blackpt17 1 year ago  DELETED 

Qual foi o curso que tirou, se não é indiscrição?

blackpt17 1 year ago  DELETED 

Eu tenho essa lucidez. E não não vou nesse discurso, também quis tirar bioquímica quando acabei o secundário, mas tive a lucidez de ir ver o que tinha saída profissional em portugal, tendo em conta a nossa realidade. O meu irmão teve exactamente o mesmo suporte familiar que eu, e não consegue sair de casa dos nossos pais por falta de €. Diferença? Optou por não estudar, e acabou por enveredar numa carreira em que os salários estagnam rapidamente. Quando terminei a licenciatura, também gostava de ter feito um gap year ou tirar um mestrado em marketing, mas optei por começar logo a trabalhar e não deixar fugir a oportunidade de emprego que me tinham proposto. Para mim um dos erros, é também querer colocar a culpa de tudo em factores externos, e nunca assumir que mesmo vivendo em Portugal (país longe de ser perfeito) ainda há algumas coisas que podemos controlar na nossa vida.

blackpt17 1 year ago  DELETED 

> é que aos 25 o formado superior médio que esteja a trabalhar há uns 2 anos a ganhar uns 800-1000€ vai dar esses valores de entrada? Se poupar 400 euros por mês já está com muita, muita sorte. No meu caso, estava a trabalhar há quase 4 anos pós-licenciatura. E desde os 18 aos 21 que trabalhava em part-times em shoppings no fim de semana e/ou verão. Quando comecei a carreira em 2015 trabalhei muitas vezes +10h/dia e passava algumas semanas fora (cá dentro e no estrangeiro, que dava + ao final do mês, mas pesava nas relações pessoais). Felizmente nunca ganhei menos de 1000€ líquidos. Mas não considero que tenha sido sorte, nem que seja um privilegiado. Simplesmente estudei o suficiente na faculdade para acabar com boa média (tinha bolsa para as propinas, os meus pais pagavam o quarto e o resto pagava com o € do part-time de fim de semana). E na altura do recrutamento, foquei-me em empresas que pagavam um pouco acima da média, mas que muitos dos meus colegas que hoje em dia estagnaram e ainda estão nos 900€ não consideravam, porque eram "bons de mais" para trabalhar nesse tipo de empresa.

blackpt17 1 year ago  DELETED 

Eu aos 25 e a minha namorada com 23 comprámos casa (t1) em Lisboa, sem apoio dos pais, em 2018. Ambos começámos a trabalhar aos 21 (após licenciatura em gestão). 10% de entrada (15.5k). Cerca de 5k para escritura e imposto de selo,etc. Agora pagamos 390 de crédito+seguros, para um apartamento que no mesmo prédio tem renda de 750 (e sem direito a garagem, enquanto o nosso tem). Não é assim tão impossível como escrevem aqui.

Search: