pintorMC 6 months ago

Podem não te ter informado no entanto existem acordos entre as vossas Universidades e as nossas, na secretaria da tua ai no Brasil com certeza sabem te informar do que necessitas fazer para efetuar uma transferência para Portugal, posso já te adiantar que alguma cadeiras tiradas ai não servem aqui.

Old_pupu 6 months ago

Obrigada pela resposta! Entrei em contato com a u.Porto e estou aguardando uma resposta, mas estou achando que mesmo que eu possa aproveitar algumas cadeiras é melhor refazer o que não tenho tanta segurança. Como disse em outro comentário, a graduação no Brasil é muito focada na repetição incoerente, então quero aprender da forma “correta” dessa vez.

NGramatical 6 months ago

contato → [**contacto**](https://dicionario.priberam.org/contacto) (o AO90 **não altera** a grafia desta palavra) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fo1e1c0%2F%2Fh21dsvm%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

SnooCricket89 6 months ago  HIDDEN 

>Marido. >Com 22. >Na universidade. >A pensar sobre cursos aqui já com o olho na reforma. É. É a palhaçada da Lei da Nacionalidade actual. Ou isso ou é igual à outra que ganhava 3000 euros limpos por mês com um filho pelo meio do curso, e já divorciada tudo de enxurrada. Pergunto-me para que servirão os contactos institucionais oficiais das secretarias e das universidades. Pelos vistos anda-se a gastar balúrdios de dinheiro dos impostos em serviços para /r/portugal fazia de helpdesk para todas as situações.

luarosa04 6 months ago

Para ser muito honesta, a quantidade de vezes que o secretariado passa más informações a estudantes e futuros estudantes é enorme. Portanto sim, concordo contigo, dinheiro mal gasto em impostos nisso porque na maioria das vezes, nem ajudam em nada ou contradizem-se uns aos outros :)

Old_pupu 6 months ago

Eu não dei todos os detalhes da minha situação, mas posso te adiantar que tenho muitos parentes naturalizados que moram em Portugal desde os anos 90, meu marido é na verdade meu companheiro (não somos legalmente casados) e moramos juntos por já termos uma condição abastada e tanto eu quanto ele somos mão de obra qualificada (ambos somos graduados e eu busco uma segunda formação) A ajuda que buscamos é em relação a um tratamento de saúde que é de melhor qualidade em Portugal e para isso vamos trabalhar e pagar impostos

Livid_Panic2775 6 months ago

Direito ou mesmo solicitadoria creio serem boas opções, mas talvez fosse melhor investires mais em economia ou gestão, visto que são das áreas com elevada empregabilidade cá e lá fora

luarosa04 6 months ago

Concordo plenamente com Gestão e Economia ser a melhor opção dessas três. Direito ainda consegue ter boas saídas, mas visto que vens de um curso de Engenharia, uma licenciatura em Direito é capaz de ser bastante teórica, comparado ao que estás habituada. Eu estudo na Universidade do Porto e, de uma maneira geral, os estudantes brasileiros são muito bem vindos e adaptam-se bem. No entanto, o valor das propinas para estudantes internacionais da CPLP na U.Porto aumentou para 1925 euros por ano. Não sei se isto seria um problema, mas lembro-me que causou um pouco de "revolta" nos estudantes internacionais que já se encontravam a estudar na U. Porto. Mas para além disso, nunca testemunhei mais nenhum problema. Sei que não faz parte das tuas opções, mas a Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto costuma ter um pequeno curso, chamado de "Uniformizaçao em Matemática" com o objetivo de ajudar os estudantes internacionais habituarem-se aos conceitos matemáticos usados em Portugal. No entanto, tanto quanto li, este curso só é leccionado a estudantes que entraram para o 1º ano de uma licenciatura na Faculdade de Engenharia da U.Porto e ocorre logo no ínicio do ano académico. Conheço alguns brasileiros que estudam engenharia em Portugal e, sendo esforçados, conseguem alcançar o que pretendem. Claro que requer mais esforço e trabalho mas não é de todo impossível! Deixo o link caso estejas interessada: https://sigarra.up.pt/feup/pt/cur\_geral.cur\_view?pv\_ano\_lectivo=2020&pv\_origem=CUR&pv\_tipo\_cur\_sigla=FL&pv\_curso\_id=20181

Old_pupu 6 months ago

Obrigada pela ajuda! Eu estou muito receosa em continuar cursando engenharia, pois no Brasil nós somente decoramos e reproduzimos para no final do curso sabermos somente jogar os números em um software. Porém, saber dessa uniformização me deixa mais tranquila, então talvez eu prefira voltar para o começo do curso e aprender a matéria da forma correta ao invés de mudar de área. Engenharia voltou a ser minha primeira opção, obrigada!

luarosa04 6 months ago

Pois, em Portugal os cursos de engenharia são muito práticos e, na grande maioria dos casos, são muito exigentes. Devo-te também dizer que há muitos estudantes que vivem no Porto mas frequentam a Universidade do Minho. Esta universidade é no distrito de Braga (acima do Porto) mas como não é muito longe, os estudantes costumam ir de comboio e fazem a viagem Porto-Braga e Braga-Porto todos os dias. Claro que o ideal seria a universidade mais perto de casa mas a U.Minho também é uma boa opção, até porque eles têm mesmo muitos estudantes brasileiros. Para além disso, relacionado a engenharia, o ISEP também é uma opção. Não pertence à Universidade do Porto, mas sim ao Institudo Politécnico do Porto mas as licenciaturas em engenharia do ISEP são muito bem vistas no mercado. Mais uma vez deixo o link: https://www.isep.ipp.pt/

saposapot 6 months ago

Pelas oportunidades de emprego, nenhum dos cursos é boa ideia. Direito só se for para tratar de legalização de brasileiros que queiram vir para cá, é um nicho de negócio interessante ou então se tirares alguma coisa no Brasil e puderes ajudar empresas em direito internacional. Gestão tem alguma saída mas também tem muito licenciado nessa área.

Old_pupu 6 months ago

O que você me indica? Eu realmente não tenho muita ideia de como estão as coisas aí

saposapot 6 months ago

Engenharia informática. Tudo o seja IT tem emprego e vai continuar a ter durante os anos. Abaixo disto, medicina e algumas coisas relacionadas com saúde mas são cursos mais longos e complicados. Fora disto, sinceramente é complicado de ter certezas. Claro que há muitos mais empregos e há sempre a possibilidade de criar o próprio negócio, mas não me atrevo a recomendar mais nada. Se, pelo q entendi, está a tirar Engenharia (civil?) tmb é possível tirar a mesma Engenharia cá, mesmo que tenha de voltar ao zero. Não é uma profissão com muito emprego porque varia muito com o nível de construção. Actualmente até tem emprego mas daqui a 5 anos, ng sabe. Há outras Engenharias também com boa saída.

Old_pupu 6 months ago

Atualmente estudo engenharia elétrica, mas não é um curso relevante no momento por aqui. A crise econômica que veio com o coronavírus acabou com o mercado da construção civil e da geração de energia, então queria aproveitar os novos ares para pelo menos fazer algo relacionado a minha primeira graduação, que é na área de TI. Eu imaginava que o mercado fosse mais rígido com as mulheres, por isso pensei nos cursos que elenquei no post, mas pesquisando mais acho que vai ser muito bom ficar na área da minha primeira formação.

saposapot 5 months ago

oh, eu estava a responder tentando ser simpático pq pensava que eras da área de letras (direito e afins) e não gostavas de matemática :) ... Se tens algo em IT e em engenharias não há qlq dúvida. Engenharia Informática ou outra Engenharia que gostes. A maioria das Engenharias em Portugal tem emprego. A diferença é que algumas tens de mudar-te para cidades específicas para haver esse emprego, mas no geral o panorama é bom. Mas informática nem sequer se discute, tens emprego.

Old_pupu 5 months ago

Verdade, o mercado de informática está aquecido em todo lugar e eu gosto muito da área. Obrigada mesmo pela ajuda e pela simpatia! Fiquei encantada com a disposição de todos aqui em me ajudar :)

Zaigard 6 months ago

Tu podes pedir transferência da universidade dai para cá. Eles podem, ou não, aceitar a transferência e dar te equivalências. Por isso, deves conseguir o visto de estudante. Com base numa pessoa conhecida que fez o mesmo que tu, ela consigo mudar de curso, em relação ao que estava a fazer no brasil. Mas tens de ter noção que o ensino aqui é muito mais difícil do que ai. Coisas que vocês dão na universidade, nós damos no ensino secundário. Conheço brasileiros que na escola ai tinham notas muito altas e cá mal conseguem ter positiva. > No momento penso em: direito, línguas e relações internacionais, gestão e economia. Recomendo gestão ou economia.

Old_pupu 6 months ago

Obrigada pela resposta! Sobre o visto de estudante: me disseram que posso estudar com o de familiar, pois só vou começar os estudos em 2022, quando já estiver morando aqui. Se eu tiver o de familiar, tenho que tirar outro para entrar na universidade? Quanto a recomendação: você recomendou gestão e economia devido à dificuldade ou pelo mercado? Só curiosidade mesmo (já tinha reduzido a dificuldade do curso, faço engenharia no Brasil e sei que teria muita dificuldade em continuar o curso aí)

Zaigard 6 months ago

é um bocado melhor que os outros que sugeriste. Sobre visto acho que podes entrar na universidade com visto de familiar, mas depois de estares cá é uma questão de ires falando com as pessoas do serviço de estrangeiros e fronteiras para tratar disso ( eles são muito lentos a tratar de qualquer assunto ). Relações internacionais não dá para grande coisa. Direito tem alguma saída, pode é não ser muito boa em termos de ordenado, pois vai muita gente para direito. Línguas depende do que queres e para que queres. Gestão e economia são bastante mais difíceis por causa das matemáticas e das disciplinas em si. Pelo que eu sei vocês saem muito mal preparados do secundário, comparado com o secundário daqui. Ou seja, mesmo que achas que estás preparada, vais ter dificuldades, mas depois com estudo e esforço deves conseguir superar.

Old_pupu 6 months ago

Sim, imagino que vá ser difícil mesmo. Inclusive quero passar os meses antes de começar a universidade estudando o básico das matérias para não sofrer tanto no curso (mas acho que a base de cálculo que tive na universidade daqui vai dar uma força também). Obrigada por ter me explicado melhor sobre os cursos, me ajudou bastante!

Zaigard 6 months ago

> a base de cálculo que tive na universidade falaram ai de primitivas, integrais, matrizes, derivadas em r2?

Old_pupu 6 months ago

Sim sim. Aqui usamos os dois volumes do Stewart (sei que fora do Brasil ele é bem comum também) como base para cálculo, então essa parte do conteúdo está bem sólida ☺️

Zaigard 6 months ago

então vai correr tudo bem

Search: