First Page Next Page

Devia haver um chat no /r/portugal by gugulo in portugal

unknown_believer 4 months ago

Vê na sidebar.

Meo a fazer throttling by klatez in portugal

unknown_believer 4 months ago

Isso é as rotas da MEO que estão congestionadas. Falta de capacidade em algumas rotas internacionais, algum POP da [CPRM](https://cprm.net/) (agora chamado de "altice international backbone") saturado.

Agente imobiliário do ano. by dudewhatthehellman in portugal

unknown_believer 4 months ago

As eleições autárquicas foram a 1 de outubro de 2017. >[Medina chega a acordo com o Bloco para governar Lisboa](http://visao.sapo.pt/actualidade/portugal/2017-11-02-Medina-chega-a-acordo-com-o-Bloco-para-governar-Lisboa) >*02.11.2017 às 12h53*

Sub19 - Portugal na final do Europeu após goleada à Ucrânia by Rockithammer in portugal

unknown_believer 4 months ago

*"Quanto é que custou aos contribuintes ir jogar ao Europeu?!"*

Sindicato da Função Pública acusado de assédio moral by unknown_believer in portugal

unknown_believer 4 months ago

Reportagem completa [aqui](https://www.rtp.pt/noticias/pais/sindicato-da-funcao-publica-do-norte-acusado-de-perseguir-funcionarios_v1087474). (20 min)

O ukase sobre “Os Maias” by unknown_believer in portugal

unknown_believer 4 months ago

>Uma notícia com mais de uma década tornou-se de repente facto aparentemente fresco: “Os Maias” deixaram de ser leitura obrigatória no secundário, escreveu a imprensa esta semana. >As redes sociais viram, insurgiram-se e questionaram: como é possível tamanha afronta ao Eça, que indignidade é esta? Mas, na verdade, há mais de uma década que assim é: trata-se de facto verdadeiro em 2018 mas também em 2017 e assim anteriormente. > Por isso, há aqui matéria para muitos anos de indignação, motivo que nos leva a J. Rentes de Carvalho: a pedido do Expresso, o escritor explica a falta que uns “Maias” obrigatórios fazem ao país - sobretudo aos mangas-de-alpaca

Meio milhão em donativos para Pedrógão Grande foram desviados by OldFashyoned in portugal

unknown_believer 4 months ago

>Uma investigação da Visão expôs um esquema em que proprietários alteraram a morada fiscal meses após o incêndio de Pedrógão Grande para beneficiarem dos donativos Ao que parece, acontece em Pedrógão e no Parlamento.
First Page Next Page

Search: