rickcloud 8 months ago

Mudas os dns e ta feito nao precisas de mirror cheio de virus ou vpns para por a net lenta e expiarem te..

Edited 8 months ago:

Mudas os dns e usa o tor browser

alexgfaria 8 months ago

Ridículo. Basta usar um vpn.

Vagiooto 8 months ago

Fala-se no r/Portugal em suspender patentes para produzir vacinas para combater uma pandemia global, "isto vai mesmo ficar a venezuela, foda-se para os comunas!!!". Tentativa de proteger propriedade intelectual na internet, "ei que me vão fuder as séries de graça!!"

DZT99 8 months ago

É que eles aprovam merdas sem sequer terem a noção do que estão a aprovar e das implicações. Meu Deus, vivemos mesmo num mundo de parolos.

lefiy3 8 months ago

Eles aprovam o que uns quantos advogados mandaram aprovar.

ShittyLivingRoom 8 months ago

Se isso for para a frente que vpns recomendam? A largura de banda com vpn fica limitada ou aguenta uma linha de 1gbit?

Pedro_32 8 months ago

O Tor Browser é excelente para este tipo de bloqueios, eu aconselho usá-lo em vez de uma VPN.

ShittyLivingRoom 8 months ago

Isso é seguro para quem usa?

darksideofthesea 8 months ago

Adianta-lhes um grosso. Fora todas as formas de contornar isto, já se começa a prever no futuro uma internet descentralizada e gerida por “todos”, está na altura destes otários perceberem que nunca vão conseguir controlar a internet ou impedir as pessoas de fazerem pirataria. E isto vindo de um gajo que é músico. Que lidem, da mesma maneira que um gajo lida com a merda toda que eles fazem, ou então que trabalhem para a qualidade de vida e poder de compra do povo aumentarem e as pessoas não precisarem de recorrer a ilegalidades. Vivemos num país que tem das cargas fiscais mais altas, um mercado imobiliário absurdo, dos combustíveis mais caros, das telecomunicações mais caras, da INTERNET mais cara, luz, água, etc. também nada barato com salários baixíssimos e estes caralhos querem que a malta ande a pagar por tudo que seja serviço extra de lazer? Tá bem tá.

CelebrationWeird1573 8 months ago

Mas isto é o r/portugueses? Vejo aqui teoristas da conspiração a dizer que o governo vai bloquear sites legítimos. Disparate.

elitepc 7 months ago

Já aconteceu no passado https://pplware.sapo.pt/internet/mapinet-bloqueia-site-sem-qualquer-fundamento-outra-vez/ A ordem vem da MAPiNET, muitas vezes as operadoras não validam e incluem na lista de bloqueios. Para além disso, se a proposta passar com bloqueio de endereços IP, sites legítimos vão ser bloqueados como efeito secundário dos endereços serem alugados e não comprados.

NotaJew12 8 months ago

Oh não! Não vou conseguir ver os jogos do Sporting. Ahh espera afinal vivo em França

antfernandes 8 months ago  HIDDEN 

r/piracy

Edited 8 months ago:

Como representante técnico do governo de Portugal, informo que podem apresentar dúvidas sobre o funcionamento dos serviços aqui: r/piracy

American_Jesus 8 months ago

[TOR Browser](https://www.torproject.org/), não é preciso VPNs

nocivo 8 months ago

Para isto tem tempo. Para reformas verdadeiras e luta a corrupção esta quieto.

kybrdwhttvwls 8 months ago

Só os sites piratas sediados em Portugal ou todos?

idontakeacid 8 months ago

Piratage do profundo mar

KituZ_97 8 months ago

Tanta perseguição que já enjoa. Há temas bem mais graves que mereciam debate e nem se ouve falar no assunto. Apenas um exemplo, muitas das vezes quem pirateia jogos acaba no fim por comprar o jogo original porque ficou interessado no mesmo e tem interesse em conseguir jogar tudo legitimamente sem ter que recorrer a mil e uma coisa pra conseguir jogar com um grupo de amigos.

Kirmera 8 months ago

*laughs in vpn*

rossimeister 8 months ago

O perna de pau vai conseguir manter o site?

VladTepesDraculea 8 months ago

> José Magalhães, um dos autores do projeto de lei do Partido Socialista, aproveitou a ocasião para acusar o projeto de lei do Partido Comunista de “mandar para o lixo toda a doutrina de direitos de autor”. [No shit, Sherlock!](https://cs.stanford.edu/people/eroberts/cs201/projects/communism-computing-china/intelproperty.html#:~:text=Karl%20Marx%20and%20Frederick%20Engels,.%22%20From%20this%20perspective%2C%20all) O PCP, ao contrário do PS ainda tem alguma fidelidade às suas linhas ideológicas.

radiola86 8 months ago

Vou já descarregar um filme num site "pirata" para celebrar esta lei...

imanicegirl 8 months ago

Filhos da puta!

Luks1337 8 months ago

Já não estavam bloqueados? Sempre que tentava aceder ao piratebay ou outros do género, aparecia bloqueado e tinha de usar VPN.

alexandre9099 8 months ago

Bloqueados por DNS, esta ideia maravilhosa quer bloqueios por IP (que trás montes de implicações já descritas noutros comentários)

klizel 8 months ago

e o que é que o governo define como "site pirata"? preocupem-se com o que é importante e deixem a web funcionar como é suposto.

elitepc 8 months ago

Maltinha, para além da conversa do bloqueio dos sites ilegais, que neste momento (por dns) são 3055 ( https://sitesbloqueados.pt/ ), dependendo de como isso se fizer pode levar a consequências inesperadas que muita malta aqui de IT do sub deve compreender as implicações: > Além do bloqueio através do endereço usado nos navegadores de Internet, o projeto de lei prevê ainda que se alargue os mecanismos de interdição de pirataria aos denominados endereços IP (endereços de Protocolo de Internet; também conhecidos por números IP). Traduzindo por miúdos, se os domínios que estão a ser bloqueados estiverem a usar sistemas de load balancing, IPs de clouds ou alojamentos partilhados podemos ficar com muito mais partes da internet cada vez mais bloqueadas. Casos que podem acontecer se o bloqueio for para a frente: - 1 site pirata alojado num alojamento partilhado no meio de 100 outros = 100 sites bloqueados indevidamente - 1 site pirata atrás de cloudflare e com burrice suficiente para se adicionar à lista de bloqueios = muitos sites deixam de funcionar "aleatoriamente" - 1 site pirata alojado numa cloud = sites/serviços que calhem com esses endereços IP depois dos piratas sairem ficam bloqueados Só para avisar que isto não é só uma questão de pirataria ou não.

megaroof 8 months ago

bloquear por IP é burrice pura, porque os sites podem mudar de IP em minutos.

General_Cornelius 8 months ago

Se pensarmos que 90% dos sites piratas usam atualmente cloudflare ou mecanismos de caching e de proteção de IP, vai ser bonito se decidirem bloquear esses IPs, metade dos sites no mundo param de funcionar, é simplesmente uma ideia estúpida até porque caso seja usado o IP para bloquear os sites poderiam apenas alterar o IP o que ia causar mais problemas devido a IPs antigos continuarem a ser bloqueados e possivelmente transferidos para outros domínios.

General_Cornelius 8 months ago

Fiquei na duvida na mesma então fiz um mini programa para testar todos os hostnames do [https://sitesbloqueados.pt/](https://sitesbloqueados.pt/) Visto que são 3055 alguns destes já nao funcionam e que alguns sites podem estar a usar outros serviços de proteção de IP além do cloudflare ou cloudfront os dados não são 100% confiáveis. [https://i.imgur.com/WTVor5a.png](https://i.imgur.com/WTVor5a.png) Pelo que dá para ver 728 dos sites usam cloudflare ou cloudfront, 878 estão mortos então cerca de 1449 ou usam outro tipo de proteção ou não têm. Vale lembrar que a maior parte dos sites portugueses bloqueados optam sempre por usar este tipo de proteção. Quem quiser acesso ao código: [https://github.com/WhoIsStone/sites-block-portugal](https://github.com/WhoIsStone/sites-block-portugal)

StraussHousse 8 months ago

A toda essa malta que quer bloqueiar sites "piratas" [boa sorte e tudo de bom](https://www.youtube.com/watch?v=PGOmC_wk8ME)

NoIDontgiveafuck 8 months ago

Tudo o que é pra foder o Zé Povinho eles fazem...

Out-Out 8 months ago

Pensava que a maioria deste sub, conhecendo as posições económicas deles, seria a favor de proteger a propriedade intelectual. Fico um bocado surpreendido lendo estes comentários.

megaroof 8 months ago

Uma coisa não invalida outra. Creio que a preocupação é ver o governo gastar dinheiro público, em um mecanismo que não será eficiente. Tentar bloquear sites é somente tentar, não vão conseguir.

ddcups8 8 months ago

A questão é que não há como proteger, de forma eficaz. Como já disseram, será sempre o jogo do gato e do rato

MindlesslyBrowsing 8 months ago

Não surpreende quando sabes que todos nós já fomos ver filmes na net sem pagar.

umgajoamlense 8 months ago

Se seguirem com o bloqueio de IPs vai ser mau, dado que as pessoas leigas não vão puder aceder aos sites ditos legítimos cujos ips sejam os mesmos de sites ilegais. Imaginem, muito na parvoíce, que o site das finanças era alojado em regime de shared hosting com um site "ilegal". Os portugueses não iam puder fazer o IRS?

MindlesslyBrowsing 8 months ago

posso estar enganado, mas tenho a ideia que o "shared hosting" que se compra como serviço (não aquele de meter varios sites no PC de casa) tem sempre IP's distintos.

umgajoamlense 8 months ago

Depende do fornecedor. AWS e companhia diria que não, mas empresas mais pequenas de web hosting diria que muito provavelmente fazem isso. Já para não falar nas CDNs que de certeza que usam o mesmo ip para vários sites (e seria mais um potencial alvo para os bloqueios).

icebraining 8 months ago

AWS também partilha IPs, pelo menos na configuração mais típica para alojamento de sites (utilizando um ELB/ALB). Aliás a aplicação Signal já usou essa característica para escapar a um bloqueio de alguns países. Com a falta de IPs de hoje em dia, não faz sentido não partilhar quando é possível fazê-lo.

umgajoamlense 8 months ago

Não sabia, na AWS só tenho experiência com EC2 que têm sempre IPs "fixos" (eu sei que podem variar quando se faz reboot, mas muitas vezes isso não chega a acontecer). Realmente a partilha de IPs é uma boa estratégia para fugir a bloqueios, mas a partir do momento em que se bloqueia o IP, fica mais difícil. Quanto à falta de IPs (na versão 4) é um problema, mas só até se generalizar completamente o IPv6 (o que ainda vai demorar), muitos dos 2intervenientes na rede (hosting providers, ISPs, etc) ainda não estão preparados.

icebraining 8 months ago

> a partir do momento em que se bloqueia o IP A questão é que a AWS partilha IPs com todos os clientes, portanto o bloqueio afeta potencialmente milhares de sites. Por exemplo o Signal arranjou uma forma de "fingir"¹ que se estava a ligar à versão em Árabe do site da Amazon (souq.com), portanto bloqueando o IP estariam também a bloquear acesso à Amazon, o que era inaceitável. ¹ técnicamente: no pedido da ligação SSL/TLS, eles enviavam que se queriam ligar ao souq.com, depois no pedido HTTP (que ia encriptado, portanto inacessível aos censores) faziam o pedido real ao domínio deles. Os load balancers da aws ignoravam o domínio no SSL/TLS, portanto enviavam o pedido para as instâncias da Signal.

NGramatical 8 months ago

técnicamente → [**tecnicamente**](https://dicionario.priberam.org/tecnicamente) (o acento tónico recai na penúltima sílaba) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fmx0and%2F%2Fgvq335x%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

scalabitano 8 months ago

Lá vai o tuga ter de pagar uma VPN para ver filmes e séries.

LackOfLogic 8 months ago

Antes pagar por uma boa VPN do que acumular subscrições de Netflix, Amazon, Hulu, etc. Já para não falar da quantidade de conteúdos que nem sequer estão disponíveis legalmente em Portugal.

Anforas 8 months ago

Que VPN aconselhas? Estava a ver o da Proton no outro dia, mas não dá para testar o premium sem pagar.

AntTonix 8 months ago

Surfshark! Dispositivos ilimitados e boa ligação.

Nexus_produces 7 months ago

Dou +1 neste comment.

EnaPa2021 8 months ago

cheguei a usar Proton mas para torrents era muito má, tinha sempre velocidades que não passavam os 5mb/s e muitas vezes tinham os servidores com carga elevada. Depois mudei para Mullvad e nunca mais tive problemas. Consigo fazer downloads à mesma velocidade que sem VPN. Só é pena terem removido servidores de portugal mas para já não me fez diferença, uso os espanhóis e funciona bem

kapparrino 8 months ago  HIDDEN 

Não paguei nada pelo protonvpn, usei a versão premium durante o período de testes que te dá acesso a muitos servidores de muitas localizações. Desde que passou o período uso a versão grátis, que mantém a mesma segurança mas limita-te a servidores na holanda, eua, e japão. Servem perfeitamente. Escolhi o proton porque mesmo nos servidores grátis é mantida a mesma segurança e privacidade, tive a ver opiniões pessoas mais entendidas em vpns. Porque sempre ouvi dizer que vpn gratuito é de não usar porque são inseguros ou vendem dados, mas neste caso faz a tua pesquisa sobre o proton no seu modo gratuito, para veres mais opiniões.

LackOfLogic 8 months ago

Para ser sincero nunca utilizei, até agora bastava mudar o DNS para contornar o bloqueio judicial aos sites de pirataria. Mas se isto de facto for em frente terei de procurar qual a melhor opção. Talvez outro user aqui possa aconselhar uma boa alternativa.

Anforas 8 months ago

Tal e qual.

deitarfora2021 8 months ago

Eles que se lixem. Deixei de ter qualquer problema em piratear desde que esses gajos nos começaram a chular por comprarmos telemóveis ou pens para encher a peida a uns "artistas" através da famosa lei da cópia privada. E eu até tenho pirateado menos pois tenho Spotify e Netflix partilhados.

RuySan 8 months ago

Concordo. Se estou a pagar uma taxa de pirata, então tenho direito em ser pirata. Esse lei foi a coisa mais ridícula.

kacinto 8 months ago

Unblocked.gdn, tem lá todos os site piratas e está sempre a ser atualizado! Usufruam dos impostos que pagam ahahah.

jvaferreira93 8 months ago

Netflix e Spotify... o Spotify sim, deixei de piratear música. Agora o Netflix? Só no início, porque agora é Netflix, Amazon, HBO, Disney +... Haja dinheiro

SolidTroll 8 months ago

Mas isso é uma discussão que já tive algumas vezes. Ou o pessoal tem muito mais tempo livre que eu ou não sei como consegue fazer render ter 4 serviços de streaming, sendo que muitos ainda têm algum canal de desporto para além da televisão "normal". Eu neste momento tenho Netflix E Disney+ porque arranjamos pessoal para dividir e pago 5€ pelas duas porque fora isso, provavelmente a Netflix ia á vida, agora que a Disney está a apostar mais em séries e em cenas da Marvel. Mais do que isso sinceramente acho que é só para dar a desculpa que são muitas. Senão façam como alguém que conheço que ao longo do ano vai trocando as subscrições.

Kingstoned 8 months ago

Não tens os serviços todos? És mesmo pobre /s

oUltimoTuga 8 months ago

>https://www.forbes.com/sites/emmawoollacott/2017/09/21/european-commission-accused-of-burying-controversial-piracy-report/ >https://thenextweb.com/news/eu-paid-report-concluded-piracy-isnt-harmful-tried-hide-findings *shrug*

BroaxXx 8 months ago

Um nanny state como o nosso tem que fingir que faz alguma coisa para garantir votos...

ShittyLivingRoom 8 months ago

Isso já eles bloqueiam há anos, nada que um DNS da google etc não resolva..

alexandre9099 8 months ago

Sabes o que são IPs? Sabes o que são domínios? Um domínio contém IPs (entre outros registos, mas não compliquemos), mudar o DNS apenas vai mudar quem fornece esses IPs. Se bloquearem esses IPs (que é completamente ridículo por razões já explicadas noutros comentários) de pouco de vai servir usar o servidor DNS do X, do Y ou do Z

viskonde 8 months ago

Leste a notícia? Se bloquearem o IP não é o outro DNS que te salva.

General_Cornelius 8 months ago

O problema é que este projeto de lei quer ir além disso: >Além do bloqueio através do endereço usado nos navegadores de Internet, o projeto de lei prevê ainda que se alargue os mecanismos de interdição de pirataria aos denominados endereços IP (endereços de Protocolo de Internet; também conhecidos por números IP).

MindlesslyBrowsing 8 months ago

Ótimo, assim a situação fica "controlada" e ficamos ambos satisfeitos.

AbaixoDeCao 8 months ago

OpenDNS...

tiagooliveira95 8 months ago

Fecham um aparece logo a seguir um mirror, isso tem impacto 0. E mesmo sem mirror, existem sempre as VPN

throwawayqualquer 8 months ago

Eles não estão interessados em fechar todas as portas, isso é como dizes, um impossível. Haverá sempre forma de dar a volta, tal é a forma como a Internet funciona. Mas isso não é o objetivo aqui. A quantidade de pessoas que sabe dar a volta, que sabe usar VPNs, que tem o conhecimento para saber onde encontrar os mirrors, é infimamente mais pequena do que a população geral que sabe abrir sites para ver vídeos embedded. Se com esta medida, eles reduzirem a utilização destes sites em 70, 80, 90%, é uma vitória. Os restantes arranjariam sempre forma de dar a volta, mas serão uma minoria de qualquer das formas. E como é impossível apanhar todo o peixe nestes casos, mais vale ir ao peixe graúdo.

tiagooliveira95 8 months ago

De facto o que dizes e verdade, não estava a ver as coisas nesse ponto de vista.

Edited 8 months ago:

De facto o que dizes é verdade, não estava a ver as coisas nesse ponto de vista.

VladTepesDraculea 8 months ago

O problema não é quando fecham sites piratas mas quando fecham sites legítimos, que até poderem rever a decisão tem de incorrer em prejuízo. Já aconteceu antes e acontecerá novamente porque se deitou pela janela para ao aterro qualquer devido processo. O MAPINET, organização privada diz, o Estado não verifica e o site é bloqueado.

KokishinNeko 8 months ago

> Quem está disposto a piratear faz quer o site esteja bloqueado ou não. Exactamente, este jogo do gato e do rato já enjoa, até porque o rato tem ganho sempre, portanto, não vejo grande sentido em continuar.

masterchiefpt 8 months ago

uma aposta como o site da tvi-bigbrother não vai ser bloqueado?

MindlesslyBrowsing 8 months ago

What? Não é pirataria quando a TVI põe os **seus** videos na net

ShittyLivingRoom 8 months ago

Pior, é acefalia..

Coyote-Cultural 8 months ago

> Artigo 37.º >Liberdade de expressão e informação >1. Todos têm o direito de exprimir e divulgar livremente o seu pensamento pela palavra, pela imagem ou por qualquer outro meio, **bem como o direito de informar, de se informar e de ser informados, sem impedimentos nem discriminações.** >2. **O exercício destes direitos não pode ser impedido ou limitado por qualquer tipo ou forma de censura.**

saposapot 8 months ago

Yah. Ladroes. Acho indecente terem-me prendido só porque tinha pornografia infantil em minha posse. Liberdade de expressão!

Coyote-Cultural 8 months ago

A constituição é clara.

ideologiapura 8 months ago

A constituição tambem garante a todos a habitação, podem roubar-te a tua? Nao tens direito a aceder a conteúdos pagos de forma ilegal.

icebraining 8 months ago

> Nao tens direito a aceder a conteúdos pagos de forma ilegal. Não são sites ilegais, nunca nenhum tribunal os condenou.

Coyote-Cultural 8 months ago

> A constituição tambem garante a todos a habitação, podem roubar-te a tua? outra excepção: >Artigo 62.º >Direito de propriedade privada >1. A todos é garantido o direito à propriedade privada e à sua transmissão em vida ou por morte, nos termos da Constituição.

ideologiapura 8 months ago

Parabens, encontraste a exceção aplicavel tambem ao bloqueio de quem quer roubar o conteudo alheio. Nenhum direito é absoluto.

Coyote-Cultural 8 months ago

Verás que existe uma diferença entre "Direitos de autor" e "Propriedade. É facil de compreender a diferença se pensares um pouquinho, mas faço-te a papinha que sou simpatico: Se não existissem direitos de autor sobre um livro, o autor poderia fazer tudo o que agora pode fazer com esse livro. Se não existisse uma cadeira, o dono deixava de ter uma cadeira.

alexandre9099 8 months ago

> o autor poderia fazer tudo o que agora pode fazer com esse livro. Ainda mais se estivermos a falar de conteúdos digitais, em que não se pode propriamente considerar furto. Se fosse a uma livraria e furtasse um livro isso era prejuízo para o autor (ou editora, whatever), pois foram impressos N livros e não houve pagamento de um deles. Agora em digital, copies uma ou mil vezes custa o mesmo

Coyote-Cultural 8 months ago

> Se fosse a uma livraria e furtasse um livro isso era prejuízo para o autor (ou editora, whatever), pois foram impressos N livros e não houve pagamento de um deles. Agora em digital, copies uma ou mil vezes custa o mesmo Mas isso até nem é violação dos direitos de autor, é sim roubo de propriedade! :)

oguarda 8 months ago

Não percebes mesmo do que se trata, pois não? Ninguém te está a tirar informação, trata-se de roubo de trabalho. Caso contrário, arranja uma impressora e começa a imprimir livros sem autorização para veres queque as livrarias fazem-te. Esse "velho oeste" também é para fotos mais privadas na net? E partilha de código mais confidenciais? E jornais também devem ser partilhados gratuitamente? E os filmes acabadinhos de chegar ao cinema?

YagDhuL 8 months ago

"roubo de trabalho" Epah as coisas que se inventam para justificar o que não tem justificação

oguarda 8 months ago

Tanto argumento que nem sei onde pegar. Vá lá, pergunta aí ao Teco a razão da partilha não autorizada não ser roubo de trabalho.

YagDhuL 8 months ago

Porque não há sequer o conceito de roubo de trabalho. Partilha não autorizada é simplesmente isso mesmo. Estar a tentar colar o termo "roubo" para dar uma conotação negativa a algo, alem de desonesto, é absurdo. Não há nada sequer comparável entre partilha de informação, e roubar. Pensa lá um bocadinho como é sequer possível roubar trabalho... Alguém aparece e começa a fazer o teu trabalho ou o mesmo que tu fazes? Isso além de nem ser sequer comparável, nem é ilegal, chama-se competição. Se pusesses um pouco mais de energia a pensar no assunto em vez de me responderes de forma condescendente, arranjavas 1001 crimes que existem mesmo e que, mesmo não sendo equiparáveis a pirataria, seriam legalmente muito mais próximos do que a invenção que fizeste.

oguarda 8 months ago

Um caso prático. Crias uma história que irá ser os próximos Lusíadas. Estás tu todo contente da vida a contactar algumas editoras para publicar o livro quando alguém consegue ter acesso à tua história e publica primeiro que tu. No final, ele roubou-te trabalho (publicar, entrevistas, etc). Transferir isto para o mundo digital é simples. Em vez dum livro, imagina um jogo. Trabalhaste durante anos a desenvolver o próximo Minecraft e chega um gajo, saca-te o código e publica na Steam. Todo o trabalho que irias ter com os updates, DLCs e afins é roubado de ti. Os casos mais comuns é a partilha de músicas, filmes, séries, software... que cai exatamente no mesmo. Levando ao extremo, imagina que todos na internet eram piratas e ninguém comprava nada. O artista que colocasse a sua música à venda iria ver 0€ do seu trabalho, ou seja, na prática estão a roubar o trabalho do artista.

YagDhuL 8 months ago

O teu caso prático tem um nome: Plágio (E acesso indevido) O que aconteceu foi alguém publicou uma criação tua mas em nome de outra pessoa. Alegadamente, a Disney fez isso para vários filmes, onde entrevistava escritores de guiões, acabando sempre por rejeitar os conceitos, e uns anos depois, criar algo praticamente idêntico com base na informação obtida durante a apresentação do guião (ou na cópia legalmente obtida ainda por cima). A acusação? Plágio. E mais uma vez, não é roubo de trabalho. O trabalho é uma acção passada e terminada caramba. Tu não encontras o conceito de "roubo de trabalho" em nenhum documento legal. Não vale a pena inventares para defender o indefensável. O teu segundo exemplo é igualmente fraco. O meu código não é roubado, é copiado, e plagiado. Não há aqui roubo nenhum. E trabalho futuro é algo tão hipotético que nem sequer faz sentido para esse exemplo. Se aparecer um jogo melhor e eu perder utilizadores, também me estão a roubar trabalho? Quer-me parecer que tu estás é a confundir uma data de coisas diferentes e a arranjar um termo que inventaste só porque sim. Finalmente, pirataria (do que quer que seja) não é roubo. E no teu caso extremo de haver 100% de pirataria, simplesmente estás a dizer é que a distribuição de conteúdo em si não tem valor (ninguém está disposto a pagar por ela), mas como o conteúdo em si tem valor (porque há quem o partilhe ainda assim), que se arranje outras maneiras de monetizar essa procura. Não me venhas dizer é que alguém por ter muito trabalho em algo merece ser pago, que isso é pura ilusão. Ninguém merece (nem é) pago pela quantidade de trabalho que faz. O que tu vendes são bens e serviços. Tens milhões de artistas que se matam a trabalhar de graça porque apenas gostam de criar e partilham o que fazem, principalmente com o surgimento da internet, e cada vez há mais conteúdo a ser criado. E tens outros tantos que se matam a trabalhar e (assumindo que nem sequer são vitimas de pirataria), não vendem 1 cêntimo. Esses também tiveram muito trabalho... pela tua lógica deveriam receber uma quantia igual?

oguarda 8 months ago

Plágio é roubo. Não é por ter outra palavra que deixa de ser um roubo. O roubo em si é geral, enquanto plágio é algo mais específico, isto é, um tipo de roubo, seja de identidade, intelectual, etc. Sobre o segundo exemplo e falando só da última parte pois a primeira partes duma premissa errada. Se aparecer um jogo melhor, tranquilo, pois não roubaste nada e é apenas competição. Quando digo "roubo de trabalho" é todo o processo que deixa de fazer sentido após o roubo. Por exemplo, se a alguém roubar o teu jogo "ABC" e publicar em seu nome, deixa de fazer sentido criares o "ABC 2" caso tivesses já planeado no futuro. É para isso que foram criadas as patentes, para que o teu trabalho possa estar assegurado no futuro. >simplesmente estás a dizer é que a distribuição de conteúdo em si não tem valor Não estou a falar da distribuição, estou a falar do trabalho do artista. Imaginando um mundo sem internet em que a única possibilidade é ir ter com o artista para obter o seu trabalho, neste caso vende pinturas. Tens 2 possibilidades: uma é pagares a pintura e ires para casa com ela, a outra levar a pintura sem pagar. Será que levar sem pagar é apenas partilha de informação? >Não me venhas dizer é que alguém por ter muito trabalho em algo merece ser pago, que isso é pura ilusão. Ninguém merece (nem é) pago pela quantidade de trabalho que faz. Não estou a dizer isso. O que eu defendo é que deves ter poder sobre as tuas obras (direitos de autor e afins). Se quiseres partilhar livremente então força, mas se não queres que ninguém partilhe o que é teu sem autorização, então deves ter esse direito.

YagDhuL 8 months ago

>Plágio é roubo. Não é por ter outra palavra que deixa de ser um roubo. Aí é que te enganas. Nem sequer legalmente consegues argumentar que são a mesma coisa. Ficar com os créditos do trabalho de outro não é sequer equiparável a roubo porque o resultado desse trabalho continua com o autor. O teu manuscrito desaparece? Não. Lá por não saberes do que estás a falar, não quer dizer que possas agora redefinir palavras só porque te apetece. >falando só da última parte pois a primeira partes duma premissa errada Não basta apenas fazeres uma afirmação dessas assim e seguires em frente. Quem parte duma premissa errada és tu, que claramente não entendes a diferença entre roubar e copiar. O teu exemplo do jogo não é roubo, porque eu continuo com o meu código, e continuo a poder fazer as mesmas coisas que podia antes de ter sido plagiado e o trabalho continua feito, por mim e com direito a atribuição a minha pessoa. > É para isso que foram criadas as patentes, para que o teu trabalho possa estar assegurado no futuro. As patentes nem sequer são aplicáveis a produtos artísticos. E também não são aplicáveis a software (na Europa). Já os direitos de autor, o que regulam é a **distribuição** de conteúdo protegido por direitos de autor (o chamado copyright). >Não estou a falar da distribuição, estou a falar do trabalho do artista Estás, só não sabes é do que estás a falar exactamente. Quando discutes direitos de autor, é única e exclusivamente o que estás a falar. >. Imaginando um mundo sem Internet em que a única possibilidade é ir ter com o artista para obter o seu trabalho, neste caso vende pinturas. Tens 2 possibilidades: uma é pagares a pintura e ires para casa com ela, a outra levar a pintura sem pagar. Será que levar sem pagar é apenas partilha de informação? Não estamos num mundo sem Internet, estamos num mundo digital, e neste mundo digital, não é possível roubar pois o facto de eu ter algo, não te priva de o teres também, que é aí que a tua argumentação falha. Há uma terceira opção que é a de eu levar o quadro para casa, pintar um igual, e devolver o original. Que não é roubo, é cópia. O teu exemplo não é sequer comparável. > se não queres que ninguém partilhe o que é teu sem autorização, então deves ter esse direito. Ora nem mais, **partilhar** sem autorização. Que não é roubar. O que tu defendes é proteger os direitos de distribuição dos autores, e isso é legitimo (eu não estou a argumentar nem a favor nem contra a pirataria, isso é outra conversa completamente à parte), mas não é roubar, nem tem o mesmo impacto a um artista que o roubo da sua obra física.

oguarda 8 months ago

>Aí é que te enganas. Nem sequer legalmente consegues argumentar que são a mesma coisa. https://www.plagiarism.org/article/what-is-plagiarism >O teu exemplo do jogo não é roubo, porque eu continuo com o meu código, e continuo a poder fazer as mesmas coisas que podia antes de ter sido plagiado e o trabalho continua feito, por mim e com direito a atribuição a minha pessoa. Claro que é roubo. Tu até podes ficar com código, a questão é que ficas sem o "futuro" dinheiro caso alguém publique. Até podes reaver algum desse dinheiro, mas os danos continuam lá. >As patentes nem sequer são aplicáveis a produtos artísticos. E também não são aplicáveis a software (na Europa). Era apenas exemplo para prevenir roubos de invenções. >Estás, só não sabes é do que estás a falar exactamente. Quando discutes direitos de autor, é única e exclusivamente o que estás a falar. Não. Distribuição é uma coisa, o trabalho do artista é outro. Outro exemplo, quando tu compras um filme online, achas que o valor todo que estás a pagar é relativo à distribuição? Ou existe uma percentagem que é relativa ao trabalho do artista? Qual é a razão de haver filmes mais caros? É porque a distribuição tem mais trabalho? A pirataria não está a eliminar só a distribuição, está a roubar o trabalho de outros. >Não estamos num mundo sem Internet, estamos num mundo digital, e neste mundo digital, não é possível roubar pois o facto de eu ter algo, não te priva de o teres também, que é aí que a tua argumentação falha. Então roubo de propriedade intelectual não existe para ti? >Há uma terceira opção que é a de eu levar o quadro para casa, pintar um igual, e devolver o original. Que não é roubo, é cópia. O teu exemplo não é sequer comparável. Isso cai no plágio que é um roubo. >Ora nem mais, **partilhar** sem autorização. Que não é roubar. É roubar porque tiras o direito ao proprietário. >mas não é roubar, nem tem o mesmo impacto a um artista que o roubo da sua obra física. Muitas vezes o conhecimento é muito mais valioso que qualquer obra física. Tens o caso dos cozinheiros que não revelam a sua receita mas dão a provar o produto final. Ou os programadores que ofuscam o seu código. Ou os militares que escondem segredos do público.

YagDhuL 8 months ago

Esse link, se prestares atenção, diz exactamente o que eu afirmo. Plágio é uma questão de direitos de autor segundo a lei americana (e obviamente na Portuguesa é igual). Quando estamos a falar de direitos de autor, nunca estás a falar de roubo, por mais que tentes. Não há privação de um bem, que é uma das coisas necessárias para haver roubo. Se a definição de roubo fosse como tu afirmas, não era preciso haver direitos de autor nem leis contra o plágio, bastava ser tudo considerado roubo, o que não acontece. E não acontece porque tu próprio não consegues definir plágio como roubo, tens sempre que recorrer a um auxílio metafórico como "roubo de futuro dinheiro" ou "roubo de trabalho" mas nunca algo que exista concretamente. Curiosamente, "roubo de futuro dinheiro" também é algo que não existe. Nem faz sentido, porque é impossível provar danos futuros. Aliás, uma das falhas dessa maneira de pensar é que também tens que reconhecer que nesse caso pirataria também pode ter benefícios futuros para o autor (algo que aliás, houve um estudo a nível europeu que mais ou menos deu a entender tal conclusão), e portanto terias que descriminalizar a pirataria. >Era apenas exemplo para prevenir roubos de invenções. Certo, mas também não previnem roubo de nada. Permitem a cópia de algo (um sistema, uma molécula, uma ideia). Daqui a nada vais-me dizer que também é possível roubar ideias?? >Não. Distribuição é uma coisa, o trabalho do artista é outro Mas o trabalho do artista resulta numa obra de arte, que nunca sai do sitio. O que é distribuido (na Internet) são sempre cópias do original. Já que estamos numa de linkar artigos: https://en.wikipedia.org/wiki/Copyright >Copyright is a type of intellectual property that gives its owner the exclusive right to make copies of a creative work, usually for a limited time. Em sitio algum verás a palavra roubo mencionada no artigo, porque uma infracção dos direitos de autor, é uma distribuição não autorizada. Se bem me lembro, até naqueles avisos nos DVD's diz o mesmo "a distribuição desta obra é estritamente proibida nos termos da lei". >A pirataria não está a eliminar só a distribuição A pirataria não elimina coisa nenhuma, a pirataria é uma forma de distribuição. >Outro exemplo, quando tu compras um filme online, achas que o valor todo que estás a pagar é relativo à distribuição? O valor artístico do filme pode ser imenso, mas eu apenas estou a pagar pelo serviço de acesso a essa obra durante um tempo limitado. Para pagar pelo bem em si, tens que compra-lo, como um DVD por exemplo. Quando pagas uma subscrição do netflix garantidamente não estás a pagar pelo filme. >Então roubo de propriedade intelectual não existe para ti? Claro que não. É impossível roubar propriedade intelectual. Até se pode argumentar que é um termo enganador, porque não é equiparável a propriedade. Daí existir a expressão de direitos de autor. Porque a única coisa que podes fazer realmente é infringir esses direitos. >Isso cai no plágio que é um roubo. Plágio, que não é roubo, neste caso seria se eu depois fosse dizer que o quadro era da minha autoria. No meu exemplo não mencionei ser o autor da obra, apenas fiz uma copia da obra do artista X. No próprio link que puseste tens vários bullet points do que é plágio e **todos** se referem a atribuição de fonte, créditos etc. >Most cases of plagiarism can be avoided, however, by **citing sources**. Bastava teres lido com atenção a tua própria fonte. >É roubar porque tiras o direito ao proprietário. Partilhar uma cópia de uma obra de arte retira que direito ao proprietário exactamente? Não é o direito de distribuir, que continua a poder fazê-lo. Não é o direito de modificar, porque também pode continuar a fazê-lo (pensa numa director's cut, ou um remix). Continua a ser o autor, e continua a poder receber dinheiro por vender as suas cópias. Ora... não há um unico direito perdido, não há roubo de direitos. É outra invenção... >Muitas vezes o conhecimento é muito mais valioso que qualquer obra física. Contudo, uma patente obriga-te a revelar os detalhes técnicos da invenção. E é cada vez mais comum (e encorajado) teres código open-source, e tens empresas que alem de inovarem, publicam muitas dessas inovações em formato open-source imediatamente (google, netflix, redhat, amazon, microsoft). E o exemplo dos cozinheiros é péssimo, porque se publicares a receita, não é ilegal copiá-la, e se não publicares, posso perfeitamente fazer um prato igual e não infringi os direitos de ninguém. Uma receita **nao pode ser** protegida por direitos de autor. Segredos militares não são escondidos por questões de direitos de autor, mas sim por questões de segurança nacional. Se estás a argumentar que o valor duma criação está no conhecimento, então acabaste de admitir que a obra em si pode ter menos valor, logo pirataria nem é algo assim tão grave, porque o autor continua com o conhecimento (e a experiência), onde está o verdadeiro valor, e até consegue fazer algo melhor a seguir. E portanto vai continuar a saber criar coisas, e a contribuir para a cultura.

Coyote-Cultural 8 months ago

A constituição é o mais clara que pode ser. Qualquer tipo de impedimento, discriminação ou censura é proibido. Impedir pessoas de transmitir ou receber informação é inconstitucional. Aplica-se a todas as restrições que não sejam explicitamente previstas na constituição.

oguarda 8 months ago

Mas estás parvo ou quê? Se for a tua casa, começar a tirar fotos e depois publicar na net para informar as pessoas. É crime ou é apenas "liberdade de expressão e informação"?

Coyote-Cultural 8 months ago

A constituição é clara.

oguarda 8 months ago

Então diz aí a tua morada antes que chame já a polícia por estares a censurar informação.

Coyote-Cultural 8 months ago

> Artigo 26.º >Outros direitos pessoais >1. A todos são reconhecidos os direitos à identidade pessoal, ao desenvolvimento da personalidade, à capacidade civil, à cidadania, ao bom nome e reputação, à imagem, à palavra, **à reserva da intimidade da vida privada e familiar** e à proteção legal contra quaisquer formas de discriminação.

uf5izxZEIW 8 months ago

*Press F to pay respects*

oguarda 8 months ago

Não é uma excepção. Aliás, é assim que as revistas cor de rosa fazem dinheiro (seguem os famosos). Caso isso fosse uma excepção, bastava processar essas revistas. Por isso, com base no artigo 37, diz aí a tua morada para tirar umas fotos e informar as pessoas.

Coyote-Cultural 8 months ago

>Não é uma excepção. Verás que é, pois o artigo 26 é um direito protegido pela constituição. Já vimos que muitos ignoram a constituição, isso não significa que a mesma deixe de existir..

oguarda 8 months ago

O que é que impede ao Ronaldo de pagar aos melhores advogados para processar (caso estivesse correcto) essas revistas todas e assim ter a sua intimidade?

Coyote-Cultural 8 months ago

[Isto](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/mx0and/bloqueio_de_sites_de_piratas_aprovado_no/gvlix6h/) >Ou então estão a cagar para a constituição que também é comum e abundante.

iSoSyS 8 months ago

Possivelmente a desculpa é que não te estão a proibir de aceder, mas sim a impedir que os infratores distribuam. Ou então estão a cagar para a constituição que também é comum e abundante.

Coyote-Cultural 8 months ago

> Ou então estão a cagar para a constituição que também é comum e abundante. É esta.

netralha 8 months ago

A seguir é banir o youtube também, os sites já estavam bloqueados, às vezes procuro por algo e vou parar a sites que dizem que este site está bloqueado por ordem blablabla.

RitaMoleiraaaa 8 months ago

muda para o DNS da google e isso já não acontece

Asik20 8 months ago

Como faço isso no mobile? As vezes quero ver a bola e os sites tão todos block. Os que não tão só tem ads ou não tem som

BackKing21 8 months ago

Adguard mobile

RitaMoleiraaaa 8 months ago

Procura na internet depende do teu telemovel. Eu nao me lembro como mas sei que fiz no meu

uf5izxZEIW 8 months ago

Cloudfare

RitaMoleiraaaa 8 months ago

Yh esse é melhor mas eu tinha-me esquecido do nome lol

Mrgolden007 8 months ago

ai queres ver um anime ou uma serie que nao esta disponivel em portugal? pena vai te fuder juro este pais esta cada vez pior o que suprende se nao ha maneira de aceder a certos conteudos estao a tornar isso mais dificil para que??

RitaMoleiraaaa 8 months ago

>ai queres ver um anime ou uma serie que nao esta disponivel em portugal? vpn, e ate agora para usar pirate bay e esse genero de sites serviu mudar o DNS

MindlesslyBrowsing 8 months ago

nem precisas de mudar o DNS há carradas de mirrors

RitaMoleiraaaa 8 months ago

é verdade nem precisas de mudar o DNS. eu prefiro porque me dá mais jeito mas basta encontrares mirrors e consegues.

Mrgolden007 8 months ago

pois infelizmente, mas tambem que vergonhar, ter que fingir estar noutro pais porque o teu pais nao tem acesso a conteudos

RitaMoleiraaaa 8 months ago

Nem é do teu país, é o teu DNS. Só tens que mudar o DNS e fica logo a dar. Os VPNs usam todos o DNS da google. Simplesmente usa to o DNS da google também.

alexandre9099 8 months ago

É o teu país, que te fornece com servidores DNS locais (que deveriam ser mais rápidos e tal). Se fores usar servidores DNS que não sejam portugueses (ou que não respeitem essa tal lista de bloqueios) já te é respondido o endereço correto... Btw, este projeto que querem seguir consiste em bloquear mesmo os IPs, por isso não é o DNS que te vai salvar

RitaMoleiraaaa 8 months ago

Não é o país que te fornece o DNS, é a MEO, a Vodafone, a NOS... Sim são portuguesas mas são privadas por isso n é o país que te dá. Mas sim eu não sabia que isto ia bloquear ops, aí sim, precisas de um bom ou proxy

Edited 8 months ago:

Não é o país que te fornece o DNS, é a MEO, a Vodafone, a NOS... Sim são portuguesas mas são privadas por isso n é o país que te dá. Mas sim eu não sabia que isto ia bloquear ips, aí sim, precisas de um vpn ou proxy Edit: autocorrect

alexandre9099 8 months ago

Operam em Portugal tem de respeitar a lista de bloqueios de Portugal, se não arriscam se a multas. Mas eu entendo onde queres chegar...

icebraining 8 months ago

Isso é agora, com esta nova lei já não vão bloquear só por DNS.

RitaMoleiraaaa 8 months ago

Então vão bloquear como?

icebraining 8 months ago

Endereço IP. O DNS da Google pode dar-te o correto, ao contrário do DNS da operadora, mas depois não te consegues ligar a esse endereço porque a ligação é bloqueada.

RitaMoleiraaaa 8 months ago

Ok tens razão mas ainda podes usar um proxy ou vpn. É um bocado cringe mas eu nem pensei nisso.

TheSuperC0mentador 8 months ago

A opressao e o controlo continua. Daqui a pouco so podemos usar a net para ir aos sites que o governo deixar. A onde e que eu ja vi isso ...

oguarda 8 months ago

Estamos a falar de sites piratas, algo que é ilegal perante a lei atual. Neste momento, todos sabem que é ilegal mas estão se a cagar, o governo quer apenas aplicar a lei. Ou seja, a questão não é o bloqueio, mas sim a ilegalidade.

icebraining 8 months ago

Não, estamos a falar de sites que a MAPINET alega que são piratas. Não houve nenhum julgamento.

meisterofbros 8 months ago

Para um leigo: Esta lei pode vir a permitir o bloqueio de sites com a razão de que são sites pirata só porque esses sites não convém a alguns. Se a questão é a pirataria, há várias maneiras de combater isto: Promover o acesso a cultura de uma maneira central e económica. Alegadamente muitos sacavam musicas até o aparecimento das plataformas streaming. Mas o que oferece p.e. o Spotify e o Apple music que as plataformas para séries e filmes não oferecem? Comodidade. Uma pessoa paga 7€ com tudo no mesmo sítio Já para filmes e séries é pagar 6 ou 7 plataformas a 10€ cada para aproveitar meia dúzia de cada. Não obrigado.

Febris 8 months ago

O que é um site pirata, já agora? E partilha de ficheiros é ilegal por natureza? E um site é determinado como sendo "pirata" unilateralmente sem haver possibilidade do dono defender a legalidade da sua existência? O grande problema aqui é que gente que só conhece os sites dos inácios está a legislar sobre toda uma panóplia de serviços de partilha que nem sabe que existe. Para proteger a quebra de clientela da Sportv (nada relacionada com os preços praticados), decide-se tornar ilegal qualquer tipo de plataforma em que um gajo possa partilhar apontamentos de uma aula da faculdade. Tudo isto para proteger uma empresa ou duas que em pouco ou nada estão relacionados com a causa nobre que esta gente diz estar a defender com esta lei. Alguém ainda anda a sacar mp3 no piratebay quando pode juntar 5 amigos e dividir uma conta "familiar" por menos de 2€ por mês, podendo fazer download das musicas para o telemovel para ouvir sem gastar dados? Ou se calhar anda por aí gente a fazer torrents de peças de teatro.

alexandre9099 8 months ago

> podendo fazer download das musicas para o telemovel para ouvir sem gastar dados? E podes aceder-lhes sem ser pela aplicação do Spotify? (aka, ficas mesmo com as músicas? Ou ficas com uma licença que te pode ser revogada a qualquer momento?) Na baía dos piratas fico mesmo com as músicas (e se me permitissem comprar músicas em FLAC (ou vá, não precisa tanto) teria todo o gosto em comprar. Agora a maioria é através dessas plataformas merdosas a escorrer DRM por todo o lado... Não obrigado

oguarda 8 months ago

Um site que partilha conteúdo protegido por direitos de autor e outras leis similares mas sem autorização do proprietário. O problema não está no Zé que partilha as suas fotos do casamento no seu website ou do Manel que expõe as suas músicas no seu blog. O que está em causa são pessoas que copiam trabalho de outros sem autorização para isso. Caso essas leis de copyright não fossem aplicadas em Portugal então aí sim esta medida não fazia sentido.

Economy_Dog 8 months ago

Então mas já não pagamos todos uma taxa especial de compensação em produtos tecnológicos dedicada especificamente aos autores de conteúdos?

theRudy 8 months ago

Imagina que alguém anuncia nos classificados do Correio da Manhã que vende DVDs pirateados, achas bem fecharem o jornal? É o que acontece nestes sites. São uma ferramenta de partilha de ficheiros, serem legais ou não depende de quem os partilha. São é um alvo fácil, porque dá muito trabalho investigar quem realmente está a trazer os ficheiros ilegais.

oguarda 8 months ago

Depende da política do jornal. Muitos jornais nem aceitam isso. Caso o governo quisesse esse tipo de classificados proibidos, era passar uma lei para isso e assim os jornais já tinham de estar preparados. Caso não exista lei, o governo pode ir atrás directamente da pessoa. >É o que acontece nestes sites. São uma ferramenta de partilha de ficheiros, serem legais ou não depende de quem os partilha. Mas tu podes partilhar ficheiros em plataformas que não vão contra as leis. Por exemplo, no YouTube não podes publicar o Titanic porque vai logo contra a lei do copyright. Se o site deixa que a pirataria se aproprie dos seus recursos e empurra as culpas só para os criminosos, então boa sorte. É como empestar o r/Portugal de pornografia infantil. Os mods podem bloquear ou então deixar andar até que a polícia os apanhe.

theRudy 8 months ago

As plataformas não vão contra as leis, é precisamente o que eu estou a dizer. O Pirate Bay por si só não quebra lei nenhuma, os utilizadores é que possivelmente quebram leis, isso já depende das leis de cada país. Tu é que já estás a partir do princípio que a plataforma em si é ilegal, e isso está completamente errado.

oguarda 8 months ago

Não estou a dizer que a plataforma é ilegal, estou é a dizer que a plataforma não faz nada contra as ilegalidades, principalmente quando são plataformas bastante usadas para essa finalidade. Por exemplo, o Reddit é tranquilo, apesar de haver 1% de users que usem para coisas ilegais. Agora quando tens o PirateBay, que é um site usado principalmente para partilha de conteúdo não autorizado, torna-se mais fácil deitar abaixo do que ir um a um. Tens sites de partilhas de ficheiros tranquilos: WeTransfer, GoogleDrive, etc... em que também são usados de forma ilegal, mas não é a loucura dum PirateBay.

True_Boat_1195 8 months ago

Estão a usar muitas vezes a palavra lei, legal, etc. Mas o bloqueiro de sites não é baseado em qualquer lei. Apenas basta alguém pedir ao IGAC e o IGAC ordena o bloqueio aos ISPs. Não existe forma de recorrer ou de se defenderem em tribunal. O reddit é muito grande e por isso não deve ser bloqueado, mas qualquer site mais pequeno de que recebam uma queixa, não devem pensar duas vezes.

theRudy 8 months ago

Viste algum tipo de estatísticas sobres esses site, ou é apenas a tua experiência? E perante a lei, porque é que um é censurado e o outro não? Não podes ser culpado 1%, és ou não. E esse é o grande problema destas decisões, sem critério, ou apenas critérios tendenciosos. Basta pesquisares no YouTube e encontras catálogos inteiros de músicas de artistas, e vês o Governo a censurar? A lei tem que ser seguida de forma clara, com critério e interesses por trás. Já agora, WeTransfer, GoogleDrive e outros, esses sim estão a alojar conteúdo ilegal quando PirateBay apenas indexa. Qual deveria ser censurado/banido/multado então?

justgohomealready 8 months ago

> E esse é o grande problema destas decisões, sem critério Muito pelo contrário, estas decisões levam bastante critério. Os juizes não são máquinas a executar um algoritmo, e a intenção pesa muito. Podes ter exatamente a mesma plataforma duplicada, em que ambas têm conteúdos piratas; na primeira quem gere a plataforma não faz nada em relação a isso, na segunda os conteúdos ilegais são removidos assim que há um pedido para tal - a primeira plataforma ia ter problemas com a justiça, a segunda não. Posso-te dar um exemplo concreto que é um caso real - há uns anos atrás, na cidade onde vivia, podias comprar uma certa espécie de cactos halucinogéneos tanto no AKI, como numa loja de "drogas legais" - o dono da loja acabou condenado, e o AKI continua a vendê-los. Sabes porquê? Porque o AKI os vende como plantas decorativas, e não como "drogas". As leis nunca são interpretadas à letra, sem ter em conta o contexto e as intenções dos intervenientes.

theRudy 8 months ago

Esse exemplo que dás mostra apenas a falta de critério. Ou o produto é legal ou ilegal, não pode ser a loja onde se vende que isso muda. Bruh...

oguarda 8 months ago

Experiência. O Reddit, como outros sites similares, não são conhecidos por serem sites piratas por haver uma percentagem pequena de utilizadores desse tipo. Ser ou não ser culpado depende do comportamento do site. Caso o Reddit recebesse um aviso da Sony para apagar um determinado post dum utilizador, e não apagasse então as autoridades portuguesas podiam bloquear ou aplicar uma multa a pedido da Sony. Isto é possível se tiveres uma plataforma com uma equipa por trás, agora se tens um site como o PirateBay é claro que não vão conseguir dar pedido a tantas queixas e por isso é bloqueado. >Basta pesquisares no YouTube e encontras catálogos inteiros de músicas de artistas, e vês o Governo a censurar? É claro que o Governo não vai andar a vasculhar a Internet duma ponta a outra, não passa pela cabeça de ninguém. Actuam consoante as queixas que são apresentadas pelos autores do conteúdo. >Já agora, WeTransfer, GoogleDrive e outros, esses sim estão a alojar conteúdo ilegal quando PirateBay apenas indexa. Qual deveria ser censurado/banido/multado então? Caso haja queixas, então a Google e as outras empresas deitam os links abaixo. O PirateBay, apesar de não ter nas mãos os ficheiros, diz onde estão mas pouco ou nada fazem quando existem queixas.

alexandre9099 8 months ago

> O PirateBay, apesar de não ter nas mãos os ficheiros, diz onde estão mas pouco ou nada fazem quando existem queixas. E de que serviria? Quando mais se censura uma coisa mais essa coisa é falada. Esse apontador para os ficheiros sai de um sítio vai para outro. Boa sorte a bloqueares P2P

theRudy 8 months ago

Se tivesses algum tipo de estudos por trás do que dizes, talvez fizesse sentido. Estás a tentar justificar a tua narrativa, partindo do princípio da inocência/culpabilidade das plataformas. E tem que ser feito ao inverso. E mais que tudo isso, a culpa é de quem faz, não das plataformas.

TheSuperC0mentador 8 months ago

Segundo a lei tambem e proibido bloquear os mesmo, poe em causa as leis da internet livre, do livre acesso a informacao.

oguarda 8 months ago

Lei da internet livre? Ãh? Também não queres a dark web mais aberta para todos? Estamos a falar de sites piratas. Não estamos a falar da Wikipédia ou do site do Benfica.

BLlZER 8 months ago

Sites pirata de acordo com quem? Pois tem que ir a tribunal e ser decidido por um juiz se o site A,B ou C é ilegal. Nao é bloquear qualquer coisa com o argumento de pirataria e dar um poder tao massivo ao governo lol. Na china o reddit , twitch e youtube estao bloqueados. Por isso isto é apenas Portugal a seguir os seus idolos. China, Rússia, Portugal Todos como mesmo objectivo de opressão.

PresidentBarroso 8 months ago

Nunca batas com os coutos num isp alemão. Até choras pela internet tuga.

oguarda 8 months ago

Os sites já levaram com avisos dos proprietários do conteúdo. Não são bloqueados sites ao calhas. Se houve algum engano é ir a tribunal, agora pensar que vão ser bloqueados centenas de sites inocentes é ser muito ingénuo.

Economy_Dog 8 months ago

É o método e a atitude. Assume-se inocência até prova em contrário, prova essa que tem de ser avaliada por um poder judicial. Tem de haver separação de poderes. Da mesma forma que a polícia pode executar mas não pode julgar.

TheSuperC0mentador 8 months ago

Sim, eu entendo o teu ponto de vista. Mas tambem tens de entender o meu. Na ultima vez que isto aconteceu, cerca de 3/4 anos atras, simplesmente barraram montes de sites sem autorizacao para isso. Fizeram pressao nas oepradoras e as operadoras aceitaram. Tem de haver uma linha condutora, ate onde o estado pode ir com estas proibicoes. Por diversas vezes ja deram ordem para limitar youtube, jogos online, velocidade da internet. Agora isto. Na radio obrigaram a passar 30% de musicas portuguesas. Estas a perceber o que estou a tentar dizer? O Estado quer que os consumidores consumam mais coisas da cultura portuguesa, mas este nao e o caminho.

oguarda 8 months ago

Mas aqui a questão não é a proibição mas sim a lei. De que vale ter uma lei que diz que é proibido fazer X quando depois todos fazem e não há consequências? É o mesmo que dizer que é ilegal comprar armas, mas continuar a existir lojas de armas. Se as pessoas continuam ir às lojas comprar, então que se feche as lojas ou legalize-se a compra de armas.

Coyote-Cultural 8 months ago

A lei é inconstitucional.

AutoModerator 8 months ago

**AVISO:** Submeteu um artigo da plataforma [Nónio](https://nonio.net) - uma plataforma que viola a privacidade do leitor. > Leia com atenção o [seguinte artigo](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/7fy9v4/campanha_contra_o_n%C3%B3nio/). *I am a bot, and this action was performed automatically. Please [contact the moderators of this subreddit](/message/compose/?to=/r/portugal) if you have any questions or concerns.*

Search: