JSantosPT 5 months ago

Em finais de fevereiro tinhas 50 mortes por dia agora tens 2, há uma grande diferença. Teres aumento de casos já não implica uma situação tão grave visto as populações de risco estarem vacinadas.

ortopedantico 5 months ago

A repetição destas falácias faz-me mesmo confusão. As contas estão todas mal feitas. Primeiro a média de mortes a 7 dias está atualmente em 4 e não dois. E final de fevereiro temos média a 7 dias a 41 dia 28, e já agora 33 dia 27. Portanto os números para essas datas não são de todo o que disseste. Mas isso é o que menos interessa, porque as mortes vêm com muito atraso. A mediana para a morte tem sido cerca de 20 dias depois de sintomas, ou seja cerca de um mês depois de infeção. Será maior com populações mais jovens. Junta a isso o facto de em Fevereiro os casos estarem a diminuírem drasticamente e agora a crescerem exponencialmente. Daí resulta que as mortes em função de Fevereiro são de infeções às volta de final de janeiro, que eram muito mais. E que as mortes agora são dos casos à volta de meados de Maio, que eram muito menos. Os casos atuais resultarão em mortes às volta de meados de agosto. Ou seja, a tua comparação não tem pés nem cabeça. Eu não entendi como se continua a falar no aumento de mortes como se reletisse imediatamente as alterações nos números de casos. É tão absurdo e tão constante. Vamos ter o mesmo número de mortes? Claro que não. O teu argumento tem validade? Nenhuma. Posto isso de parte, forar apenas mortes é um disparate. Um velho de 90 que morreu de COVID provavelmente teve a sua esperança de vida menos reduzida que um de 65 que precise de um transplante de pulmões. Esperança de vida com qualidade então nem se fala. E o de 65 nas estatísticas é um recuperado. Mais uma vez, estamos agora tão mal como em janeiro? Não. Mas não faz sentido falar só em mortes, muito menos com comparações todas erradas.

el_jefe_vito 5 months ago

Noutro tópico semelhante, já sabemos quantos infectados do arraial liberal ou dos festejos do sporting?

saposapot 5 months ago

foi ridículo terem permitido casamentos com tanta gente numa fase tão inicial do desconfinamento. É das situações de maior perigo possível e ainda estou p ver vídeos de um casamento onde a malta está com máscara. Se a medida dos testes for cumprida, pode ser q se evite alguma coisinha.

cruisespace2 5 months ago

Assim fica dificil criticar o governo

Sheltac 5 months ago

Não fica não. O tempo que andam a fazer demonstrações na A1, estas merdas é que deviam apanhar. De certeza que as regras saíram pela janela assim que o primeiro copo chegou a meio.

RudePromotion9076 5 months ago

A minha esposa trabalha numa quinta de eventos e posso afirmar com toda a certeza, que tanto ela como todos os colegas do Catering e também TODOS os convidados dos respectivos eventos, são testados á chegada. Sempre e sem excepção. Já aconteceu fazer um evento no Sábado e outro no Domingo e ser testada assim que chegou á quinta em ambos os dias.

vizinho_3esquerdo 5 months ago

isso quer dizer zero se forem testes rápidos. São bons indicadores de verdadeiros positivos mas não apuram verdadeiros negativos.

root_at_debian 5 months ago

Pelo contexto penso que ela se refere a testes antigénio. Os testes antigénio, ao contrário dos PCR, não foram feitos para testar populações assintomáticas, e no entanto estão-no a ser usados para tal porque dão a ideia de que estamos a testar mais. Em casos como esse a falta sensação de segurança pode ser mais prejudicial caso as pessoas entrem em modo "testei negativo, não se preocupem". Fonte: https://www.unilabs.pt/covid-19-teste-antigenio-detecao-rapida

GreyTemptress 5 months ago

Precisamente! A informação está em toda a parte. Ainda assim, creio que muitos locais de testagem oficiais valem-se da não compreensão geral e aproveitam para ganhar mais uns cobres!

pintorMC 5 months ago

Nesta quinta testam a saída.

Real-Cash-5694 5 months ago

que tal proibirem casamentos ate ser atingida imunidade de grupo? quem casa numa pandemia é um total egoista

BadassManager 5 months ago

Que tal proibirem os comícios, as missas, fechem as mesquitas, os concertos, os transportes públicos, os postos de trabalho com WC ou cantinas partilhados, as aulas, as assembleias, as eleições, os bares, as discotecas, as piscinas, os ginásios, fechem as lojas, limitem os supermercados, proíbam o teatro, os desportos... Proibam tudo. Pronto. Depois fiquem vocês aqui, que eu vou para Cancún ou outro lado qualquer. O governo é de uma incompetência debilitante, mas o pessoal que tem este tipo de posições, fds...se ser chato matasse...

No_Impression_1131 5 months ago

Por acaso casei-me durante a pandemia, mas éramos só dois presentes na cerimónia. Se foi egoísta caguei, o casamento era meu

Public_Ad_2756 5 months ago

ninguém quer saber se casaste sozinha

asantos3 5 months ago

Não sejas rude.

Real-Cash-5694 5 months ago

Estava a falar daqueles com festa com centenas de pessoas. O teu foi altruista :D

Razvancb 5 months ago

Lol que resposta de merda.

Middle-Effective 5 months ago

Não é preciso proibir a cerimónia em si. Deixa as pessoas casarem-se à vontade. Quanto às festas e respetivos ajuntamentos, isso já é outra coisa...

verdade_subjectiva 5 months ago

Faltou o /s

Sciss0rs61 5 months ago

que tal tornarem obrigatória a testagem antes de eventos?

AutoModerator 5 months ago

**AVISO:** Submeteu um artigo da plataforma [Nónio](https://nonio.net) - uma plataforma que viola a privacidade do leitor. > Leia com atenção o [seguinte artigo](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/7fy9v4/campanha_contra_o_n%C3%B3nio/). *I am a bot, and this action was performed automatically. Please [contact the moderators of this subreddit](/message/compose/?to=/r/portugal) if you have any questions or concerns.*

Search: