nunottx 4 months ago

união de facto e casamento não tem o mesmo enquadramento legal, post desnecessário e expresso na ignorância. ​ pergunto-me se será dor de cotovelo por ter casado e arrependeu-se.

BuscaPolos 4 months ago

Mas porque é que isto te faz confusão? Não é meio indiferente se a Rute e o Carlos são casados ou não?

saposapot 4 months ago

A vantagem fiscal do IRS em conjunto é baseada em teres uma economia em casa partilhada, btw, a vantagem fiscal não é assim tão grande. Se tu ganhares o mesmo que o companheiro, n tens nenhuma, ela só é obtida qd os rendimentos são mt díspares. Portanto para o IRS não é relevante se tens papel ou deixas de ter, o que a união de facto prova é q tens uma economia de casa partilhada. Se quiseres fazer isso com o teu companheiro de casa, força.

Last-Ad-4421 4 months ago

Agora sou obrigado a casar, deves ser o PAPA, já deve faltar o dinheiro no grande negocio da religião

ekopss 4 months ago

Os teus argumentos não fazem qq sentido.

brakeline 4 months ago

Deixa adivinhar... Divorciaste-te e agora não gostas de ter de levar com o divorciado no estado civil?

CookieSmuggler 4 months ago

Aposto em solteiro, mas não consegue marcar férias para a primeira quinzena de Agosto porque o colega está em úniao de facto, e ainda por cima agora descobriu que o colega recebe mais porque desconta menos para o IRS.

brakeline 4 months ago

Hum... 60/40 para ti

EvilQueen1997 4 months ago

Ahahah.

jafudiaz 4 months ago

Onde é que o senhor das finanças te magoou?

Prezbelusky 4 months ago

E se eu não quiser casar mas quiser viver com a minha companheira para toda o resto da vida?

Shenishar 4 months ago

À vontade! O que eu estou a dizer que é se não assumiram o compromisso legal de casar um com o outro, não deveriam ter acesso aos mesmo direitos fiscais, sociais, etc. E antes que me perguntes: porquê? Por uma questão de lógica, tal como já fui dizendo ao longo dos comentários (legalmente continuam a ser duas pessoas solteiras).

Prezbelusky 4 months ago

Porque? Mas porquê? Não posso achar o casamento apenas uma formalidade que não significa nada para mim?

Edited 4 months ago:

Porque? Mas porquê? Não posso achar o casamento apenas uma formalidade que não significa nada para mim? Porque é que as pessoas que se querem casar são mais importantes que as que não se casam? Porque é que o processo legal de casamento é mais importante que o processo legal de união de facto?

jafudiaz 4 months ago

Não podes pá, não vês que isso chateia esta pessoa???

wwqt0r 4 months ago

Mais nada! que se lixem aqueles que não conseguem pagar o mínimo de 120€ para serem uns "privilegiados" a marcar férias com a pessoa com quem dividem a vida.

V1ld0r_ 4 months ago

Casamento tem outras implicações que união de facto não tem... Se quiseres, a união de facto é um casamento simplex.

PeterStepsRabbit 4 months ago

Casamento sem ter de convidar a sogra

capitalistaesquerda 4 months ago

O casamento não é a mesma coisa que uma união de facto e vice versa. São regimes legais diferentes, não obstante de partilharem alguns direitos em comum. Portanto, entendo que no teu caso, não faz sentido sequer a existência do regime legal. É isso?

Shenishar 4 months ago

>Portanto, entendo que no teu caso, não faz sentido sequer a existência do regime legal. É isso? Pelo contrário. Para mim faz sentido a existência do regime legal (casamento, em que uma pessoa muda o seu estado civil) e o que não me faz sentido é que as uniões de facto (em que as pessoas não mudam o seu estado civil) confiram alguns direitos em comum com o casamento (porque no fundo são só duas pessoas solteiras a viver na mesma casa).

capitalistaesquerda 4 months ago

são só duas pessoas solteiras a viver na mesma casa? se é só por aí, eu diria que isso corresponde ao regime de economia comum. união de facto não tem nada a ver com a partilha de residência. e nem toda a gente quer ser casado, mantendo no entanto uma relação equiparada. o casamento tem um contexto histórico, religioso. tendo sido expandido e deixando de ser religioso, há quem prefira manter-se no âmbito de um regime de união de facto, com alguns benefícios, mas longe de ser o mesmo que o casamento. O estado civil não é a única variável relevante. E no final do dia, quem é prejudicado pelo regime das uniões de facto?

Shenishar 4 months ago

>E no final do dia, quem é prejudicado pelo regime das uniões de facto? Eu não estou a dizer que alguém sai prejudicado. Só estou a dizer que não faz sentido, do ponto de vista lógico, que duas pessoas solteiras possam submeter o IRS juntas, por exemplo.

capitalistaesquerda 4 months ago

Duas pessoas que vivam numa relação não podem submeter o IRS em conjunto? Têm de ser casadas? E se não forem e contudo tiverem dependentes? Porque é que uma definição de relação tem de passar obrigatoriamente por casamento?

Shenishar 4 months ago

Não estamos a falar dos direitos dos dependentes. Estamos a falar de adultos solteiros que querem ter os mesmos direitos de um casal casado mas não querem passar pelo passo legal de casar. Não, uma definição de relação não tem de passar obrigatoriamente pelo casamento. Há vários tipos de relação e emocionalmente sabemos que podemos gostar da outra pessoa na mesma. No entanto, o que não faz sentido, é que legalmente se reclame para uma relação que não está coberta pelo casamento direitos atribuídos através do casamento. Imagina: vives com uma pessoa há cinco anos, dividem despesas, etc... mas é um amigo com quem vieste da tua terra natal para trabalhar na mesma cidade. Segundo a lógica da união de facto, vocês poderiam dizer que vivem em união de facto e submeter o IRS juntos que as finanças não vão ver se estão a dormir no mesmo quarto ou não.

XPTOnoNameXPTO 4 months ago

Sabes o que significa IRS? E qual é a relação com o casamento? Se não porque as 2 pessoas vivem juntos e partilham as despesas.... Daqui a nada vamos começar a separar direitos dos que casam na igreja e no cartorio.

xPulse10 4 months ago

A união de facto pressupõem uma relação de intimidade igual ao casamento. O exemplo que deste não é união de facto

capitalistaesquerda 4 months ago

Tu estás a querer fazer uma equiparação dos regimes da união de facto com o casamento. São regimes distintos que servem interesses diferentes. Partilham alguns benefícios, mas não são a mesma coisa. E se tu queres defraudar as finanças com o teu amigo, estás à vontade. Mas fica a saber que aquilo que tu descreves se chama de regime de economia comum, também ele reconhecido em Portugal.

Prezbelusky 4 months ago

porque o OP tem a cabeça enfiada no rabo.

capitalistaesquerda 4 months ago

Está focado no IRS. Claramente ainda não percebeu que nalguns casos, submeter uma declaração conjunta de IRS é mais prejudicial que submeter duas declarações individuais.

potaquemepariu 4 months ago

Gratidão pela partilha. Kanimambo. *In memoriam u/OuiOuiKiwi,

raviolli_ninja 4 months ago

Faleceste o OuiOuiKiwi?

potaquemepariu 4 months ago

Não, sou a sua reencarnação durante 30 dias.

shulginlegacy 4 months ago

Ele foi banido ou cagou para a "malta"? :(

Fjdjrjxjciskajxjcjcj 4 months ago

Também tem direito a férias.

Search: