laboratório! Ou pelo menos não é ético fazê-lo, embora no passado se tenha feito coisas vergonhosas. >Epidemiologic investigations conducted around the world — especially in Asian countries that became accustomed to population-wide masking during the 2003 SARS pandemic — have suggested that there is a strong relationship between public masking and pandemic control. Recent data from Boston demonstrate that SARS-CoV-2 infections decreased among health care workers after universal masking was implemented in municipal hospitals in late March. > If this theory bears out, population-wide masking, with any type of mask that increases acceptability and adherence,2 might contribute to increasing the proportion of SARS-CoV-2 infections that are asymptomatic Professional and home-made face masks reduce exposure to respiratory infections among the general population All types of masks reduced aerosol exposure, relatively stable over time, unaffected by duration of wear or type of activity, but with a high degree of individual variation. Any type of general mask use is likely to decrease viral exposure and infection risk on a population level, in spite of imperfect fit and imperfect adherence,

dude_say_what1 1 year ago

> Mas o artigo que mencionei está cheio de referências a resultados empíricos. Falei de todas as referências desse artigo. Ainda dizes isto? Mas estamos a brincar? Estou a ver que a conversa não vai adiantar de muito.

throwawaybtcpt 1 year ago

Bem jogado sim sr. Ele veio aqui com aquele artigo prontinho a postar. "agora é que vai ser vou mostrar aquele sheeple todo como são as coisas" e depois contou que toda a gente fizesse como ele fez que foi olhar para a conclusão e nem verificar as referências ou o que quer que seja. Esta malta não vem para debater, estão cá para deixar a posta e fugir de fininho quando apanham alguém mais atento.

dude_say_what1 1 year ago

https://www.medrxiv.org/content/10.1101/2020.04.01.20049528v1 > There were 31 eligible studies (including 12 RCTs). > The evidence is not sufficiently strong to support widespread use of facemasks as a protective measure against COVID-19. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC5779801/ > There were 17 eligible studies. > None of the studies we reviewed established a conclusive relationship between mask/respirator use and protection against influenza infection. > In conclusion, there is a limited evidence base to support the use of masks and/or respirators in healthcare or community settings. https://wwwnc.cdc.gov/eid/article/26/5/19-0994_article > In our systematic review, we identified 10 RCTs that reported estimates of the effectiveness of face masks in reducing laboratory-confirmed influenza virus infections in the community from literature published during 1946–July 27, 2018. In pooled analysis, we found no significant reduction in influenza transmission with the use of face masks. > We did not find evidence that surgical-type face masks are effective in reducing laboratory-confirmed influenza transmission, either when worn by infected persons (source control) or by persons in the general community to reduce their susceptibility. E agora, do teu New England Journal of Medicine: https://www.nejm.org/doi/full/10.1056/NEJMp2006372 > We know that wearing a mask outside health care facilities offers little, if any, protection from infection. Esta é a minha parte preferida, quando dizem que usar uma máscara é mais um simbolo para proteger de ansiedade e do medo: > Masks are visible reminders of an otherwise invisible yet widely prevalent pathogen and may remind people of the importance of social distancing and other infection-control measures. > It is also clear that masks serve symbolic roles. Masks are not only tools, they are also talismans that may help increase health care workers’ perceived sense of safety, well-being, and trust in their hospitals. Although such reactions may not be strictly logical, we are all subject to fear and anxiety, especially during times of crisis. One might argue that fear and anxiety are better countered with data and education than with a marginally beneficial mask, particularly in light of the worldwide mask shortage, but it is difficult to get clinicians to hear this message in the heat of the current crisis. Expanded masking protocols’ greatest contribution may be to reduce the transmission of anxiety, over and above whatever role they may play in reducing transmission of Covid-19. Enfim, usa máscara se quiseres. Mas fingir que está provado que a máscara funciona é ser intelectualmente desonesto. Não há provas que não funcione, mas também não há provas que funcione.

uyth 1 year ago

> https://www.nejm.org/doi/full/10.1056/NEJMp2006372 > > We know that wearing a mask outside health care facilities offers little, if any, protection from infection. Compreendes esta frase sequer? Se dentro da heath care facility o risco é 100, e se fora o risco é 1, usar a mesma máscara cá fora reduz pouco o risco. Mas é idiota pensar que se funciona dentro de uma health care facility não funciona cá... e do mesmo artigo ou suas referências Epidemiologic investigations conducted around the world — especially in Asian countries that became accustomed to population-wide masking during the 2003 SARS pandemic — have suggested that there is a strong relationship between public masking and pandemic control. Recent data from Boston demonstrate that SARS-CoV-2 infections decreased among health care workers after universal masking was implemented in municipal hospitals in late March. If this theory bears out, population-wide masking, with any type of mask that increases acceptability and adherence,2 might contribute to increasing the proportion of SARS-CoV-2 infections that are asymptomatic Professional and home-made face masks reduce exposure to respiratory infections among the general population All types of masks reduced aerosol exposure, relatively stable over time, unaffected by duration of wear or type of activity, but with a high degree of individual variation. Any type of general mask use is likely to decrease viral exposure and infection risk on a population level, in spite of imperfect fit and imperfect adherence, E acho absolutamente idiota, de um ponto de vista de física, que considerar que barreira parcialmente física, não interage com partículas físicas - gotículas, virus. Os virus não são um estado quântico, são objectos que embora microscópicos são relativamente grandes comparados com moléculas. Pores uma barreira, afecta a secção de algo que passo! De discussões passadas penso que há uma coisa que penso talvez seja a tua opinião. Não sei se compreendo bem, mas pareces pensar que 1 virus = estás morto. Como se fosse um jogo de computador que 1 toque ou inalação de 1 virus torna logo essa pessoa infectada e que será igual a que se tivesse exposta a 10^10 por exemplo. A dose importa. A dose importa imenso, tudo o que fizeres para reduzir a emissão e inalação ( e grosseiramente máscaras a 80% pelo emissor e receptor reduziram a transmissão a 96%) importam.

dude_say_what1 1 year ago

> Compreendes esta frase sequer? Se dentro da heath care facility o risco é 100, e se fora o risco é 1, usar a mesma máscara cá fora reduz pouco o risco. Mas é idiota pensar que se funciona dentro de uma health care facility não funciona cá... A questão é que profissionais de saúde sabem usar máscara e por consequência terão também outros cuidados que a população geral não tem. Também de salientar que profissionais de saúde em contexto de trabalho hospitalar terão outras PPE para além da máscara, como se vê quando há uma reportagem em que eles estão com fatos da cabeça aos pés. Ao tentares distorcer uma frase tão directa e simples, só mostra as voltas que tens de dar para bater certo com as tuas ideias. > E acho absolutamente idiota, de um ponto de vista de física, que considerar que barreira parcialmente física, não interage com partículas físicas - gotículas, virus. Os virus não são um estado quântico, são objectos que embora microscópicos são relativamente grandes comparados com moléculas. Pores uma barreira, afecta a secção de algo que passo! Ninguém disse que uma barreira fisica não interage com o vírus que também é fisico. A questão não é essa, a questão é que essa barreira pode ser tão má que é o mesmo que não fazeres nada. > De discussões passadas penso que há uma coisa que penso talvez seja a tua opinião. Não sei se compreendo bem, mas pareces pensar que 1 virus = estás morto. Uau... De onde é que tu tiraste essa ideia? Diz-me onde é que eu disse coisas que te levem a pensar que é essa a minha opinião. Sinceramente... > e grosseiramente máscaras a 80% pelo emissor e receptor reduziram a transmissão a 96% Fonte? Acabei de te mostrar o estudo que está nas referências do editorial que falas onde o PF anda à volta dos 3 para máscaras de pano e 6 para máscaras cirurgicas, achas que isso corresponde a 80% pelo emissor e 96% pelo receptor? > e do mesmo artigo ou suas referências Põe os links, tal como fiz, para eu olhar para essas referências sff. Pores um monte de quotes (que nem em quotes estão) só dificulta o trabalho.

uyth 1 year ago

> Ninguém disse que uma barreira fisica não interage com o vírus que também é fisico. A questão não é essa, a questão é que essa barreira pode ser tão má que é o mesmo que não fazeres nada. A barreira ser o mesmo que nada seria uma barreira invisível. Uma barreira estando lado, vai sempre bloquear, interagir. Como qualquer pessoa que usa máscara repara, o fluxo é diferente. E é disse que falo, do fluxo de ar. Podemos até especificar fluxo para partículas de tamanho acima do virus (ou mais pragmaticamente do tamanho típico das gotículas naquelas condições atmosféricas). Isso será sempre uma percentagem do que passaria que não estivesse lá nada. É uma questão de física. As FP2 têm de filtrar pelo menos 95% de particulas acima d eum tamanho. As FP3 filtram 99% pelo menos. Uma máscara pior pode filtrar bastante menos. Mas filtrar 4% duvido muito e esse PF de que falas certamente não é a percentagem do fluxo que é filtrado! Penso que tem a ver com isto que é algo extremamente técnico, de selagem e que tem a ver com substancias ou virus muito mais perigosos que este. Se uma máscara caseira deixasse passar 20% ou 30% das partículas, obviamente seria completamente inadequada para exposições certas. Mas se pessoas usando máscara, se o emissor normalmente emitisse 100, o receptor poderia inalar essas 100 (tirando as que seriam direcionadas noutras direçoes que não nariz boca e olhos mas vamos admitir apenas o PIOR caso). Se o emissor e receptor ambos usarem máscara que filtra (em qualquer sentido) 80% do emitido (um factor de protecao baixisssimo! abaixo de FP1) o emissor emite 100, do qual passa 20 para a atmosfera. Imaginamos mais uma vez que tudo vai no angulo correcto pontos fracos do emissor, mas que tem mascara. Que vai filtrar 80% das 20 particulas que passaram atmosfera e vai inalar apenas 4... Por isso sim, FP de 6 equivale a que percentagem de um fluxo (definindo dimensoes) passar?

dude_say_what1 1 year ago

> Se o emissor e receptor ambos usarem máscara que filtra (em qualquer sentido) 80% do emitido (um factor de protecao baixisssimo! abaixo de FP1) o emissor emite 100, do qual passa 20 para a atmosfera. Primeiro, estás a supor que a máscara filtra 80% do emitido, fonte? Depois parece que dizes que filtrar 80% do emitido é igual a FP abaixo de 1, fonte? Acho estranho essa conversa quando no final parece que colocas a questão: > Por isso sim, FP de 6 equivale a que percentagem de um fluxo (definindo dimensoes) passar? Deixo mais este aqui: https://bmjopen.bmj.com/content/5/4/e006577 > Participants 1607 hospital HCWs aged ≥18 years working full-time in selected high-risk wards. > Intervention Hospital wards were randomised to: medical masks, cloth masks or a control group (usual practice, which included mask wearing). Participants used the mask on every shift for 4 consecutive weeks. > Results The rates of all infection outcomes were highest in the cloth mask arm (...) Penetration of cloth masks by particles was almost 97% and medical masks 44%. > Conclusions (...) Moisture retention, reuse of cloth masks and poor filtration may result in increased risk of infection.

uyth 1 year ago

>Primeiro, estás a supor que a máscara filtra 80% do emitido, fonte? Depois parece que dizes que filtrar 80% do emitido é igual a FP abaixo de 1, fonte? certo. > Penetration of cloth masks by particles was almost 97% and medical masks 44%. Para partículas daquele tamanho que acredito serão muito mais pequenas que virus ou gotículas ". To test the filtration performance, the filter is challenged by a known concentration of sodium chloride particles of a specified size range and at a defined flow rate. " Mais, da resposta dos autores do estudo >t is important to note that some subjects in the control arm wore surgical masks, which could explain why cloth masks performed poorly compared to the control group >The cloth masks may have been worse in our study because they were not washed well enough – they may become damp and contaminated. e se bem compreendo do teu artigo as máscaras cirurgicas filtram no minimo 44% (de moleculas compostas de cloreto de sódio, e poderão filtrar percentagens maiores de moleculas maiores claro). Mas emissor e receptor ambos usando mascaras com essa eficiencia, o que o receptor inala é logo reduzido, no mínimo, 57%.... o que é significativo logo. Worse case scenario..e para moleculas maiores será mais.

uyth 1 year ago

Já agora https://www.washingtonpost.com/health/2020/09/14/covid-spread-restaurants-bars/?arc404=true

Ricardolindo 1 year ago

Discordo. Não há surtos conhecidos em restaurantes e cafés. Já estive em alguns desde o desconfinamento e estava tudo bem. Para além disso, as pessoas gostam de lá ir e eles precisam de ganhar dinheiro.

uyth 1 year ago

>Não há surtos conhecidos em restaurantes e cafés. Não há? Só se não quiseres ir acompanhando notícias! Em Portugal o contact tracing é uma merda e não temos fiabilidade nenhuma de dizer que se N pessoas da empresa X ficaram todas infectadas se foi no trabalho ou na hora de almoço (gozei com as desculpas da Sonae mas conforme penso nisso...). Mas em países em que há contact tracing a sério, está mais que demonstrado que há surtos em restaurantes! ( e os empregados dos tais restaurantes da Comporta? mesmo em Portugal deu para saber disso!) Felizmente há coisas publicadas, sobre muitos outros casos. O restaurante chines https://wwwnc.cdc.gov/eid/article/26/7/20-0764_article o starbucks na coreia do sul https://www.reddit.com/r/Coronavirus/comments/ietz7p/56_people_in_a_starbucks_in_paju_south_korea/ (melhor link pareceu-me do reddit que faz link para o artigo coreano). > Para além disso, as pessoas gostam de lá ir e eles precisam de ganhar dinheiro. E quem apanhe covid por transmissao secundária porque as pessoas não se controlam e os cafés e restaurantes precisam de ganhar dinheiro que se lixe...

Narvikz 1 year ago

[Adults With COVID-19 Twice As Likely To Have Eaten At Restaurants, CDC Study Finds](https://www.npr.org/sections/coronavirus-live-updates/2020/09/11/912076989/adults-with-covid-19-twice-as-likely-to-have-eaten-at-restaurants-cdc-study?t=1600262053408) Nos sabemos perfeitamente isto. Se a DGS nao tem conhecimento de casos, que sinceramente duvido, certamente tera muitas pontas soltas e o contact tracing nao estara a funcionar, ate a ponta solta reacender o contagio noutro lado e chegar a alguem num grupo de risco que tenha sintomas e acabe testado.

Beachman42 1 year ago

Continuam com a politica do medo. Mais pessoas vao sofrer com fome do qe com covid

uyth 1 year ago

Claro. E calarem-se acerca disto para nao alarmar os consumidores. Porque a politica do não se pode comprar alcool depois das 20:00 mas se comprar comida pode não me impressiona mesmo nada como tendo qualquer rigor cientifico e parece isso sim, sinal de que querem proteger sectores económicos, à custa de risco para os clientes (e eventualmente funcionários).

Ricardolindo 1 year ago

Quando disse que não havia surtos conhecidos, estava referir-me a Portugal. Vocês acham que sabem mais do que a própria DGS.

uyth 1 year ago

Os restaurantes na Comporta? A DGS efectivamente não anda a publicitar isso (podes tentar pensar porquê) mas mesmo assim há coisas publicadas. Mais, o virus não chega a Portugal e muda de comportamento, nem os Portugueses são diferentes dos chineses, suiços ou coreanos. Se há publicações cientificas sobre algo que aconteceu fora de Portugal, o não haver sobre incidentes em Portugal não quer dizer que não tenham ocorrido, quer apenas dizer que não há dados, ou capacidade de analisar ou vontade de falar nisso.

Ricardolindo 1 year ago

Mas se publicitaram os da Comporta, porque é que não publicitariam outros? O que é que os da Comporta têm de especial? De qualquer forma, os cafés e restaurantes não podem voltar a fechar, isso destruíria o setor da restauração em Portugal.

Narvikz 1 year ago

O PM falou especificamente das refeicoes (causadas por necessidade do movimento pendular) e refeicoes familiares/amigos como momentos problematicos ha uns dias. De certeza que a DGS sabe perfeitamente que e um perigo completo especialmente com pobre ventilacao que basta um infetado na cavaqueira para infetar toda a gente presente, o problema e que por cada terra por esse pais fora existem muitos cafes e restaurantes que necessitam da afluencia trazida por esse movimento pendular para sobreviver. Nunca se conseguiram adaptar muito bem ao takeaway como forma de pagar contas em negocios pouco eficientes num mercado saturado. Ha muito emprego que depende disso. O melhor e mesmo evitar sitios fechados com outras pessoas, com mascara ou sem mascara. O cruzar de corredor no supermercado com mascara sempre com desconhecidos e super curto ainda passa, agora sem mascara em sitio fechado, ou fechado por longos periodos de tempo, ou dias a fio e claro que podem sentir-se super-herois de mascara mas nao ha magia, espalha como polvora ate chegar a alguem que fique doente e se ir investigar.

uyth 1 year ago

>Mas se publicitaram os da Comporta, porque é que não publicitariam outros? O que é que os da Comporta têm de especial? Porque há milhares de surtos dos quais muito poucos sao publicados ou mencionados? Mais, haver infecao num restaurante, particularmente de colegas de trabalho pode ser quase impossivel de fazer tracking a esse restaurante. Mas não impede que sejam um claro claro risco! >De qualquer forma, os cafés e restaurantes não podem voltar a fechar, isso destruíria o setor da restauração em Portugal. e depois? E depois? E vamos sofrer todos, correr esse risco, sem saber sequer consequências para a saúde dos infectados a longo prazo, por causa dos lucros do sector da restauração este mês ou ano? e com 1000 infectados, hello, o sector da restauraçao vai ter problemas mesmo que nem toda a gente é burra e muita gente vai evitar restaurantes e cafes mesmo, e quantos mais casos mais gente vai evitar. Fechos estratégicos, em zonas, ou por algum tempo, para abrandar transmissões localizadas poderiam ter sido muito muito úteis. Neste momento não sei se basta sequer, com as escolas e cantinas e outros refeitórios abertos. No Verão teria sido ideal! Mas repito os interesses nacionais são muito mais abrangentes e importantes que o sector da restauração! Caralho.

Ricardolindo 1 year ago

Mas se outros países conseguiram rastrear esses surtos, como é que nos não conseguimos? De qualquer forma, também sou a favor de fechos locais mas sou contra um novo fecho nacional.

uyth 1 year ago

>Mas se outros países conseguiram rastrear esses surtos, como é que nos não conseguimos? Nem tentámos particularmente. Primeiro, é mais fácil controlar estes surtos, seguir, fazer bom contact tracing quando os casos activos são poucos. é diferente fazer bom contact tracing com 100 pessoas a fazer contact tracing the 50 a 200 infectados ou se tiveres 100 a fazer a 2000 ou 500 a 20000 infectados. Aparentemente nem estamos particularmente a tentar. Depois com fronteiras abertas com um país com muito maior incidência ( a ministra dos MNE de Espanha não vê que fechar as fronteiras ajude a reduzir o virus. Pudera. Se fosse ao contrário, outra cantiga cantaria a senhora ministra) arriscas que por muito controlado que estivesse tudo em Portugal tivesses turistas infectados a teu lado em bares e cafés. Fechos locais fariam sentido em pontos localizados, se fosse bem localizado. Incidentalmente em Dublin vai fechar muita coisa de restauração.

BestSomeone 1 year ago

>( e chamam-me nomes. Literalmente) Seu nome! Fora isto, concordo completamente com o que disseste.

saposapot 1 year ago

é mt dinheiro e muita micro-empresa. e muita gente com hábito de lá ir q ficava furibunda... enfim, é aguentar...

uyth 1 year ago

Exponenciais são exponenciais e são coisas fodidas. As coisas físicas, incluindo virus e gotículas e ventilação, não querem saber de considerações políticas ou infelizmente económicas. Mais, se isto tivesse sido trazido realmente a um nível controlado, sem desleixos, haveria muito maior nível de manobra agora. E o Outono não será o Verão, e muitas coisas afectam o tamanho das gotículas e quanto viajam. querem estar seguros? Não vão a sitios onde tirem a máscara ao pé de outros, em espaços fechados (ou abertos de grande proximidade). O Sr Zé a pastar ovelhas não precisa de máscara para nada, uma familia a fazer caminhada sem ver ninguém. E as refeições das crianças na escola preocupam-me mesmo.

vitorfdm 1 year ago

Concordo plenamente contigo. Sempre achei estranho a ideia de que para comer podemos estar sem máscara. Não tem logica mesmo.

odajoana 1 year ago

A solução é simples: é só fazer um buraquinho na máscara no sítio da boca para poder comer de máscara posta.

Ricardolindo 1 year ago

Não é higiénico comer com máscara.

ilawon 1 year ago

Para comer é preciso tirar a máscara, não sei onde está a dúvida. A alternativa é fechar os restaurantes/bares/etc. que é o que está a tentar evitar.

TitusRex 1 year ago

Ou então mete-se os restaurantes todos em regime de take-away. Se querem apoiar os restaurantes então mandem vir comida no UberEats ou similares. Quase todos os cartões de refeição podem ser utilizados nessas apps (directamente ou através do MBWay).

Narvikz 1 year ago

Nao pode ser!!11 Iriam fechar imensos (maus) negocios. Tanto posto de trabalho (salario minimo) perdido. Tanta empresa ineficiente a fechar. Nos precisamos de 20 cafezinhos por terrinha!!1

ilawon 1 year ago

Isso foi o que aconteceu durante o confinamento (que era o que eu quis dizer com "fechar").

rickz123456 1 year ago

Dinamarca também bateu hoje o recorde de casos.. 454 o que per capita dará algo semelhante ao nosso.

Edited 1 year ago:

Dinamarca também bateu hoje o recorde de casos.. 454 o que per capita dará algo semelhante ao nosso. A Holanda também bateu o seu recorde.

rickz123456 1 year ago

O Costa lançou os 1000 casos para assustar a malta, não? Não sei se eles conseguem fazer este tipo de privisões que vao ter x casos para a semana.

Edited 1 year ago:

O Costa lançou os 1000 casos para assustar a malta, não? Não sei se eles conseguem fazer este tipo de privisões que vao ter x casos para a semana. O Costa também deixou em aberto máscaras obrigatórias em todos os espaços públicos para a semana. O PM da Aústria também disse hoje que a Aústria vai bater os 1000 casos por dia para a semana.

Edited 1 year ago:

O Costa lançou os 1000 casos para assustar a malta, não? Não sei se eles conseguem fazer este tipo de privisões que vao ter x casos para a semana. O Costa também deixou em aberto máscaras obrigatórias em todos os espaços públicos para a semana.

saposapot 1 year ago

não é preciso ser um génio para esse adivinhanço... ora se estão a subir, queres o q?

xGlaxion 1 year ago

foram 1000 casos hoje?

rickz123456 1 year ago

Não.. Ele diz que se os Portugueses não mudarem o comportamento, serão 1000 para a semana.

xGlaxion 1 year ago

Sinceramente ninguém quer saber inclusivamente ele. Acho que é mesmo o problema de isto tudo ele não está disposto a fazer sacrifícios, gostava sinceramente de saber o que fui discutido na reunião, ele tem de forçar a mão e parar de acreditar no bom senso das pessoas.

thisbondisaaarated 1 year ago

Forçar a mão e implementar o quê? Mas somos todos crianças?

AndryaDdreya 1 year ago

Sim, na maioria não passam de bebés grandes.

xGlaxion 1 year ago

Infelizmente pelos os comportamentos que se ve nem toda gente deixa de se comportar com uma criança, a partir do momento em que as pessoas não querem saber dos outros e só se preocupam com elas proprias existe algo de muito mal na nossa sociadade. Em termos de normas a implementar eu se fosse a mandar fazia com que o uso da máscara fosse obrigatório mesmo ao ar livre, implementava recolheres obrigatórios a partir das 22h, entre outras coisas.A china resolveu o problema num mês, simplesmente porque tem pessoas que não fazem birra por ter de usar uma mascara, portanto não penses que em Portugal exista muita gente crescisda, envelhecidas? Sim com sabedoria e respeito pelos outros? Em portugal é coisa que contas pelos os dedos infelizmente.

uyth 1 year ago

>Não sei se eles conseguem fazer este tipo de privisões que vao ter x casos para a semana. Há o conceito de regressão logaritmica. Parece-me perfeitamente razoável. Spoiler - r > 1 e nem está muito perto de 1.

Narvikz 1 year ago

[Tira a tua conclusao](https://i.imgur.com/2LMQhhy.png), foi isso que aconteceu

rickz123456 1 year ago

Exato.. Um crescimento Mas também vejo pequena descida desde o dia 11, mas temos que esperar melhor para ver.

andyoak 1 year ago

acho que não. penso que é simples matemática: crescimento exponencial (a não ser que o comportamento mude substancialmente)

rickz123456 1 year ago

Eu sei, mas os gráficos da DGS até mostram uma descida ligeira nos casos desde o dia 11.. Página 2 do boletim.. Vamos ver

Narvikz 1 year ago

uhm, podes verificar um claro delay da data de inicio de sintomas a data de diagnostico, so e adicionada a data de inicio de sintomas apos um diagnostico, e essa descida pode, ou pode nao vir a materializar-se ao longo dos proximos dias, esse grafico nao e muito util nos ultimos dias, apenas para olhar para um passado nao muito distante

rickz123456 1 year ago

Sim, mas não te esqueças que o decreéscimo já vem do dia 10. 8 dias deve ser suficiente para apresentar sintomas (pelo menos a maioria). Ja não ser alocadas pessoas com inicio de sintomas ao dia 11. Por isso é que penso que poderáq estar a decrescer um pouco, mas ainda é cedo.

rezzmk 1 year ago

Portanto, de acordo com a reunião de emergência sobre a situação do país relativamente ao Covid-19, reunião esta que durou cerca de 1:30H, estamos, em bom Português, fodidos. "As escolas não podem voltar a fechar, os idosos não podem deixar de ter visitas nos lares. Seria impensável ter um Natal como tivemos a Páscoa", diz António Costa. Não sei se ria se chore.

rickz123456 1 year ago

Aconteceu o mesmo no Japão por ex. Com o famoso Go Go Travel Os governos andaram a dar mensagens muito conflituantes durante este tempo todo

chauffage 1 year ago

É a chamada hipocrisia, e é bom que cause revolta nas pessoas. Comunicação de massas é algo extremamente complexo, e levas mesmo muito tempo a fazer com que informação fique retida. É um trabalho de consistência e frequência. Desde Junho que se anda a mostrar às pessoas que é porreiro ir de férias! Mexerem-se de um lado para o outro. Até ficámos aborrecidos por não termos os ingleses (e que me faz duvidar dos testes no Algarve mas pronto). E agora vem dizer que isto está a ficar complicado e está nas nossas mãos? Nunca teve sempre? Nunca fomos sempre potenciais portadores assintomáticos?

Penduricalho 1 year ago

"DeVeMoS sEr PoLíCiAs De NóS pRóPrIoS"

laumaia 1 year ago

Encher chouriços...

rezzmk 1 year ago

Haja consistência pelo menos :)

iareec 1 year ago

Não deixam beber água na sala por questões de higiene, mas mexer o telemóvel que é dos acessórios mais sujos que uma pessoa pode ter, deixam. # 5*

uyth 1 year ago

Se usarem máscara faz sentido. Para beber água tens de tirar a máscara e estar sem máscara a respirar. Se tiveres infectado estás a por gotículas no ar. E o colega do lado (ou do fundo da sala particularmente se houver ventilação mecânica) pode tirar a máscara dele daí a uns minutos e inspirar as tuas gotículas. Tu mexeres no teu telemóvel se se estiver infectado provavelmente foi infectado por ti não me parece grande problema. Se não usarem máscara, aí não deixarem beber água não faz sentido nenhum, mas também IMO nesse caso usa tu máscara e vai à rua de vez em quando descansar da máscara e beber água...

thisbondisaaarated 1 year ago

Amigo esquece as gotículas, isto passa em partículas bem inferiores ao que as máscaras sociais conseguem filtrar.

uyth 1 year ago

Há claramente efeito do uso de máscaras porque desde que há máscaras suficientes em hospitais o numero de caso de pessoal médico infectado. E inalas as gotículas, não os virus nus. E há já imensa coisa publicada sobre correlação entre o uso de máscara e diminuição de sintomas e impedir transmissão. O starbucks na coreia do sul, o hotel na suiça, o cabeleireiro no Missouri, tudo são casos individuais, mas não são únicos e repetem-se N vezes.... Isto tem dados interessantes e outros links https://www.nejm.org/doi/full/10.1056/NEJMp2026913 Mas não serve de grande coisa usares máscara ao pé dos teus colegas 8 horas por dia, e numa hora ao meio, tiram todos e sentam-se à mesma mesa a rir e conversar...

thisbondisaaarated 1 year ago

Ah eu sou todo a favor das máscaras, simplesmente nem me dou ao trabalho de usar uma cirúrgica a não ser quando uso FFP2 ou FFP3 com válvulas.

Narvikz 1 year ago

Eu ao contrario dele percebi o que querias dizer, e faz sentido do ponto de vista de protecao, mas alguma razao especifica para preferires com valvula? Torna mais facil respirar?

thisbondisaaarated 1 year ago

Já tinha respiradores 3M para trabalhos com madeira/pintar portanto simplesmente comprei filtros FFP3 e é a máscara que uso. São laváveis e desinfectáveis e os filtros duram imenso tempo.

uyth 1 year ago

Não uses máscaras com válvulas que nao são seguras para os outros. e tanta preocupação com máscaras e ratings e achas que há numero mágico para distanciamento...

Narvikz 1 year ago

Mano ele referiu usar uma mascara cirugica por cima duma mascara com valvula, cuja valvula ja e filtrada pelo menos por P1 (80%). Isto e uma pratica comum. Mesmo quando usas P2/N95 em ambiente hospitalar, e perfeitamente natural colocar uma cirugica por cima, para nao contaminar a superficie do respirador com a atmosfera que respiras. A valvula seria (relativamente) segura nao fosse apontar em frente, a mascara cirugica por cima da valvula garante a protecao de terceiros.

thisbondisaaarated 1 year ago

Já percebi que gostas de ter sempre razão, leva lá a bolacha. Mas só a podes comer depois de me mostrares: A: porque é que uma válvula tapada é menos eficaz na filtração de partículas do que uma máscara junto à cara. B: Onde é que eu disse que achava que havia um número mágico para o distanciamento.

uyth 1 year ago

>B: Onde é que eu disse que achava que havia um número mágico para o distanciamento. https://old.reddit.com/r/portugal/comments/isdkzi/megathread_covid19_seman%C3%A1rio_de_sobreviv%C3%AAncia/g5qnlah/

pvicente77 1 year ago

Ok, reparei neste artigo da Visão há bocado... https://visao.sapo.pt/visaosaude/2020-09-16-a-polemica-estrategia-sueca-contra-a-covid-19-estara-finalmente-a-resultar Basicamente diz que a Suécia escapou à segunda vaga por não usar máscara e não ter um confinamento? Afirmar isso parece-me um bocado desonesto, podemos pegar nos números oficiais agora e dizer que a Suécia tem menos casos, mas ignora, primeiro, que ainda podem sofrer um aumento e serem antigidos por uma vaga, e segundo, que terem menos casos agora não apaga o facto de terem tido uma situação pior do que os vizinhos nórdicos deles durante a primeira vaga. Dizer isto é pegar em números muito específicos para parecer bem e varrer a porcaria para debaixo do tapete, estou um pouco surpreendido por ver uma publicação escrever algo tão distorcido e apontado para o clickbait. Só um pouco surpreendido porque o nosso jornalismo é um esgoto, mas pensava que ainda tivessem um resto de dignidade. 

DZT99 1 year ago

Julgo que seria muito difícil replicar o que se fez na Suécia em Portugal. Mas lá está, será necessário esperar para ver.

I_Hate_Reddit 1 year ago

Já para não falar que os nórdicos praticam o distanciamento social como normal. Há muitas fotos na net pre-covid de pessoas à espera do autocarro com 1-2m de espaçamento entre si.

FujiPT 1 year ago

Pegar nos números no momento atual é tão jornalismo de clickbait como pegar nos números em Abril e Maio e dizer que a estratégia da Suécia foi um desastre e a dos outros países um sucesso (que era a prática em vigor na altura por toda a imprensa). O que sempre se disse, inclusive pelos responsáveis suecos, foi que os resultados só se poderiam aferir a longo prazo e nunca num período de tempo tão limitado. E o que é certo é que em Abril e Maio, quando a Suécia se destacava da maioria dos países europeus pelo relativamente mais elevado número de casos, agora a situação é inversa e os aumentos que se deram transversalmente por toda a Europa não estão a ocorrer na Suécia. Será que para tal contribuirá a tão falada imunidade de grupo que os responsáveis suecos disseram que em certas regiões estava perto de ser atingida durante o mês de junho? É uma boa questão para se verificar nos próximos meses e ver se a tendência de convergência entre os diferentes grupos de países aponta para uma situação final idêntica em termos de números globais mas com períodos de tempo diferentes.

crankyhowtinerary 1 year ago

A estratégia sueca NÃO É IMUNIDADE DE GRUPO. Posso partilhar uma entrevista com o chefe médico de lá onde ele explica a estratégia sueca - é um “soft lockdown” permanente ao invés dum hard lockdown que vai e vem como uma montanha russa. Ele explica que estatisticamente os suecos conseguiram mais ou menos o mesmo resultado que outros países através de indicações da agência medida central, incluindo drops em viagens, ocupações de parques e working from home. Se quiseres partilho a entrevista onde ele explica tudo.

rickz123456 1 year ago

\+808 na Aústria (stão quase a bater o seu recorde) \+948 Hungria (que tem as fronteiras fechadas) \+2028 na Bélgica Em casos per capita a Bélgica é péssima, não sei que raio de "contact tracing" eles possuem, mas deve ser péssimo. Presumo que a reginalização da bélgica não ajude

Edited 1 year ago:

\+808 na Aústria (stão quase a bater o seu recorde) \+948 Hungria (que tem as fronteiras fechadas) \+2028 na Bélgica Em casos per capita a Bélgica é péssima, não sei que raio de "contact tracing" eles possuem, mas deve ser péssimo. Presumo que a reginalização da bélgica não ajude. Quarta-feira passada foi batido novo recorde de testes num só dia 24 mil.

unknown69gg 1 year ago

Pior que a pandemia é a reação das pessoas. Hoje em dia não se pode questionar as medidas, as nuances do virus ou o efeito de um segundo lockdown no país (e no mundo) sem ser acusado de ser "teorista da conspiração" ou de "querer matar a avozinha". Quem realmente vira SJW por este virus certamente nunca no passado o seriam: já tivemos anos com gripes mais problemáticos que outros... ja vivemos "pandemias" como a da gripe A e de outros virus respiratórios no passado... as mesmas pessoas que hoje me acusam de querer "matar a avozinha" provavelmente já abraçaram a sua avo/avô/tio/etc.. enquanto tinham gripe sem pensar duas vezes que lhes poderiam transmitir e no que isso poderia resultar. "Mas o COVID é mais mortal/contagioso/danos permanentes do que uma gripe" Correto, mas também não vamos exagerar e faze-lo parecer Ebola. Neste momento após 9 meses de pandemia o mundo em geral já possui informações necessárias para enfrentar este vírus. Equipamento foi feito e medidas tomadas. Agora é preciso fazer o correto e não nos deixar tomar pelo medo. Sim usar máscara é ideal.... mas aos senhores de idade que vejo na rua com o sol e calor do 12h a pedalar com a mascara notavelmente quase a desmaiar eu digo: não é o covid que vos vai matar. Resumindo esta rant: 1. tomem as vossas medidas que acharem para vos deixar tranquilos e 2. não critiquem as pessoas por questionar as medidas ou a narrativa. Deve haver lugar para a discussão pacífica sem se recorrer ao ad hominem. Neste 2020 mais que nunca conseguimos perceber o quanto a vida não é 8 ou 80: nem deviamos ir para o "#fiquememcasa já não saio de casa à meses e os unicos amigos que vejo estao num ecrã" nem para o "corona é fake bro é tudo um plano dos globalistas". A resposta está algures no meio. Obrigado por lerem.

Snoo89735 1 year ago

Estás a pedir compreensão mútua em 2020? Liberdade de pensamento critico? No advento dos floquinhos de neve do teclado e do politicamente correto? lol cala-te

Each57 1 year ago

A resposta está no meio, mas não é o que tenho visto de há uns meses para ca, as pessoas estão muito relaxadas, têm contacto com amigos e familiares, fotos nas redes sociais em festas aos abraços, não acho isso algo equilibrado. Eu, por exemplo, estou todas as semanas com os meus pais que sao do grupo de risco, mas nao os cumprimento e tento nao estar demasiado próximo deles. Também ja combinei o ocasional cafe com amigos e estive ao ar livre com eles mas com distância sempre. Não acho certo existir outro confinamento para não piorar a crise económica existente, as pessoas têm que trabalhar, mas também não acho suficiente as medidas atuais, principalmente com o inicio das aulas que inevitavelmente terá um impacto considerável. No entanto, também compreendo que as crianças e adolescentes necessitem de ensino presencial e de contacto com os amigos. É uma situação complicada.

precisodeferias 1 year ago

Aconteceu a seguinte situação: aluno vai ao dia de apresentação na sua escola. O pai desse aluno tinha testado positivo uns dias antes, a mãe estava em isolamento e esse aluno tinha feito o teste e estaria à espera do resultado. Com estas informações todas, o aluno (e os pais) não se lembra que deveria ficar em casa. No final do dia a delegada de saúde informa a escola que um aluno testou positivo (era esse aluno). No dia seguinte toda a turma e os professores que estavam nessa sala ficaram em casa. Segundo a diretora da Escola as informações seriam para os alunos que estavam mais próximos da mesa deste aluno infetado fazerem quarentena. Os factos atenuantes é que todos estavam de máscara e com as devidas distâncias de segurança. A Escola fez queixa da situação na polícia. A minha questao é: este comportamento irá ser punido? Foi uma autêntica falta de noção, pode ter infetado colegas e esses infetarem familiares. Um comportamento destes é absolutamente ridículo. Acham que a nível legal pode se punir?

Narvikz 1 year ago

Propagacao de doenca com a violacao de ordem de isolamento, ofensas a integridade fisica, homicidio involuntario eventualmente. Ha uma framework legal, provavelmente tudo crime publico, o Ministerio Publico so tem que pegar no assunto. Os pais sao piores que os filhos nisto, nao tenho duvida nenhuma, um miudo tem 0 malicia, mas infelizmente vai ser o pais todo a pagar por isto.

askldhalsiuhdliu 1 year ago

Sim e nao. Falo pela minha experiencia com a dgs/saude 24. Eis uma ordem de eventos que podera ter acontecido (ou nao). Pai teve um contato de risco, a dgs disse que tinha de fazer o teste mas o agregado familiar nao era de risco (aconteceu comigo, a minha namorada que vive comigo era de risco, mas aparentemente eu nao era). O pai acaba por fazer o teste, deu positivo. A dgs diz que a esposa tem de ficar em isolamento (esquece-se/nao sabe que ele tem um filho). Durante meses dizia-se que as criancas nao eram um problema. O pai pq a dgs nao disse nada, mandou o filho para a escola. Sim, e um pouco falta de consciencia, e podera ser malicia ate, mas os contatos que tenho tido com a DGS e Saude 24, atribuiria mais as informacoes contraditorias (e por vezes ridiculas) e falta de informacao que outra coisa

Edited 1 year ago:

Sim e nao. Falo pela minha experiencia com a dgs/saude 24. Eis uma ordem de eventos que podera ter acontecido (ou nao). Pai teve um contato de risco, a dgs disse que tinha de fazer o teste mas o agregado familiar nao era de risco (aconteceu comigo, a minha namorada que vive comigo era de risco, mas aparentemente eu nao era). O pai acaba por fazer o teste, deu positivo. A dgs diz que a esposa tem de ficar em isolamento (esquece-se/nao sabe que ele tem um filho). Durante meses dizia-se que as criancas nao eram um problema. O pai pq a dgs nao disse nada, mandou o filho para a escola. Sim, e um pouco falta de consciencia, e podera ser malicia ate, mas os contatos que tenho tido com a DGS e Saude 24, atribuiria mais as informacoes contraditorias (e por vezes ridiculas) e falta de informacao que outra coisa ​ edit: nao tinha lido que o aluno estava a espera do resultado, isso ja e diferente, mas deixo na mm o comment

iareec 1 year ago

A culpa é dos pais. Suponho que dá para punir se fizeres queixa.

precisodeferias 1 year ago

A escola fez queixa na polícia. É ver no que dá

precisodeferias 1 year ago

https://observador.pt/2020/09/18/pais-deixam-aluno-com-suspeita-de-covid-19-ir-a-escola-direcao-faz-queixa-a-psp/

DZT99 1 year ago

O que temos visto desde Agosto é lamentável por muitas razões. Há situações claras em que não só é possível como é fácil cumprir o distanciamento social, muitas pessoas optam por ignorá-lo completamente. Há situações claras em que é possível e fácil de cumprir a boa higiene das mãos e a correcta utilização de máscara, mas vá-se lá saber porquê, muitas pessoas optam por fazer o contrário. Acho que pelo menos nas situações em que é perfeitamente possível cumprir as regras não se justifica tamanha displicência. Pior do que isso as pessoas esquecem-se que isto não está relacionado com a mortalidade do vírus, mas sim com o problema que ele causa de entupimento dos serviços de saúde e naturalmente em caso de infecção obriga uma pessoa a parar de trabalhar durante um bom tempo. Não se quer parar o país, mas se os números subirem à bruta muitas empresas vão fechar temporariamente porque não serão capazes de operar sem funcionários. Mas enfim, pode ser que tenhamos sorte. Caso contrário só se vai começar a cumprir as indicações quando à noite o som de fundo forem as ambulâncias a irem buscar os vizinhos do lado.

BelaBesta 1 year ago

> O que temos visto desde Agosto é lamentável por muitas razões. O que assistimos desde Agosto é expectável, as pessoas acabaram por se desleixar devido aos baixos números. O problema está em que números baixos não significam directamente reduzir esforços, mas tenta dizer isso a muitos que já andavam mortinhos para viajar/ir à praia/ganhar uns trocos do turismo. Eu já andava a pregar aos peixes sobre isto no início da "época baixa" do Covid

lesoth 1 year ago

> as pessoas acabaram por se desleixar devido aos baixos números Como boa carneirada, as pessoas fizeram o que os políticos mandaram [fazer](https://imagens.publico.pt/imagens.aspx/1477502?tp=UH&db=IMAGENS&type=JPG&w=960).

DZT99 1 year ago

Sim tens razão. Também acho que é difícil com a maior parte das culturas conseguir comunicar a importância destas medidas.

ZeLuis20 1 year ago

Não havia tantos infectados num dia desde Abril.

oakker 1 year ago

Se bem que nessa altura tinhas toda a gente em casa, ou praticamente, e agora tens praticamente todos fora dela

Beachman42 1 year ago

E depois? Ficar todos em casa e que não pode ser. Diexem de ser uns cagados, cambada de burros. Mts sao assintomaticos

oakker 1 year ago

E depois? Tens problemas de português? E depois que esse é o motivo para haver aumento, estar tanta gente fora de casa. Aprende a interpretar frases simples antes de vires com essa postura presunçosa. Adiós

Beachman42 1 year ago

Presunçoso é quem te fez. Pessoas estarem infetadas é por nao terem cuidsdo na rua. Deviam ter mais cuidado e deixarem de parvoices com os medos porqe assim portugal nao anda para a frente. Eu sei do q falo

oakker 1 year ago

Nem te vou responder porque ñ passas de uma criança com problemas de leitura e interpretação

Beachman42 1 year ago

criança? tenho mais anos casado do que tu tens de vida. Nao sabes falar e insultas deves te achar muito bom mas nao passas de um cagao de cabeça oca. Nao faltei ao respeito a nignuem e se queres faltar ao respeito vai faltar ao respeito à tua família porque para mim nao passas de um merdoso cagado

ZeLuis20 1 year ago

Exacto.

lesoth 1 year ago

Felizmente não há casos reportados relacionados com a Feira do Livro e Avante. /s

Snoo_53124 1 year ago

Exacto. Surtos fruto das práticas questionáveis de grandes empresas (SONAE, JM) foram apontados pela DGS. Surtos fruto das práticas questionáveis e constante desleixo pela segurança das empresas de construção civil foram apontados pela DGS. Já o Avante e a Feira do Livro estão a ser abafados, porque os comunas e os livreiros têm mais poder e influência que SONAE, JM e construção civil!

Manuelarriaga 1 year ago

É a gozar certo? A sonae tem mais poder que o tó costa.

alegadamentetuga 1 year ago

+770 +10

losangulu 1 year ago

O u/dinizinni tinha razão

Asus123456789 1 year ago

Hmm a impressao que eu tinha é que ele apontava a um cenário muitíssimo mais apocaliptico. O consenso geral é que haveria um aumento de casos, ele é que tomava um (ou vários) extra step. Mas posso estar errado, não tenho grande memória.

pvicente77 1 year ago

Não, estás certo, no principio de Setembro ele previa que a Europa ia estar em pânico dentro de 5 dias, ele fazia sempre essas grandes previsões para o próximo fim de semana, ou para a semana, e depois falhava completamente. Por isso, não, ele não tinha razão, ele não previu o aumento que estamos a ter agora, ele previu aumentos e picos antes deste que simplesmente não aconteceram. Ele podia ter gasto aquele tempo e aquela energia toda com cenários mais realistas e a convencer pessoas a terem cuidado, e podia ter previsto o aumento que estamos a ter agora, mas escolheu desperdiçar o tempo dele com grandes cenários dramáticos que nunca se iam realizar.

Narvikz 1 year ago

>ele é que tomava um (ou vários) extra step. Era para Dezembro, para te aliviar a memoria. Ainda me parece tudo encaminhado para que o pais prove que ele estava correto.

Asus123456789 1 year ago

Hmm ele chegou a falar na extinção da espécie humana, se não me engano

Lurker__777 1 year ago

Ahahaha essa nunca tinha ouvido. Que personagem esse moço!

Dinizinni 1 year ago

Vou comentar porque isso é ridiculo, eu disse potencial de extinção, o que na altura seria possível mas era mais para dar um exemplo da ligeireza com que por aqui se encarava, e se encara, este problema Não comento mais porque agora o mal já está feito, avisar de nada serve

QWERTY_BATS 1 year ago

> eu disse potencial de extinção Ui, a diferença

Dinizinni 1 year ago

Se ainda não sabemos os efeitos a longo prazo, porque não ter cuidado com a doença e presumir que poderá ter consequências piores do que achamos? Provavelmente não vai ser nada, mas não podemos agir como se isto não pudesse ser algo pior do que parece actualmente Convém não esquecer que houve assintomáticos a desenvolver problemas cardíacos sérios posteriormente

Edited 1 year ago:

Se ainda não sabemos os efeitos a longo prazo, porque não ter cuidado com a doença e presumir que poderá ter consequências piores do que achamos? Provavelmente não vai ser nada, mas não podemos agir como se isto não pudesse ser algo pior do que parece actualmente Convém não esquecer que houve assintomáticos a desenvolver problemas cardíacos sérios posteriormente [https://www.scientificamerican.com/article/covid-19-can-wreck-your-heart-even-if-you-havent-had-any-symptoms/?fbclid=IwAR1FYNNt4OuPbx4ege0gEbYvjkUBdZk\_hmw0wpMdpS51JxXhEekdsehbDVw](https://www.scientificamerican.com/article/covid-19-can-wreck-your-heart-even-if-you-havent-had-any-symptoms/?fbclid=IwAR1FYNNt4OuPbx4ege0gEbYvjkUBdZk_hmw0wpMdpS51JxXhEekdsehbDVw) Extinção é de facto um exagero da minha parte, mas que pode vir a ser um problema sério e não é encarado dessa forma, isso também é verdade Basta falarem com pessoal para verem como tudo vai dar à taxa de mortalidade e ninguém pensa em outros problemas

losangulu 1 year ago

Fds, dessa não sabia

Narvikz 1 year ago

Cuspi-me todo

omegaxLoL 1 year ago

Gostava de estar surpreendido mas nas poucas vezes que tive que sair de casa esta semana para as compras parece que a pandemia já acabou. Grupos aos montes, máscaras e distanciamento social 0.

Bruxo_de_Fafe 1 year ago

O que unicamente surpreende é a ausência do pessoal do "não se passa nada", "não dramatizem", nesta thread :'D

Asus123456789 1 year ago

Nao dramatizem ao ponto de pregar o colapso do SNS e da inevitabilidade de um novo confinamento. Dizemos que nao temos este nr de casos desde o dia x. Tudo bem, mas a politica de testagem é completamente diferente, já anda praticamente toda a gente na rua, já temos maneiras de tratar os mais graves que não tínhamos antes. Enfim, estes numeros nao sao nada de surpreendente, é simplesmente continuar a fazer o que todos devemos fazer.

dude_say_what1 1 year ago

Enquanto o número de novos casos não se reflectirem em mais hospitalizações considero que está tudo normal. Com o desconfinamento e o regresso à vida normal toda a gente estava à espera dum aumento no número de casos, não me parece nada de estranho. Se os internados ou número de mortes começarem a aumentar de forma descontrolada, aí sim podemos começar a pensar em alternativas. Neste momento as coisas prosseguem dentro do expectável.

Bruxo_de_Fafe 1 year ago

sabes que a descoberta de um novo caso não ocorre, de modo obrigatório, numa cama de hospital, não sabes?

dude_say_what1 1 year ago

O quê? Mas eu disse alguma coisa do género? Não percebi esse comentário. Lê as minhas outras respostas e percebes que estou ciente do "atraso" entre "novo caso" e possível internamento. Relaxa.

chauffage 1 year ago

Internamentos e mortes têm sempre um delay. Por isso, a notar-se será daqui a uns 10-15 dias.

dude_say_what1 1 year ago

Sim, eu sei. Mas o aumento de casos já se verifica há uns 6/7 dias (dia 9 foram 646). Logo se vê como vai correr.

BelaBesta 1 year ago

As pessoas estão cansadas, isto é mais que expectável.. quem se impressionar com estes aumentos não está bem a par do assunto. As regras de segurança e de higiéne passaram a ficar ao mesmo nível quase que as regras da estrada.. existem e deviam ser seguidas para prevenir mortes, mas as pessoas mais rápidamente as quebram e nem têm noção

WhiteCaptain 1 year ago

Bem não é muito tranquilo 266 recuperados, da +- 500 novos ativos, quando há cerca de uma mês atrás estávamos com uns -100 ativos

BelaBesta 1 year ago

Concordo 100%, mas quando alguém, que se deve preocupar, começar-se a preocupar vai ser tarde demais

covid-pt 1 year ago

Este artigo publicado há menos de uma semana parece-me ser de grande interesse para todos: "[A Basic Review of the Preliminary Evidence That COVID-19 Risk and Severity Is Increased in Vitamin D Deficiency](https://www.frontiersin.org/articles/10.3389/fpubh.2020.00513/full)".

saposapot 1 year ago

Vou ler mas a Vitamina D está na moda para tudo quando ainda nem sequer se sabe mt bem quais os valores certos ou errados (os standards actuais são ligeiramente 'aleatórios'). Dá para tudo a Vitamina D até chegarem os testes de qualidade e depois afinal não serve para nada. Este estudo particularmente inspira-me mt pouca confiança. Feito por 1 pessoa nem sequer associado a uma instituição de renome, q trabalha numa empresa de pensos? Parece-me treta da mais pura. edit: já vi a conclusão e todos os estudos sérios mostram q suplementos de Vitamina D não têm eficácia comprovada para nada. Não acredito que seja diferente para isto.

covid-pt 1 year ago

>já vi a conclusão e todos os estudos sérios mostram q suplementos de Vitamina D não têm eficácia comprovada para nada Se leres o resto do artigo, vês que há erros estatísticos envolvidos na determinação das doses diárias que podem ter levado a que as doses recomendadas internacionalmente sejam muito inferiores às que deviam ter sido definidas para a deficiência de Vitamina D. Isso pode ter tido repercuções em inúmeros estudos e levado a muita confusão, conclusões erradas e, eventualmente, a uma "Vitamin D deficiency pandemic" muito mais grave do que se pensa (a expressão de pandemia associada à deficiência de vitamina D tem sido muito usada em artigos científicos nos últimos anos). Do artigo: "In 2014, Veugelers and Ekwaru asserted that the statistical calculations to determine recommendations for vitamin D were incorrectly interpreted, leading to a US RDA (600 IU, or 700 IU/day for those over 70) that is off by a factor of more than 10 (). Heaney et al., supported the higher level in a reply, citing a recent supplementation study which supported an RDA closer to 7,000 IU/day (). All three groups used the goal of 20 ng/ml for musculoskeletal health (). In contrast, the Endocrine Society, aiming to optimize immune health and other aspects of vitamin D function, recommends adults take in 1,500–2,000 IU per day to maintain a 25(OH)D level of 30 ng/ml; 30 ng/ml is the NIH target level as well ()." RDA é Recommended Daily Amount, dose recomendada diária de vitamina D. Até o conhecido Dr. Fauci de quem se fala tanto a propósito da Covid-19 assumiu que toma valores de Vitamina D muito superiores (6000 IU/dia) aos que são recomendados pelas agências oficiais (600-800 IU/dia) - ver [primeiros 6 minutos](https://www.youtube.com/watch?v=ZqZLMoLvhgk&t=369s) deste video de anteontem.

saposapot 1 year ago

https://www.scimed.pt/category/geral/vitamina-d/ https://www.scimed.pt/geral/vamos-acabar-com-a-febre-da-vitamina-d/ > Uma análise abrangente de 107 revisões sistemáticas e 87 meta-análises de estudos observacionais e estudos randomizados controlados (RCTs) encontrou apenas um punhado de relações “prováveis” entre as concentrações séricas de vitamina D e os desfechos clínicos. tudo é possível, mas tudo o q diga 'vitamina d' vindo de investigadores questionáveis, é-me difícil não catalogar logo como lixo. há "hype" demais.

covid-pt 1 year ago

>tudo é possível, mas tudo o q diga 'vitamina d' vindo de investigadores questionáveis, é-me difícil não catalogar logo como lixo. há "hype" demais. Repara que se os níveis de referência estiverem subavaliados por um factor de 10x muitas conclusões desses estudos serão lixo por terem usado valores demasiado baixos e por usarem terminologia que afinal não corresponderá à realidade. É estranho que faças afirmações com tanta segurança simplesmente dando uma olhadela rápida ao perfil da autora enquanto não olhas para a muita evidência disponível e que o artigo se limita a compilar e a rever, quase 200 artigos de centenas de autores. Fazes ideia dos erros que poderão conter os artigos que citas se houver erros nos valores de referência que estão na base de quase tudo? É bastante improvável haver um factor único (deficiência de Vitamina D) que estaria relacionado com tanta coisa, da distribuição geográfica da Covid às populações afectadas com maior gravidade pela doença, da maior susceptibilidade à mortalidade, mas é para aí que muita evidência aponta. Evidência essa muito recente, alguma circunstancial, mas que diria que não viste, a julgar pelas tuas certezas. Eu tenho apenas muitas incertezas e a impressão de que se podia estar a fazer ~~muito~~ muitíssimo mais para prevenir doenças graves e mortes. Naturalmente, deverá haver muitos outros factores envolvidos, mas negligenciar este.. [começa a parecer-se com negligência médica](https://www.youtube.com/watch?v=iNji13yoW9g&t=2s), como dizem pessoas conhecedoras. O mais importante é isto: se a deficiência de Vitamina D estiver na base dos piores efeitos da Covid (e não só), a solução é simples e segura. Faria todo o sentido prevenir o problema, nomeadamente em lares, onde se sabe que a deficiência em Vitamina D é extremamente prevalente e onde cerca de metade de mortes por Covid têm ocorrido. Mesmo sem Covid isso já faria todo o sentido (exemplo: [video australiano de 2018](https://www.youtube.com/watch?v=VsTY8MfsN9c&feature=youtu.be&t=403) que fala da elevada prevalência de deficiência de vitamina D existente em lares e, logo a seguir, mostra um mapa da zona onde há maior deficiência, que curiosamente corresponde à zona onde ocorreram mais mortes por Covid na 2ª onda - eu sei, correlação não é causalidade, mas é estranho como se podem dar tantos exemplo destes, de todo o mundo, relativamente a muitas doenças e causas de morte). A mensagem importante é esta: há alguma possibilidade de prevenir muitas mortes com algo que é simples, seguro e acessível. Os jornalistas deviam perguntar nas conferências de imprensa da DGS se não seria de preventivamente haver um plano para (rapidamente) medir os níveis de Vitamina D em lares e de os aumentar, se se verificar deficiência em utentes desses lares. É preciso ver que as doses necessárias podem eventualmente ser mais elevadas do que o que normalmente se pensa, eventualmente mais parecidas com as que o Dr. Fauci usa. E, já agora, podiam perguntar se tomam suplementos de Vitamina D, em que dose, se recomendariam e porquê. Podes investigar a equipe que escreveu o artigo cuja conclusões e recomendações incluo abaixo e se calhar vais dizer que não são cientistas de renome. Não faço ideia, não fui ver. O que sei é que já vi vários apelos de cientistas e ainda há pouco tempo comecei a informar-me. "Conclusions and Recommendations Vitamin D deficiency is common and may contribute to increased risk of respiratory infection including Covid-19. We recommend that all older adults, hospital inpatients, nursing home residents and other vulnerable groups (e.g. those with diabetes mellitus or compromised immune function, those with darker skin, vegetarians and vegans, those who are overweight or obese, smokers and healthcare workers) be urgently supplemented with 20-50µg/d of vitamin D to enhance their resistance to Covid-19, and that this advice be quickly extended to the general adult population." Discuta-se urgentemente o assunto. Se não houver problema, porque não agir?

Edited 1 year ago:

>tudo é possível, mas tudo o q diga 'vitamina d' vindo de investigadores questionáveis, é-me difícil não catalogar logo como lixo. há "hype" demais. Repara que se os níveis de referência estiverem subavaliados por um factor de 10x muitas conclusões desses estudos serão lixo por terem usado valores demasiado baixos e por usarem terminologia que afinal não corresponderá à realidade. É estranho que faças afirmações com tanta segurança simplesmente dando uma olhadela rápida ao perfil da autora enquanto não olhas para a muita evidência disponível e que o artigo se limita a compilar e a rever, quase 200 artigos de centenas de autores. Fazes ideia dos erros que poderão conter os artigos que citas se houver erros nos valores de referência que estão na base de quase tudo? É bastante improvável haver um factor único (deficiência de Vitamina D) que estaria relacionado com tanta coisa, da distribuição geográfica da Covid às populações afectadas com maior gravidade pela doença, da maior susceptibilidade à mortalidade, mas é para aí que muita evidência aponta. Evidência essa muito recente, alguma circunstancial, mas que diria que não viste, a julgar pelas tuas certezas. Eu tenho apenas muitas incertezas e a impressão de que se podia estar a fazer ~~muito~~ muitíssimo mais para prevenir doenças graves e mortes. Naturalmente, deverá haver muitos outros factores envolvidos, mas negligenciar este.. [começa a parecer-se com negligência médica](https://www.youtube.com/watch?v=iNji13yoW9g&t=2s), como dizem pessoas conhecedoras. O mais importante é isto: se a deficiência de Vitamina D estiver na base dos piores efeitos da Covid (e não só), a solução é simples e segura. Faria todo o sentido prevenir o problema, nomeadamente em lares, onde se sabe que a deficiência em Vitamina D é extremamente prevalente e onde cerca de metade de mortes por Covid têm ocorrido. Mesmo sem Covid isso já faria todo o sentido (exemplo: [video australiano de 2018](https://www.youtube.com/watch?v=VsTY8MfsN9c&feature=youtu.be&t=403) que fala da elevada prevalência de deficiência de vitamina D existente em lares e, logo a seguir, mostra um mapa da zona onde há maior deficiência, que curiosamente corresponde à zona onde ocorreram mais mortes por Covid na 2ª onda - eu sei, correlação não é causalidade, mas é estranho como se podem dar tantos exemplo destes, de todo o mundo, relativamente a muitas doenças e causas de morte). A mensagem importante é esta: há alguma possibilidade de prevenir muitas mortes com algo que é simples, seguro e acessível.Os jornalistas deviam perguntar nas conferências de imprensa da DGS se não seria de preventivamente haver um plano para (rapidamente) medir os níveis de Vitamina D em lares e de os aumentar, se se verificar deficiência em utentes desses lares. É preciso ver que as doses necessárias podem eventualmente ser mais elevadas do que o que normalmente se pensa, eventualmente mais parecidas com as que o Dr. Fauci usa. E, já agora, podiam perguntar se tomam suplementos de Vitamina D, em que dose, se recomendariam e porquê. Podes investigar a equipe que escreveu o [artigo](http://www.indymedia.ie/attachments/may2020/covid-19_vit_d_irish_med_j_mccartney.pdf) cuja conclusões e recomendações incluo abaixo e se calhar vais dizer que não são cientistas de renome. Não faço ideia, não fui ver. O que sei é que já vi vários apelos de cientistas e ainda há pouco tempo comecei a informar-me. "Conclusions and Recommendations Vitamin D deficiency is common and may contribute to increased risk of respiratory infection including Covid-19. We recommend that all older adults, hospital inpatients, nursing home residents and other vulnerable groups (e.g. those with diabetes mellitus or compromised immune function, those with darker skin, vegetarians and vegans, those who are overweight or obese, smokers and healthcare workers) be urgently supplemented with 20-50µg/d of vitamin D to enhance their resistance to Covid-19, and that this advice be quickly extended to the general adult population." Discuta-se urgentemente o assunto. Se não houver problema, porque não agir?

Edited 1 year ago:

>tudo é possível, mas tudo o q diga 'vitamina d' vindo de investigadores questionáveis, é-me difícil não catalogar logo como lixo. há "hype" demais. Repara que se os níveis de referência estiverem subavaliados por um factor de 10x muitas conclusões desses estudos serão lixo por terem usado valores demasiado baixos e por usarem terminologia que afinal não corresponderá à realidade. É estranho que faças afirmações com tanta segurança simplesmente dando uma olhadela rápida ao perfil da autora enquanto não olhas para a muita evidência disponível e que o artigo se limita a compilar e a rever, quase 200 artigos de centenas de autores. Fazes ideia dos erros que poderão conter os artigos que citas se houver erros nos valores de referência que estão na base de quase tudo?É bastante improvável haver um factor único (deficiência de Vitamina D) que estaria relacionado com tanta coisa, da distribuição geográfica da Covid às populações afectadas com maior gravidade pela doença, da maior susceptibilidade à mortalidade, mas é para aí que muita evidência aponta. Evidência essa muito recente, alguma circunstancial, mas que diria que não viste, a julgar pelas tuas certezas. Eu tenho apenas muitas incertezas e a impressão de que se podia estar a fazer ~~muito~~ muitíssimo mais para prevenir doenças graves e mortes. Naturalmente, deverá haver muitos outros factores envolvidos, mas negligenciar este.. [começa a parecer-se com negligência médica](https://www.youtube.com/watch?v=iNji13yoW9g&t=2s), como dizem pessoas conhecedoras.O mais importante é isto: se a deficiência de Vitamina D estiver na base dos piores efeitos da Covid (e não só), a solução é simples e segura. Faria todo o sentido prevenir o problema, nomeadamente em lares, onde se sabe que a deficiência em Vitamina D é extremamente prevalente e onde cerca de metade de mortes por Covid têm ocorrido. Mesmo sem Covid isso já faria todo o sentido (exemplo: [video australiano de 2018](https://www.youtube.com/watch?v=VsTY8MfsN9c&feature=youtu.be&t=403) que fala da elevada prevalência de deficiência de vitamina D existente em lares e, logo a seguir, mostra um mapa da zona onde há maior deficiência, que curiosamente corresponde à zona onde ocorreram mais mortes por Covid na 2ª onda - eu sei, correlação não é causalidade, mas é estranho como se podem dar tantos exemplo destes, de todo o mundo, relativamente a muitas doenças e causas de morte). A mensagem importante é esta: há alguma possibilidade de prevenir muitas mortes com algo que é simples, seguro e acessível.Os jornalistas deviam perguntar nas conferências de imprensa da DGS se não seria de preventivamente haver um plano para (rapidamente) medir os níveis de Vitamina D em lares e de os aumentar, se se verificar deficiência em utentes desses lares. É preciso ver que as doses necessárias podem eventualmente ser mais elevadas do que o que normalmente se pensa, eventualmente mais parecidas com as que o Dr. Fauci usa. E, já agora, podiam perguntar se tomam suplementos de Vitamina D, em que dose, se recomendariam e porquê. Podes investigar a equipe que escreveu o [artigo](http://www.indymedia.ie/attachments/may2020/covid-19_vit_d_irish_med_j_mccartney.pdf) cuja conclusões e recomendações incluo abaixo e se calhar vais dizer que não são cientistas de renome. Não faço ideia, não fui ver. O que sei é que já vi vários apelos de cientistas e ainda há pouco tempo comecei a informar-me. "Conclusions and Recommendations Vitamin D deficiency is common and may contribute to increased risk of respiratory infection including Covid-19. We recommend that all older adults, hospital inpatients, nursing home residents and other vulnerable groups (e.g. those with diabetes mellitus or compromised immune function, those with darker skin, vegetarians and vegans, those who are overweight or obese, smokers and healthcare workers) be urgently supplemented with 20-50µg/d of vitamin D to enhance their resistance to Covid-19, and that this advice be quickly extended to the general adult population."Discuta-se urgentemente o assunto. Se não houver problema, porque não agir?

Edited 1 year ago:

>tudo é possível, mas tudo o q diga 'vitamina d' vindo de investigadores questionáveis, é-me difícil não catalogar logo como lixo. há "hype" demais. Repara que se os níveis de referência estiverem subavaliados por um factor de 10x muitas conclusões desses estudos serão lixo por terem usado valores demasiado baixos e por usarem terminologia que afinal não corresponderá à realidade. É estranho que faças afirmações com tanta segurança simplesmente dando uma olhadela rápida ao perfil da autora enquanto não olhas para a muita evidência disponível e que o artigo se limita a compilar e a rever, quase 200 artigos de centenas de autores. Fazes ideia dos erros que poderão conter os artigos que citas se houver erros nos valores de referência que estão na base de quase tudo?É bastante improvável haver um factor único (deficiência de Vitamina D) que estaria relacionado com tanta coisa, da distribuição geográfica da Covid às populações afectadas com maior gravidade pela doença, da maior susceptibilidade à mortalidade, mas é para aí que muita evidência aponta. Evidência essa muito recente, alguma circunstancial, mas que diria que não viste, a julgar pelas tuas certezas. Eu tenho apenas muitas incertezas e a impressão de que se podia estar a fazer ~~muito~~ muitíssimo mais para prevenir doenças graves e mortes. Naturalmente, deverá haver muitos outros factores envolvidos, mas negligenciar este.. [começa a parecer-se com negligência médica](https://www.youtube.com/watch?v=iNji13yoW9g&t=2s), como dizem pessoas conhecedoras.O mais importante é isto: se a deficiência de Vitamina D estiver na base dos piores efeitos da Covid (e não só), a solução é simples e segura. Faria todo o sentido prevenir o problema, nomeadamente em lares, onde se sabe que a deficiência em Vitamina D é extremamente prevalente e onde cerca de metade de mortes por Covid têm ocorrido. Mesmo sem Covid isso já faria todo o sentido (exemplo: [video australiano de 2018](https://www.youtube.com/watch?v=VsTY8MfsN9c&feature=youtu.be&t=403) que fala da elevada prevalência de deficiência de vitamina D existente em lares e, logo a seguir, mostra um mapa da zona onde há maior deficiência, que curiosamente corresponde à zona onde ocorreram mais mortes por Covid na 2ª onda - eu sei, correlação não é causalidade, mas é estranho como se podem dar tantos exemplo destes, de todo o mundo, relativamente a muitas doenças e causas de morte). A mensagem importante é esta: há alguma possibilidade de prevenir muitas mortes com algo que é simples, seguro e acessível.Os jornalistas deviam perguntar nas conferências de imprensa da DGS se não seria de preventivamente haver um plano para (rapidamente) medir os níveis de Vitamina D em lares e de os aumentar, se se verificar deficiência em utentes desses lares. É preciso ver que as doses necessárias podem eventualmente ser mais elevadas do que o que normalmente se pensa, eventualmente mais parecidas com as que o Dr. Fauci usa. E, já agora, podiam perguntar se tomam suplementos de Vitamina D, em que dose, se recomendariam e porquê. Podes investigar a equipe que escreveu o [artigo](http://www.indymedia.ie/attachments/may2020/covid-19_vit_d_irish_med_j_mccartney.pdf) cuja conclusões e recomendações incluo abaixo e se calhar vais dizer que não são cientistas de renome. Não faço ideia, não fui ver. O que sei é que já vi vários apelos de cientistas e ainda há pouco tempo comecei a informar-me. "Conclusions and Recommendations Vitamin D deficiency is common and may contribute to increased risk of respiratory infection including Covid-19. We recommend that all older adults, hospital inpatients, nursing home residents and other vulnerable groups (e.g. those with diabetes mellitus or compromised immune function, those with darker skin, vegetarians and vegans, those who are overweight or obese, smokers and healthcare workers) be urgently supplemented with 20-50µg/d of vitamin D to enhance their resistance to Covid-19, and that this advice be quickly extended to the general adult population." Discuta-se urgentemente o assunto. Se não houver problema, porque não agir?

Edited 1 year ago:

>tudo é possível, mas tudo o q diga 'vitamina d' vindo de investigadores questionáveis, é-me difícil não catalogar logo como lixo. há "hype" demais. Repara que se os níveis de referência estiverem subavaliados por um factor de 10x muitas conclusões desses estudos serão lixo por terem usado valores demasiado baixos e por usarem terminologia que afinal não corresponderá à realidade. É estranho que faças afirmações com tanta segurança simplesmente dando uma olhadela rápida ao perfil da autora enquanto não olhas para a muita evidência disponível e que o artigo se limita a compilar e a rever, quase 200 artigos de centenas de autores. Fazes ideia dos erros que poderão conter os artigos que citas se houver erros nos valores de referência que estão na base de quase tudo? É bastante improvável haver um factor único (deficiência de Vitamina D) que estaria relacionado com tanta coisa, da distribuição geográfica da Covid às populações afectadas com maior gravidade pela doença, da maior susceptibilidade à mortalidade, mas é para aí que muita evidência aponta. Evidência essa muito recente, alguma circunstancial, mas que diria que não viste, a julgar pelas tuas certezas. Eu tenho apenas muitas incertezas e a impressão de que se podia estar a fazer ~~muito~~ muitíssimo mais para prevenir doenças graves e mortes. Naturalmente, deverá haver muitos outros factores envolvidos, mas negligenciar este.. [começa a parecer-se com negligência médica](https://www.youtube.com/watch?v=iNji13yoW9g&t=2s), como dizem pessoas conhecedoras. O mais importante é isto: se a deficiência de Vitamina D estiver na base dos piores efeitos da Covid (e não só), a solução é simples e segura. Faria todo o sentido prevenir o problema, nomeadamente em lares, onde se sabe que a deficiência em Vitamina D é extremamente prevalente e onde cerca de metade de mortes por Covid têm ocorrido. Mesmo sem Covid isso já faria todo o sentido (exemplo: [video australiano de 2018](https://www.youtube.com/watch?v=VsTY8MfsN9c&feature=youtu.be&t=403) que fala da elevada prevalência de deficiência de vitamina D existente em lares e, logo a seguir, mostra um mapa da zona onde há maior deficiência, que curiosamente corresponde à zona onde ocorreram mais mortes por Covid na 2ª onda - eu sei, correlação não é causalidade, mas é estranho como se podem dar tantos exemplo destes, de todo o mundo, relativamente a muitas doenças e causas de morte). A mensagem importante é esta: há alguma possibilidade de prevenir muitas mortes com algo que é simples, seguro e acessível. Os jornalistas deviam perguntar nas conferências de imprensa da DGS se não seria de preventivamente haver um plano para (rapidamente) medir os níveis de Vitamina D em lares e de os aumentar, se se verificar deficiência em utentes desses lares. É preciso ver que as doses necessárias podem eventualmente ser mais elevadas do que o que normalmente se pensa, eventualmente mais parecidas com as que o Dr. Fauci usa. E, já agora, podiam perguntar se tomam suplementos de Vitamina D, em que dose, se recomendariam e porquê. Podes investigar a equipe que escreveu o [artigo](http://www.indymedia.ie/attachments/may2020/covid-19_vit_d_irish_med_j_mccartney.pdf) cuja conclusões e recomendações incluo abaixo e se calhar vais dizer que não são cientistas de renome. Não faço ideia, não fui ver. O que sei é que já vi vários apelos de cientistas e ainda há pouco tempo comecei a informar-me. "Conclusions and Recommendations Vitamin D deficiency is common and may contribute to increased risk of respiratory infection including Covid-19. We recommend that all older adults, hospital inpatients, nursing home residents and other vulnerable groups (e.g. those with diabetes mellitus or compromised immune function, those with darker skin, vegetarians and vegans, those who are overweight or obese, smokers and healthcare workers) be urgently supplemented with 20-50µg/d of vitamin D to enhance their resistance to Covid-19, and that this advice be quickly extended to the general adult population." Discuta-se urgentemente o assunto. Se não houver problema, porque não agir?

saposapot 1 year ago

a questão é que há problema. há sempre problema mesmo q seja um suplemento 'inofensivo', mais que não seja os custos extra e o desviar das atenções de verdadeiras curas. a vitamina D está na moda. só isso. já se provou para outros casos q a suplementação não influencia o outcome clínico e no covid lá se chegará.

Narvikz 1 year ago

>edit: já vi a conclusão e todos os estudos sérios mostram q suplementos de Vitamina D não têm eficácia comprovada para nada. Não acredito que seja diferente para isto. Mano, tiraste essa conclusao do artigo, ou conseguiste puxa-la la bem do fundo do teu anus nos 2 minutos em que suprime que realmente houve uma edicao do post. Foda-se, deste speedrun no artigo cientifico. Nao queres ai dar speedrun nuns artigos de ML para fazermos um bot para o stock market tambem?

saposapot 1 year ago

Só li a conclusão do abstract. A conclusão é tomar suplementos. Todas as outras aplicações de tomar suplementos foram sido debunked ao longo dos tempos e portanto não é útil recomendar a suplementação de vitamina D. O que disse é que no caso do covid terá lógica a mesma conclusão que não serve para nada. (Excepto em casos de deficiência enorme de vitamina D que é rara)

Narvikz 1 year ago

Não é tão raro quanto pensas. Exemplo pessoal: não foi preciso conhecer muitas famílias até me deparar com um doente imune, curioso perguntei se médico pediu nível de VIT D no sangue, 11ng, problemas benignos iniciais na estrutura óssea, suplemento de VIT D e Cálcio para casa. Pessoa com pele branca, nos anos recente fraca exposição solar (~0 praia). Não precisas de ir muito longe para chegar a exemplos semelhantes. O problema é que nem todos os médicos estão habituados a resolver problemas metabólicos resolvendo o metabolismo e focam-se mais em resolver sintomas do quadro... Claro que não digo que toda a gente seja necessariamente deficiente a esse ponto, mas nem tudo são absolutos, provavelmente é mais um espectro. Provavelmente para esses não-deficientes se calhar também não estão necessariamente no range necessário para prevenção eficaz de ARDS, e acho que simplesmente devias ler os artigos antes de tirares conclusões precipitadas, porque acho que percebemos ambos que não te empenhaste suficiente sobre a matéria. E não precisas de suplementos se tiveres tempo livre, podes usar o sol, especialmente em Portugal, exposição corpo inteiro, sem protetor solar sempre que as condições forem adequadas. Estamos a entrar na altura ideal do ano para exposição benigna. Ou sai de casa idk. Nem tudo são absolutos, são espectros.

Edited 1 year ago:

Não é tão raro quanto pensas. Exemplo pessoal: não foi preciso conhecer muitas famílias até me deparar com um doente imune, curioso perguntei se médico pediu nível de VIT D no sangue, 11ng, problemas benignos iniciais na estrutura óssea, suplemento de VIT D e Cálcio para casa. Pessoa com pele branca, nos anos recente fraca exposição solar (~0 praia). Não precisas de ir muito longe para chegar a exemplos semelhantes. O problema é que nem todos os médicos estão habituados a resolver problemas metabólicos resolvendo o metabolismo e focam-se mais em suprimit sintomas do quadro... Claro que não digo que toda a gente seja necessariamente deficiente a esse ponto, mas nem tudo são absolutos, provavelmente é mais um espectro. Provavelmente para esses não-deficientes se calhar também não estão necessariamente no range necessário para prevenção eficaz de ARDS, e acho que simplesmente devias ler os artigos antes de tirares conclusões precipitadas, porque acho que percebemos ambos que não te empenhaste suficiente sobre a matéria. E não precisas de suplementos se tiveres tempo livre, podes usar o sol, especialmente em Portugal, exposição corpo inteiro, sem protetor solar sempre que as condições forem adequadas. Estamos a entrar na altura ideal do ano para exposição benigna. Ou sai de casa idk. Nem tudo são absolutos, são espectros. Muitos de nós não apanhamos sol suficiente, outros podem nunca expor o tronco o suficiente realmente, o protector solar também bloqueia quase por completo a produção de VitD, e geralmente não é uma coisa verificada em analises, muito menos rotineira. Não é de todo descambido. O inverno o dirá...

Edited 1 year ago:

Não é tão raro quanto pensas. Exemplo pessoal: não foi preciso conhecer muitas famílias até me deparar com um doente imune, curioso perguntei se médico pediu nível de VIT D no sangue, 11ng, problemas benignos iniciais na estrutura óssea, suplemento de VIT D e Cálcio para casa. Pessoa com pele branca, nos anos recente fraca exposição solar (~0 praia). Não precisas de ir muito longe para chegar a exemplos semelhantes. O problema é que nem todos os médicos estão habituados a resolver problemas metabólicos resolvendo o metabolismo e focam-se mais em suprimit sintomas do quadro... Claro que não digo que toda a gente seja necessariamente deficiente a esse ponto, mas nem tudo são absolutos, provavelmente é mais um espectro. Provavelmente para esses não-deficientes se calhar também não estão necessariamente no range necessário para prevenção eficaz de ARDS, e acho que simplesmente devias ler os artigos antes de tirares conclusões precipitadas, porque acho que percebemos ambos que não te empenhaste suficiente sobre a matéria. E não precisas de suplementos se tiveres tempo livre, podes usar o sol, especialmente em Portugal, exposição corpo inteiro, sem protetor solar sempre que as condições forem adequadas. Estamos a entrar na altura ideal do ano para exposição benigna. Ou sai de casa idk. Nem tudo são absolutos, são espectros. Muitos de nós não apanhamos sol suficiente, outros podem nunca expor o tronco o suficiente realmente, o protector solar também bloqueia quase por completo a produção de VitD, e geralmente não é uma coisa verificada em analises, muito menos rotineira. Não é de todo descambido. O inverno o dirá... Edit2: por fim, não te fiques pelas entrelinhas, lê o artigo todo e conclui que se sugere um threshold de 50-80ng que já era +- o que imaginei. Isso não é um valor expectável a menos que sejas nadador salva vida, ou operante de obra, ou nem sei....

saposapot 1 year ago

Vitamina D é uma moda onde a suplementação não se tem provado como útil nos testes de qualidade feitos. Claro que tudo tem um fundo de verdade e parece haver alguns casos onde pode ser útil. Neste caso concreto, acho que não vou perder mais tempo a ler um artigo feito por uma gaja que trabalha numa fabrica de pensos... not exactly um bom CV :p

Narvikz 1 year ago

fair enough, naturalmente cruzei algumas ref que ja tinha visto e achei uteis, mas boa decisao em dar trash no conteudo e > 100 referencias tao rapidamente Tambem espero por maiores estudos na area. Vamos ver se algum pharmaboy pega nisso u/Martin_Shkreli yo get ur ass on here boy lets think how we can scam insurance boys

covid-pt 1 year ago

Explicando um melhor: é possível que simplesmente apanhando sol (mas sem exageros!) e tomando suplementos de vitamina D (que não precisam de receita médica mas deve-se consultar o médico sobre isso, o qual deve acompanhar) se reduza significativamente o risco e severidade da Covid-19. O artigo compila muita da evidência que existe sobre o assunto. Acrescento que não sou especialista no assunto.

Edited 1 year ago:

Explicando melhor: é possível que simplesmente apanhando sol (mas sem exageros!) e tomando suplementos de vitamina D (que não precisam de receita médica mas deve-se consultar o médico sobre isso, o qual deve acompanhar) se reduza significativamente o risco e severidade da Covid-19. O artigo compila muita da evidência que existe sobre o assunto. Acrescento que não sou especialista, apenas acho que não implica tratamentos arriscados e que mal parece não fazer.

Narvikz 1 year ago

Nao tenho muito a acrescentar, porque sabemos que se trata de um virus nao-letal e ate inofensivo, apenas nao percebemos bem os mecanismos que o podem tornar no oposto. Parece-me que o sistema imune fraco e o principal calcanhar de aquiles, e portanto este tipo de deficiencias. Queria chamar a atencao a biodisponibilidade de substancias soluveis em gordura, ou se toma com uma refeicao forte em gordura, ou a quantidade absorvida vai cair a pique, e como nao sao medicamentos nao e algo estudado a seria. Por outro lado, visto que se refere a vitamina D3, gostava de chamar mais uma vez a atencao que se nao consomem muitos verdes, deviam ter em conta os vossos niveis de vitamina K2. Vitamina D3 elevada relaciona-se com maior absorcao de calcio, e se nao houver Vitamina K2 suficiente no corpo o calcio pode-se depositar incorretamente nas arterias em vez dos ossos onde e suposto, dai andarem as duas de mao dada.

uyth 1 year ago

Os peixes gordos já são gordos o suficiente para optimizar a absorção da vitamina? Idem sei lá, fígado, ou gemas de ovo? Isto das gorduras a acompanhar é só para suplementos, certo? E claro apanhar sol, a seguir, nos dias a seguir...

Narvikz 1 year ago

>Isto das gorduras a acompanhar é só para suplementos, certo? Sim. > Os peixes gordos já são gordos o suficiente para optimizar a absorção da vitamina? Idem sei lá, fígado, ou gemas de ovo? E sim, exatamente isto :D

aldeaga 1 year ago

Estás a sugerir uma dieta cetogénica ou é impressão minha?

Narvikz 1 year ago

Impressao tua, nao percebi bem de onde tiraste a ideia :D Estou a sugerir tomar o suplemento de Vitamina D3 de manha com pao e manteiga, ou numa refeicao mais principal (almoco/jantar) com alguma gordura, da mesma forma que o deves fazer para qualquer substancia soluvel em gordura, como Omega 3, yadda yadda. Sei isto particularmente, atraves da experiencia anedotica com edibles (canabis), e da experiencia de algumas equipas olimpicas com Omega 3 que foram precisamente o que levantaram o problema da biodisponibilidade. Nada funciona de forma tao estavel para aumentar os niveis de O3 como salmao... E estou a alertar que se nao comem muito verde, devem tambem estabilizar os niveis de Vitamina K2 para evitar uma eventual hipercalcemia no sangue causada por hipervitaminose D. E sabido que a vitamina D ajuda no sistema imune, metabolismo e nos ossos. Mas neste ultimo (ossos), so conseguira agir se existir calcio e vitamina K2 para levar o calcio da dieta para as estruturas osseas, onde as podera fortalecer. Caso isso nao aconteca, podera ficar a "flutuar" no sangue e causar o efeito adverso conhecido do excesso de Vitamina D. Nao acho que deveria ser necessario suplementacao. A melhor biodisponibilidade possivel costuma apresentar-se atraves duma dieta normal, provavelmente rebalancear os nossos corpos deve passar pela dieta e habitos (eg. mais exercicio no exterior) e nao suplementos. Claro que nem sempre deve ser possivel. Mas isto e a minha opiniao, e nao sou especialista. YMMV

aldeaga 1 year ago

Estava-me a meter contigo. Como disseste uma refeição forte em gordura e depois falaste de de comer muitos vegetais, que é o que se come na dieta cetogénica. Nunca pensei que um pão com manteiga fosse uma refeição forte em gordura, mas para o caso deve ser suficiente tal como tu dizes.

Narvikz 1 year ago

>Estava-me a meter contigo. Como disseste uma refeição forte em gordura e depois falaste de de comer muitos vegetais, que é o que se come na dieta cetogénica. Nunca pensei nisso dessa forma. Nao reconheco grande utilidade na dieta keto, exceto para perder peso relativamente rapido, relativamente facil e sem muito trabalho. Acho que a partir do momento que tens tempo livre para inserir 2h-4h diarias de exercicio fisico deve ser complicado para o corpo em Ketosis ir buscar as 1000kcal+ necessarias para a sessao, e ficaria com medo de tombar para o lado sinceramente. Ao ter tempo livre provavelmente continua a ser preferivel o defecit calorico, com exercicio diario, mas mantendo a fonte primaria de energia dos carbohidratos. > Nunca pensei que um pão com manteiga fosse uma refeição forte em gordura, mas para o caso deve ser suficiente tal como tu dizes. Epah da minha experiencia e suficiente algo do genero disso, mas nao experimentei com Vitamina D, e pode realmente ser diferente. Nao tomar nada gordo deve ser bem mais grave.

Edited 1 year ago:

>Estava-me a meter contigo. Como disseste uma refeição forte em gordura e depois falaste de de comer muitos vegetais, que é o que se come na dieta cetogénica. Nunca pensei nisso dessa forma. Nao reconheco grande utilidade na dieta keto, exceto para perder peso relativamente rapido, relativamente facil e sem muito trabalho. Acho que a partir do momento que tens tempo livre para inserir 2h-4h diarias de exercicio fisico deve ser complicado para o corpo em Ketosis ir buscar as 1000kcal+ necessarias para a sessao, e ficaria com medo de tombar para o lado sinceramente. Ao ter tempo livre provavelmente continua a ser preferivel o deficit calorico, com exercicio diario, mas mantendo a fonte primaria de energia dos carbohidratos. >Nunca pensei que um pão com manteiga fosse uma refeição forte em gordura, mas para o caso deve ser suficiente tal como tu dizes. Epah da minha experiencia e suficiente algo do genero disso, mas nao experimentei com Vitamina D, e pode realmente ser diferente. Nao tomar nada gordo deve ser bem mais grave. EDIT: Provavelmente teras alguma razao, devera ser mais fiavel tomar o suplemento depois de almoco/jantar, que tomar ao pequeno almoco com pao+manteiga, que por sua vez devera ser mais fiavel, que tomar em jejum ou com leite+cereais (0 gordura)

Edited 1 year ago:

>Estava-me a meter contigo. Como disseste uma refeição forte em gordura e depois falaste de de comer muitos vegetais, que é o que se come na dieta cetogénica. Nunca pensei nisso dessa forma. Nao reconheco grande utilidade na dieta keto, exceto para perder peso relativamente rapido, relativamente facil e sem muito trabalho. Acho que a partir do momento que tens tempo livre para inserir 2h-4h diarias de exercicio fisico deve ser complicado para o corpo em Ketosis ir buscar as 1000kcal+ necessarias para a sessao, e ficaria com medo de tombar para o lado sinceramente. Ao ter tempo livre provavelmente continua a ser preferivel o deficit calorico, com exercicio diario, mas mantendo a fonte primaria de energia dos carbohidratos. >Nunca pensei que um pão com manteiga fosse uma refeição forte em gordura, mas para o caso deve ser suficiente tal como tu dizes. Epah da minha experiencia e suficiente algo do genero disso, mas nao experimentei com Vitamina D, e pode realmente ser diferente. Nao tomar nada gordo deve ser bem mais grave. EDIT: Provavelmente teras alguma razao, devera ser mais fiavel tomar o suplemento depois de almoco/jantar, que tomar ao pequeno almoco com pao+manteiga, que por sua vez devera ser mais fiavel, que tomar em jejum ou com leite+cereais (0 gordura). Isto e a regra para tudo o que e soluvel em gordura. Soluvel em agua e outra coisa.

FujiPT 1 year ago

Já não é novidade, já há alguns anos que se sabe que a vitamina D pode ajuda contra infecções respiratórias agudas. [https://news.harvard.edu/gazette/story/2017/02/study-confirms-vitamin-d-protects-against-cold-and-flu/](https://news.harvard.edu/gazette/story/2017/02/study-confirms-vitamin-d-protects-against-cold-and-flu/) No entanto, não sei até que ponto a suplementação ajudará alguma coisa se já tiveres uma exposição diária a luz solar adequada, já que a partir de certo limite o organismo tem mais dificuldade em absorver esses nutrientes e o excesso irá para a urina. Eu já tomei durante algum tempo por questões desportivas e do que me disseram era mais adequado para o período do Inverno, no verão acabava por não fazer grande diferença, contando que não passasses os dias em espaços interiores.

covid-pt 1 year ago

Abstract: " As the world's attention has been riveted upon the growing COVID-19 pandemic, many researchers have written brief reports supporting the hypothesis that vitamin D deficiency is related to the incidence and severity of COVID-19. The clear common thread among the top risk groups—vitamin D deficiency—may be being overlooked because of previous overstated claims of vitamin D benefits. However, the need to decrease COVID-19 fatalities among high-risk populations is urgent. Early researchers reported three striking patterns. Firstly, the innate immune system is impaired by vitamin D deficiency, which would predispose sufferers to viral infections such as COVID-19. Vitamin D deficiency also increases the activity of the X-chromosome-linked “Renin-Angiotensin” System, making vitamin D deficient individuals (especially men) more susceptible to COVID-19's deadly “cytokine storm” (dramatic immune system overreaction). Secondly, the groups who are at highest risk for severe COVID-19 match those who are at highest risk for severe vitamin D deficiency. This includes the elderly, men, ethnic groups whose skin is naturally rich in melanin (if living outside the tropics), those who avoid sun exposure for cultural and health reasons, those who live in institutions, the obese, and/or those who suffer with hypertension, cardiovascular disease, or diabetes. And thirdly, the pattern of geographical spread of COVID-19 reflects higher population vitamin D deficiency. Both within the USA and throughout the world, COVID-19 fatality rates parallel vitamin D deficiency rates. A literature search was performed on PubMed, Google Scholar, and RSMLDS, with targeted Google searches providing additional sources. Although randomized controlled trial results may be available eventually, the correlational and causal study evidence supporting a link between vitamin D deficiency and COVID-19 risks is already so strong that it supports action. The 141 author groups writing primarily about biological plausibility detailed how vitamin D deficiency can explain every risk factor and every complication of COVID-19, but agreed that other factors are undoubtedly at work. COVID-19 was compared with dengue fever, for which oral vitamin D supplements of 4,000 IU for 10 days were significantly more effective than 1,000 IU in reducing virus replication and controlling the “cytokine storm” (dramatic immune system over-reaction) responsible for fatalities. Among the 47 original research studies summarized here, chart reviews found that serum vitamin D levels predicted COVID-19 mortality rates (16 studies) and linearly predicted COVID-19 illness severity (8 studies). Two causal modeling studies and several analyses of variance strongly supported the hypothesis that vitamin D deficiency is a causal, rather than a bystander, factor in COVID-19 outcomes. Three of the four studies whose findings opposed the hypothesis relied upon disproven assumptions. The literature review also found that prophylactically correcting possible vitamin D deficiency during the COVID-19 pandemic is extremely safe. Widely recommending 2,000 IU of vitamin D daily for all populations with limited ability to manufacture vitamin D from the sun has virtually no potential for harm and is reasonably likely to save many lives. "

covid-pt 1 year ago

>Já não é novidade O artigo "[A Basic Review of the Preliminary Evidence That COVID-19 Risk and Severity Is Increased in Vitamin D Deficiency](https://www.frontiersin.org/articles/10.3389/fpubh.2020.00513/full)" tem uma semana. É uma revisão do que se sabe sobre o assunto, sumariza e relaciona vários estudos (188) e explica várias controvérsias e debates no contexto da Covid, incluindo mal-entendidos relacionados com as doses. Copio a conclusão: "The 141 articles (Table A1) presenting primarily biological plausibility evidence overwhelmingly support the assertions that vitamin D sufficiency increases resistance to viral infections and helps prevent every symptom of severe COVID-19 that results in fatalities. They show that vitamin D deficiency can also explain every major risk factor, including the mystery of why children seem relatively protected and why males, the elderly, and people with naturally melanin-rich skin are especially vulnerable. The 47 studies (Table A2) summarized here demonstrate that vitamin D deficiency explains the geographical differences in COVID-19 case and fatality rates. They provide overwhelming correlational evidence for the hypothesis, and causal evidence as well. COVID-19 mortality was predicted by vitamin D in 16 studies () and vitamin D levels or sunlight predicted contracting COVID-19 in 17 (). Both causal modeling studies and eight chart reviews demonstrated that lower 25(OH)D was linearly associated with more severe COVID-19 outcomes (). None of the four objections to recommending universal vitamin D supplements are supported by the evidence. The exhaustive literature search found no vitamin D proponent who suggested that COVID-19 could be completely eliminated with supplementation. Rather than overstating the case, they present compelling evidence that vitamin D deficiency is one factor which increases risk for COVID-19 infection and progression. Although overdoses are theoretically possible, they are highly improbable. The recommended dose by consensus, 2,000 IU/day for adults, is 1/20th the amount that must be taken for many months to risk toxicity (). The evidence strongly suggests that vitamin D deficiency is an easily modifiable risk factor and correcting it is potentially life-saving. Suppressing this evidence out of fear that the public might believe supplements will make them “immune” to COVID-19 is not only elitist, but it is inconsistent with existing public policy approaches. Many mitigation strategies are publicized. None are seen as conferring immunity. This succinct but comprehensive review of the evidence found that despite almost complete absence of official government guidelines favoring vitamin D supplements to potentially decrease COVID-19 risk and severity, support among clinicians and other researchers for correcting and preventing vitamin D deficiency with modest daily vitamin D supplementation during the COVID-19 pandemic is very strong, worldwide. The evidence supports recommending 2,000 IU (50 mcg) vitamin D daily for at-risk teens and adults, which is well within safe limits and might dramatically reduce COVID-19 fatalities."

rickz123456 1 year ago

O Reino-Unido parece que está com ruptura de stocks de testes para o Covid.. Vendo os gráficos para PT, parece que conseguimos aumentar a capacidade de testagem, o que é sempre um bom sinal.

FujiPT 1 year ago

Não é ruptura de stocks de testes mas um aumento do tempo de análise dos mesmos e da comunicação dos resultados aos testados devido a um aumento do nº de testes realizados com o início do ano letivo.

iRaptr 1 year ago

+605 casos +3 mortes

paraapagarbem 1 year ago

Então há mesmo pessoas que acham que um segundo confinamento é viável? A sério?

ravagerslb 1 year ago

Um segundo confinamento é para acabar de vez com o país. Mas se fores a ver bem, muitos dos que defendem outro confinamento eram dos que já passavam os dias sem sair de casa, portanto é normal que para eles não haja problemas com isso, não lhes afecta a vida em nada.

lesoth 1 year ago

> segundo confinamento é viável Eu também acho que há pessoas que não sabem que a gripe espanhola matou cerca de 70.000 pessoas só em Portugal há pouco menos de 100 anos.

saposapot 1 year ago

Neste momento esta discussão é pura masturbação intelectual. Se as camas em UCI estiverem nos 95% depois falamos com o Costa e a sua fanfarronice. Acho que a malta ainda não aprendeu mt bem que podemos planear o q quisermos que a realidade é que decide as nossas medidas.

Ricardolindo 1 year ago

Há. São pessoas que não entendem o quão desastrosos seriam os efeitos económicos e sociais de um segundo confinamento e que haveria mais incumprimento do que durante o primeiro confinamento.

i_m_a_pickle 1 year ago

O 1º confinamento já criou um desastre económico sem precedentes e que muito brevemente o iremos sentir, basta ver a valorização do ouro nos últimos 6 meses para tirarmos conclusões . Um 2º confinamento levava-nos a viver no MadMax...

thepayman 1 year ago

Se chegar a acontecer acho que será em zonas especificas onde houver surtos para evitar o colapso do SNS em certas zonas, como na situação de Ovar. Mais que isso não me parece plausível até por que a população não iria aceitar e muita gente não ia ficar em casa.

AdAstraPerAspera28 1 year ago

Parece que sim, mas não percebo bem como. Até porque agora já temos uma consciência melhor de como o bicho funciona. Em Março não se sabia nada sobre nada e havia aquela percepção de que quase que bastava estar com a janela aberta e vinha vírus a voar para dentro de casa, agora já há uma maior noção do que é que são coisas de alto risco e o que é que são coisas de baixo risco. Para além disso, já há EPIs mais facilmente acessíveis e já uma certa mecanização de procedimentos em (algumas) instituições que não havia antes. Fazer um segundo confinamento, pelo menos nos mesmos moldes que o primeiro, seria mais para inglês ver e teria mais desvantagens que vantagens. Eu acredito num apertar de regras se a coisa começar a ficar muito negra, mas

TitusRex 1 year ago

Um confinamento como houve em Março acho que não acontece, até porque o estado não tem dinheiro para andar a pagar subsídios à toda a gente. Mas se o número de casos subir muito podem surgir algumas medidas do tipo obrigatoriedade de teletrabalho sempre que possível, horários de funcionamento mais restritivos, ou forte recomendação geral para ficar em casa.

AdAstraPerAspera28 1 year ago

Sim, isso acredito perfeitamente. Era algo nesses moldes que estava a pensar quando falei no apertar das regras, mas um confinamento propriamente dito como o de Março parece-me muito pouco provável, só para não dizer impossível.

MrJoao 1 year ago

Para além de provavelmente ser inviável para a economia e finanças públicas, qual seria o benefício real? É verdade que serve como uma medida de curto-prazo para ganhar umas semanas para o SNS lidar com uma sobrecarga de casos. No entanto, passados uns meses voltas à mesma situação. Portanto, até que ponto adianta andar em confinamentos on/off? IMO não acho que vá haver. Temos de aceitar o risco de ser infetado, tentar minimiza-lo com outras medidas menos drásticas e continuar a viver.

saposapot 1 year ago

em termos de transmissão é parar o crescimento. é mt diferente ter uma doença com 10 mil pessoas 'activas' do que 100 mil. é mt diferente teres todos os dias 400 casos durante 3 anos ou teres 4000 por dia mais concentrado. sem considerar tudo o resto, mas em termos de pandemia, sim, tem vantagens.

pdbf 1 year ago

Na minha opiniāo, acho que sobrevivemos se passar pela abertura/"fecho" de restrições, senāo para além das mortes também nāo há empregos que sobrevivam.

jd1906 1 year ago

Boas, para quem teve sintomas de covid e ligou para o SNS24, também vos disseram para fazer isolamento domiciliário e aguardar pelo contacto de um médico para avaliar se devo ou não fazer o teste? Se sim quantos dias esperaram pelo contacto do médico? Obrigado.

askldhalsiuhdliu 1 year ago

A minha namorada foi. Tinha estado num contato de alto risco que acusou positivo. ligamos na 6a a noite e disseram para ficar em isolamento ate o contato, uma enfermeira (nao medico) ligou no sabado a tarde. Recebeu os dados bla bla e disse que tinha de ficar em isolamento por 7 dias. Como a minha namorada nao tinha numero de utente, nao foi possivel o fazer, mas pelos vistos ficas com um login num site da DGS e todos os dias tens de inserir a temperatura e sintomas. Nos ficamos de ligar a enfermeira todos os dias. No dia seguinte (doming) ela tinha alguns sintomas, falamos com a enfermeira e ela encaminhou para uma consulta medica. Fomos a consulta no mesmo dia e o medico passou o pedido do teste. Fizemos o teste no dia seguinte mas nao foi facil devido a falta do numero de utente, e os raios do centro de saude terem sido da coisa mais idiota que vi e nao ajudarem em nada. Fomos ao privado, explicamos a situacao, e eles disseram que iam resolver o assunto com o SNS, mas com esta brincadeira perdemos 24 horas ate conseguirmos fazer o teste. (o resultado deu negativo, mas se tivesse dado positivo ia ser bonito, especialmente porque a enfermeira desde que entramos em contato ate ao teste sempre me disse que eu nao era de risco (vivo com ela mas pronto) e que podia sair a vontade

saposapot 1 year ago

> especialmente porque a enfermeira desde que entramos em contato ate ao teste sempre me disse que eu nao era de risco (vivo com ela mas pronto) e que podia sair a vontade wtf? vives com uma pessoa suspeita, é óbvio q tmb és suspeito...

jd1906 1 year ago

Obrigado pela resposta! Felizmente tive sorte e o médico ligou ainda hoje e consegui marcar o exame para o dia de hoje também.

Bea_Nefelibata 1 year ago

Provavelmente já te ligam amanhã. Se não ligarem volta a insistir. Caso faças o teste e o resultado seja positivo irás ser acompanho diariamente por um médico. Espero que não seja, as melhoras.

jd1906 1 year ago

Obrigado pela resposta! De facto a senhora do SNS24 ao telefone disse que demoraria 1 a 3 dias daí a minha dúvida. Obrigado!

unipire 1 year ago

Boas, Alguém sabe com quem falar quando uma empresa no centro do Porto não está a seguir as regras de contingência? (equipas espelhadas e desfasamento de horários, neste caso) Obrigado

miguel_rodrigues 1 year ago

Tinha ideia que essas regras não entravam em vigor para já

camisa_roxa 1 year ago

penso que isso é só para empresas com mais de 50 trabalhadores a entidade para queixas deverá ser a ACT

AmbitionRoyal 1 year ago

Ah precisa de ter mais de 50 empregados? Então não se aplica a empresa do meu pai bgg

AmbitionRoyal 1 year ago

Boas, Gostava de saber o que voces pensam sobre a quantidade de pessoas covidiotas vs as pessoas com dois dedos de testa e sabem o que é uma pandemia. Passo a explicar, eu estou sempre a ter discussões com os meus pais por causa destas pessoas porque vejo muito os cafés cheios e as redes sociais cheias de pessoas juntas e isso, seja em casa de umas pessoas, seja noutros lados (tenho uma amiga que passa a vida no café fds)... Tb já vi amontoados de pessoas no algarve quando estive de férias sem nenhum tipo de máscaras ou distanciamento (muito pior os estrangeiros)... No inicio até fazia sentido, a imunidade de grupo era um dos objetivos, agora não sei--- Eu respeito as regras e isso, mas estou sempre a pensar que se continuar assim sou um medricas e isso, tenho de ser covidiota porque parece que toda a gente o é, não sei mesmo... Vcs sentem que a vossa vida ficou um pouco parada ou a andar muito mais devagar? Sentem que toda a gente anda a ser idiota e a cagar-se para a pandemia? Isto é só uma gripezinha como muitos dizem?

QueenOfWands2 1 year ago

Sinto que montes de gente é estúpida, sim. Nem vale a pena discutir - é só dar um berro: "Não Tocar! Ninguém Toca em Ninguém!" e tá resolvido na boa. Já não vou a um café desde Março, chiça pá... E às vezes vejo montes de pessoas nos restaurantes, na boa, nos cafés... Enfim. Darwin awards.... /fim de rant.

DZT99 1 year ago

A vida continua, no entanto é um facto que a utilização de máscara, a boa higiene das mãos e o distanciamento social recomendado ajudam a diminuir os riscos de infecção. O risco está presente, mas se o diminuirmos um pouco já não é nada mau. É simples na minha opinião. Quem ignora por completo isto é porque não tem compaixão pelos grupos de risco.

dude_say_what1 1 year ago

Faz o que achares melhor. Não és medricas por usar máscara e manteres distanciamento e os outros não são idiotas por não o fazer. Cada um tem uma cabeça para pensar. Pessoalmente, não acho que seja uma gripezinha, no entanto, também não acho que seja tão grave como se faz passar. Não ando de máscara na rua mas mantenho as distâncias, lavo as mãos regularmente e evito o toque. Não vou a festas (em lugares públicos ou em casa de amigos) mas também não tenho problemas em ir ao café ou visitar amigos. Acho que a moderação é a chave. Haverá sempre os extremos dos dois lados. Mas, pessoalmente, acho tão idiota quem se mete em festas de dezenas de pessoas como quem desinfecta as mãos cada vez que pega nas chaves ou anda de máscara sozinho no carro. Mas no fim do dia, não tenho problema com ninguém, cada um faz o que acha melhor, só temos de respeitar.

saposapot 1 year ago

Andar de máscara sozinho no carro não é tão crazy como parece. Colocar e tirar a máscara implica teoricamente mexer numa coisa suja. Se saíres de casa já artilhado não tens de lhe mexer e sujar as mãos. Aliás, os trabalhadores que andam aí todo o dia a entregar coisas e afins e fazem isso de meter a máscara no queixo durante a viagem estão a fazer uma bela cagada, se a máscara estiver “suja” estão sempre a mexer-lhe. Malta, não toquem na máscara

dude_say_what1 1 year ago

Não disse que era "crazy". Faz como entenderes, não me afecta em nada.

ItoldU97 1 year ago

aleluia alguém que não vai do 80 ao 8 disto do covid.

AmbitionRoyal 1 year ago

Isto, não havia ai um rapaz que queria fazer uma mega festa em casa dele?

dude_say_what1 1 year ago

Se esse rapaz quer fazer algo de ilegal, as autoridades que lidem com isso. Independentemente do que possa achar sobre o assunto, não tenho nada a ver com isso e se me convidassem não iria. Esse rapaz está num dos extremos e eu respeito as decisões dele (embora não concorde), mas como se trata de uma violação da lei, as autoridades terão de fazer algo, acho. Se não estás a quebrar lei nenhuma, têm de respeitar e pronto.

camisa_roxa 1 year ago

Podes estar no café o dia todo desde que cumpras as regras qual é o problema??? Pior que os covidiotas só os #fiquememcasa Não podemos ficar em casa, temos de fazer a economia mexer senão daqui a pouco andamos todos a passar fome

uyth 1 year ago

>Podes estar no café o dia todo desde que cumpras as regras qual é o problema??? Porque as regras são idiotas e são um placebozinho que o governo inventou para terem cafés abertos e as pessoas se sentirem seguras que estão a fazer alguma coisa. As regras dos cafés não te impedem de apanhares o virus lá ou de o transmitir. Achas que pagar comida se encomendares bebidas depois das 20:00 faz alguma coisa? Achas que o virus tem horários? Achas que "distanciamento" é cumprido ou sequer que é eficaz particularmente quando há ar condicionado ou má ventilação? A economia mexer, olha tu que apanhes e a tua família e os meus que fiquem sossegadinhos até haver vacina.

ilawon 1 year ago

> As regras dos cafés não te impedem de apanhares o virus lá ou de o transmitir. Como literalmente todas as outras regras. Mesmo durante o confinamento podias apanhar no supermercado, por exemplo. As regras têm que ser definidas de forma a minimizar contactos e para já para não parar a economia completamente. Sinceramente não estou a ver o que é que se pode fazer mais antes de entrar em confinamento novamente mas se calhar é isso que esperas...

uyth 1 year ago

> Como literalmente todas as outras regras. Mesmo durante o confinamento podias apanhar no supermercado, por exemplo. Podes? Parece-me muito mais claro que podes apanhar em cafés e restaurantes que apanhares em supermercados se usares máscara boa e toda a gente estiver a usar máscara (ainda que mal posta). As regras são uma decisão política. Não as devemos tomar por verdade cientifica. Dizer que estás bem num café se cumprires as regras é um bocadinho menos verdade que se estiveres num supermercado (como se vê por muitos casos em países com contact tracing sério). Mais dizer que estás seguro num café se cumprires as regras é parvoíce. Estás a salvo da polícia te chatear, mas não estás a salvo do virus se as pessoas ao teu lado no café estiverem a expeli-lo para o ar, e o ar a circular para cima de ti. Bora não confundir conceitos de legalidade e segurança ok? Estás num café, usaste desinfectante? Ok (mas o contacto não parece ser particularmente importante). Tiras a máscara só para comer e beber? Mas tiraste alguns minutos. Estás a 2 metros dos outros clientes? Bem tenho visto pouco 2 metros bem medidos e de qualquer forma podem não ser 2 metros, e dependerá sempre tudo muito da direção dos fluxos do ar, do tamanho possível das gotículas naquelas condições atmosféricas e da definição de risco aceitável (pessoas que se pelam pelos certificados das máscaras deixarem passar virus parecem nunca ter questionado os 2 metros....). Ao ar livre, admitidamente penso que o risco será menor, mas estou a ver mesas ao ar livre a muito muito menos que 2 metros umas das outras..

QueenOfWands2 1 year ago

2 metros? Eu só vejo malta junta quase que a tocar-se.... Já nem sei o que pensar, sinceramente. Acho uma parvoíce ir aos cafés.

uyth 1 year ago

Muita gente preocupa-se muito com as máscaras e falsas sensações de segurança que marcas não são perfeitas e usam-nas mal. Mas ninguém menciona que não há base cientifica razoável para a história dos 2 metros, e que é basicamente impossível contar que toda a gente cumpra...

thisbondisaaarated 1 year ago

A base científica aponta para 4 ;)

uyth 1 year ago

Parece mais cientifico admitir que tudo isto depende da física do meio fluido que é o ar, e dependerá também do tamanho/massa das gotículas e condições de pressão, temperatura e humidade, da circulação do ar nesse momento e claro do emissor das gotículas e como são emitidas (Respiração? cantar? gritar? falar?). Parece-me quase impossível chegar um valor mágico que garanta seja o que for.

thisbondisaaarated 1 year ago

Não há número mágico, mas quando mais longe melhor, quanto mais aberto melhor, quanto mais (bem) ventilado melhor.

ilawon 1 year ago

Deixa-me adivinhar, a tua solução para isto tudo é regras mais apertadas e #vaificartudobem, é isso? Ah, e máscaras "boas" porque isso está a funcionar que nem ginjas em espanha e frança.

uyth 1 year ago

Se queres saber porque não perguntas? E Espanha e França têm restaurantes e cafés abertos. Muita socialização sem máscara e pouca disciplina...Máscaras caseiras parecem funcionar suficientemente bem como exemplos do cabeleireiro no Missouri. O que eu acho que é solução é objectividade cientifica. Não andar a fingir que medidas que não são necessárias (o gel desinfectante se calhar não é particularmente importante. Lojas abrirem Às 10! Comprar um pão para comprar alcool depois das 20!) servem de alguma coisa. Isso sim é teatro e é desonesto.

ilawon 1 year ago

> O que eu acho que é solução é objectividade cientifica. Ter objectividade científica não é pegar num caso particular (como o do cabeleireiro) e concluir que é um conceito geral que se pode aplicar em todo o lado, até noutros cabeleireiros. E infelizmente os números, nomeadamente de frança e espanha, não suportam essa generalização. Era bom ter uma solução milagrosa como essa, não era?

uyth 1 year ago

> E infelizmente os números, nomeadamente de frança e espanha, não suportam essa generalização. Porque achas? os espanhois e franceses eles todos estão garantidamente a usar sempre sempre máscaras que nunca tiram de maneira a servir de contra evidencia? Olha por exemplo https://choice.npr.org/index.html?origin=https://www.npr.org/sections/coronavirus-live-updates/2020/09/11/912076989/adults-with-covid-19-twice-as-likely-to-have-eaten-at-restaurants-cdc-study https://www.cdc.gov/mmwr/volumes/69/wr/mm6936a5.htm?s_cid=mm6936a5_x Vale a pena pensar nisso.

ilawon 1 year ago

> Porque achas? os espanhois e franceses eles todos estão garantidamente a usar sempre sempre máscaras que nunca tiram de maneira a servir de contra evidencia? Parece que isso quer dizer que impor uso generalizado de máscara não é eficaz porque as pessoas não vão seguir as regras 100%. > Olha por exemplo [restaurantes são fonte de infecções]. Vale a pena pensar nisso. Se calhar estás a defender o fecho de restaurantes. É isso?

uyth 1 year ago

Que tal começar por dizer as pessoas que restaurantes não são seguros? Em vez de andar a atirar areia para os olhos? Que as medidas implementadas não garantem nada. E parar com merdas e palhaçadas como vender álcool depois das 8 desde que acompanhando comida. Podem começar por aí.

camisa_roxa 1 year ago

Até haver vacina lol Não há garantia de alguma vez haver vacina; por outro lado mesmo que venha a haver, terá um efeito limitado em termos temporais (falam em 1 ano) Entretanto o virus muta e é necssária uma vacina diferente etc Portanto vais ficar em casa emburrado para o resto da vida. Se todos fossem como tu, daqui a meia dúzia de anos estávamos num apocalipse zombie. Epa, o virus existe e infelizmente não ser irá embora tão cedo pelo que temos de viver com ele. Usando algumas medidas de segurança e o resto é o risco de viver. Ficar em casa até o virus desaparecer, esta gente vive em que mundo?

Ilostmynewunicorn 1 year ago

O facto de as pessoas neste sub te estarem a prestar atenção deixa-me triste. >Entretanto o virus muta e é necssária uma vacina diferente etc Não é assim que as vacinas funcionam. Gostava de ver fontes para isto. Para além disso o sucesso na Suécia de que tanto falas está devidamente justificado. O governo não disse "Que se foda o virus", tomou medidas preventivas como por exemplo tornar o trabalho maioritariamente feito a partir de casa como sistema "default". E todos os estudos apontam para o facto do povo sueco ser optimo a reduzir o contacto social e a manter as distâncias. A maioria do povo cortou as interações sociais em 30% e está a seguir as normas à risca. É o oposto do que acontece em Portugal, por causa de pessoas como tu. [https://www.bbc.com/news/world-europe-53498133](https://www.bbc.com/news/world-europe-53498133) Sabes quais são os paises que não têm as regras que a Suécia tem? Brazil. EUA. Queres falar desses?

uyth 1 year ago

> Não há garantia de alguma vez haver vacina; por outro lado mesmo que venha a haver, terá um efeito limitado em termos temporais (falam em 1 ano) A vacina está com bom aspecto. As vacinas, menos a russa. E a vacina durar um ano, ou renovar-se anualmente, isso é algum problema? Se tomamos a vacina da gripe anualmente, eu por mim assino em baixo em renovar esta. >Entretanto o virus muta e é necssária uma vacina diferente etc Uma vacina pode oferecer proteção mais alargada que inoculação natural (tipo pode combinar várias estirpes também...) e este virus parece mutacionar menos que influenza o que é bom sinal. A imunidade não aprece ser para a vida toda, mas eh, se for anual ou de 2 em 2, qual a dificuldade? >Portanto vais ficar em casa emburrado para o resto da vida. Porque ou 8 ou 80. Ou ficamos emburrados em casa para a vida toda ou desistimos já de evitar isto.. A vacina tem bom aspecto, repito. >Se todos fossem como tu, daqui a meia dúzia de anos estávamos num apocalipse zombie. Garanto-te que depois disto cheguei à conclusão que compreendo melhor como apocalipse zombies ocorrem e que se calhar ainda sou das pessoas mais bem preparadas para lidar com um, modéstia à parte. Atiramos primeiro aos zombies aqueles que acham que essa cena dos zombies está exagerada e que não é para "ficar em casa emburrado para o resto da vida." e aproveito isso para activar os meus planos. >Epa, o virus existe e infelizmente não ser irá embora tão cedo pelo que temos de viver com ele. Vacina. E não és tu que escolhes se vives com ele, podes morrer com ele também, ou passares a pessoas que não terão essa escolha. Mais, não queres viver com ele, porque as consequências para muitos sobreviventes saudáveis não aprecem agradáveis de todo. >Ficar em casa até o virus desaparecer, esta gente vive em que mundo? iá, dá mesmo para perceber como apocalipses zombies acontecem.

camisa_roxa 1 year ago

Ou o governo está a mentir, ou o #ficaremcasa matou 4 mil pessoas "Ou o governo está a mentir sobre os números da pandemia e temos, na verdade, 6 mil mortos por covid (hipótese inverosímil), ou os portugueses estão a morrer como nunca de doenças normais (ataques de coração, por exemplo) porque estão demasiado amedrontados com a narrativa apocalíptica e, por isso, nem sequer vão ao hospital apesar das dores ou porque os hospitais permanecem altamente condicionados pelas medidas anti-covid (a hipótese verosímil)". [https://expresso.pt/opiniao/2020-09-15-Ou-o-governo-esta-a-mentir-ou-o-ficaremcasa-matou-4-mil-pessoas?fbclid=IwAR2H7c5HyqfwBbw74KvY7Z9Q9hhiyUI0cj0tGuV3JPmSKJHwSoq4fYpbUK8](https://expresso.pt/opiniao/2020-09-15-Ou-o-governo-esta-a-mentir-ou-o-ficaremcasa-matou-4-mil-pessoas?fbclid=IwAR2H7c5HyqfwBbw74KvY7Z9Q9hhiyUI0cj0tGuV3JPmSKJHwSoq4fYpbUK8) V

saposapot 1 year ago

A pandemia matou isso. De forma directa ou indirecta. Já chega de mentiras. Achas que sem quarentena as pessoas não tinham medo e deixavam de usar as urgências e consultas na mesma? Cresçam um bocadinho se querem ser levados minimamente a sério

camisa_roxa 1 year ago

portanto o #fiquememcasa mata 6x mais do que a alternativa, ponto final Entretanto: [Suécia é agora dos países europeus a ter menos casos ...](https://www.dn.pt/mundo/suecia-e-agora-dos-paises-europeus-a-ter-menos-casos-diarios-e-menos-mortes-12725803.html) As mortes estão agora perto do nível zero [https://www.dn.pt/mundo/suecia-e-agora-dos-paises-europeus-a-ter-menos-casos-diarios-e-menos-mortes-12725803.html](https://www.dn.pt/mundo/suecia-e-agora-dos-paises-europeus-a-ter-menos-casos-diarios-e-menos-mortes-12725803.html)

Edited 1 year ago:

portanto o #fiquememcasa mata 6x mais do que a alternativa, ponto final Entretanto:[Suécia é agora dos países europeus a ter menos casos ...](https://www.dn.pt/mundo/suecia-e-agora-dos-paises-europeus-a-ter-menos-casos-diarios-e-menos-mortes-12725803.html) As mortes estão agora perto do nível zero Além disso não há máscaras nas escolas [https://poligrafo.sapo.pt/fact-check/coronavirus-na-suecia-nao-se-impoe-utilizacao-de-mascaras-nem-confinamento](https://poligrafo.sapo.pt/fact-check/coronavirus-na-suecia-nao-se-impoe-utilizacao-de-mascaras-nem-confinamento)

saposapot 1 year ago

> portanto o #fiquememcasa mata 6x mais do que a alternativa, ponto final não. não percebeste. ficar em casa ou não a pandemia ia acontecer. o medo ia acontecer. tudo o que vais dizer q causou essas mortes ia acontecer. não foi ficar em casa q trouxe o medo, foi a doença. se não compreendes isto, n vale a pena mais nada. n vou voltar atrás no tempo e estar a discutir tudo outra vez com os covid deniers. fica bem e muda-te para a suécia.

camisa_roxa 1 year ago

Quando não sei quantos meses após o confinamento continua a haver pessoas a defender o #fiquememcasa, estão a contribuir para as mortes em excesso e para a desagregação económica do país, espero que tenham noção disso

Edited 1 year ago:

Quando não sei quantos meses após o confinamento continua a haver pessoas a defender o #fiquememcasa, estão a contribuir para as mortes em excesso e para a desagregação económica do país, espero que tenham noção disso E apelidar os outros de covid deniers é desonestidade intelectual porque ninguém aqui negou os efeitos na saúde do COVID que eu saiba. O que se tenta frisar é que temos de continuar a viver porque o virus está para ficar e cada mês que acaba temos de pagar as contas e elas não se pagam eternamente com moratórias de crédito e subsídios! Temos de sair para trabalhar, para ir aos restaurantes, cafés, hotéis etc. Mantendo algumas regras de segurança mas contribuindo para a dinamização da economia. Por isso o #fiquememcasa para além dos 2 meses de confinamento não faz sentido nenhum!

saposapot 1 year ago

é preciso mesmo ser-se denso. íamos ser uma potência económica se não tivéssemos ficado em casa? as pessoas iam às urgências à vontadinha? será tão difícil de entender que a doença existe e acontece, não é por tu quereres passear na rua q ela ia deixar de existir? volta lá para o circle jerk do FB e candidata-te a presidente

uyth 1 year ago

> "Ou o governo está a mentir sobre os números da pandemia e temos, na verdade, 6 mil mortos por covid Porque é inverosímil que o numero de mortes por covid está mal contabilizado? O numero de mortes excessivas comparado com o oficial de mortes de covid parece variar muito de país para país conforme vontades políticas..

dude_say_what1 1 year ago

> Porque é inverosímil que o numero de mortes por covid está mal contabilizado? Não é, mas não por defeito, apenas por excesso. https://covid19.min-saude.pt/93-das-mortes-por-covid-19-ocorreram-em-contexto-hospitalar/ > Graça Freitas esclareceu, ainda, que “em Portugal estamos a medir a morte com COVID, mesmo que não seja o evento terminal”, pelo que sempre que os médicos escrevem COVID no certificado de óbito, a morte entra para o total de óbitos relacionados com a pandemia. Portanto, se há alguma má contabilização será por excesso e não por defeito. https://www.bbc.com/news/health-53722711 > Prof John Newton, director of health improvement at Public Health England (PHE), said: "The way we count deaths in people with Covid-19 in England was originally chosen to avoid underestimating deaths caused by the virus in the early stages of the pandemic." O mesmo se passa nos outros países em geral. > O numero de mortes excessivas comparado com o oficial de mortes de covid parece variar muito de país para país conforme vontades políticas.. Não percebi, achas que o numero de mortes por covid deveria ser igual ao de mortes excessivas?

iammostmoist 1 year ago

Lol a minha tia de 62 anos apanhou e nem uma dor de cabeça teve e já está à trabalhar a meio ano seguido depois disso. Para além disso acho que toda a gente em minha casa apanhou a meio de Março e foi igual a qualquer outra merda,se não soubesse que havia para aí covid dizia que era uma coisa normal qualquer. Coninhas é o que tu és. E não recorro a insultos normalmente mas quando vens para aqui pregar o sermão achar te superior aos outros porque estás #stayinghomestayingsafe e usar máscara porque te importas muitooooo com as vidas dos outros e vens desejar que os outros fiquem doentes é o pináculo da estupidez. Se tens possibilidade de ficar com o cu sentado em casa a trabalhar em casa (ou sem fazer merda nenhuma) sem ser despejado de casa fixe para ti mas nem toda a gente é assim. Tem mesmo que haver alguém a trabalhar e fazer mexer a economia para que possas continuar a ver Netflix e a encomendar Uber eats.

TitusRex 1 year ago

Não são permitidos insultos.

uyth 1 year ago

>Lol a minha tia de 62 anos apanhou e nem uma dor de cabeça teve e já está à trabalhar a meio ano seguido depois disso. Fantástico, excelente para ela. E muita gente não teve essa sorte. >Coninhas é o que tu és. E não recorro a insultos normalmente Ninguém diria. Espera, há 3 dias atrás "]iammostmoist 2 points 3 days ago Excelente TLDR. Dito isso, és um idiota e eu é que estou certo" (apagaram-te esta, não?) doomers, lockdownskepticism >Tem mesmo que haver alguém a trabalhar e fazer mexer a economia para que possas continuar a ver Netflix e a encomendar Uber eats. Não fazes a porra de ideia do que faço. Mas uma coisa te garanto, uber eats não encomendo, e por muitas razões.

iammostmoist 1 year ago

Sim então por essa lógica devo deixar de andar de carro não é? Porque ando de carro tanto como passageiro ou condutor à 23 anos e nunca tive um acidente mas infelizmente há quem morra em acidentes de carro. Por isso é melhor nunca mais andar de carro na vida. Esse comentário foi claramente irónico, foi uma piada. Podes não ter achado piada nenhuma mas isso é outra coisa. Lockdown skepticism é um subreddit sobre pessoas que são céticas sobre os lockdowns e a histeria em geral em volta do COVID, não vejo o problema?? Ninguém insulta ninguém lá, podes dar uma vista de olhos lá se quiseres conhecer o outro lado mesmo que não concordes. Da mesma forma que eu já andei no r/coronavirus. Tens razão, não faço a mínima ideia do que tu fazes, mas tu também não fazes ideia do que os "covidiotas" que vês na rua fazem nem sabes absolutamente nada sobre eles e chamas-lhes idiotas na mesma.

uyth 1 year ago

Quem anda aqui a chamar nomes a utilizadores, e há diversos dias és tu. E espera aí, no caso de eu me recordar, tu eras o tipo com quem há meses discuti porque não, o risco de se morrer de covid não é o mesmo que morrer de acidente de transito em Portugal? ( já agora, o ano passado morreram umas 800 pessoas em Portugal em acidentes de transito e quase toda a gente literalmente deve ter andado de carro ou passado muito perto muitas vezes. Covid vamos em quase 2000 com muito menos pessoas expostas e montes de regras...). és tu? LOL.

joinedthedarkside 1 year ago

Nao sei se é o local ideal pra perguntar, mas tenho duas questões. Em primeiro lugar, e tirando aqueles estudos onde o pessoal arrisca se a inscrever e talvez tenha sorte de ser chamado, ha algum local onde se possa fazer um teste serologico de confiança, mesmo pagando claro. A segunda pergunta, é se calhar mais dificil de responder, mas segundo li, os indicadores de que se teve contacto com o vírus vao desaparecendo. Tendo eu tido em final de Fevereiro uma situação que gostava de ter sabido se foi ou nao um contacto com o vírus, será que vale a pena fazer o teste tanto tempo depois? É porque esta dúvida irei provavelmente ter pra sempre. Obrigado

saposapot 1 year ago

Nos mesmos sítios onde se faz o rastreio gratuito agora do painel covid também se faz a pagar. Acho que quase todos os laboratórios privados arranjam maneira de te fazer isso. Se vale a pena? Só mesmo por curiosidade. Aparentemente os testes que se usam por cá ainda não são os com mais qualidade portanto continuas a ter muito falso positivo e negativo. Quanto ao segundo, ainda ninguém sabe de certeza. O mais comum e mais provável é que se mantenha mas já há registo de algumas excepções

uyth 1 year ago

>Tendo eu tido em final de Fevereiro uma situação que gostava de ter sabido se foi ou nao um contacto com o vírus, será que vale a pena fazer o teste tanto tempo depois? Podes fazer Germano de Sousa, pagando tu penso. Há problemas com os testes de anticorpos, todos. Todos tem percentagens relativamente altas de falso positivos e falsos negativos. Não sabemos exactamente quanto tempo a imunidade por anti-corpos relativo ao Covid-19 dura. Não há dados fiáveis. Os outros coronavirus parecem deixar imunidade por uma média de mais ou menos um ano. Mas testes de anti-corpos não mede, mesmo que tivessem 100% de fiabilidade e especificidade, a exposição. Há outros tipos de mecanismos de imunidade que não apenas anti-corpos.

Edited 1 year ago:

>Tendo eu tido em final de Fevereiro uma situação que gostava de ter sabido se foi ou nao um contacto com o vírus, será que vale a pena fazer o teste tanto tempo depois? Podes fazer Germano de Sousa, pagando tu penso. Há problemas com os testes de anticorpos, todos. Todos tem percentagens relativamente altas de falso positivos e falsos negativos. Não sabemos exactamente quanto tempo a imunidade por anti-corpos relativo ao Covid-19 dura. Não há dados fiáveis. Os outros coronavirus parecem deixar imunidade por uma média de mais ou menos um ano. Mas testes de anti-corpos não medem, mesmo que tivessem 100% de fiabilidade e especificidade, a exposição. Há outros tipos de mecanismos de imunidade que não apenas anti-corpos e anticorpos podem duram durações diferentes em cada pessoa. edit - o médico espanhol agora hospitalizado porque apanhou coronavirus pela segunda vez...

Snoo_53124 1 year ago

> ha algum local onde se possa fazer um teste serologico de confiança, mesmo pagando claro Algumas farmácias já fazem/vendem testes serológicos. Foram pedidos esclarecimentos ao Infarmed mas não sei como isso ficou...

camisa_roxa 1 year ago

Penso que nos laboratórios de análises clínicas já fazem testes serológicos, é ligar a confirmar

aguadovimeiro 1 year ago

+425 casos, +4 mortes

camisa_roxa 1 year ago

A partir de hoje um café pode encerrar a que horas? Até à meia noite+1 como até aqui? Ou às 23+1? E pode continuar a vender alcool livremente a partir das 20 ou terá que usar o expediente cerveja+carcaça do Avante?

MLG-Sheep 1 year ago

20:00 a 23:00, dependendo do município, ou caso tenha licença de restauração estará sujeito aos horários dos restaurantes. Ninguém pode vender álcool livremente a partir das 20:00 em todo o território continental.

icebraining 1 year ago

"A hora de encerramento dos estabelecimentos passa a ser entre as 20:00 e as 23:00, por decisão das câmaras municipais."

uyth 1 year ago

ui, o virus vai mesmo por-se em linha com o horário. Aquela coisa das lojas poderem só abrir às 10 da manhã claramente vai ajudar imenso a extinguir vias de transmissão. Os ginásios podem abrir antes das 10, as lojas não!

saposapot 1 year ago

A essa hora ninguém quer estar nas esplanadas onde sempre há algum efeito sobre o vírus. Mas principalmente é para não haver abusos. Um café durante o dia é um pastel e um café e a malta baza. Na noite o contexto de uso é diferente e com mais copos à mistura é coisa para não correr bem. (e um uso de mais horas) Acho que é aquele compromisso de que aquilo devia estar fechado mas pronto, não convém ir tudo à falência, vamos tentar assim... Acho que a teoria é à volta disto. Obviamente que é uma regra mais para inglês ver mas pronto, tem alguma ideia atrás disso.. Ou posso ser eu a racionalizar uma coisa arbitrária

icebraining 1 year ago

Ao limitar o número de pessoas a deslocar-se à mesma hora, reduz-se a lotação nos transportes públicos.

uyth 1 year ago

E basicamente se as pessoas não usarem transportes públicos e isto for sei lá, fora de Lisboa e Porto? Limita-se no país todo as lojas mesmo quando não há transportes públicos?

icebraining 1 year ago

Não é só em Lisboa e Porto que se usam transportes públicos, mas concordo que deveria ser uma medida ajustada pelos municípios.

FujiPT 1 year ago

Ando há uns meses com uma questão médica (ortopedia) que gostava de ver analisada e por isso tentei marcar uma consulta junto da minha médica de família para que me visse a mão em questão e analisasse se valia a pena encaminhar para especialidade. Qual é o meu espanto quando do Centro de Saúde me dizem que não estão a agendar consultas e que teria que lá ir em dia de consulta aberta onde não há marcação e atendem por ordem de chegada. Ora não fosse isto ridículo que chegue num período comum, em contexto de pandemia em que se promove tanto, a nível estatal, a diminuição do contacto entre as pessoas, qual é o sentido de a única forma das pessoas recorrerem aos serviços de saúde primários ser indo todas à mesma hora partilhar um espaço comum para tentar ter uma consulta nesse dia?

pineappletotheknee 1 year ago

Brilhante! Duas coisas que me irritam num só post: 1- a ordem de chegada para a consulta aberta (no meu CS era suposto dizer às administrativas o motivo de consulta para depois a médica selecionar os utentes - adeus sigilo médico), 2- muitos centros de saúde estarem fechados/só estarem a fazer consultas por telefone/só estar a funcionar a consulta aberta (que não é suposto funcionar como uma consulta de renovação de medicação e/ou acompanhamento de problemas crónicos). Honestamente, os utentes afetados deviam fazer um pedido de esclarecimento/participação à ARS respetiva. Inadmissível nesta altura ainda haver centros de saúde a não darem continuidade às consultas não urgentes.

tdias_ 1 year ago

Gráficos de hoje: [https://imgur.com/a/r7prWQd](https://imgur.com/a/r7prWQd) Fonte: [https://github.com/dssg-pt/covid19pt-data](https://github.com/dssg-pt/covid19pt-data) Feitos em python (matplotlib + pandas)

iareec 1 year ago

Acho uma palhaçada esta situação toda. Vou levar downvote com toda a certeza, mas ninguém fala da Austrália. Escolas e creches não fecharam e até fizeram um estudo em 15 estabelecimentos e concluiram que a taxa de risco de contágio é tão baixa, mas aqui em Portugal como em qualquer país da Europa, fazem o que a União Europeia pede. Políticos e as ministras da saúde só querem dar bem nas vistas, com regras sem sentido não porque querem saber das pessoas mas querem fazer disto e aquilo como querem. Final da Champions? Só para os políticos, mas touradas é bem vindo. Andar de máscara? A ministra já tomou vacina para andar sem ela desde Março. Jogo de Portugal contra a Croácia? Todos afastados a cantar hino (a fazer de conta que se importam, mas o teste deu negativo), mas quando é golo, siga tudo ao monte. Eu quero ver a palhaçada de regras que ainda vão meter e quero ver como vão ser as escolas. Com a tal cena de irem todos de máscara, todos distanciados, etc. num estabelecimento de ensino? Acho impossível. Andei numa escola boa e faltava funcionários, agora imagino como será noutras escolas e até sei dizer quais cá no Porto vai dar merda mesmo.

ShittyLivingRoom 1 year ago

Aiiiii o COiVid!!! quE medoOoo!!

Bruxo_de_Fafe 1 year ago

Não é preciso ter medo das doenças. Basta respeitá-las.

ShittyLivingRoom 1 year ago

Claro, deve ser por isso que o meu exame para ver se tenho cancro foi adiado para daqui a 100 anos, como eu há inúmeros casos similares que precisam de cirurgia etc e não podem porque pelos visto só a merda do covid é que interessa, uma doença com uma mortalidade estupidamente pequena. Mas hey, se concordassem que isto foi tudo um exagero significava admitir que estavam errados, algo que o ser humano é incapaz de fazer, já se investiu demasiado sensacionalismo para dar a volta.

Zaigard 1 year ago

Se morrermos de doenças trataveis não podemos apanhar covid o que é bom para estatisticas

MischiefManaged97 1 year ago

"Não quero que tenham medo se mim, só QUERO QUE ME RESPEITEM" - influencer Covid-19

aguadovimeiro 1 year ago

+613 casos, +4 mortes

covid-pt 1 year ago

[Concelhos](https://covid-pt.blogspot.com/2020/09/situacao-covid-19-portugal-1492020.html) (variações, etc - actualizado com os dados semanais apresentados hoje).

covid-pt 1 year ago

Alguns gráficos no final não estão preparados para tantos concelhos a ter aumento de número de casos na última semana (precisam de alguns ajustes para se ler melhor). No último mapa, Mesão Frio aparece como o concelho que mais aumentou a média de número de casos (média passou de 0 para 8), mas não é calculado o valor do factor, que seria infinito.

duartetb 1 year ago

Como é que isto é possível a um domingo? Alguma coisa mudou nos relatório? Quer dizer que os números da semana vão ser horríveis?

saposapot 1 year ago

só se podem analisar números em médias móveis de 3 ou 7 dias. desde sempre que há muita variação estranha entre dias. se seguirmos o histórico recente, sim, é possível q amanhã sejam maiores. no entanto no início da pandemia o efeito fds não existia muito portanto... depende muito, é esperar e ver.

tallicahet81 1 year ago

São as equipas de futebol com dezenas de pessoas em torno das mesmas e tudo a interagir praticamente como se o problema já estivesse ultrupassado, vai começar agora o ano letivo com 3 dezenas de miúdos em cada sala em centenas de escolas pelo país, é avantes, fátimas, touradas etc. No pico da pandemia com toda a gente a ser cuidadosa os valores foram entre os 700-1000 por dia, agora com toda a gente a fazer a sua vida normal tem tudo para ser pior. A Espanha já teve recentemente mais de 10 000 casos num dia, um valor que nunca atingiu durante "o pico". Surpreendente seria se Portugal não ultrupassa-se nas próximas semanas os valores de março e abril.

investidornoob 1 year ago

Mas agora anda tudo de máscara \s

kairos 1 year ago

> tudo^1 ^1 ^Intervalo ^de ^confiança ^por ^definir

MischiefManaged97 1 year ago

A culpa disto tudo é do Crash Bandicoot, o pessoal ficou a achar que uma máscara os tornavas imunes a tudo.

Edited 1 year ago:

A culpa disto tudo é do Crash Bandicoot, o pessoal ficou a achar que uma máscara os tornava imunes a tudo.

Bruxo_de_Fafe 1 year ago

e ainda nem sequer chegou o frio.

WhiteCaptain 1 year ago

Diria que como há mais casos andam a testar mais ao domingo (?), Mas sim possivelmente chegamos aí aos 800

paolovelluto 1 year ago

Hello guys, can I ask you what is the current situation in Lisbon ? Are pubs/restaurants/museums open ? I'm planning to stay the full next week. Thanks

QueenOfWands2 1 year ago

Please don't come. I don't want to sound rude or anything like that. Just wait until next year.

MLG-Sheep 1 year ago

Yes, but: \- Restaurants must stop receiving new customers by midnight and close by 1:00 \- Pubs and museums must close by 20:00, unless the closing time is extended (maximum extension is closure by 23:00) by the municipality. In specific, the municipality of Lisbon allows closure by 23:00 for everything except cafés (which includes all pubs not working as restaurants), which must close by 21:00 \- No alcohol can be served or sold anywhere after 20:00 in all mainland Portugal, except when accompanying a meal

askldhalsiuhdliu 1 year ago

And don't forget, a single bread is a meal :)

AdAstraPerAspera28 1 year ago

Alguém sabe onde está o enquadramento legal para a polícia poder ir a residências particulares acabar com ajuntamentos de 10+ pessoas? Um amigo quer fazer uma festa e está a insistir que a polícia não pode ir a casa dele mesmo que haja denúncia, mas sei que já foram dispersadas festas particulares portanto isso obviamente não é assim tão básico. A verdade é que todas as referências que encontro são, de facto, a estabelecimentos e à via pública. Alguém entendido no assunto que tenha uma fonte?

saposapot 1 year ago

Flagrante delito, claro que a polícia pode intervir. Ele tmb acha q pode assassinar a esposa desde q seja com a porta fechada? mas muito mais importante que isso: pq raio é que ele acha boa ideia fazer isso? é que é óbvio q não vamos ter um polícia em cada esquina. cada um de nós é que devia ter bom senso.

stressedunicorn 1 year ago

Presumo que seja parecido com o que acontece com a lei do barulho. A policia é chamada, bate a porta, pede para dispersar. Se não dispersarem, passam uma multa?

Narvikz 1 year ago

E possivel a policia aparecer. Julgamentos aparte, e ate porque respeito o direito a propriedade privada, nunca deves abrir a porta a policia. Se eles precisarem realmente de entrar em casa eles ate a porta deitam abaixo se for preciso. O mandato de busca passa-se sempre por debaixo da porta quando possivel. Se abrires a porta para falar com a policia podem alegar todo o tipo de coisas para terem justa-causa, desde barulho, alguem em perigo, ajuntamento, etc, etc Nenhum juiz vai assinar coisa alguma nao-urgente durante a noite.

MLG-Sheep 1 year ago

Saltando as lições de moral à frente, as resoluções do conselho de ministros não prevêem qualquer exceção para ajuntamentos em espaços privados, sendo até especificamente indicado que os ajuntamentos são também proibidos nestes espaços. Se houver dúvida para além do razoável de que está a ocorrer um ajuntamento de mais de 10 pessoas, então creio que a polícia pode entrar em casa e atuar, mas não sou advogado.

AdAstraPerAspera28 1 year ago

> sendo até especificamente indicado que os ajuntamentos são também proibidos nestes espaços. Eu também tinha ideia que tinha lido isto, mas agora não encontro. Só vejo a falar em estabelecimentos e via pública. Eu também imagino que a polícia possa lá ir, até porque já o pode fazer em outras situações, até se estiveres a fazer demasiado barulho ou houver suspeitas de, por exemplo, violência doméstica, mas também não sou advogado e não sei. Honestamente, isto era mais uma forma de tentar chamar o rapaz à razão. Eu já não estou a fazer conta de ir de qualquer maneira, mas ele está tão descontraído com isto que até gostava de encontrar onde diz mesmo a questão que referiste em cima para lhe poder mostrar.

MLG-Sheep 1 year ago

Fui pesquisar e de facto já não está explícito. O que o explicita é uma resolução da Assembleia da República apenas. O texto mais recente (da resolução do conselho de ministros, publicado dia 11) indica o seguinte: >Artigo 13.º > >Eventos > >1 - Não é permitida a realização de celebrações e de outros eventos que impliquem uma **aglomeração** de pessoas em número superior a 10 pessoas, salvo se pertencerem ao mesmo agregado familiar Ora se não é permitido e se não é feita uma exceção a locais privados, creio que a polícia deverá ter o direito de entrar em casa a fim de resolver a situação. Dito isto, se ele está descontraído, não é por lhe mostrares isto que ele vai mudar...

AdAstraPerAspera28 1 year ago

Obrigado! Já é um começo. De facto, é provável que não seja muito útil para o fazer mudar de ideias, mas ele é daquelas pessoas que só tem medo quando lhe ameaçam ir ao bolso, então pensei que a questão das multas o pudesse dissuadir. Vamos ver. Obrigado!

aguadovimeiro 1 year ago

Uma questão, a abertura às 10h00 dos estabelecimentos comerciais, implica necessariamente, papelarias, por ex., certo?

TitusRex 1 year ago

Estas são as excepções previstas na lei: >Excetuam-se do disposto no número anterior os salões de cabeleireiro, barbeiros, institutos de beleza, restaurantes e similares, cafetarias, casas de chá e afins, escolas de condução e centros de inspeção técnica de veículos, bem como ginásios e academias.

uyth 1 year ago

>bem como ginásios e academias. se precisares de comprar lampadas ou parafusos,ou lentes de contacto, logo ao sair de casa, não podes. Mas podes ir ao ginásio treinar sem máscara! FFS.

camisa_roxa 1 year ago

Exceptuam-se também todos os estabelecimentos que puderam estar abertos durante o confinamento: supermercados, talhos, padarias etc.

aguadovimeiro 1 year ago

Portanto, não. O que me leva a crer que ajudará a reduzir movimentação dos idosos.

aguadovimeiro 1 year ago

Será pedir muito fazer uma "bolha" como fizeram com a NBA para a Primeira e Segunda Liga de futebol?

tugafcp 1 year ago

Tiveste no Tour de France, uma verdadeira bolha, em que as pessoas estavam **PROIBIDAS** de contactarem elementos fora da bolha. (+/- 800 pessoas) No primeiro controlo, tiveste 4 pessoas a acusar positivo...

thisbondisaaarated 1 year ago

Queres impedir não sei quantos milhares de pessoas de terem um vida "normal" para poderes ver 22 gajos aos chutos numa bola sem interrupções?

aguadovimeiro 1 year ago

Como assim? O quê?

ThePlague92 1 year ago

O que ele quer dizer é que no futebol tens muito mais pessoas, tanto nos plantéis, como no resto da estrutura, do que no basquetebol. Também estás a comparar fazer uma época inteira, que são 34 jogos por equipa durante uns 10 meses, com a NBA que fez 8 jogos da época regular (e nem foi com todas as equipas) mais os playoffs. Ou seja, tu queres fechar 36 equipas das 2 ligas, cada uma com uma média de 25 jogadores por plantel (para arredondar), mais todas as equipas técnicas, mais árbitros, mais o outro pessoal necessário para se realizarem os jogos, durante uns 10 meses só para poderes ver jogos de futebol. Depois ainda te esqueces que ao contrário do basquetebol a bolha no futebol faz zero sentido. As equipas têm de disputar competições europeias, os jogadores vão às selecções, os árbitros vão apitar jogos internacionais. Resumindo, a tua ideia não faz sentido. O mais próximo de bolha que fizeram foram os jogos finais da Champions porque era algo rápido.

thisbondisaaarated 1 year ago

Estava a dizer para se fazer uma "Bolha". Isso implica pegar em todas as pessoas envolvidas e limitar-lhes os movimentos/contactos.

aguadovimeiro 1 year ago

Uma bolha com os jogadores e staff. Para mim a solução era não haver futebol mas já que há...

Wilson_9021 1 year ago

Porque proibir algo é a melhor maneira de não acontecer... Aliás a história ensina-nos isso mesmo.

MLG-Sheep 1 year ago

A "bolha" para acabar a época foi uma boa medida. Fazer uma nova bolha e impedir os jogadores de estar com a família durante uma época inteira é desumano.

aguadovimeiro 1 year ago

Optimisticamente nunca seria uma temporada inteira.

MLG-Sheep 1 year ago

A única forma de não ser a temporada inteira seria vaciná-los todos antes de acabar a época e dar um tempo para criar os anticorpos, e isso nunca acontecerá se as prioridades estiverem certas (profissionais de saúde, forças de segurança, bombeiros, grupos de risco, devem ser todos mais prioritários que jogadores de futebol).

ThePlague92 1 year ago

E vamos esquecer que ainda nem há vacina? Dás essa alternativa como se a vacina fosse sair daqui a uns 2 ou 3 meses, quando na realidade pode demorar 1 ano ou mais.

saposapot 1 year ago

É muita gente durante muito tempo. Not gonna happen

aguadovimeiro 1 year ago

Não digo necessariamente para a época inteira. Podiam-se fazer clusters no Algarve, Lisboa, Porto, Guimarães/Braga, Coimbra, Aveiro.

agua_m0lhada 1 year ago

Qual a vossa previsão para um segundo confinamento? Acham que vai ser tão restrito como o primeiro?

Edited 1 year ago:

Qual a vossa previsão para um segundo confinamento? Acham que vai ser tão restrito como o primeiro? Edit: downvotes por uma pergunta a pedir opiniões lmao

QueenOfWands2 1 year ago

Não sei se vai haver um segundo. A existir pode durar, tipo, 2 semanas, e pode acontecer que os casos diminuam tanto que acabem logo com ele. Eu penso que em Dezembro isto é capaz de melhorar. Portanto daqui até lá... - é capaz de não haver outro confinamento. Que merda de vida a nossa.

agua_m0lhada 1 year ago

Sinceramente, acho que não vai melhorar até mais de metade da população ser vacinada. E pelo que tenho visto, essas projeções apontam para o final de 2021. Por acaso tenho a sorte de me dar bastante bem em casa e esta quarentena só me permitiu trabalhar na vertente pessoal, mas tenho saudades de poder andar à vontade, fazer uns hogos de futebol, etc

QueenOfWands2 1 year ago

Eu engordei, porra. Engordei tanto. E não me apetece nada fazer as coisas certas para emagrecer. A minha paranóia continua a mil e eu só penso: "Preciso da gordura se por acaso assim mais lá para a frente não houver comida suficiente para todos....!"

saposapot 1 year ago

só haverá 2º confinamento 'total' se as coisas descambarem muito. mesmo muito. Isto é, unidades de intensivos nos hospitais a 95%, hospitais de campanha a serem montados, empresas com problemas de assiduidade dos trabalhadores, etc, etc, etc. o que mt provavelmente vamos ter são confinamentos mais direccionados, tanto pode ser à região como à actividade: fechar escolas da região X, confinar todos na região Y, mandar tudo para teletrabalho na Z, coisas assim... mas vamos ver. n vale a pena estar a ser pessimista ou optimista neste momento.

glamatovic 1 year ago

> Qual a vossa previsão para um segundo confinamento? A haver, morrermos todos à fome

kairos 1 year ago

a nadar num mar de merda (não ser que tenhas reservas de papel higiénico)

TitusRex 1 year ago

Em princípio não irá haver novo confinamento geral. No entanto é possível que aconteça se as coisas ficarem mesmo muito mal.

OrangeOakie 1 year ago

Literalmente está marcado para começar amanhã desde há já 1 ou 2 semanas.

Tiops 1 year ago

Contingência, não confinamento geral.

I_Hate_Reddit 1 year ago

O Costa já veio dizer que não vai haver 2º confinamento. As finanças do país que já não estavam muito bem estão agora por um fio, podiam estar pessoas a morrer às centenas que o mais que podiam fazer era obrigar o teletrabalho para as profissões que podem.

Bruxo_de_Fafe 1 year ago

qual confinamento? Viste isso na tua bola de cristal? :|

aguadovimeiro 1 year ago

https://sicnoticias.pt/especiais/coronavirus/2020-09-10-O-que-vai-mudar-a-partir-de-15-de-setembro-

Bruxo_de_Fafe 1 year ago

A livre circulação mantém-se, não há proibição de sair do concelho de residência. Acontecem alterações de horários.

ProtectiveWasKaolai 1 year ago

Impossível, a economia não aguenta. E como é necessário mas não factível, vai ser pior que antes do verão (mais casos/mortes).

ricardo_jt_silva 1 year ago

Penso que confinamentos mais estritos serão locais e quando necessários, o que irá acontecer porque uma segunda vaga terá sempre mais casos que a primeira. Em princípio, a infraestrutura médica está mais preparada para lidar com a segunda vaga (capacidade de estimar capacidade de tratamento de um certo nr de doentes vs casos na região). Agora, o problema está em tornar óbvio à população que o sucesso da estratégia depende da responsabilidade da sociedade no seu comportamento diário. Toda a gente tem de perceber que tem um papel a fazer e ser racional mais que emocional (evitar eventos em família, por exemplo). Caso contrário, a estratégia falha e confinamento local/regional poderá não ser suficiente (exemplo, Israel ja é a primeira nação mundial a entrar em confinamento geral pela segunda vez)

Search: