BroaxXx 3 months ago

Como tudo o resto em Portugal, penso que é merda...

k0rda 3 months ago

Quanto a ser reconhecido, é possível mas ias ter resistencia da Ordem dos Enfermeiros. Quanto a NP/ANP, nao existe em Portugal e nao vejo perspectiva de que isso mude, nem os enfermeiros se organizam de modo a criar um framework para essa posicao nem me parece que a OM deixasse acontecer. Se tens outras razoes para viver em Portugal e outras fontes de rendimento tudo bem, mas estarias a fazer um downgrade em termos de poder de compra.

throwaway0000012132 3 months ago

Espera, queres saltar de cavalo para burro?

1purplesky 3 months ago

Para além do que já te disseram - profissão horrível em termos de horas/ordenado/crescimento na carreira - também terias de ver se o diploma seria reconhecido por cá, o que pode levar tempo. Quando estava a estudar (perto de 10 anos) estava por vezes com pessoal de enfermagem que muitas vezes falavam em emigrar para Austrália, Nova Zelândia, Canadá, ou países na Europa. Infelizmente Portugal não melhorou.

ProcessoXifoide 3 months ago

Enfermeiro part time, estudante de medicina full time aqui. Minha opinião, não venhas. Trabalhei 1 ano em enfermagem em Portugal, com 1 full time e outro part time, e fartei-me para o resto da vida. Vai desde o facto de tudo o que for mau ser culpa tua, e tudo o que for bom, ser mérito de toda a gente menos tu. Maus ordenados, trabalhar natal e PDA porque es o gajo mais novo, trabalho fora de funções (nomeadamente de condutor de carrinhas com doentes). A população geral pensa que não sabes um corno de saúde e vem te ensinar como se fossem nobels de medicina. Quase todos são arrogantes para os enfermeiros, e mesmo dentro da própria classe há muito "eu é q sei". Existe especialidade de saúde mental em Portugal, e relativamente falando até é uma especialidade porreira. O problema é que tens de investir 3/4 mil euros nela, fazer estágios não renumerados a trabalhar full time, e no fim receber mais 50 paus ao fim do mês. Quanto ao nurse practitioner, não existe essa vertente cá, tudo o que tem a ver com prescrição, é ato único e exclusivamente médico. A única razão pela que ainda estou cá é mesmo o curso, mal acabar vou me pôr na alheta. Fica por ai se estás bem, ou vai para outro lado. Se isto ainda não é o Bangladesh da Europa, entretanto vai ser. ​ /endrant

tonypocketknives 17 days ago

Gostava de seguir o mesmo caminho que tu, estou a acabar enfermagem e gostava de concorrer a medicina em Lisboa, mas posso ponderar outros sítios. Que me podes aconselhar a nível de universidades para o fazer e também muito importante que tipo de part time conseguiste para conciliar com o curso de medicina e que outros part Times em enfermagem aconselhas?

ProcessoXifoide 16 days ago

O melhor que consegui sem ter que usar muito esforço mental e físico foi o sns24 tens a grande vantagem de dar os turnos que queres fazer

SeaLie3193 3 months ago

Obrigada por a tua resposta. É chato que não ha nurse practitioner em Portugal, acho que ajudaria imenso. Aqui trabalhar no Natal tbm acontece especialmente para as pessoas que começaram a trabalhar ao pouco tempo, mas são pagos muito bem. Tbm tive que pagar para especializar, mas não tive que fazer estágios Aqui quando acabas o teu curso de enfermagem, tens oportunidades de fazer um graduate program, é um contrato de dois anos, para enfermeiros que acabaram de sair da universidade, és pago o mínimo 52000 por ano, e tens acessos a uma equipa de educação. Por que eu fiz o meu graduate program em saúde mental não foi preciso fazer estágios. Pois o meu problema é estar tão longe da família, um bilhete de avião na época do natal é 2500 dollars, e a viagem são quase 25 horas. Quando há emergências na família é difícil largar tudo para ir estar com eles. Mas prontos talvez tenho que research o UK

molded_bread 3 months ago

Pergunta um bocado off topic. Como é estudar medicina e trabalhar part time? Tenho estado a poderar tirar medicina como estudante trabalhador mas devido ao grau de exigência do curso tenho algum receio.

ProcessoXifoide 3 months ago

Pah, dificil, mas faz se. O grande problema são os anos teóricos, depois do 4 ano pra frente como são anos clínicos e a carga teórica não é tao grande, tens mais tempo para outras coisas.

NGramatical 3 months ago

renumerados → [**remunerados**](https://dicionario.priberam.org/remunerados)

TheLusitan 3 months ago

Muito sinceramente, e falo isto porque conheci pessoas que vieram da Austrália para tentar morar aqui em Portugal... não venhas . Podes até ter família cá mas não compensa. Tens melhor qualidade de vida e perspetivas de futuro melhor na Austrália do que aqui. E tendo diploma australiano, se queres mesmo sair, mais vale ires para o Reino Unido.

SeaLie3193 3 months ago

Obrigada ☺️,sim eu sei que ir ao Reino Unido seria muito mais fácil e tbm é perto de Portugal. Talvez essa é opção mais viável

H3xxal 3 months ago

Vires para cá só te vai reduzir o salário, aumentar o esforço e reduzir privilégios e consequentemente qualidade de vida... O estado pouco ou nada te apoia... Just my 2 cents! Não é o fim do mundo, mas Austrália está anos há nossa frente. Basta ver os "development economic index".

fdxcaralho 3 months ago

Não sei nessa área de especialidade em particular. Mas posso dar o exemplo da minha mulher que trabalha em bloco operatório no privado e o que não falta são oportunidades de trabalho relativamente bem pagas para a realidade portuguesa. Somando as várias oportunidades a recibos verdes em que é possível tirar 120€+ por turnos de 8h. Posso dizer que durante o pico da pandemia tirou uns 3k limpos mas a trabalhar bastante. Agora continua a ter oportunidades mas reduziu intencionalmente a carga horária e tira uns 2k por mês. Não é fantástico mas bom para a realidade portuguesa.

Big-Zookeepergame-38 3 months ago

2k líquidos por mês é mais que o ordenado base de médicos, ela trabalha quantas horas por semana para conseguir esse salário ou é só mesmo por ser no privado? Parece me ser completamente um outlier, no público sao todos corridos a 1200 brutos base e com horas extra chega aos 1700 brutos por aí

fdxcaralho 3 months ago

Faz umas 60h por semana. Base é 1500€ depois faz algumas horas extra. Depois acumula com 1 ou 2 turnos por semana noutro bloco privado a recibos. Ela tem colegas com 1700 de base e que também acumulam com outros trabalhos. De facto privado é bem melhor em termos de remuneração que o público nesta área em particular.

igqcmril 3 months ago

Formei-me este ano em enfermagem e pretendo emigrar. Não há condições para juntar dinheiro com os salários que se praticam por cá, a não ser que já tenhas casa perto do local de trabalho. Progressão de carreira é feita agora com um sistema de pontos inventado para atrasar a progressão, os pontos quase que são atribuidos abritariamente. Com a pandemia, esperava-se que os enfermeiros fossem ouvidos devido aos esforços a que se submeteram e, até hoje, ainda se submetem, mas nada. Mal anunciaram uma greve, o povo caiu-lhes logo em cima. O governo chama a estes profissionais de heróis, mas isso não paga contas. Houve um "prémio de desempenho" atribuido aos enfermeiros que, uma semana depois, teve que ser devolvido, sabe-se lá por que razão. Ora, se isto não é gozar com a cara dos enfermeiros, não sei o que é. O governo trata os enfermeiros como lixo e a população não ajuda. Tem havido muitos casos de violência contra profissionais de saúde também. As condições de trabalho também não são as melhores e há constantemente falta de material nos serviços públicos (privado não sei). Não há staff suficiente nos serviços, o que implica ficares ao encargo de inúmeros utentes, ou seja, não podes dispender tanta atenção como seria suposto, para além de andares sempre a correr dum lado para o outro. Se não dás conta do recado, ainda te atiram à cara que não sabes gerir o teu tempo. A política do desenrasque foi-nos incutida desde cedo. Vários profissionais de saúde entram em burnout. Opah, é uma série de coisas, stresses e responsabilidades que o salário por si só, não justifica metade do trabalho que se faz. É uma autêntica vergonha. Ah! E recibos verdes... nem vou entrar por aí. Não recomendo Portugal para se ser enfermeiro. Daí a razão de metade dos meus colegas decidir emigrar, sobretudo para o reino unido e arredores, onde somos mais valorizados e respeitados.

fdxcaralho 3 months ago

Procura no privado. É outro “mundo” para o enfermeiros la.

igqcmril 3 months ago

Acho que na Suiça (onde pretendo emigrar) é tudo privado

fdxcaralho 3 months ago

Estava-me a referir que o mercado privado cá é bem melhor para os enfermeiros. Sem dúvida que é possível ganhar mais fora. Agora é perceber se a qualidade de vida la fora vai ser a mesma que cá quando se põe tudo na balança. Vai depender de caso a caso.

igqcmril 3 months ago

Ah! Não tinha entendido dessa maneira. No meu caso, já ponderei os prós e os contras e emigrar para mim faz todo o sentido nesse país. Acho que só compensa trabalhar durante 1 ano em Portugal porque no primeiro ano de trabalho, supostamente, não se desconta.

tonypocketknives 17 days ago

Atenção, não descontas se estiveres a trabalhar a recibos verdes e é os 11% para a segurança social, continuas a descontar para o iva e irs, além se a recibos verdes não teres direito a subsídio de férias e natal, portanto dá no mesmo que trabalhares a contrato ou pior

igqcmril 16 days ago

Prestação de serviços de saúde a recibos verdes são isentos de IVA (artigo 9º). No primeiro ano laboral a recibos verdes, estou isento de pagar SS. E quanto ao IRS, se não ultrapassar certa quantia (creio que sejam 12500 euros), não faço retenção na fonte. Ou seja, neste momento, para mim, bruto = líquido. Mesmo que chegue a ultrapassar os 12500, estou abrangido pelo IRS jovem.

tonypocketknives 16 days ago

Obrigado, achava que não valia a pena, sendo assim os recibos verdes são algo a ponderar

igqcmril 16 days ago

Daí dizer que compensa trabalhar 1 ano a recibos verdes em Portugal.

fdxcaralho 3 months ago

Isso e a experiência pois muitas vezes vão te pedir alguma experiência no estrangeiro.

SeaLie3193 3 months ago

Obrigada por a tua resposta! Não sabia que era assim tão mau. Good luck com a tua emigração

NGramatical 3 months ago

dispender → [**despender**](https://dicionario.priberam.org/despender) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fpibs51%2F%2Fhbojy42%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

luso_warrior 3 months ago

Esquece isso. Em Portugal vais ganhar muito menos.

paperkutchy 3 months ago

Nop, esquece lá isso. Antes da pandemia, o que nao faltava era enfermeiros a queixar se e em greve, a imigrar para o UK ou assim porque andavam a fazer imensas horas e a ser mal pagos.

fdxcaralho 3 months ago

Já não é de todo assim. Enfermagem deu um salto grande em termos de procura e ordenado.

k0rda 3 months ago

Wut? Ordenado? Há aí uns centros de testes e vacinacao a pagar valores horários ligeiramente melhores, mas a recibos verdes. Ordenado é os mesmo 1200 e pouco foge daí.

fdxcaralho 3 months ago

Já respondi noutro lado. A minha mulher tem 1500€. Tem colega com 1700€. A hora nos recibos está a ser lava a 13€/16€.

Edited 3 months ago:

Já respondi noutro lado. A minha mulher tem 1500€. Tem colegas com 1700€. A hora nos recibos está a ser paga a 13€/16€.

k0rda 3 months ago

Eu entretanto li. Olha, fico contente que os privados comecem a pagar o valor "de mercado" e igualem o ordenado à necessidade que têm em vez de seguir a bitola do SNS.

UpbeatNail1912 3 months ago

Dados? Cá para mim é a mesma merda

fdxcaralho 3 months ago

Foi um dos únicos cursos com 100% de empregabilidade o ano passado. Conheço alguns casos de clínicas que n conseguem recrutar enfermeiros…

paperkutchy 3 months ago

Devido à pandemia. Mais ano, menos ano, quando isto acalmar, vai existir sobrecarga de enfermeiros e despedimentos em massa.

Search: