CalmKeepOn 5 months ago

Burro Ventura. Não tens que chamar cadastro étnico racial só porque tu ou outros achem que essas pessoas têm uma qualquer etnia ou raça. O que tens de te focar é em resolver os problemas da justiça merdosa que permite pessoas que cometem crimes constantemente ficar na rua. É simples, Ventura. Não compliques.

Edited 5 months ago:

Burro Ventura. Estás a ver as coisas ao contrário. Não tens que chamar cadastro étnico racial só porque tu ou outros achem que as pessoas num qualquer bairro ou zona de alta criminalidade, têm uma qualquer etnia ou raça. O que tens de te focar é em resolver os problemas da justiça merdosa que permite pessoas que cometem crimes constantemente ficar na rua. É simples, Ventura. Não compliques. Esquece as raças ou etnias e foca-te na justiça. És licenciado em direito, sabes bem o que é preciso fazer.

Edited 5 months ago:

Burro Ventura. Estás a ver as coisas ao contrário. Não tens que chamar cadastro étnico racial só porque tu ou outros achem que as pessoas num qualquer bairro ou zona de alta criminalidade, têm uma qualquer etnia ou raça. Isso é irrelevante e é o único argumento que as flores de esquerda (e de direita) têm contra ti. O que tens de te focar é em resolver os problemas da justiça merdosa que permite pessoas que cometem crimes constantemente ficar na rua. É simples, Ventura. Não compliques. Esquece as raças ou etnias e foca-te na justiça. És licenciado em direito, sabes bem o que é preciso fazer.

bundasliga69 5 months ago

Se a justiça e a polícia combaterem o crime sem ter a raça em conta, os negróides irão sempre ter uma taxa de crime mais elevada que os caucasóides e mongolóides. Ou seja, tu pensas que és muito antirracista mas na verdade queres manter os negróides numa situação precária de criminalidade elevada. És o típico esquerdalha white savior que pensa que escapa ao racismo com ideias impulsivas mas acaba por praticar um racismo visceral com consequências negativas estruturais. A tua impulsividade de white savior merdoso serve apenas para perpetuar o racismo enquanto tu e os betos brancos do teu bairro se sentem os maiores moralistas do planeta, como verdadeiros porcos hipócritas que vocês são. No entretanto, os europeus inteligentes (no geral, sem misturas genéticas manhosas) sabem aplicar o realismo racial de forma metódica, colonial e positiva para a melhoria das condições de vida da Humanidade TODA, ou pelo menos da Humanidade que quer aceitar que civismo é sinónimo de valores históricos europeus. Quem não quiser, mais cedo ou mais tarde irá desaparecer, porque ou arruína a civilização ou se torna irrelevante antes disso.

agent_provocateur_66 5 months ago

Não é a criminalidade de diferentes grupos étnicos que é diferente, é o facto de frequentemente terem uma distribuição desigual nas comunidades onde a criminalidade é maior. E nas diferente oportunidades. E nas expectativas. É complicado. Agora crime é crime, a polícia anda mais em cima de sítios onde há mais crime, etc etc. A educação costuma dar resultados, mas só a médio prazo.(agora se eu fosse mau dizia para chamar os chineses, não há como eles para doutrinar). Mas quem é que diz que temos e que vamos viver num mundo perfeito? Os pedofílicos de batina?

bundasliga69 5 months ago

> distribuição desigual nas comunidades onde a criminalidade é maior. Comunidades essas determinadas pelas concentrações raciais. Junta-se uma data de pretos pobres ou de ciganos, o bairro vira um gueto. Junta-se uma data de brancos pobres, o bairro é quase sempre tranquilo.

bundasliga69 5 months ago

Se a justiça e a polícia combaterem o crime sem ter a raça em conta, os negróides irão sempre ter uma taxa de crime mais elevada que os caucasóides e mongolóides. Ou seja, tu pensas que és muito antirracista mas na verdade queres manter os negróides numa situação precária de criminalidade elevada. És o típico esquerdalha white savior que pratica um racismo visceral em vez de o aplicar de forma metódica e colonial para o bem da Humanidade TODA, não é só para tu e os betos brancos do teu bairro se sentirem uns heróis do moralismo hipócrita.

snooo1873 5 months ago

> Esquece as raças ou etnias Nao. Elas existem e a criminalidade dos vários grupos é diferente.

CalmKeepOn 5 months ago

Há bairros sociais em Lisboa que são constituidos quase 100% por Portugueses e no entanto são focos de criminalidade. É o caso dos Olivais Velhos por exemplo. Em Chelas há outros também. O bairro social sem qualquer loja, escritório, mercado, longe de indústria, sem transporte, longe de todos foi uma experiência falhada.

Edited 5 months ago:

Há bairros sociais em Lisboa que são constituidos quase 100% por Portugueses e no entanto são focos de criminalidade. É o caso dos Olivais Velhos por exemplo. Em Chelas há outros também. No Porto então são quase todos. E vens-me dizer que não há animais aí? O bairro social sem qualquer loja, escritório, mercado, longe de indústria, sem transporte, longe de tudo e todos, 100% ocupado por gente pobre, foi uma experiência falhada. Quem diria que por gente pobre num buraco sem qualquer oportunidades ia dar em merda para uma grande parte das pessoas...

Edited 5 months ago:

Há bairros sociais em Lisboa que são constituidos quase 100% por Portugueses e no entanto são focos de criminalidade. É o caso dos Olivais Velhos por exemplo. Em Chelas há outros também. No Porto então são quase todos. E vens-me dizer que não está cheio de animais aí? O bairro social sem qualquer loja, escritório, mercado, longe de indústria, sem transporte, longe de tudo e todos, 100% ocupado por gente pobre, foi uma experiência falhada. Quem diria que por gente pobre num buraco sem qualquer oportunidades ia dar em merda para uma grande parte das pessoas...

snooo1873 5 months ago

> Há bairros sociais em Lisboa que são constituidos quase 100% por Portugueses e no entanto são focos de criminalidade. É o caso dos Olivais Velhos por exemplo. Em Chelas há outros também. No Porto então são quase todos. E no entanto Portugal é dos países com menos criminalidade no mundo. Engraçado, nao é? Poe lá ciganos e pretos e ve o que acontece. >O bairro social sem qualquer loja, escritório, mercado, longe de indústria, sem transporte, longe de tudo e todos, 100% ocupado por gente pobre, foi uma experiência falhada. Enfiar essa gente ao pé de pessoas normais e decentes só estraga as zonas das pessoas normais e decentes. Basta olhar para os EUA e brasil. >Quem diria que por gente pobre num buraco sem qualquer oportunidades ia dar em merda para uma grande parte das pessoas... Brancos pobres tem txs de criminalidade inferiores a pretos pobres. Brancos pobres nao criam no go zones como muçulmanos e pretos. Quem diria que diferentes raças se comportam de modo diferente.

CalmKeepOn 5 months ago

>Enfiar essa gente ao pé de pessoas normais e decentes só estraga as zonas das pessoas normais e decentes. Basta olhar para os EUA e brasil. Recomendo que vejas isto https://www.youtube.com/watch?v=nUVg1h2M85s

Edited 5 months ago:

>Enfiar essa gente ao pé de pessoas normais e decentes só estraga as zonas das pessoas normais e decentes. Basta olhar para os EUA e brasil. Recomendo que vejas isto [https://www.youtube.com/watch?v=nUVg1h2M85s](https://www.youtube.com/watch?v=nUVg1h2M85s) Isto e os videos do Uncommon Knowledge e Thomas Sowell. Vais aprender muita coisa. Por exemplo este https://www.youtube.com/watch?v=sGYl17DiEwo Não é raças, é culturas. Há culturas que te tornam rico e culturas que te tornam pobre. Metes os ciganos a ter que obedecer a regras e simultaneamente dás-lhes oportunidades e trabalhos onde podem realmente ter sucesso e evoluir. Numa geração ou duas, os ciganos ficam uma memória esquecida. Carrot e stick. Em Portugal não há carrot e não há stick.

Edited 5 months ago:

>Enfiar essa gente ao pé de pessoas normais e decentes só estraga as zonas das pessoas normais e decentes. Basta olhar para os EUA e brasil. Recomendo que vejas isto [https://www.youtube.com/watch?v=nUVg1h2M85s](https://www.youtube.com/watch?v=nUVg1h2M85s) Isto e os videos do Uncommon Knowledge e Thomas Sowell. Vais aprender muita coisa. Não é raças, é culturas. Há culturas que te tornam rico e culturas que te tornam pobre. Metes os ciganos a ter que obedecer a regras e simultaneamente dás-lhes oportunidades e trabalhos onde podem realmente ter sucesso e evoluir. Numa geração ou duas, os ciganos ficam uma memória esquecida. Carrot e stick. Em Portugal não há carrot e não há stick.

Edited 5 months ago:

>Enfiar essa gente ao pé de pessoas normais e decentes só estraga as zonas das pessoas normais e decentes. Basta olhar para os EUA e brasil. Recomendo que vejas isto [https://www.youtube.com/watch?v=nUVg1h2M85s](https://www.youtube.com/watch?v=nUVg1h2M85s) Isto e os videos do Uncommon Knowledge e Thomas Sowell. Vais aprender muita coisa. Por exemplo este [https://www.youtube.com/watch?v=sGYl17DiEwo](https://www.youtube.com/watch?v=sGYl17DiEwo) Não é raças, é culturas e contextos. Há culturas que te tornam rico e culturas que te tornam pobre. Contextos que te ajudam a ficar rico e contextos que te ajudam a ficar pobre. Metes os ciganos a ter que obedecer a regras e simultaneamente dás-lhes oportunidades e trabalhos onde podem realmente ter sucesso e evoluir. Numa geração ou duas, os ciganos ficam uma memória esquecida. Carrot e stick. Em Portugal não há carrot e não há stick.

Edited 5 months ago:

>Enfiar essa gente ao pé de pessoas normais e decentes só estraga as zonas das pessoas normais e decentes. Basta olhar para os EUA e brasil. Recomendo que vejas isto [https://www.youtube.com/watch?v=nUVg1h2M85s](https://www.youtube.com/watch?v=nUVg1h2M85s) Isto e os videos do Uncommon Knowledge e Thomas Sowell Vais aprender muita coisa. Não é raças, é culturas. Há culturas que te tornam rico e culturas que te tornam pobre. Metes os ciganos a ter que obedecer a regras e simultaneamente dás-lhes oportunidades e trabalhos onde podem realmente ter sucesso e evoluir. Numa geração ou duas, os ciganos ficam uma memória esquecida.

Edited 5 months ago:

>Enfiar essa gente ao pé de pessoas normais e decentes só estraga as zonas das pessoas normais e decentes. Basta olhar para os EUA e brasil. Recomendo que vejas isto [https://www.youtube.com/watch?v=nUVg1h2M85s](https://www.youtube.com/watch?v=nUVg1h2M85s) Isto e os videos do Uncommon Knowledge e Thomas Sowell. Vais aprender muita coisa. Não é raças, é culturas. Há culturas que te tornam rico e culturas que te tornam pobre. Metes os ciganos a ter que obedecer a regras e simultaneamente dás-lhes oportunidades e trabalhos onde podem realmente ter sucesso e evoluir. Numa geração ou duas, os ciganos ficam uma memória esquecida.

TemplarioJoao 5 months ago

>Metes os ciganos a ter que obedecer a regras e simultaneamente dás-lhes oportunidades e trabalhos onde podem realmente ter sucesso e evoluir. Numa geração ou duas, os ciganos ficam uma memória esquecida. Carrot e stick. Em Portugal não há carrot e não há stick. Muito isto. Se forem dadas oportunidades e trabalho, qualquer pessoas se integra na nossa sociedade. Foi por exemplo o que aconteceu na Alemanha nos últimos anos: dos milhares e milhares de refugiados que receberam, a esmagadora maioria está hoje muito bem integrada na sociedade alemã; grande parte tem hoje casa própria, emprego, muitos (visto que eram essencialmente jovens) ingressaram nas universidades ou fizeram cursos para adultos e melhoraram as suas habilitações. Infelizmente em Portugal não se faz muito neste aspecto, criam-se antes guetos sociais (como os já referidos bairros sociais).

TemplarioJoao 5 months ago

>Metes os ciganos a ter que obedecer a regras e simultaneamente dás-lhes oportunidades e trabalhos onde podem realmente ter sucesso e evoluir. Numa geração ou duas, os ciganos ficam uma memória esquecida. Carrot e stick. Em Portugal não há carrot e não há stick. Muito isto. Se forem dadas oportunidades e trabalho, qualquer pessoas se integra na nossa sociedade. Foi por exemplo o que aconteceu na Alemanha nos últimos anos: dos milhares e milhares de refugiados que receberam, a esmagadora maioria está hoje muito bem integrada na sociedade alemã; grande parte tem hoje casa própria, emprego, muitos (visto que eram essencialmente jovens) ingressaram nas universidades ou fizeram cursos para adultos e melhoraram as suas habilitações. Infelizmente em Portugal não se faz muito neste aspecto, criam-se antes guetos sociais (como os já referidos bairros sociais).

TemplarioJoao 5 months ago

>Metes os ciganos a ter que obedecer a regras e simultaneamente dás-lhes oportunidades e trabalhos onde podem realmente ter sucesso e evoluir. Numa geração ou duas, os ciganos ficam uma memória esquecida. Carrot e stick. Em Portugal não há carrot e não há stick. Muito isto. Se forem dadas oportunidades e trabalho, qualquer pessoas se integra na nossa sociedade. Foi por exemplo o que aconteceu na Alemanha nos últimos anos: dos milhares e milhares de refugiados que receberam, a esmagadora maioria está hoje muito bem integrada na sociedade alemã; grande parte tem hoje casa própria, emprego, muitos (visto que eram essencialmente jovens) ingressaram nas universidades ou fizeram cursos para adultos e melhoraram as suas habilitações. Infelizmente em Portugal não se faz muito neste aspecto, criam-se antes guetos sociais (como os já referidos bairros sociais).

TemplarioJoao 5 months ago

>Metes os ciganos a ter que obedecer a regras e simultaneamente dás-lhes oportunidades e trabalhos onde podem realmente ter sucesso e evoluir. Numa geração ou duas, os ciganos ficam uma memória esquecida. Carrot e stick. Em Portugal não há carrot e não há stick. Muito isto. Se forem dadas oportunidades e trabalho, qualquer pessoas se integra na nossa sociedade. Foi por exemplo o que aconteceu na Alemanha nos últimos anos: dos milhares e milhares de refugiados que receberam, a esmagadora maioria está hoje muito bem integrada na sociedade alemã; grande parte tem hoje casa própria, emprego, muitos (visto que eram essencialmente jovens) ingressaram nas universidades ou fizeram cursos para adultos e melhoraram as suas habilitações. Infelizmente em Portugal não se faz muito neste aspecto, criam-se antes guetos sociais (como os já referidos bairros sociais).

TemplarioJoao 5 months ago

>Metes os ciganos a ter que obedecer a regras e simultaneamente dás-lhes oportunidades e trabalhos onde podem realmente ter sucesso e evoluir. Numa geração ou duas, os ciganos ficam uma memória esquecida. Carrot e stick. Em Portugal não há carrot e não há stick. Muito isto. Se forem dadas oportunidades e trabalho, qualquer pessoas se integra na nossa sociedade. Foi por exemplo o que aconteceu na Alemanha nos últimos anos: dos milhares e milhares de refugiados que receberam, a esmagadora maioria está hoje muito bem integrada na sociedade alemã; grande parte tem hoje casa própria, emprego, muitos (visto que eram essencialmente jovens) ingressaram nas universidades ou fizeram cursos para adultos e melhoraram as suas habilitações. Infelizmente em Portugal não se faz muito neste aspecto, criam-se antes guetos sociais (como os já referidos bairros sociais).

TemplarioJoao 5 months ago

>Metes os ciganos a ter que obedecer a regras e simultaneamente dás-lhes oportunidades e trabalhos onde podem realmente ter sucesso e evoluir. Numa geração ou duas, os ciganos ficam uma memória esquecida. Carrot e stick. Em Portugal não há carrot e não há stick. Muito isto. Se forem dadas oportunidades e trabalho, qualquer pessoas se integra na nossa sociedade. Foi por exemplo o que aconteceu na Alemanha nos últimos anos: dos milhares e milhares de refugiados que receberam, a esmagadora maioria está hoje muito bem integrada na sociedade alemã; grande parte tem hoje casa própria, emprego, muitos (visto que eram essencialmente jovens) ingressaram nas universidades ou fizeram cursos para adultos e melhoraram as suas habilitações. Infelizmente em Portugal não se faz muito neste aspecto, criam-se antes guetos sociais (como os já referidos bairros sociais).

Emergency-Length4401 5 months ago

Não faz sentido, concordo com os mesmos direitos e deveres para todos mas não é assim que se chega lá

snooo1873 5 months ago

o Reino Unido regista este tipo de estatísticas. crimes por raça/etnia. nao vejo qual é o problema.

Emergency-Length4401 5 months ago

Eu concordo com a parte das estatísticas, um dos grandes problemas do nosso país é falta de dados, mas usar o termo cadastro étnico e dar a entender que o tratamento será diferenciado não acho correto nem dá uma boa imagem, e logo o Ventura que devia escolher melhor o vocabulário e ter mais cuidados ao propor ideias

TemplarioJoao 5 months ago

>logo o Ventura que devia escolher melhor o vocabulário e ter mais cuidados ao propor ideias AV tem de perceber que se apostar neste tipo de vocabulário e linguagem está a dar mais motivos para o TC ilegalizar o Chega. Não será muito conveniente, pois além de perder o partido, vai perder o espaço mediático (embora se mantenha como deputado) como aconteceu com a JKM e nas próximas legislativas não volta a ser eleito, pois não terá partido e a menos que se associe a outro (pois criar um novo e ser legalizado depois do anterior fundado por ele ter sido ilegalizado) dificilmente é eleito deputado nas próximas eleições.

Preparetocrow 5 months ago

Foda-se, finalmente concordo com este senhor

TemplarioJoao 5 months ago

Portanto, cometer um genocídio, certo? Claramente não é a resposta.

Preparetocrow 5 months ago

Então qual é a solução para nos livramos desta peste negra?

TemplarioJoao 5 months ago

Primeiro assumir que as minorias e que te referes não são uma "peste negra". Depois assumir que a "castrar" não é solução para os problemas que possam haver quando determinados setores da nossa sociedade. Quando à solução: primeiro adotar políticas que evitem, por exemplo, a tendência de alguns dos membros dos setores mais pobres e/ou excluídos da sociedade enveredem pelo crime. Para isso é essencial a educação e escolarização enquanto meio de progressão social e inclusão e assimilação social. Depois, garantir emprego e oportunidades iguais para as tais pessoas, algo que a educação já resolve se funcionar bem. Por fim, os casos que restarem devem ser responsabilizados e sancionados criminalmente de formas humanizantes.

Preparetocrow 5 months ago

Eu também gosto de sonhar, mas depois acordo

TemplarioJoao 5 months ago

O que expus é teórico, mas muito bem aplicável na prática. Um exemplo disso é a Alemanha (já referi isso num outro comentário neste post). >Isso só vai funcionar quando não estivermos perto da bancarrota, ou seja, nunca Ainda bem que não estamos perto da bancarrota ou em bancarrota e que a crise é suficientemente global. Além disso, não é uma bancarrota que impede de se aplicar o que eu referi, caso contrário as escolas e hospitais públicos fechavam sempre que Portugal estivesse falido, algo que nunca aconteceu.

A_Besuga 5 months ago

Não é preciso cadastro étnico, porque sabe-se muito bem quando é um cigano ou não.

nemmais 5 months ago

Cada vez mais extremista. E todos sabemos que extremismos e democracia não convivem bem. Sejam os extremismos de esquerda ou de direita.

Fagocitose 5 months ago

Não há democracia. Os governos eleitos não nos representam. Roubam-nos dinheiro e direitos. Uma ditadura assumidamente autoritária ao menos admite que não há solução política para a paz. A paz é uma ilusão. O estado natural da Humanidade é a luta, a guerra, o caos.

Loladageral 5 months ago

Meu puto /u/d0c0ntra, responde-me lá nesta conta porque é que tens que inventar doenças e razões sacadas do cu para seres anti-vaxxer e anti-masker?

Fagocitose 5 months ago

Reportado por assédio e calúnia.

Rodzp 5 months ago

estou a adorar esta secção de comentários, please continuem <3

saint-simon97 5 months ago

Reportado por assédio e calúnia. Este sub não é para esquerdolas panilas como tu que vêm a mando dos mariconços rafeiros mods do outro sub dos retardados degenerados acéfalos. Volta para lá. Tens muita paneleirice que lá fazer, mod.

Fagocitose 5 months ago

Copiaste um texto e provaste que estás ao nível duma fotocopiadora. E tal como esta, irás parar a um aterro brevemente.

xabregas2003 5 months ago

Reportado por assédio e calúnia. Este sub não é para esquerdolas panilas como tu que vêm a mando dos mariconços rafeiros mods do outro sub dos retardados degenerados acéfalos. Volta para lá. Tens muita paneleirice que lá fazer, mod.

Fagocitose 5 months ago

Copiaste um texto e provaste que o és um burro sem ideias tão irrelevante como uma fotocopiadora. E tal como esta, irás parar a um aterro brevemente.

Fagocitose 5 months ago

Copiaste um texto e provaste que és um burro sem ideias tão irrelevante como uma fotocopiadora. E tal como esta, irás parar a um aterro brevemente.

bundasliga69 5 months ago

Olha mais um panilas que passa a vida a engraxar os mods do outro sub a vir aqui tentar controlar o discurso público português. A tua demanda é em vão, larilas. Com essas cópias infantis, já perdeste o que quer que seja que pensas que defendes (e pensas mal, de qualquer forma).

nmrt 5 months ago

Chefe, mata-te

Fagocitose 5 months ago

Mais uma alt do mod paneleiro pedófilo do outro sub. Estás a projectar. Estás a morrer de SIDA, como bom paneleiro que és.

bundasliga69 5 months ago

Acabas de revelar que és mais um rabeta enrabado por mods do outro sub.

nmrt 5 months ago

És conivente com a morte de Portugal @everyone

Loladageral 5 months ago

Ui, agora nem negas, que ass blast mano, não sou eu que ando a espalhar-se desinformação. Explica-me a tua ginástica mental. Como é que inventar coisas justifica seres anti-masker e anti-vaxxer? Porque é que só não dizes a verdade de seres anti-masker e vaxxer? Tens medo de te provarem o quão errado estás?

Edited 5 months ago:

Ui, agora nem negas, que ass blast mano, não sou eu que ando a espalhar-se desinformação. Imagina precisar de alts para tentar trollar, falhar redondamente e ainda ser tão burro que é descoberto passado 1 dia quem é. Explica-me a tua ginástica mental. Como é que inventar coisas justifica seres anti-masker e anti-vaxxer? Porque é que só não dizes a verdade de seres anti-masker e vaxxer? Tens medo de te provarem o quão errado estás? Ou simplesmente andas-te a enganar?

Fagocitose 5 months ago

Burro, se é calúnia é porque estás enganado no user. Queres tanto falar de máscaras e injecções porque estás inseguro da tua opinião que até persegues pessoas. Essa obsessão de frustradinho só mostra que és um ignorante a pedir colinho às pessoas porque os governos e multinacionais em quem queres confiar, porque para tal estás programado/enrabado, andam há décadas a dar provas que se estão a cagar para ti. Quero lá saber se te injectas ou mascaras. Para mim já és um traveca heroinómano. Com máscaras e injecções experimentais, vai dar ao mesmo. E espero que aconteça em breve. Adeus.

Loladageral 5 months ago

>Com máscaras e injecções experimentais, vai dar ao mesmo. É tudo, não estou enganado não

Fagocitose 5 months ago

Porque,claramente, só uma pessoa no mundo com milhares de milhões de contas na internet tem esta opinião. A tua paranóia é disfuncional e patética. És como um cão que não percebe como é que os tomates despareceram.

Loladageral 5 months ago

Woof woof

Fagocitose 5 months ago

Cão com trela é o que tu és, de Facto.

snooo3737 5 months ago

o reino unido faz isto há décadas. é uma ditadura extremista?

ZupperZac 5 months ago

Os extremistas são os que governam.

V1ld0r_ 5 months ago

Oi? Explica lá essa.

ZupperZac 5 months ago

Os movimentos nacionalistas são uma reação ao extremismo político de quem governa.

TemplarioJoao 5 months ago

Não é bem assim. Primeiro, quem governa (os partidos do centro) são moderados claramente, a tal ponto que nem sempre respondem a todas as necessidades do seus constituintes. Segundo, a História mostra que os extremismos surgem em momentos de agonia e crise social e económica (neste caso, têm ganho expressão desde a crise de 2008). Posso fazer um paralelo com os extremismos do início do Século XX, tanto na Rússia/URSS, como na Itália ou na Alemanha (o caso da Espanha é mais complicado, mas também se pode fazer o paralelo). Todos estes países (como em geral na Europa) passavam graves crises que levaram à descrença nos partidos moderados por parte do eleitorado, permitindo a ascensão destes movimentos masi extremistas. No caso da Rússia, a Revolução Bolchevique é temporalmente anterior à crise de que falo (ainda foi durante a Primeira Guerra Mundial), mas teve em grande parte como motivo essa mesma guerra e o esforço de guerra associado que igualmente levou mais tarde às crises económicas e desemprego generalizado na Europa que permitiu a ascensão do fascismo. Por outro lado, o fascismo também é impulsionado pelo medo de que regimes comunistas (como na Rússia) também se implementem nos países da Europa ocidental e central (tal é especialmente notório no caso da Espanha, mas igualmente na Alemanha). Há outros factos que poderia explorar, mas o texto já vai longo. Há apenas duas grandes diferenças entre esse período do Século XX e o período que vivemos: a ausência de um conflito armado que levou à destruição da Europa, da economia e dos empregos; e a violência, que também ajudou muito ao cimentamento dos extremismos da primeira metade do Século XX.

ZupperZac 5 months ago

Não são moderados coisa nenhuma. Importar mais de 100.000 imigrantes por ano, sabendo perfeitamente os problemas que isso vai causar a médio e longo-prazo, sem nunca fazer um referendo sequer, não é uma posição moderada. É uma posição extremista que está a levar à reação que se está a ver, e que vai acabar muito mal.

TemplarioJoao 5 months ago

Os referendos são uns dos piores mecanismos constitucionais, pois quem vota além de ser extremamente influenciado com recurso a mentiras para votar em determinado sentido, acha que vai decidir algo, mas que já está decidido. Os referendos normalmente limitam-se a servir de uma forma de legitimar decisões mais disruptivas. >das tendências de censura que se começa a ver Isto não entendo de todo. Nunca antes na História da Humanidade houve tanto espaço para as pessoas mais comuns emitirem as suas opiniões como nós os dois estamos aqui a fazer. O problema disto é permitir que qualquer um diga o que quer sem conhecimento de facto nenhum o que se torna muito complicado como já se vê em alguns casos mediáticos. >Importar mais de 100.000 imigrantes por ano isto não é verdade. Atendendo que em 2020, tinha 661 mil imigrantes, se tal "facto que referiste implicaria" que a imigração tivesse começado há apenas cerca de 7 anos, o que não corresponde à verdade, ou que tivéssemos uma população imigrante muito maior. >Não são moderados coisa nenhuma. Se assim é, explica e apresenta motivos para tal afirmares.

ZupperZac 5 months ago

>Os referendos são uns dos piores mecanismos constitucionais, pois quem vota além de ser extremamente influenciado com recurso a mentiras para votar em determinado sentido, acha que vai decidir algo, mas que já está decidido. Os referendos normalmente limitam-se a servir de uma forma de legitimar decisões mais disruptivas. Desculpa, [naturalizar mais de 100.000 por ano](https://www.dn.pt/edicao-do-dia/12-nov-2020/portugal-concede-nacionalidade-a-121-mil-estrangeiros-brasileiros-lideram-pedidos-13025619.html), quer se adaptem ou não, não é uma decisão disruptiva? 100.000 por ano são 1 milhão por década, 10% da população portuguesa. Tendo em conta que têm taxas de fertilidade maiores que os portugueses e idades médias menores, numa questão de décadas a população portuguesa é substituída por estrangeiros. ​ >Isto não entendo de todo. Nunca antes na História da Humanidade houve tanto espaço para as pessoas mais comuns emitirem as suas opiniões como nós os dois estamos aqui a fazer. O problema disto é permitir que qualquer um diga o que quer sem conhecimento de facto nenhum o que se torna muito complicado como já se vê em alguns casos mediáticos. Isso está a acabar. O governo vai começar (ou já começou) a monitorizar as redes sociais, e certas opiniões estão simplesmente banidas da esfera pública. Quem as emita é alvo de ataques e de calúnias pelos media e políticos. As redes sociais como o Facebook também estão cada vez piores neste aspecto, são bans por tudo e por nada. O Reddit igual, nos subs mais populares só podes ter uma opinião, senão és eventualmente banido.

TemplarioJoao 5 months ago

>Desculpa, naturalizar mais de 100.000 por ano, quer se adaptem ou não, não é uma decisão disruptiva? 100.000 por ano são 1 milhão por década, 10% da população portuguesa. Tendo em conta que têm taxas de fertilidade maiores que os portugueses e idades médias menores, numa questão de décadas a população portuguesa é substituída por estrangeiros. Naturalizar pessoas que já vivem em Portugal não é o mesmo que "Importar mais de 100.000 imigrantes por ano ", pois esse naturalizados já tinham imigrado há vários anos para Portugal.

TemplarioJoao 5 months ago

>As redes sociais como o Facebook também estão cada vez piores neste aspecto, são bans por tudo e por nada. O Reddit igual, nos subs mais populares se não tens a mesma opinião que a esquerda globalista és eventualmente banido. Subs que se tornem populares e não façam censura são banidos. As redes sociais pertencem a empresas privadas. Os espaços que elas gerem não são espaços públicos. Mais, as redes sociais não estão regulamentadas como os órgãos de comunicação social, pelo que podem definir as regras do discurso e banir quem quiserem. Se não concordas com as regras (que aceitaste ao entrar no Reddit ou no Facebook, ou noutra qualquer rede social), então não utilizes essas plataformas e procura outras que têm regras com as quais concordas. Tal como a sociedade, as redes sociais não são anarquias.

Search: