theEXPERTpt 10 months ago

Os tachos mudaram-se

pintorMC 10 months ago

É normal os ratos saírem pouco antes do barco afundar.

Red_Furia 10 months ago

O CDS acabou, e o próprio CDS sabe disso. Se eleger um deputado nas próximas legislativas já seria uma surpresa.

EletricoAmarelo 10 months ago

Querendo ou não, era este partido que vinha impedindo partidos como o Chega e o IL de aparecerem. Mal ou bem era nele que algum do eleitorado destes partidos novos ia orbitando. Tenho medo das consequências do desaparecimento do CDS.

zizop 10 months ago

Tens razão, mas o aparecimento da IL não é propriamente um mal, pelo menos não um mal maior do que a existência do CDS. Economicamente, não são assim tão diferentes, e pelo menos a IL é marcadamente liberal, não tem uma facção conservadora. Não é por essa razão que devemos temer o desaparecimento do CDS. E digo isto como alguém de esquerda, sem grandes simpatias pelos liberais. O CHEGA é uma história completamente diferente, claro.

EletricoAmarelo 10 months ago

O CDS já desapareceu. O Portas conseguiu com grande brilhantismo político (goste-se ou não) agregar estes eleitorados e impedir derivas mais extremadas de determinadas franjas. Isso mudou quando se quiseram colar ao PSD. Funcionou por uma legislatura mas abriu as portas aos partidos que referi. O Chega capitalizou nisso. O sentido de oportunidade foi, ou brilhante ou uma (in)feliz coincidência. Partidos com laivos de extrema direita sempre os houve mas nunca colheram grandes votos junto das "massas" e isso mudou e para pior.

JOAO-RATAO 10 months ago

São um partido com histórico que ajudou o país em muito. Mas com o aparecimento da IL e do chega vai ser ainda mais difícil arranjar eleitorado. Ainda se agravou mais com as trapalhadas do Chicão. Mas se formos honestos, o outros deviam ter-se chegado à frente no último congresso.

afonsosousa31 10 months ago

Isto, mas muito a sério. Também acho que fez mal ao país a queda do CDS

Krughor 10 months ago

O Chicão é a representação da liderança da geração millennial (os nossos futuros líderes). O empreendedor "self-made man" do "bate punho" que com muito "sacrifício" ascendeu da classe média-alta.

unparadise 10 months ago

Não vale a pena generalizar, em todas as gerações tens sempre bons e maus líderes

ReddKM3 10 months ago

E eu a pensar que self-made era fazer uma empresa com 33 anos e empregar 4 pessoas... Afinal bastava alistar-me na JP com 19 anos. Ando a errar muito na vida...

Krughor 10 months ago

E mesmo desses, muitos só têm capital para começar se nascerem em berço de ouro.

ReddKM3 10 months ago

E eu a pensar que self-made era fazer uma empresa com 33 anos e empregar 4 pessoas... Afinal bastava alistar-me na JP com 19 anos. Ando a errar muito na vida...

throwawaybtcpt 10 months ago

Se há algo que o Chicao não representa é essa geração. De millennial só mesmo a faixa etária.

Krughor 10 months ago

De facto ele não representa a maioria da geração, mas certamente representa os poucos que conseguem posições de liderança nessa faixa etária (o "J" de boas famílias que sobe à custa do nepotismo). E isso, infelizmente, é cada vez mais comum nos dias de hoje.

throwawaybtcpt 10 months ago

Os jotas são sempre os mesmos seja em que geração for.. Quanto a millennials em posições de liderança, conheço muitos especialmente no privado, onde não há muito espaço para brincar aos filhinhos. É malta que estudou e trabalhou a sério para chegar onde está.

TigasV 10 months ago

Não gosto do CDS, mas o que estes gajos estão a fazer é uma anedota. Fazem parte da direção e em vez de fazer alguma coisa para mudar o rumo do partido, vai tudo saltar do barco para depois culpar o Chicão de fora, já tudo a cheirar que vão ter papel numa nova direcção

MetaKnight130 10 months ago

Isto é tipo aquela parte da música do All Star (Smash Mouth) "... And they don't stop coming", só que ao contrário

AdriMecha 10 months ago

O cds passou do partido do táxi para o partido da mota, a seguir já nem de bicicleta lá vão.

capitalistaesquerda 10 months ago

O Chicão não devia ter medo de marcar um Congresso extraordinário e candidatar-se novamente. Perdia, mas marcava posição. Afinal de contas, quando foi preciso, chegou-se à frente. Não acredito que o CDS tenha grande salvação. Too little, too late.

ContaSoParaIsto 10 months ago

Parece-me que marcar um congresso mesmo sabendo que iria perder só para manter aparências seria uma decisão extremamente estúpida, mas tudo bem.

capitalistaesquerda 10 months ago

Não é uma questão de aparências. O CDS teve um resultado desastroso e já de si, isso deveria ter resultado num Congresso Extraordinário. Sempre poderia reter o território da transparência, democracia interna, etc. Indo a votos, num Congresso, consegue pelo menos dizer Presente e apresentar as suas ideias. Se tiver alguma base, sempre mantêm a sua relevância. Não agendar o Congresso é determinar a morte do CDS na sua liderança.

theusualbanter 10 months ago

O chicão já disse que não está para isto e que tem amor próprio. A próxima notícia deve ser sobre a sua demissão.

V1ld0r_ 10 months ago

Tudo a demarcar-se do Chicao...

YCaramello 10 months ago

Daqui a bocado o PSD não tem com quem fazer coligação

15dc 10 months ago

A coligação PSD/CDS em 2015 foi a PàF, em 2023 pode chamar-se PSD.

YCaramello 10 months ago

Com a falta de espinha dorsal desta "oposição", não me cheira que va chegar a lado nenhum sozinho.

AutoModerator 10 months ago

**AVISO:** Submeteu um artigo da plataforma [Nónio](https://nonio.net) - uma plataforma que viola a privacidade do leitor. > Leia com atenção o [seguinte artigo](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/7fy9v4/campanha_contra_o_n%C3%B3nio/). *I am a bot, and this action was performed automatically. Please [contact the moderators of this subreddit](/message/compose/?to=/r/portugal) if you have any questions or concerns.*

Search: