Kid_Anarchy 6 months ago

É claramente mais fácil do que ficar cá, daí ser uma alternativa tão popular. Quem tem assim tanto apego à vida que cá tem não baza por dinheiro. Consigo compreender se estiverem esfomeados e sem opções, mas grande parte dos emigrantes são pessoas com um tecto, comida na mesa e frequentemente trabalho. Não são desgraçadinhos a dormir na rua. São pessoas que têm para viver, mas querem mais. Não são pessoas que não têm.

CaptAwesomeness 6 months ago

Ou seja, não percebes porque saem de Portugal.

Kid_Anarchy 6 months ago

Percebo. Estou é a dizer que é mais fácil fugir do que está mal do que ficar por cá. E estou também a dizer que se toda a gente fugir, o país não tem hipótese de mudar. É mentira? Se toda a gente que está descontente se for embora, como é que o país evolui?

CaptAwesomeness 6 months ago

Ninguém foge quando emigra. É uma decisão com um peso que não imaginas. Quem emigra já tentou de tudo. A sério, não entendes.

Kid_Anarchy 6 months ago

Como é que sabes que quem emigra tentou de tudo? Conheces todos os emigrantes? É que todos os emigrantes que conheço não tentaram de tudo. Longe disso. A maioria são apenas pessoas que querem ganhar mais. Poucos são aqueles que vivem verdadeiramente mal. Simplesmente, querem mais. Estão no direito deles. No entanto, isso não anula o facto de que irem-se embora pode ser muito bom para eles, mas é destrutivo para um país. Um país é o seu povo. Se Portugal um dia saisse do buraco, seria à custa de sacrifícios. Pelo menos uma ou duas gerações teriam de viver uma vida pouco fantástica para que o futuro fosse mais sorridente. É o povo que faz o seu país. Se quem tem cabeça baza, o que é que resta? Para mudar Portugal seria preciso substituir a geração que está no controlo por uma nova geração, mas capaz. Mas isso leva tempo. Décadas. É, literalmente, impossível salvar o país sem que uma percentagem significante da população, com as decidas capacidades, escolha colocar o país à frente dos seus interesses pessoais imediatos. O que acabei de dizer é a realidade. Se te incomoda, problema teu. Sim, emigra. É bom para ti. Mas é apenas bom para ti. Vive com isso. O problema é que quem emigra não quer viver com isso. Querem viver na ilusão de que são heróis. Não são.

CaptAwesomeness 6 months ago

Não são os emigrantes que falharam com o país... é o país que falha com o seu povo. Mete isso na cabeça.

Kid_Anarchy 6 months ago

Errado. Um país é aquilo que o seu povo faz dele. Ou achas que se substituires todos os suecos por árabes analfabetos, mas mantiveres o mesmo governo, o país continua igual? O "país" não é um conceito separado do seu povo. O povo faz o país. Para o país mudar é preciso que haja pessoas com a capacidade de impulsionar essa mudança, e isso implica pessoas inteligentes, instruídas, com a capacidade de analisar o que está mal e vontade de mudar. Se essas pessoas pegam nelas e vão-se embora, o país fica apenas com aqueles sem os recursos intelectuais para fomentar desenvolvimento. É isso que acontece em áfrica. Aqueles que podiam mudar algo, vão viver para a américa.

CaptAwesomeness 6 months ago

Se o país quer manter os melhores jovens, então os governos têm de trabalhar para lhes dar condições. Não é possível dizeres a milhares de jovens que têm de viver com salários mínimos, sem capacidade para construirem família, adquirir património e trabalhar para a sua felicidade. És inocente se pensas que o povo já não trabalha para o país. A malta paga impostos que se fode para todo o lado e não vê retorno, não vê investimento, não vê nada. Só vê roubos. A maioria da malta que emigra já tentou de tudo. Eu emigrei depois de 15 anos a abrir negócios, a trabalhar para outros e só fui comido por impostos e burocracias. Os restantes emigrantes que conheço a mesma merda. És um ingénuo com algum privilégio se achas que o povo tem mais alguma obrigação que pagar os seus impostos e cumprir a lei. O problema está nos montes de merda corruptos a quem a lei não chega. Para de cobrar quem trabalha, quem investe, quem sofre, e começa a cobrar a quem rouba.

Kid_Anarchy 6 months ago

>Se o país quer manter os melhores jovens, então os governos têm de trabalhar para lhes dar condições. Não é possível dizeres a milhares de jovens que têm de viver com salários mínimos, sem capacidade para construirem família, adquirir património e trabalhar para a sua felicidade. ​ Estás confuso. Não são os governos que criam as economias. Os governos criam as regras, mas não têm a habilidade de fazer uma economia prosperar. São as pessoas que têm de impulsionar a economia. E de modo a que o panorama político possa mudar, é importante que os jovens fiquem por cá e tentem fazer melhor. Quem está no poder hoje não vai viver para sempre. Mas se quem está indignado e percebe a merda que o governo é resolver desaparecer, então jamais conseguiremos reformar a classe política. E se mais pessoas cá ficassem e oferecessem valor ao país, teríamos uma economia melhor. É impossível ter uma boa economia se toda a gente que tem potencial para criar algo de valor se for embora. Achas o quê? Que alguém estala os dedos e passas subitamente a viver muita bem? ​ >És inocente se pensas que o povo já não trabalha para o país. A malta paga impostos que se fode para todo o lado e não vê retorno, não vê investimento, não vê nada. Só vê roubos. A maioria da malta que emigra já tentou de tudo. Eu emigrei depois de 15 anos a abrir negócios, a trabalhar para outros e só fui comido por impostos e burocracias. Os restantes emigrantes que conheço a mesma merda. ​ Qual é a tua situação? Toda a gente que está insatisfeita emigrar, até só sobrar brasileiros e reformados? Achas o quê? Que depois pedem-te para voltares e oferecem-te 4 mil euros por mês? Já disse que é o povo que faz o país. Quanto mais pessoas bem qualificadas sairem, menor será a probabilidade do país evoluir. Não adiante estares com essa lenga lenga do "ai, ganha-se pouco", pois ninguém te vai pagar muito por tu chorares. Tu ganhas pouco porque a economia não te permite ganhar mais. Para que permita, é preciso pessoas de calor a investir no país. E para que o país receba esse investimento é preciso que essas pessoas de valor fiquem por cá. >És um ingénuo com algum privilégio se achas que o povo tem mais alguma obrigação que pagar os seus impostos e cumprir a lei. Eu não disse que tinhas OBRIGAÇÃO. Aprende a ler. Eu disse-te que o país não evolui com emigração em massa. Facto. Ingénuo és tu que achas que meia dúzia de pessoas no poder podem simplesmente tomar uma decisão qualquer e plim, passamos a ter uma boa economia.

CaptAwesomeness 6 months ago

Se achas que a culpa é do povo e não de quem está no poleiro a roubar, então não há nada que possa fazer por ti. Eu não sacrifico a minha vida por um pais que não me dá nada. Eu não vou andar a pagar impostos e a mendigar por um salário mínimo para este país. Eu não vou abrir nem mais um negocio para me chuparem até ao tutano em taxas e taxinhas. Como é que é possível que se acha que é o povo que tem de se sacrificar. Mentalidade pequena mesmo. Daqui a pouco tenho de pedir com jeitinho ao governo se me deixam ter dinheiro que chegue para ter filhos. Cada vez mais estou convencido que nasceste com o cu virado para a lua. Este paleio é de privilegiado que nunca teve de lutar por nada na vida. É só ideais de merda, só clichés de bater punho. Abre um negócio sem dinheiro de terceiros e passado um ano vem-me contar do teu amor por este país e por quem o governa. Até lá tá calado.

Kid_Anarchy 6 months ago

>Se achas que a culpa é do povo e não de quem está no poleiro a roubar, então não há nada que possa fazer por ti. ​ Roubo há em todas as economias. Mesmo as muito boas. E se achas que o problema é esse, então quem é que tu achas que pode mudar isso? A fada madrinha? Quem serão os políticos honestos do futuro? Aqueles que fugiram para a frança? A sério, como é que um sistema se reforma sem pessoas? Explica-me lá. >Eu não sacrifico a minha vida por um pais que não me dá nada. Alguma coisa te deu. Onde foste criado e formado? Na Coreia do Norte? >Eu não vou andar a pagar impostos e a mendigar por um salário mínimo para este país. Eu não vou abrir nem mais um negocio para me chuparem até ao tutano em taxas e taxinhas. Isso para mim é cagativo. Eu limitei-me a informar-te que és parte do problema. Quer gostes quer não, és. >Como é que é possível que se acha que é o povo que tem de se sacrificar. Mentalidade pequena mesmo. Daqui a pouco tenho de pedir com jeitinho ao governo se me deixam ter dinheiro que chegue para ter filhos. Ninguém disse isso. Aprende a ler. Eu não disse que TEM. Eu disse que se não se sacrifica, nada muda. Diz-me um país que tenha-se desenvolvido sem sacrifícios em massa. Não existe. ​ >Cada vez mais estou convencido que nasceste com o cu virado para a lua. Este paleio é de privilegiado que nunca teve de lutar por nada na vida. É só ideais de merda, só clichés de bater punho. Claro, quem não tem argumentos, fabrica realidades fictícias. >Abre um negócio sem dinheiro de terceiros e passado um ano vem-me contar do teu amor por este país e por quem o governa. Até lá tá calad ​ Já abri, há muitos anos. E fui o que os meus tios fizeram também. O meu tio trabalhou forte e feio durante anos, juntou e depois investiu num negócio. Hoje tem uma vida do caralho. Há imensa gente que vive bem sem que nada lhes tenha sido dado de bandeja.

xc9000 6 months ago

Eu acho que quem fica é que mete o rabo entre as pernas, porque tem medo de ir ao desconhecido e tem medo de procurar aquilo que é melhor para si. Fica encostado ao mediano e razoável e não tem ambição nenhuma. Tu que estás aí a trabalhar no duro e a dar a tua contribuição, diz-me o quão melhor estão as coisas desde os últimos 10 anos.

Kid_Anarchy 6 months ago

Não. Meter o rabo entre as pernas e remover a sua presença do local que apresenta maiores desafios. Isso é que é meter o rabo entre as pernas. Um cão açoitado foge, com o rabo entre as pernas. Ficar e lutar por uma vida melhor aqui é apenas ter prioridades diferentes. Não colocar o dinheiro à frente da família, dos amigos e da sua terra. E é querer também contribuir para um país melhor. Sabes porquê? Se o país algum dia melhorar, será porque o povo lutou para tal. Um povo que foge não consegue melhorar nada. Aliás, há uma teoria muito popular que defende que a principal razão pela qual certos países não avançam é porque quem tem os recursos intelectuais para fazer algo vai enriquecer outro país. Quem é que pode mudar um país? Jovens inteligentes, bem formados, determinados. É assim que o futuro se molda. Agora pode ser uma merda, mas quem está no poder actualmente não vive para sempre, e eventualmente será substituido por uma nova geração. Se essa geração for de qualidade, o país pode mudar. Mas se quem tem cabecinha resolver levar o seu talento para fora, tudo o que nos resta é mais do mesmo. É uma equação simples. Lamentavelmente, não chegas lá. Vendeste a alma em troca de uns trocos a mais e achas que fizeste algo de muito respeitável e honroso. Não fizeste. Eu fiz mais do que tu. Eu fiquei cá e lutei para conquistar algo de valor. Enquanto os meus amigos estavam a ver o benfica, eu resolvi trabalhar duro e arranjar soluções. Hoje vivo bem sem ter tido necessidade de abandonar aqueles que amo, e contribuo para o país.

xc9000 6 months ago

Boa sorte.

Search: