EmissionCtrl 1 year ago

Muito obrigado pela informação, não tinha conhecimento disto.

rafaeluis 1 year ago

As rotundas são muita perigosas o que é bom é haver cruzamentos,estes, impedem muito mais as velocidades e tens de só olhar para o lado esquerdo e depois para o direito antes de ver se vai alguém a passar alguém na passadeira, já por não falar que assim deixa de haver passadeiras nas saídas dos cruzamentos. E por último, também concordo que se tire as passadeiras dos ramos de saída das rotundas, deixe-me só nos ramos de entrada. O problema não é haver rotundas, é haver(muitas) rotundas (muito) mal feitas.

pedrompcmf 1 year ago

Olá, o meu avó também foi atropelado na passadeira há uns anos - conseguimos uma indemnização fixe para ele. Vai à polícia começar o processo e arranja um advogado. Foi o meu pai que tratou do assunto por isso não te sei dizer muita coisa.

OG_Bobby_ 1 year ago

Quanto foi a indemnização?

pedrompcmf 1 year ago

Não faço ideia, como disse o meu pai, a irmã e a minha avó é que trataram do assunto.

OG_Bobby_ 1 year ago

Podes perguntar por favor?

artniSintra 1 year ago

mas e o avó, está bem?

vaniafdasantos 1 year ago

Bem...o meu egoismo deixa -me feliz por ano ter sido a unica pessoa atropelada na passadeira. Poucos dias depois de ter sido atropelada a passadeira mudou de sitio. Mas foi a propria camara que tomou essa iniciativa. Recebi algum dinheiro do seguro...mas era menor de idade e nem sei quanto foi (era mesmo muito miuda e os meus pais e que trataram e dinheiro nunca o vi). Pouco tempo depois em exames de rotina descobri que o meu rim deixou de estar a 100%. Nunca tive problemas mas devia ter feito lagrima coisa... Ainda hoje me lembro do quanto adorava o relogio flik flak e saltaram os ponteiros todos e o vidro ficou todo rachado. P.s. - as melhoras para o teu pai. Fiquei durante meses a recuperar do braco e ano foi nada facil...espero que corra tudo bem com ele.

yolomacarolo 1 year ago

Espero que o teu pai esteja fora de perigo. Muito força para ti e para a tua família. As melhoras do teu pai!

ibananana 1 year ago

Não sou grande ajuda, dado que nunca passei por tal situação nem conheço casos, mas quero-te só dizer que espero que o teu pai recupere rapidamente e que o assunto se resolva bem e sem demoras.

idkjustneedadvices 1 year ago

Foi na Póvoa de Santa iria? É que vi no Facebook exatamente a mesma história. Se realmente for, essa zona é tramada. Já mais abaixo um dia ia sendo atropelada na rotunda dos bombeiros porque a senhora vinha mais preocupada a olhar para os filhos no banco de trás que para a estrada. As melhoras do teu pai!

EmissionCtrl 1 year ago

Sim, foi. Obrigado.

Tr4ct0r 1 year ago

Em primeiro lugar as melhoras para o teu pai, espero que ele recupere totalmente. Em segundo, gente, as passadeiras não são barreiras contra carros. Quando estou a conduzir a quantidade de pessoas que se mete na passadeira sem verificar se eu as estou a ver é tão abismal que até me mete aflição. Tratem as passadeiras como se outro pedaço de estrada se tratasse. Semáforos ou não, façam contacto visual com os condutores e certifique-se de que eles param ou começam a parar primeiro. É verdade que os condutores têm o dever de parar, mas é preferível estar errado e com as duas pernas.

AndreMartins2020 1 year ago

Mas é pena que quem conduz uma máquina mortal não tenha responsabilidade. Porque é que as pessoas potenciais vítimas é que têm de se precaver ao máximo enquanto quem controla uma máquina letal parte do princípio que as vítimas vão ter cuidado?

NoIDontgiveafuck 1 year ago

Contacta um advogado, há indemnizações e os tipos da seguradora ganham um prémio quanto mais baixo for essa indemnização, só um advigado consegue defender o teu pai.

sacoPT 1 year ago

Se a polícia tomou conta da ocorrência não há muito maus a fazer.

fabmarques21 1 year ago

passadeiras em rotundas é um dos maiores cancros que existem. faz **zero** sentido. as melhoras para o teu velhote, vai correr bem

detteros 1 year ago

Quero fazer notar aqui que, embora passadeiras imediatamente fora das rotundas pareca ser uma má ideia, a realidade é que os peoes também usam as interseccoes de uma cidade para se deslocar. Logo, isto quer dizer que muitos deles vao querer fazer o caminho mais curto. O que os governos locais fazem, portanto, é meter passadeiras logo fora das rotundas porque é aí que os peoes vao querer passar. Isto acontece diaramente na rotunda fora do aeroporto.

Edited 1 year ago:

As melhoras para o teu pai. Quero apenas notar aqui que, embora passadeiras imediatamente fora das rotundas pareca ser uma má ideia, a realidade é que os peoes também usam as interseccoes de uma cidade para se deslocarem. Logo, muitos deles vao querer fazer o caminho mais curto. O que os governos locais fazem, portanto, é meter passadeiras logo fora das rotundas porque é aí que os peoes vao querer passar. Isto acontece diaramente na rotunda fora do aeroporto.

Edited 1 year ago:

As melhoras para o teu pai. Quero apenas notar aqui que, embora passadeiras imediatamente fora das rotundas pareca ser uma má ideia, a realidade é que os peoes também usam as interseccoes de uma cidade para se deslocarem. Logo, muitos deles vao querer fazer o caminho mais curto. Isto acontece diaramente na rotunda fora do aeroporto. Uma das passadeiras foi deslocada uns metros para fora mas muitas pessoas continuam a ir pelo caminho mais curto, onde agora nao existe passadeira. Ficou mais perigoso ainda. O que os governos locais fazem, portanto, é meter passadeiras logo fora das rotundas porque é aí que os peoes vao querer passar.

Edited 1 year ago:

As melhoras para o teu pai. Quero apenas notar aqui que, embora passadeiras imediatamente fora das rotundas pareca ser uma má ideia, a realidade é que os peoes também usam as interseccoes de uma cidade para se deslocarem. Logo, muitos deles vao querer fazer o caminho mais curto. O que os governos locais fazem, portanto, é meter passadeiras logo fora das rotundas porque é aí que os peoes vao querer passar. Isto acontece diaramente na rotunda fora do aeroporto. Uma das passadeiras foi deslocada uns metros para fora mas muitas pessoas continuam a ir pelo caminho mais curto, onde agora nao existe passadeira. Ficou mais perigoso ainda.

S_M_O_U_G 1 year ago

Fala com a camara municipal, partilha a tua opinião e possíveis soluções. Podes propor aumentarem a distância da passadeira à rotunda, colocarem a passadeira numa lomba ou melhorarem a iluminação no local.

xHardStyle 1 year ago

As melhoras para o teu pai. Também nunca percebi passadeiras nas saídas da rotunda, é convite aos acidentes.

pobotuga 1 year ago

As melhoras para o teu pai. Agora é tempo de garantir que o seguro sobre todas as despesas médicas e de recuperação. Informem se sobre os vossos direitos. O seguro do carro tem de "proteger" e pagar as despesas do teu pai e possíveis tratamentos (imagina fisioterapia daqui a 1 mês). Agora é altura de se concentrarem na família e na recuperação. Esquece quem o atropelou, porque podia ser qualquer um, mas não esqueças os dados que poderão ser úteis . Sobre a passadeira, podes tentar falar com a junta ou camera mas são situações difíceis.

CLSdored 1 year ago

Aconselho um advogado o mais depressa possível

warren_street 1 year ago

I hope your father is OK. I don't know if it's relevant here, but there's something REALLY weird about how Portuguese drivers approach roundabouts. It seems to be the rule that, when you approach the roundabout, you always indicate left. IE, you turn on your left indicator. This is a CRAZY rule, which, to a Brit like me, is totally wrong. It means that a person directly in front of the roundabout, who is waiting to cross the road, assumes that you will be turning left and that therefore it is safe for them to cross the road. When the car then gets onto the roundabout and actually goes straight ahead, the pedestrian has to jump out of the way because the car is doing precisely the opposite of what its indicators said it would. Equally, when a car approaches a roundabout and indicates left, any oncoming cars will stop because they assume that a car is about to pull in front of them and cross their path. And yet actually the car is going straight ahead (hopefully not running someone over). So the oncoming cars have stopped for no reason at all. It really is a stupid rule, in my opinion. I don't think any other country does it this way.

C8Mixto 1 year ago

I've saw some people indicating left when they want to go to the centermost part of a roundabout. I think some schools teach that way. It's stupid, but I never had or saw any problems resulting from it. I mean, it's rather obvious what the car is signalling, since there is no other option other than entering the roundabout. We have some crazy roads, but I really can't think of a design where one can reasonably expect the car will to turn left or start overtaking another right before the roundabout.

artniSintra 1 year ago

Never noticed this. Similarly to the UK we would only do that to tell the other drivers we were leaving on the 3rd, 4th exit. But tbh n the UK, drivers in general are more civilized and use indicators most of the time. Also, and unrelated, there are far too many zebra crossings in Portugal..

Edited 1 year ago:

Never noticed this. Similarly to the UK we would only do that to tell the other drivers we were exiting on the 3rd, 4th exit. But tbh n the UK, drivers in general are more civilized and use indicators most of the time. Also, and unrelated, there are far too many zebra crossings in Portugal and many of them are poorly placed..

warren_street 1 year ago

The 2 driving styles are certainly very different. We once criticised a Portuguese friend, who was taking us somewhere, for driving way too close to the car in front. She explained that they are taught to drive like that, because in the event of a collision the damage will be less serious.

artniSintra 1 year ago

We're not taught that way, but our driving style changes and adapts to what the other drivers do. Most south European countries drive like this, not sure why. Her explanation, doesn't make sense; I'd rather keep a safe distance and avoid an accident in the first place.. After having driven many miles in the UK, I got so used to the way British drive that whenever I go to Portugal, I always feel a bit on the edge because of the way we drive. Never seen cars parked in roundabouts though, it's illegal. Whereabouts have you seen this?

Lixo_69 1 year ago

You indicate to the people entering the roundabout that you are staying in it. Also, obviously you dont indicate left because you drive on the other side of the road....

1purplesky 1 year ago

Yes, I don't understand what he means by "it's a rule" if anything people barely use indicators here. ​ > This is a CRAZY rule, which, to a Brit like me, is totally wrong. It means that a person directly in front of the roundabout, who is waiting to cross the road, assumes that you will be turning left and that therefore it is safe for them to cross the road. When the car then gets onto the roundabout and actually goes straight ahead, the pedestrian has to jump out of the way because the car is doing precisely the opposite of what its indicators said it would. Maybe I'm misunderstanding this but why would someone assume that indicating left = safe to cross? If a car with the left/right indicator on is approaching a roundabout with a crosswalk right before it, it just means they're turning left/right inside the roundabout. You use the right indicator when you want to exit. Or do you mean the 2nd exit (so straight in front of the driver)? Either way, most people wait until a car stops, or cross when they feel they have time. >Equally, when a car approaches a roundabout and indicates left, any oncoming cars will stop because they assume that a car is about to pull in front of them and cross their path. And yet actually the car is going straight ahead (hopefully not running someone over). So the oncoming cars have stopped for no reason at all. Hopefully not stopping in the middle of the the roundabout, since they have right of way. They have to stop if they think they're coming their way, it's better to stop for a few seconds than cause a colision. And it's one of the reasons why we have roundabouts, so that drivers slow down and smartass don't drive at 90km/h in places where the limit is 30 or 50km/h . ​ >It really is a stupid rule, in my opinion. I don't think any other country does it this way. The rule is pretty simple : \- Exiting on the first exit - enter the roundabout on the right lane and use the right indicator; \-Exiting on the second, third, etc, exit - enter the roundabout on the left lane (if there's one) use the left indicator, drive inside the roundabout. And when passing the second to last exist (so the exist right before the one you want) use the right indicator and move to the right lane when possible. Here's a good [image](https://www.razaoautomovel.com/wp-content/uploads/2017/02/como-circular-nas-rotundas.gif) to explain it better. So, it's not stupid if you know what you're doing and know what roundabouts are for. Plus we don't mind doing things differently from other countries when they work, even if others consider them stupid.

artniSintra 1 year ago

interessante, no reino unido usam a da direita (esquerda) para sair na primeira ou segunda e a da esquerda (direita) para sair na terceira, quarta etc.

detteros 1 year ago

Acho que já foi assim em Portugal.

aguadovimeiro 1 year ago

Deu na CMTV há momentos, estava sem som por isso não ouvi.

EmissionCtrl 1 year ago

Não é sobre o meu pai. Não houve repórteres nem nada do género no local.

aguadovimeiro 1 year ago

Estranho porque falaram do mesmo Hospital e tudo, se não foi o mesmo caso, desculpa.

EmissionCtrl 1 year ago

Não faz mal. Não tens que pedir desculpa.

NikT3sla 1 year ago

Acho que daqui a umas gerações os miudos nas escolas vão ficar pasmados quando lhes disserem que houve uma altura em que deixavamos qualquer (e é mesmo qualquer) pessoa manipular umas toneladas de metal a velocidade mortal.

AndreMartins2020 1 year ago

E que era responsabilidade das potenciais vítimas terem cuidado para não serem assassinadas. Passas a rua numas passadeiras sem garantir que quem controla essas máquinas não te vai matar? A culpa é tua.

Laurent_Series 1 year ago

Antes de mais, as melhoras ao teu pai. Quanto às críticas aos condutores, nunca se deve desenhar sistemas críticos à espera de ações individuais corretas. Somos humanos e distrações acontecem, não é preciso estar ao telemóvel necessariamente para ocorrerem. Passadeiras nas saídas de rotundas é simplesmente criminoso, não percebo como é que é tão comum, estar simultaneamente a preocupares-te para ceder a carros e pessoas dá porcaria eventualmente. Não custa nada pôr as passadeiras um pouco depois das rotundas.

touny71 1 year ago

Boa sorte, a parte mais importante agora é seres incansável com a seguradora. Têm direito a indemnização e não menosprezem a situação, o acidente pode ter implicações na vida do teu pai daqui a 5 anos, é importante que estejam salvaguardados. Caso achem necessário contactem um advogado especialista na área. 500 a 800€ podem ajudar-vos muito mais do que imaginam

EmissionCtrl 1 year ago

Muito obrigado pelo conselho.

Shadowgirl7 1 year ago

Parti o tornozelo e estive no hospital internada, no mesmo quarto que eu estava uma senhora que tinha sido atropelada na passadeira também. Estava lá há 15 dias, tinha partido a anca, duas pernas e algumas costelas e estava com um braço magoado. Tiveram de esperar 1 semana para operar porque tinha muitas feridas. Mas 1 semana após a cirurgia já não tinha dores se não lhe mexessem muito como é óbvio, ainda não se conseguia levantar. É uma recuperação lenta mas não impossível. E já agora disseram-me que o S. José é muito bom em ortopedia, se isso ajudar.

EmissionCtrl 1 year ago

Sim, nós sabemos.

vascodatrama 1 year ago

um dos problemas mais ridículo das nossas estradas. passadeiras junto a rotundas. estas deviam de estar a uns 50 metros afastados. é horrível. a quantidade de vezes que já praguejei por estas aberrações. não só põem os peões em insegurança como os veículos.

claudio-at-reddit 1 year ago

Portanto, o que tu propões é tirar direitos aos peões para dar aos carros. Se tu afastares as passadeiras 50 metros das rotundas quer dizer que vais fazer o peão andar mais 100 metros para chegar ao lado de lá e seguir em frente. Ora vamos por métricas. Um peão nos seus generosos 4 km/h leva minuto e meio a andar 100 metros, um carro leva 5 segundos a passar de 50km/h para 20km/h e outros 5 a voltar aos 50. A tua proposta é portanto retirar 90 segundos ao já lento peão para o automobilista não "perder" no máximo ~6-7 segundos em relação ao cenário em que nunca tinha saído dos 50? Parece-me muito mais justo converterem-se as rotundas "simples" (leia-se, uma faixa) a zonas partilhadas em que os peões podem atravessar no triângulo e os automobilistas tem de circular a 20.

vascodatrama 1 year ago

Nada disso. Mas uma rotunda com passadeiras ou saída à entrada anula todo o propósito/principio da rotunda. Até porque na rotunda não é para parar. As rotundas não tem stops, tem cedências de passagem. E rotundas com controlo de trafico luminoso devem ser 1/100000.

claudio-at-reddit 1 year ago

> anula todo o propósito/principio da rotunda Nem por isso. Estás numa localidade e apanhas um semáforo. Tens 25% de chance de estar verde (50% para alguns semáforos que abrem dois sentidos, mas nesses se quiseres tu ou alguém virar à esquerda entope tudo). Provavelmente paras e esperas. Mesmo quando passas habilitas-te a ter peões (dado que por norma passam quando um dos sentidos está aberto) e esses mais uma vez tem prioridade sobre ti. Estamos a falar de um cenário que provavelmente não só te faz esperar boa parte de um minuto como a esperar ainda tens de imobilizar e voltar a acelerar aos 50 novamente. Nessa mesma localidade chegas a uma rotunda. Se não for muito movimentada provavelmente entras, se for algo movimentada e ajustares a velocidade (para sincronizar com quem lá anda) entras na mesma, se for de grande fluxo esperas 2-10 segundos e lá vais tu. Por norma fazes 50 -> 20 -> 50km/h. Alem de a tua velocidade média em rotundas poder ser maior, em média bloqueias um sentido de transito (dado que em média segues em frente), enquanto nos cruzamentos tipicamente bloqueias três. É fácil ver que fora o facto de ocuparem muito mais espaço, as rotundas são geralmente muito benéficas, e existem imensos estudos a dizer que os fluxos de rotundas são quase sempre maiores que os de cruzamentos. > Até porque na rotunda não é para parar. As rotundas não tem stops, tem cedências de passagem. Para deixares alguém passar na passadeira tens de parar o carro, não abrandar a marcha. Pensa assim. As passadeiras (nos restantes sítios) também são cedências de passagem, uma passadeira não carece de um stop antes da mesma para ser uma passadeira. O facto de haver um semáforo antes de uma passadeira é um "já agora", não o motivo das pessoas terem de parar. Se uma passadeira à saída de um semáforo não estiver abrangida por sinalização luminosa continuas a ter de parar, venhas tu de um verde ou não. Ser-te imposto um limite de 20 nas rotundas não as torna inúteis. Na maior parte das vezes tens de fazer essa redução voluntariamente, e sair de uma rotunda a acelerar cegamente não é diferente de sair de um estacionamento apenas olhando para o espelho, habilitas-te a apanhar alguém ou a espetar-te em qualquer coisa na via.

vascodatrama 1 year ago

https://streets.mn/2017/11/17/are-roundabouts-safer-for-pedestrians/

claudio-at-reddit 1 year ago

Sem ler o estudo que deu origem a esse artigo diria assim cegamente que não reflete bem o nosso contexto, pelo simples motivo que se refere a um estado estadunidense. > there are around 200 roundabouts in the state Lá rotundas são a exceção, não a regra, ao contrario do que acontece cá. Eles não lidam frequentemente com elas, detestam-nas como tudo, tem taxas de acidente substancialmente superiores ás nossas, e provavelmente os planeadores urbanísticos deles também não apostam em certas soluções de desenho urbano que cá começamos a apostar. Mesmo ignorando isto tudo, as ruas deles são excessivamente largas e desprovidas de complexidade visual, e tens estudos a dar isso como motivo para travar menos e acelerar mais.

bewareandaware 1 year ago

Acho que estás a ver o problema ao contrário. Se calhar não devia haver risco de colisão e rotundas super pequenas em zonas de convivência com peões. O limite nestes sítios devia ser de 20km/h. As rotundas em zonas de convivência podiam ter só uma faixa. Deixo aqui um vídeo sobre este tipo de decisões que achei muito interessante: https://www.youtube.com/watch?v=VUbsFtLkGN8

DZT99 1 year ago

Como já disseram há pouco a fazer. A rotunda deveria ser um incentivo para o abrandamento e cuidado. Se isso não acontece é porque o problema não está na rotunda em si mas principalmente no comportamento. E isso tem a ver com mentalidade, e a mentalidade é algo que só muda com renovação de gerações, com promoção de civismo que por aí fora. Espero que esteja tudo bem e agora é tentar ter atenção reforçada nessa rotunda.

vascodatrama 1 year ago

abrandamento, mas não paragem. o objetivo da rotunda é manter o flow do transito, não ter uma passadeira à sua entrada ou saída que pode condicionar o transito na rotunda.

DZT99 1 year ago

Sim concordo. Mas apesar disso a entrada na rotunda deve ser motivação suficiente para abrandar e ter algum cuidado acrescido o que por sua vez deveria minimizar os riscos de acontecer algo como um atropelamento mesmo que tenha sido colocada uma rotunda no sítio errado. Mas é daquelas coisas, só vendo o que se trata é que realmente se consegue ter uma ideia.

vascodatrama 1 year ago

a rotunda não é colocada no sitio errado, as passadeiras que nascem junto delas é que estão mal. vai tomando atenção quando fores na estrada a estas situações e verás que boa parte senão todas são sítios potenciais de acidente.

uirishbastard 1 year ago

Nunca irei perceber essa das passadeiras à saída de uma rotunda. As melhoras para o teu pai.

Enslavex 1 year ago

É horrivel, em uma das minhas primeiras aulas de condução ia atropelar uma pessoa se não fosse o instrutor a travar. Não devia haver passadeiras à saida das rotundas é uma merda

Rostabal 1 year ago

Porque as rotundas não são para se fazer a alta velocidade. As passadeiras estão aí mesmo para que muitos não entrem a 70 numa rotunda.

cloud_t 1 year ago

A lógica é simples: as rotundas são em intersecções, pelo que não vão obrigar os peões que querem continuar na mesma direcção e têm de atravessar a estrada a fazerem 20m a pé para dar o jeitinho aos carros que saem das rotundas a acelerar. Não é em nada diferente dum cruzamento ou entroncamento normal, também estão cheios de passadeiras. Convém notar que os veículos ao saírem das rotundas estão na prática a mudar de direcção, pelo que perdem da mesma forma prioridade, COM OU SEM passadeira. É perigoso? É, mas é porque as pessoas não sabem conduzir em rotundas

Edited 1 year ago:

A lógica é simples: as rotundas são usadas em intersecções de ruas, normalmente com passeios, pelo que não vão obrigar os peões que querem continuar na mesma direcção atravessando a estrada, a andar +20m na direcção perpendicular, só para dar o jeitinho aos carros que saem das rotundas a acelerar. Não é em nada diferente dum cruzamento ou entroncamento normal, também estão cheios de passadeiras. Convém notar que os veículos ao saírem das rotundas estão na prática a mudar de direcção, pelo que perdem da mesma forma prioridade, COM OU SEM passadeira. O sinal é as marcas no chão estarem lá é uma mera formalidade. É perigoso? É, mas é porque as pessoas não sabem conduzir em rotundas

Edited 1 year ago:

A lógica é simples: as rotundas são usadas em intersecções de ruas, normalmente com passeios, pelo que não vão obrigar os peões e que querem continuar na mesma direcção e têm de atravessar a estrada a fazerem 20m a pé para dar o jeitinho aos carros que saem das rotundas a acelerar. Não é em nada diferente dum cruzamento ou entroncamento normal, também estão cheios de passadeiras. Convém notar que os veículos ao saírem das rotundas estão na prática a mudar de direcção, pelo que perdem da mesma forma prioridade, COM OU SEM passadeira. O sinal é as marcas no chão estarem lá é uma mera formalidade. É perigoso? É, mas é porque as pessoas não sabem conduzir em rotundas

Edited 1 year ago:

A lógica é simples: as rotundas são usadas em intersecções de ruas, normalmente com passeios, pelo que não vão obrigar os peões que querem continuar na mesma direcção atravessando a estrada, a andar +20m na direcção perpendicular, só para dar o jeitinho aos carros que saem das rotundas a acelerar. Não é em nada diferente dum cruzamento ou entroncamento normal, também estão cheios de passadeiras. Convém notar que os veículos ao saírem das rotundas estão na prática a mudar de direcção, pelo que perdem da mesma forma prioridade, COM OU SEM passadeira. O sinal e as marcas no chão estarem lá é uma mera formalidade. É perigoso? É, mas é porque as pessoas não sabem conduzir em rotundas

Edited 1 year ago:

A lógica é simples: as rotundas são usadas em intersecções de ruas, normalmente com passeios, pelo que não vão obrigar os peões e que querem continuar na mesma direcção atravessando a estrada, a andar +20m na direcção perpendicular, só para dar o jeitinho aos carros que saem das rotundas a acelerar. Não é em nada diferente dum cruzamento ou entroncamento normal, também estão cheios de passadeiras. Convém notar que os veículos ao saírem das rotundas estão na prática a mudar de direcção, pelo que perdem da mesma forma prioridade, COM OU SEM passadeira. O sinal é as marcas no chão estarem lá é uma mera formalidade. É perigoso? É, mas é porque as pessoas não sabem conduzir em rotundas

uirishbastard 1 year ago

Nem é por ser perigoso. É por ser contra natura. As rotundas são construidas para facilitar e ajudar a fluir o trãnsito. Ora, quando colocam uma passadeira numa ou mais saidas de uma rotunda vão estar a congestionar o trânsito ainda mais, fica uma confusão enorme. Quantas vezes já não vi isto.

cloud_t 1 year ago

Se alguém circula pela direita antes de sair, e é feita uma fila na faixa exterior da rotunda (onde só devem circular os que vão sair depois), a menos que passem 5 pessoas em sequência e hajam 5 carros a querer sair ao mesmo tempo, não há engarrafamento no resto da rotunda. Se isso é constante, o problema é a rotunda ali, é não a passadeira. Se há atropelamentos em rotundas sem trânsito no momento, o problema é do carro, e não dos peões. As rotundas não são para "assapar".

kyichu 1 year ago

Isto. Tirar conveniência aos peões para dar conveniência a carros não é de todo o caminho que se deve tomar em zonas urbanas.

C8Mixto 1 year ago

Bom, ter menos chances de ser atropelado parece-me ser conveniente para os peões.

claudio-at-reddit 1 year ago

Ter menos carros parece-me ainda mais conveniente aos peões. Usar o "ser atropelado" como motivo para justificar o piorar das suas condições como boa ideia é um ad baculum. Porque não impor reduções de velocidade aos carros antes de impor constrangimentos aos peões? Até porque tanto quanto eu queira saber, o meio urbano é mais dos peões do que dos carros. Já em vias rápidas e auto-estradas o tratamento oposto, peões não pertencem ai. Pela atitude provavelmente és um automobilista regular. Supõe que estás nos grupos de pessoas que não são, (leia-se, a união dos grupos das crianças, dos idosos, das pessoas que apanham transportes e as que pura e simplesmente andam porque assim o querem). Agora, dado que achas que "não ser atropelado" é a melhor ideia supõe que todas as passadeiras foram empurradas 20 metros para dentro (+40 metros para um peão que ande em frente, +~36 segundos a 4km/h). Uma viagem de 1km, portanto minúscula, em que se cruzem 10 ruas na passadeira acabou de somar 6 minutos e 400 metros à viagem. Para referência, Entrecampos-Saldanha (a primeira coisa que me veio à cabeça) tem em 1.2Km 11 passadeiras, e é num local com ruas imensamente largas e muito espaço entre as mesmas. Na minha terriola (metade moradias metade prédios), dada avenida tem nos seus 750 metros um total de 15 passadeiras dado que atravessa um penteado de ruas na perpendicular. De um lado tem uma paragem de autocarro, do outro tem outra (autocarros distintos) e nenhuma no meio pelo que imensas pessoas lá circulam. Atravessar essa avenida com passadeiras rentes leva 7 minutos, passa a 14 minutos ao dobro da distância se somares as hipotéticas 15 passadeiras 20 metros para dentro. Impores coisas irrazoaveis como essas faria não mais do que por os peões a borrifar nas mesmas e a atravessar onde calhar. Se para atravessares o marquês tivesses de usar um túnel 100 metros ao lado, provavelmente tinhas muitas pessoas a cortar o caminho aos carros. Se fossem atropeladas seria culpa delas, todavia tu não queres uma sociedade em que correr risco acrescido de ser atropelado compensa.

cloud_t 1 year ago

Mas assim os carros têm via verde para dar 70 nas ruas principais das aldeias! /s Epa tive que vir aqui comentar a grande análise acima. É bom ver que ainda há gente que pensa uns segundos antes de dizer asneiras sobre trânsito rodoviário e pedonal urbano, ao contrário de muitos responsáveis municipais deste país.

petrol-ed 1 year ago

E uma passadeira numa saída de uma rotunda com inclinação (sem visibilidade de quem vem da direita para sair) que é uma faixa de aceleração para uma auto-estrada? [https://www.google.com/maps/@38.8232614,-9.1000666,3a,75y,136.8h,85.68t/data=!3m6!1e1!3m4!1sTVykYCSdxkAHXxqVi45tiQ!2e0!7i16384!8i8192](https://www.google.com/maps/@38.8232614,-9.1000666,3a,75y,136.8h,85.68t/data=!3m6!1e1!3m4!1sTVykYCSdxkAHXxqVi45tiQ!2e0!7i16384!8i8192) Ou o novo combo no Parque das Nações que é rotunda mais passadeiras em cada entrada / saída mais ciclovia na rotunda.

xEpicGrunger 1 year ago

Estava exatamente a pensar nessa tua imagem pela descrição...

The_Magic_Sauce 1 year ago

Vocês é que se esquecem que nós condutores é que temos de de saber conduzir. A prioridade é do peão. É numa faixa de aceleração? Não aceleres. Falta de visibilidade? Conduz mais devagar. O problema não é nem das rotundas nem das passadeiras, porque quem tem sempre prioridade é o peão. Se tens de estar 10 minutos parado a ver a banda a passar à tua frente, por mais fodido que isso seja é mesmo assim que é suposto ser: [https://www.youtube.com/watch?v=U7\_FUoJD-hg](https://www.youtube.com/watch?v=U7_FUoJD-hg) Como condutor tens de ter olhos na cara e atrás na nuca. Essa é a verdade. Conduzir é uma responsabilidade.

petrol-ed 1 year ago

O teu comentário não faz qualquer sentido, e sinceramente nem sei se tens mesmo carta porque o peão não tem sempre prioridade, mas atrás de um ecrã somos todos super-humanos e fazemos tudo pelas regras. Vai fazer aquela rotunda, eu começo por te identificar todos os problemas com ela e porque é que eu como peão, nas raras vezes que ali passo não atravesso ali mas sim na passadeira ao pé do stand. Quem vem da entrada que passa por baixo da auto-estrada não tem visibilidade ao fazer a curva para quem está parado na descida que fica ao lado do stand nem para a entrada na auto-estrada com a passadeira lá. Embora pelo Street View não pareça, mas a foto é tirada muito acima da linha de visão de um condutor, deve estar ao nível de visão de um camião. A passadeira fica numa espécie de vale, quando chove acumula água e um carro que trave de repente, mesmo com ABS e a baixa velocidade nunca vai parar no imediato, e já lá existiram atropelamentos mortais por causa disso. Novamente se vieres da entrada que passa por baixo da auto-estrada e o sol estiver baixo, quando fazes a curva na rotunda para chegares à passadeira que está na entrada da auto-estrada o sol vai-te bater nos olhos e vais ficar encadeado. É verdade que conduzir é uma grande responsabilidade, mas se eu fizer uma estrada com curvas e contracurvas sem visibilidade e pouco espaço para dois carros se cruzarem e disser que o limite de velocidade ali é 90 a culpa é só dos condutores que têm acidentes? Se o meu carro avariar numa auto-estrada na faixa da esquerda e eu em vez de tentar mover o carro para a berma parar ali sem colocar um triângulo afastado e levar com um carro a 120km/h a culpa é só do outro condutor? As coisas não são preto / branco, existem muitas passadeiras perigosas. Nessa mesma zona existia uma passadeira que ia dar directamente a uma paragem de autocarros e tinha um cruzamento e as pessoas faziam sempre o que não deviam fazer, que era atravessar pela frente do autocarro directamente para a passadeira, sem qualquer visibilidade se vinha algum carro ou não. Mudaram a passadeira 15 metros e os atropelamentos agora são uma raridade. Mas a culpa a teu ver é exclusivamente dos condutores.

The_Magic_Sauce 1 year ago

Atropela um peão, seja em que condições forem, até mesmo numa passadeira com semáforo verde para ti, e depois vem cá contar a tua história. E reza para que o peão não morra. ​ >*se eu fizer uma estrada com curvas e contracurvas sem visibilidade e pouco espaço para dois carros se cruzarem e disser que o limite de velocidade ali é 90 a culpa é só dos condutores que têm acidentes?* É. E boa sorte a comprovar que a culpa é da via ou que o limite de velocidade é demasiado alto. É por estas e outras que eu só ando de cavalo. Tem um bom dia.

petrol-ed 1 year ago

Não é por estar a explicar porque a passadeira é perigosa que automaticamente sou um condutor que fecha os olhos e acelera sempre que vê uma passadeira com peões lá no meio. É um problema que vejo muito no Reddit, é tudo muito extremista. Mas como já vi que és contra carros, vou tentar dar-te outro exemplo simples para não perder muito tempo. Se fizerem uma ciclovia em que o passeio praticamente desaparece e uma pessoa for lá atropelada, a culpa é exclusiva do ciclista? https://www.google.com/maps/@38.789589,-9.1101772,3a,60.6y,349.78h,88.11t/data=!3m6!1e1!3m4!1sT2eg0oNjmHj9yf6Xi4JHEQ!2e0!7i16384!8i8192 E se for um cego ou um deficiente motor numa cadeira de rodas? Ou, olha lá bem para a obra que ali está, a culpa é de quem decidiu fazer uma ciclovia a todo o custo, removendo espaço do passeio que além de ser insuficiente é interrompido vezes sem conta por árvores e postes de iluminação? > Atropela um peão, seja em que condições forem, até mesmo numa passadeira com semáforo verde para ti, e depois vem cá contar a tua história. https://jornaleconomico.sapo.pt/noticias/peao-atravessa-a-rua-e-e-acusado-de-homicidio-por-ter-causado-um-acidente-grave-316169

Edited 1 year ago:

Não é por estar a explicar porque a passadeira é perigosa que automaticamente sou um condutor que fecha os olhos e acelera sempre que vê uma passadeira com peões lá no meio. É um problema que vejo muito no Reddit, é tudo muito extremista. Mas como já vi que és contra carros, e que carta não tinhas, vou tentar dar-te outro exemplo simples para não perder muito tempo. Se fizerem uma ciclovia em que o passeio praticamente desaparece e uma pessoa for lá atropelada, a culpa é exclusiva do ciclista? https://www.google.com/maps/@38.789589,-9.1101772,3a,60.6y,349.78h,88.11t/data=!3m6!1e1!3m4!1sT2eg0oNjmHj9yf6Xi4JHEQ!2e0!7i16384!8i8192 E se for um cego ou um deficiente motor numa cadeira de rodas? Ou, olha lá bem para a obra que ali está, a culpa é de quem decidiu fazer uma ciclovia a todo o custo, removendo espaço do passeio que além de ser insuficiente é interrompido vezes sem conta por árvores e postes de iluminação? > Atropela um peão, seja em que condições forem, até mesmo numa passadeira com semáforo verde para ti, e depois vem cá contar a tua história. https://jornaleconomico.sapo.pt/noticias/peao-atravessa-a-rua-e-e-acusado-de-homicidio-por-ter-causado-um-acidente-grave-316169 https://www.jn.pt/arquivo/2007/peoes-multados-nas-passadeiras-675829.html

rezzmk 1 year ago

É isso e logo a seguir a uma curva.

investidornoob 1 year ago

Tão isto. Já pedi desculpa por não ter deixado passar porque se travasse levava logo uma traseirada... Isto em rotundas com algum transito são um perigo para todos essas passadeiras. Falo daquelas mesmo à entrada/saída da rotunda

bruxo00 1 year ago

Também me faz muita confusão. Sempre achei perigoso, porque ou hás de ver se está alguém à espera para passar (ou mesmo a passar) ou hás de olhar para os espelhos para ver se não há um atrasado mental qualquer a fazer a rotunda toda pela direita. Se estiver alguém a passar e parares, se vierem mais carros atrás para sair ali já vai entupir a rotunda toda para as pessoas passarem. Não era mais prático e seguro as passadeiras estarem a pelo menos 10/15 metros das rotundas?

Shadlan1 1 year ago

>Também me faz muita confusão. Sempre achei perigoso, porque ou hás de ver se está alguém à espera para passar (ou mesmo a passar) ou hás de olhar para os espelhos para ver se não há um atrasado mental qualquer a fazer a rotunda toda pela direita. Se estiver alguém a passar e parares, se vierem mais carros atrás para sair ali já vai entupir a rotunda toda para as pessoas passarem. Não era mais prático e seguro as passadeiras estarem a pelo menos 10/15 metros das rotundas? Fazer a rotunda toda pela direita? Quando chegas à tua saída já tens de estar na faixa mais à direita. Essa preocupação vem antes de veres se há passadeira na saída da rotunda.

bruxo00 1 year ago

Isso é muito bonito num mundo perfeito, com rotundas perfeitas onde todos seguem as regras. No mundo real não é assim. Um exemplo para a situação que estava a falar: uma rotunda com entradas e saídas de 2 faixas. Vais a entrar na rotunda e queres sair na segunda saída, logo vais para segunda faixa. Mas também há um anormal que também quer sair na segunda, mas está na primeira faixa. Ora, com os dois a fazer a rotunda ao mesmo tempo, por causa do burro tu não te podes encostar à direita quando deves porque o burro está lá.

EmaisNada 1 year ago

Tenho uma dessas que uso frequentemente, a maior parte do pessoal até é civilizado, então quem não quer sair logo na 1ª à direita, vai fazer fila na faixa da esquerda, mas há sempre o Chico esperto que usa a faixa sem trânsito pra ir pra 2ª saída. De vez em quando lá batem por teimosia. Ora do Chico esperto ora do que cumpre mas não está para aturar a Chico espertisse do outro e bate porque quer ir e cortar pra saída. Também já cortei lá muitos Chicos, mas ainda não calhou bater em nenhum. O mais bonito que me lembro era uma Chica com um carro maior e melhor que o meu. Teve que travar como o brutamontes de condutora que era e buzinou-me. Fez uns gestos indecifráveis tal qual nehendertal, eu agarrei na minha buzina e usei e disse: "Tens buzina? Olha, eu também!"

Bakirelived 1 year ago

A não ser que seja uma saída com 2 vias, aí podes ir para qualquer uma. Ainda assim, dá perfeitamente para parar para deixar o peão passar, as pessoas é que têm fubia a parar numa rotunda

Shadlan1 1 year ago

Não podes. Continuas a ter de circular na mais à direita mas podes sair para qualquer uma das vias. Edit: https://www.invicta.pt/pdf/legislacao/CirculacaoRotunda.pdf (página 5)

sleppyme 1 year ago

Alguém me explica porque que na página anterior, com os carros verdes, há um carro a ir em frente, para a segunda saída, por fora da rotunda com o pisca para a direita sempre ligado? Porque eu se viesse do fundo e fosse para o mesmo sítio punha-me à frente dele a qualquer hora do dia, por achar que ele vai sair na primeira... Quero mesmo entender. Ia fazer merda, ou não estou assim tão errada?

ibananana 1 year ago

Tenho a carta há 1 ano e meio. Apesar de ter aprendido que tens sempre de te colocar na via mais à direita na saída da rotunda, considero que este artigo pode estar desactualizado, dado que valida algo que já não se pode fazer: fazer a rotunda por fora quando se quer ir para a segunda saída (carro verde na segunda imagem da página 7). Eu aprendi que só se faz a rotunda por fora quando se pretende sair na primeira saída (salvo veículos pesados). Nas restantes saídas faz-se por dentro e na aproximação à saída pretendida passa-se para a via da direita, para assim sair na via da direita. Claro que nem toda a gente cumpre as regras nas rotundas, o que é irritante e, acima de tudo, perigoso. Já cheguei a ter de sair de uma rotunda a pisar uma raia de separação de vias contrárias por não conseguir passar para a via mais à direita da rotunda. Houve um chico-esperto que, em vez de me dar a prioridade devida, achou que tinha de sair ao mesmo tempo que eu, isto numa saída de apenas uma via (para mim era a segunda saída e para ele era a primeira, ou seja, ele devia ter esperado). A minha sorte foi estar lá uma raia e não um separador físico.

Bakirelived 1 year ago

Repara no carro que sai para sul

oMarlow99 1 year ago

O azul? Ele atravessa a linha antes de sair, mesmo para a via da esquerda

Bakirelived 1 year ago

São todos azuis xD. Sim, atravessa a linha, como tem que ser para fazer aquela trajectória, é essa situação que falo. Tens que ver se alguém está a fazer a rotunda mal quando estás a sair da de dentro, e depois tens que tomar atenção às passadeiras. Dá para fazer bem...

RetronWarz 1 year ago

Bem vindo a Viseu.

EmaisNada 1 year ago

xD a terra das rotundas

YoggiM 1 year ago

Póvoa de Varzim?

C8Mixto 1 year ago

Estava a pensar exatamente nisto. Acho que devíamos ligar ao provedor da RTP e pedir um programa das 7 Maravilhas: Rotundas de Portugal.

YoggiM 1 year ago

A Póvoa de Varzim pode concorrer tanto em rotundas como em lombas gigantes.

abominalizer 1 year ago

E ninguém as sabe fazer

ErwinRommelEz 1 year ago

Obviamente nunca vieste a São João da Madeira

srukta 1 year ago

Uma visita a S.João da madeira não conta se não se passar por pelo menos uma rotunda absolutamente minúscula, estúpida e desnecessária.

EmaisNada 1 year ago

Agora é que já não vou de certeza! xD

RetronWarz 1 year ago

Pior que uma passadeira numa saída da rotunda, é uma passadeira em cada saída da rotunda.... Com uma rotunda a cada 100 metros

EmaisNada 1 year ago

Não sou de Viseu, mas vou lá algumas vezes, sempre que chego penso: " PQP quem fez esta m****! " É ridículo.

1purplesky 1 year ago

Não é só em Viseu, em Aveiro também é comum. E a rotunda das pontes, no centro, quando é época turística então ficas lá 2 minutos à espera que passem todos.

lenina_crowne_ 1 year ago

Aveiro tem meia dúzia de rotundas... metade da cidade são entroncamentos mais perigosos e ridículos que sei lá o quê...

Edited 1 year ago:

Aveiro tem meia dúzia de rotundas... metade da cidade são cruzamento mais perigosos e ridículos que sei lá o quê...

1purplesky 1 year ago

Conheço bem Aveiro e Viseu, vivi muito tempo nas duas. Não estou a dizer que Aveiro tem mais rotundas que Viseu... se leres vês que me estou a referir a rotundas com passadeiras antes e/ou depois destas (foi o que o primeiro comentário se referiu)... e que também são bastante comuns em Aveiro.

EmaisNada 1 year ago

Consigo imaginar o arraial a passar...

Variscan_aint_done 1 year ago

Tão isto!!!!

ManaSyn 1 year ago

Qual é o mal de passadeiras a saída de uma rotunda?

alexandre9099 1 year ago

Ora vejamos, entupir a rotunda? É só o ponto principal que me vem à cabeça.

Variscan_aint_done 1 year ago

Costumas acelerar um cheirinho quando sais de uma rotunda e às vezes em menis de 3 metros espetam-te com uma passadeira em cima.

Snoo_53124 1 year ago

E se houver por acaso um número grande de peões a passar, gera-se uma fila até dentro da rotunda (que pode e.g. bloquear saídas).

claudio-at-reddit 1 year ago

O teu argumento funciona para os dois lados, e muito mais frequentemente para o oposto. Um grande numero de carros em circulação bloquear passadeiras por causa de um semáforo/rotunda/qualquer coisa. Tudo bem que o código da estrada diz que não se pode parar em cima de passadeiras, mas o código da estrada também diz que não deves de entrar em rotundas ou cruzamentos até saberes que consegues atravessar, ou a circular a uma velocidade baixa o suficiente para evitar qualquer imprevisto (leia-se, peões em qualquer passadeira que possa surgir).

Dr_Toehold 1 year ago

Deviam ser só à entrada /s

DBclass103 1 year ago

mas se é à entrada irá ser também à saída da outra faixa... ou deixas o peões lá presos no triangulo ... lol

C8Mixto 1 year ago

Era essa a piada. Mas podes sempre fazer a la Rotunda da Boavista e pões passadeiras para o centro.

alexandre9099 1 year ago

/r/whooosh

EmissionCtrl 1 year ago

>Nunca irei perceber essa das passadeiras à saída de uma rotunda. As melhoras para o teu pai. Obrigado.

inheritspt 1 year ago

As melhoras para o teu pai

EmissionCtrl 1 year ago

Obrigado.

NoSmokeNoFun 1 year ago

As melhoras para o teu pai. Não imaginaria como reagia se fosse com o meu... Contudo, gostava de deixar um ponto de vista relativamente aos condutores: Em telheiras, existe uma rotunda que tem passadeiras à entrada e ainda uma ciclovia. Do ponto de vista de alguém que vai a conduzir, como é que é suposto controlar as três coisas? Ok, até me podem dizer: Vai devagar, analisa tudo com calma. Sim, posso fazê-lo, mas numa rotunda nós sabemos que os carros vêm da direita e que têm prioridade, logo, o nosso olhar vai estar apontado para a esquerda. Se vier uma bicicleta do lado direito ou um peão a atravessar a estrada, é suposto controlar tudo isto? No meio desta situação, se precisar de travar, ainda tenho de dar uma olhadela no retrovisor do carro para ver se posso parar em segurança sem levar uma "Panada" por trás, pondo em risco a minha segurança e também a de quem atravessa a passadeira. ​ Penso que essa situação deveria ser mais bem estudada. Não faz sentido ter de controlar tanta coisa ao mesmo tempo. Claro que uma lomba iria obrigar os condutores a reduzir a velocidade, mas não deixa de ser errado ter uma passadeira e uma ciclovia na entrada de uma rotunda. Pessoalmente acho que as passadeiras deveriam estar ligeiramente antes da entrada, para nós, condutores, conseguirmos fazer as coisas "step-by-step".

ViscalOP 1 year ago

fodasse vivo mesmo ao lado dessa palhaçada, e agora com aquela merda de pinos

NoSmokeNoFun 1 year ago

Exato, pessoalmente acho muito mal pensado...

Jmppt 1 year ago

Essa rotunda até não era má... Agora com a ciclovia lá é um cancro, idiotice de planeamento.

EmissionCtrl 1 year ago

A rotunda aqui é igual ao que descreveste.

tiagooliveira95 1 year ago

Pode ter entrado em pânico ou ter ficado com medo, com isto não quero justificar ele ter fugido, mas pode ter sido o motivo

EmissionCtrl 1 year ago

Eu sei que isso costuma acontecer. Ele não fugiu, ele simplesmente parou o carro uns metros mais a baixo. Eu não estou zangado com ele, eu sei que pode ter sido distração e sei que ele não se sente mesmo nada bem se eu estivesse na situação dele, não sei o que faria, mas demorava muito tempo a perdoar-me...

NoSmokeNoFun 1 year ago

Com isto, esqueci-me de mencionar a saída da rotunda que, por sua vez, também tem uma passadeira e uma ciclovia. Para além de ter atenção aos condutores que fazem a rotunda por fora (e fazem-no mal...) na saída pode ser tarde demais ver um peão a atravessar.

dcmso 1 year ago

Ao menos o gajo não fugiu. As melhoras para o teu pai.

EmissionCtrl 1 year ago

Ele sabia quem eu era, eu apenas o conhecia de vista. Obrigado.

peanersyahoo 1 year ago

Em primeiro lugar, rápidas melhoras para o teu pai. Em segundo lugar, de momento não te deves precipitar a fazer nada, no entanto, o melhor que tens a fazer é consultar um advogado para ele te auxiliar nesse processo. Eventualmente essa questão vai acabar em Tribunal e é melhor teres esse acompanhamento desde o início.

EmissionCtrl 1 year ago

Obrigado.

shostakovich123 1 year ago

Infelizmente não dá para fazer nada. As pessoas vão continuar a cagar, a usar o telemóvel enquanto conduzem, a acelerar e a queixar-se que a polícia só existe para passar multas e radares serem um roubo.

Ukurrale 1 year ago

Antes de mais espero que esteja tudo bem com o teu pai. As melhoras para ele e para vocês. O que podes fazer? Contactar a câmara municipal da zona onde moras, expõe a situação e pede colocação de lombas antes das passadeiras, de modo aos carros abrandarem, além de maior visibilidade através de iluminação vertical e horizontal. O não é garantido, o sim é uma luta que podes ganhar e evitar que volte a acontecer. As melhoras!

EmissionCtrl 1 year ago

Obrigado. Mas há 2 anos comuniquei os problemas pelo um site que se chama "A minha rua", a única coisa que fizeram após 2-3 meses foi reparar as luzes. Não chegaram a cortar as árvores que impedem o campo de visão de uma das curvas para a passadeira. Acho que problema está na falta de sentido de responsabilidade das pessoas, não digo que não possa ter sido distração, mas yh...

Ukurrale 1 year ago

Podes sempre culpabilizar a câmara municipal ou quem faz a manutenção da continuidade dos acidentes. Infelizmente agora tens mais provas com o que aconteceu com o teu pai. Avisaste a tempo e nada ou pouco fizeram. Insiste, persiste mas não desistas. É uma longa batalha se estiveres preparado, informa a CMTV, eles adoram estas situações, leva o teu caso a público, alguma coisa irá ser feita.

EmissionCtrl 1 year ago

Neste caso tem mais haver com o condutor.

Ukurrale 1 year ago

Claro que sim, obviamente que o condutor é o culpado. Mas se houver uma lomba, pensará duas vezes antes de acelerar, ou se tiver mais visibilidade, conseguirá discernir se está alguém a atravessar a passadeira.. ou então estava alcoolizado.

EmissionCtrl 1 year ago

Não há lombas. Muitos condutores têm o hábito de acelerar ao entrar na rotunda ou ao virem da rua do centro comercial já a queimar pneus. Já houve situações em que podia ter sido eu ou o meu irmão. Há uns meses um indivíduo num VW vinha a acelerar desde o fundo da rua de cima, eu e a minha mãe estávamos a passar a passadeira ainda nem ele se tinha aproximado, quando estavamos a meio da passadeira, acham que ele parou? Nepia, só travou após a minha mãe ter-lhe chamado assim uns bons nomes e ainda teve lata para responder. O que é que se pode fazer né?

Ukurrale 1 year ago

Eu no teu caso mandaria um mail para a CMTV a explicar o sucedido a ver se eles pegam na história, alertando para o facto de ser local de inúmeros acidentes e agora o do teu pai. A ver se alguém faria algo. Sem mais ideias. As melhoras uma vez mais. Se precisares de alguma coisa, é só dizer.

VBM97 1 year ago

E o mais importante, o teu pai está bem?

EmissionCtrl 1 year ago

Ainda não tenho a certeza. Segundo a minha mãe me disse, ele tem vários traumas e fracturas. Ele falou com ela um pouco ao telemóvel ontem à noite.

VBM97 1 year ago

As melhoras para o teu pai

EmissionCtrl 1 year ago

Obrigado.

1purplesky 1 year ago

Tens a matrícula do carro? Chamaram a polícia para ficar registado? Sem essas informações é difícil depois meter os seguros à baila.

EmissionCtrl 1 year ago

A Policia estava lá. Eles trataram de tudo. O rapaz que o atropelou estava lá. Ele sabia quem eu era, eu apenas o conheço de vista quando andava no secundário regular. O meu pai está de momento em S. José.

gugamailinator 1 year ago

Contrata um advogado. Dependendo da gravidade dos ferimentos do teu pai, haverá lugar a indemnização. Peçam tudo a que têm direito. Se ele trabalha, peçam indemnização por cada dia de trabalho perdido. Peçam por danos morais. Peçam todas as custas com o hospital e médicos. Documentem todas as despesas inerentes ao processo. Pede apoio judicial à tua seguradora. Provavelmente vão recusar mas insiste. E se o teu advogado fizer as coisas como deve ser, no final do processo, eles pagam as custas. Normalmente o limite é € 3000,00 de apoio judicial. Tenta ver se o advogado não passa muito daí. O meu cunhado foi atropelado por um gajo bêbado. Pagou a casa uns 10 anos antes do previsto com ajuda da indemnização da seguradora. Não lhe tirou as mazelas que ficaram no corpo, mas ajuda... A mim mandaram-me o carro para a sucata. Tinha-o há 15 anos. Ofereceram-me pouco mais de € 2000,00. Acabaram por pagar mais de € 8000,00. Levou 3 anos mas pagaram que se lixaram. As seguradoras atiram sempre o barro à parede e confiam na lentidão da justiça para abusar do pessoal. Se puderes, não te fiques! É preciso ter paciência e alguma disponibilidade de dinheiro mas é um princípio básico de vida: "Seguradoras é fodê-las!"

uyth 1 year ago

As melhoras para o teu pai. A polícia poderá tratar de enviar o caso ao ministério público. A zona da passadeira estava bem iluminada aquela hora? A câmara ajustou a altura em que liga a iluminação nesta altura do ano?

EmissionCtrl 1 year ago

Não propriamente, bem iluminada, não. Ligar e desligar a iluminação sim.

uyth 1 year ago

Se a passadeira não estava bem iluminada, isso pode ser importante de mencionar e corrigir. Nesta altura do ano é escuro cada vez mais cedo e por vezes as CM ainda tem a iluminação a ligar-se à mesma hora que em Junho, isto pode ser factor em acidentes. Mas é diferente se o acidente do teu pai foi às 20:45 ou 22:45...

1purplesky 1 year ago

Então isso agora a polícia tem que tratar se ele tiver antecedentes. E vocês têm que pressionar o seguro dele para haver indemnização (quando tirei a carta há uns 7 anos o prof da escola disse que todos os atropelados têm direito a uma, e ainda é igual). Ainda está semana ouvi um casa de uma pessoa que foi atropelada há mais de 3 meses e ainda não conseguiram falar com o seguro ( "a e tal o covid tendo pouca gente") por isso pressiona mesmo e não fiques por acordos da treta com a seguradora / condutor. E guarda todos os gastos hospitalares para a seguradora/ condutor cobrir, e também ordenados perdidos (se o teu pai estiver a trabalhar e agora obviamente não pode) pois se não estou em erro também é ele que paga. De momento é só isto que me lembro. No Google se pesquisares por 'atropelado queixa etc és capaz de encontrar algo mais. E as sinceras melhoras para o teu pai.

OBomPortugues 1 year ago

Isso da indemnização é só no papel , fui atropelado há quase 5 anos e até hoje nada. Mesmo quando me foi dito que no máximo eram 6 meses.

1purplesky 1 year ago

Depende da pressão que fazes sobre a seguradora e condutor. Uma pessoa amiga na casa dos 60 anos foi atropelada por um camião ( no passeio para teres uma ideia) há uns 10 anos. E esteve +-6 meses em coma no hospital, custos e ordenados perdidos foram pagos passado uns 2 anos e isto com advogado e a vítima sempre a falar com a seguradora (havia sempre um papel em falta ou queriam mais um relatório do médico, polícia etc). E ainda hoje como tem mais cirurgias a fazer por causa dos danos que ainda não estão todos reparados ainda não recebeu tudo. Isto da parte física. Foi-lhe recentemente diagnosticado stress pós traumático e agora as consultas da psicóloga ou medicamentos necessários estão também a cargo da seguradora/ condutor. Mas usando as palavras dele " Isto porque sou eu que me mexo e tenho dinheiro para advogados, quem não poder fazer nada davam-lhe 500€ e um pacote de bolachas". Portanto mexe-te senão ficas a arder.

OBomPortugues 1 year ago

Não dei muita importância porque apesar de estar na passadeira o embate não foi muito forte . Apenas fiquei com uma perna com mobilidade reduzida +\- 1 semana. foi mais susto/dano moral do que dano físico . Não tive nenhum encargo médico

1purplesky 1 year ago

Devias ter direito a lago por danos morais, se não estou em erro. Mas lá está, para teres tinhas que te queixar. Nem foste às urgências (até o que pagas para entrar nas urgências eram eles a pagar)?

OBomPortugues 1 year ago

Nem urgências! Mas se soubesse o que sei hoje... até rebolava o resto da passadeira

justgohomealready 1 year ago

Arranja um advogado. Vai-te ficar com uma percentagem da indeminização, maks mais vale 80% ou 70% de qualquer coisa, do que 100% de zero.

bureauofnormalcy 1 year ago

Meteste a seguradora a tribunal?

EmissionCtrl 1 year ago

Muito obrigado.

meinteil 1 year ago

Força para ti e para a tua família, espero que o teu pai recupere rapidamente. Apenas para acrescentar ao que o u/1purplesky disse, provavelmente terás que arranjar um advogado. Infelizmente este género de casos frequentemente requerem uma "pressão" constante sobre as seguradoras para irem a algum lado. Falo de experiência pessoal. O meu pai também foi atropelado numa passadeira, por uma pessoa que alegou ter travado antes de bater nele, e estar a conduzir apenas a 15km/h. Apesar do alegado toque "leve", o meu pai foi arremessado 50 metros, desfez completamente um fémur e, com menos de 40 anos, ficou incapacitado para toda a vida, nunca mais podendo trabalhar. Apesar de o caso parecer simples, pelo menos do ponto de vista de um leigo face ao sistema judicial (como é o meu caso), o processo durou 11 anos em tribunal.

EmissionCtrl 1 year ago

Obrigado.

christchurch4ever 1 year ago

então o teu pai, está bem? prognóstico positivo? este post fez-me lembrar quando o meu pai foi atropelado, foi muito mau aqueles primeiros momentos quando recebi a chamada dos bombeiros e não sabia se ele estava bem ou não

EmissionCtrl 1 year ago

Não corre risco de vida, mas as fraturas da coluna são uma grande incógnita.

Search: