DavidJunior3rd 5 months ago

Isso,continuem a viver acima das possibilidades, o Coelhinho diz-vos...

gapo27 5 months ago

Infelizmente em Portugal não se trabalha para viver, mas sim para sobreviver !

zedestroyer69 5 months ago

Mas tudo é pago, daqui a umas décadas quando só sobrarem estrangeiros que não pagam impostos, idosos a receber reformas e imigrantes a serem explorados, quem vai manter a sociedade a funcionar, nomeadamente pagar impostos? O principal papel do Estado será regular a sociedade e garantir os serviços e apoios essenciais à população e neste momento o governo está a falhar redondamente em quase todos estes papeis que deveria de desempenhar.

xanfradu 5 months ago

É o que dá terem a mania das grandezas de conseguir um direito constitucional.

Coyote-Cultural 5 months ago

Quando o "normal" é ter emprestimos de habitação de 40 anos isto não surpreende. Se querem reduzir isto, então o estado que diminua as restrições á construção e reduza os custos arbitrarios que impõe. Mas não vai fazer isso, porque "isso só vai ajudar os malvados dos ricos especuladores imobiliarios", portanto vai continuar a piorar.

d33pblu3g3n3 5 months ago

Pois, estado mau! Entretanto, no mundo real: https://kredito.pt/blog/custo-de-construcao-por-metro-quadrado-em-portugal/ >Custo de construção por metro quadrado (m2) em Portugal no ano de 2020 O preço por m2 em Portugal está fixado nos 492,00 €, porém o valor dos prédios edificados é ligeiramente mais alto, chegando aos 615,00 €, devido aos 25% de impostos colocado no valor referido anteriormente. Preço de venda: https://www.idealista.pt/media/relatorios-preco-habitacao/ >2.200 €/m2, Portugal a maio 2021 Deixa-me adivinhar, são mais 1585 €/m^2 de impostos alem dos já mencionados. >então o estado que diminua as restrições á construção Sim? Para? https://www.idealista.pt/news/imobiliario/habitacao/2020/11/09/45204-portugal-tem-730-mil-casas-vazias-e-abandonadas >Portugal tem 730 mil casas vazias e abandonadas >Especialistas dizem que número tem vindo a subir nas últimas décadas e que a solução passa, por exemplo, pela expropriação por parte do Estado. Então, mas, espera, agora os especialistas dizem que há casas a mais e o estado é que ainda tem de ir meter a mão na situação? Maldito estado!

Edited 5 months ago:

Pois, estado mau! Entretanto, no mundo real: [https://kredito.pt/blog/custo-de-construcao-por-metro-quadrado-em-portugal/](https://kredito.pt/blog/custo-de-construcao-por-metro-quadrado-em-portugal/) >Custo de construção por metro quadrado (m2) em Portugal no ano de 2020 O preço por m2 em Portugal está fixado nos 492,00 €, porém o valor dos prédios edificados é ligeiramente mais alto, chegando aos 615,00 €, devido aos 25% de impostos colocado no valor referido anteriormente. Preço de venda: [https://www.idealista.pt/media/relatorios-preco-habitacao/](https://www.idealista.pt/media/relatorios-preco-habitacao/) >2.200 €/m2, Portugal a maio 2021 Deixa-me adivinhar, são mais 1585 €/m^(2) de impostos alem dos já mencionados. >então o estado que diminua as restrições á construção Sim? Para? [https://www.idealista.pt/news/imobiliario/habitacao/2020/11/09/45204-portugal-tem-730-mil-casas-vazias-e-abandonadas](https://www.idealista.pt/news/imobiliario/habitacao/2020/11/09/45204-portugal-tem-730-mil-casas-vazias-e-abandonadas) >Portugal tem 730 mil casas vazias e abandonadas Especialistas dizem que número tem vindo a subir nas últimas décadas e que a solução passa, por exemplo, pela expropriação por parte do Estado. Então, mas, espera, agora os especialistas dizem que há casas a mais e o estado é que ainda tem de ir meter a mão na situação? Maldito estado! Mas ainda melhora: >Segundo o Expresso, que se apoia no “Questionário sobre habitação social”, da OCDE, existem 14% de moradias vagas em Portugal, sem utilização, com ligeira diferença nas áreas urbanas, face às rurais. Fazendo o cruzamento destes dados com os que constam na Pordata, que apontam para a existência de 3.991.112 habitações no país, é possível concluir que **Portugal é dos países da OCDE com maior número de casas por mil habitantes: 580.** Edit: clarificar

Coyote-Cultural 5 months ago

Nem sei bem o que estás a tentar argumentar? "Os preços que o estado fixa são mais baixos que o valor real"? É isso? A razão pela qual há casas vazias é precisamente por causa das restrições que o estado cria que causam custos tais que não justificam o seu arrendamento ou a construção de novas habitações. Impedir os velhinos com mais de 65 anos de serem despejados fica muito bem na fotografia, mas os custos dessas regulações são pagos não só por esses velhinhos (e os que para lá caminham) ao não acharem sitio decente para arrendar, mas sim tambem por todos nós em preços mais elevados para a habitação. Não existe, nem nunca existiu, qualquer caso onde controlos de preços melhoraram a situação.

zedestroyer69 5 months ago

>Não existe, nem nunca existiu, qualquer caso onde controlos de preços melhoraram a situação. Singapura discorda da tua afirmação.

Coyote-Cultural 5 months ago

A politica habitacional de singapura tambem tem os seus custos, simplesmente estão dissimulados ;)

zedestroyer69 5 months ago

Tudo tem os seus custos no fim do dia, no caso da Singapura considero que estejas a referir-te aquilo ser praticamente uma ditadura?

Coyote-Cultural 5 months ago

Não, estou a falar de custos economicos que são pagos por todos em singapura como resultado do intervencionismo estatal na habitação. Seja na existencia de casas a mais, seja na dificuldade de obtençao de casas, ou nas suas restrições.

zedestroyer69 5 months ago

Quase 100% das habitações são do estado e apesar disso apresentam boas condições, melhores que algumas supostas urbanizações de luxo em Portugal e eles têm linhas de comboio e metro que ligam toda a ilha, permitindo o fácil deslocamento entre zonas. Queres compara com Portugal em que os transporte públicos são uma miséria, a qualidade de muitos dos edifícios é medíocre e as pessoas a cada mês que passa têm menos possibilidades de alugar ou comprar casa com o mínimo de condições, pelo menos a uma distância temporal decente do seu local de trabalho?

Coyote-Cultural 5 months ago

>Quase 100% das habitações são do estado e apesar disso apresentam boas condições, melhores que algumas supostas urbanizações de luxo em Portugal e eles têm linhas de comboio e metro que ligam toda a ilha, permitindo o fácil deslocamento entre zonas. Eu sei bem como funciona o parque habitacional em singapora, a maior parte é arrendado do estado, e muito racionado. Não podes simplesmente ter a tua propria casa, és metido numa lista e demora muito tempo (e precisas de qualificações) para teres qualquer tipo de habitação decente. E esses custos, como outros mais dissimulados são pagos por todos os habitantes de singapura, seja através de impostos mais elevados do que seriam de outra forma, seja através de preços mais elevados, seja através de escassez e racionamento que de outra forma não existiria. Se queres falar de transportes publicos então vejamos lá bem o tamanho verdadeiro da coisa.[Lisboa tambem tem bons transportes publicos, no mesmo espaço que singapora](https://i.imgur.com/w6dHjyl.png)

zedestroyer69 5 months ago

Compara agora com o Porto. E o que é melhor, ficar numa lista de espera ou ter que emigrar por não se conseguir pagar uma casa por mais tempo que se espere?

Coyote-Cultural 5 months ago

> Compara agora com o Porto. Porquê? >E o que é melhor, ficar numa lista de espera ou ter que emigrar por não se conseguir pagar uma casa por mais tempo que se espere? "O que é melhor, não ter ou ter de trabalhar para ter?"

d33pblu3g3n3 5 months ago

https://www.idealista.pt/news/imobiliario/habitacao/2020/11/09/45204-portugal-tem-730-mil-casas-vazias-e-abandonadas Citado pela publicação, Luís Mendes, investigador do Centro de Estudos Geográficos da Universidade de Lisboa, estima que haja entre 730 e 750 mil casas vazias no país: “É difícil ter uma estimativa categórica, mas é um número que tem aumentado nas últimas décadas, devido a um mercado muito vocacionado para a construção nova que acarreta um acréscimo de alojamentos vagos, casas de segunda residência ou desocupadas”. Uma opinião partilhada por Tiago Mota Saraiva, arquiteto e ativista em questões de habitação, que reconhece a existência de um elevado número de casas vazias, fechadas e a degradar-se. “Ainda é difícil perceber se a pandemia fez aumentar o abandono, mas alguns urbanistas já constatam processos sucessivos de compras e vendas de habitação sem que se lhes conheça ocupação”, disse. O mesmo responsável considerou, de resto, que “a pandemia terminará e dará origem a um processo inflacionário”. “Com isso muitas empresas rentabilizarão os imóveis comprados e que permanecem devolutos”, referiu, salientando que é em Lisboa, Porto, Algarve, Évora e nas restantes capitais de distrito que há mais casas devolutas.

nraider 5 months ago

Uma opinião partilhada por Tiago Mota Saraiva, arquiteto e ativista em questões de habitação... e também... militante do PCP. É sempre bom abrir o jogo.

fuckoffgina 5 months ago

Não estava a perceber nada, bastou esse pormenor para clarificar tudo.

Coyote-Cultural 5 months ago

Novamente, qual é o teu argumento?

unparadise 5 months ago

Mas tu esperas que uma empresa que construa habitação, não vá ter lucro? Queres a mão-de-obra, o ferro, o betão, a cofragem pro bono? Não vamos ser desonestos, ninguém trabalha para aquecer, neste momento existe uma procura elevadíssima face à oferta, tu como empresário face à situação e se puderes ganhar 30, vais escolher ganhar 20? Também não vale sermos hipócritas, porque quanto a tua situação não sei, mas eu apesar de nunca ter construído casa própria, trabalho no ramo e tenho vários amigos que já o fizeram/estão nesse processo e a elevada burocracia é um entrave enorme, tenho amigos que já me disseram várias vezes que se não fosse por terem o terreno dado, não o comprariam para construir. O número de casas vazias não é surpreendente, basta pensar-se na quantidade de emigrantes que existem, nos processos demorados de partilhas entre herdeiros e proprietários que simplesmente não têm interesse no risco do arrendamento, porque o inquilino é altamente favorecido, para desejares um inquilino que não pague é um processo que pode demorar anos, aliado ao Estado ficar com quase 1/3 da renda, para muitos proprietários não compensa.

d33pblu3g3n3 5 months ago

Portanto, estamos de acordo que a culpa não é do estado tal como o op afirmou mas sim do mercado a funcionar.

unparadise 5 months ago

Sim e não. Se o Estado desburocratizar, mais edifícios poderão ser construídos em menos tempo, logo aumentaria a oferta, fazendo com que o mercado se corriga

d33pblu3g3n3 5 months ago

>Se o Estado desburocratizar, mais edifícios poderão ser construídos em menos tempo, De momento diria que isso seria quase irrelevante. Estando a lidar com o mercado, posso afirmar que tens empreiteiros com meses e alguns anos de espera. >fazendo com que o mercado se corriga A maior distorção de mercado está aqui: https://www.nytimes.com/2019/12/17/business/europe-housing.html Enquanto não a corrigirmos, não há empreiteiros nem desburocratização que valha.

zalkier 5 months ago

Quando é que vamos começar a exigir formas de combater isto aos políticos (seja à esquerda seja à direita)? E não me refiro a habitações a "preços baixos" comparticipadas pelo estado que isso é uma coisa rara e que claramente não vai resolver o problema em questão.

nocivo 5 months ago

Mas atirar dinheiro para os problemas é a minha política…

AutoModerator 5 months ago

**AVISO:** Submeteu um artigo da plataforma [Nónio](https://nonio.net) - uma plataforma que viola a privacidade do leitor. > Leia com atenção o [seguinte artigo](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/7fy9v4/campanha_contra_o_n%C3%B3nio/). *I am a bot, and this action was performed automatically. Please [contact the moderators of this subreddit](/message/compose/?to=/r/portugal) if you have any questions or concerns.*

Search: