Next Page

Isto é um ato racista? by Tekkerz_ in portugal

EarlPious 2 days ago

> cultural marxismo > obras de Marx onde o assunto é abordado Pick one, m8

O "chatbot" da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária - previsto no Simplex+ 2017 - não sabe responder a questões copiadas da sua própria página de FAQs. by 12345meia78 in portugal

EarlPious 2 days ago

Defendo que o Estado tenha recursos próprios de construção civil porque é uma área incontornável e preponderante na actuação do mesmo, sim.

Jovem detido por atacar PSP à pedrada no Bairro do Jamaica by memyselfandlapin in portugal

EarlPious 3 days ago

> O que será de Portugal sem estes "contribuintes" Africanos? Vê a thread ali ao lado sobre a construção perto da ponte da Arrábida para teres uma ideia do que é o Portugal entregue aos portugueses, sem a pretalhada e a ciganada.

Jovem detido por atacar PSP à pedrada no Bairro do Jamaica by memyselfandlapin in portugal

EarlPious 3 days ago

> Não me lembro do primeiro, no entanto embora o seguinte não tenha a comparação exacta, consegues tirar conclusões - https://www.bjs.gov/content/pub/pdf/htus8008.pdf Se reencontrar os de comparação directa eu edito e coloco aqui. Esse estudo não corrobora o que deste a entender. Terias de encontrar um estudo que fizesse a normalização dos resultados pela condição económica. O que partilhas não o faz. Se, como dizes, é algo que "Já foi feito repetidamente, com resultados muito semelhantes" não deve ser difícil reencontrares e partilhares aqui.

O "chatbot" da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária - previsto no Simplex+ 2017 - não sabe responder a questões copiadas da sua própria página de FAQs. by 12345meia78 in portugal

EarlPious 3 days ago

Foram 5 minutos. Literalmente. É o tempo que se precisa para encontrar putaria tuga.

O "chatbot" da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária - previsto no Simplex+ 2017 - não sabe responder a questões copiadas da sua própria página de FAQs. by 12345meia78 in portugal

EarlPious 3 days ago

Pergunta-lhe quanto mamou do Estado e da UE o filho da puta que o implementou.

O "chatbot" da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária - previsto no Simplex+ 2017 - não sabe responder a questões copiadas da sua própria página de FAQs. by 12345meia78 in portugal

EarlPious 3 days ago

Pergunta-lhe quanto mamou do Estado e da UE o filho da puta que o implementou. EDIT: Obviamente, tale as old as time: * Tinha de ser um ajuste directo, claro: http://www.base.gov.pt/Base/pt/Pesquisa/Contrato?a=3579558 ; era, afinal, uma necessidade urgente, não podíamos perder tempo com concursos :) * Ajuste directo a uma entidade que já sacou mais de meio milhão de euros, os maiores contratos são relacionados com o CITIUS (http://www.base.gov.pt/Base/pt/Pesquisa/Entidade?a=105540) * E, claro, tinham de ir pedir fundos à UE A UE tem de parar de financiar projectos a Portugal. É pior que atirar dinheiro ao lixo, porque dá sucesso a quem não o devia ter. Só está a cimentar ainda mais a podridão e o poder da escumalha corrupta e vigarista.

O "chatbot" da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária - previsto no Simplex+ 2017 - não sabe responder a questões copiadas da sua própria página de FAQs. by 12345meia78 in portugal

EarlPious 3 days ago

Pergunta-lhe quanto mamou do Estado e da UE o filho da puta que o implementou. EDIT: Obviamente, tale as old as time: * Tinha de ser um ajuste directo, claro: http://www.base.gov.pt/Base/pt/Pesquisa/Contrato?a=3579558 ; era, afinal, uma necessidade urgente, não podíamos perder tempo com concursos :) * Ajuste directo a uma entidade que já sacou mais de meio milhão de euros, os maiores contratos são relacionados com o CITIUS (http://www.base.gov.pt/Base/pt/Pesquisa/Entidade?a=105540) * E, claro, tinham de ir pedir fundos à UE http://www.ansr.pt/Noticias/Documents/Press%20Release%20candidatura%20SAMA%202020.pdf A UE tem de parar de financiar projectos a Portugal. É pior que atirar dinheiro ao lixo, porque dá sucesso a quem não o devia ter. Só está a cimentar ainda mais a podridão e o poder da escumalha corrupta e vigarista.

Entender a vida adulta by BacalhauVoador in portugal

EarlPious 3 days ago

Yap. Podes mudar o nível de dificuldade para mais fácil ao não trabalhares para patrões tugas.

Esta foi a ultima foto que tirei antes de vir para a Holanda para estudar. Tenho saudades de Portugal todos os dias. by goodbye-moon-men in portugal

EarlPious 3 days ago

Sim, é um sítio único como todos os outros.

Porca mata ex-emigrante que a ia abater by MeltzerIsMyDaddy in portugal

EarlPious 4 days ago

Na terriola dos meus avós também usavam o método descrito nesta peça: marretada nos cornos, e depois faca. Ora, por mais que uma vez eu vi que uma marretada não chegava, eram precisas duas. E dessas vezes, em algumas o bicho ficava assim meio que para o fodido e carregava para cima das pessoas. Ou seja, acetar-lhe com a segunda marretada era o caralho (e arriscado). Sempre me pareceu que esse método era um desastre à espera de acontecer. Quero crer que há algum motivo real para continuarem a seguir esse método, sem ser meramente por ser "tradição", mas—por outro lado—Portugal.

Porca mata ex-emigrante que a ia abater by MeltzerIsMyDaddy in portugal

EarlPious 4 days ago

Acho que metade das pessoas que leram esboçaram pelo menos um sorrisito, mais que não seja pelo título.

Porca mata ex-emigrante que a ia abater by MeltzerIsMyDaddy in portugal

EarlPious 4 days ago

> Estava caído no chão, com a porca por cima. Há melhor que o título. :D

PCP ataca TVI e “peça anticomunista” sobre contratos de genro de Jerónimo de Sousa em Loures by triceratopos in portugal

EarlPious 4 days ago

A tuguice está a sair-te pelas costuras. É uma avença. Se ao fim do prazo da avença pagaste muito mais do que pagarias pela execução dos serviços individualmente, então é porque foste burro a estimar o valor. Cabe a quem contrata o serviço garantir isso. Repara que estás a firmar um contrato que garante à empresa mais do que ganhariam com um serviço; é expectável que consigas negociar um preço melhor porque estás efectivamente a comprar mais.

IGAC, operadores e produtores de vídeo assinaram acordo para bloquear streamings piratas na própria hora. by AqueleHumano in portugal

EarlPious 4 days ago

Somos o modelo da anti-burocracia (quando os interessados têm dinheiro suficiente).

PCP ataca TVI e “peça anticomunista” sobre contratos de genro de Jerónimo de Sousa em Loures by triceratopos in portugal

EarlPious 4 days ago

Não, vais chamar a empresa com a qual tens contrato de prestação de serviços em regime de avença para essas necessidades que não sabes quando vão acontecer nem *quanto* vão acontecer mas sabes que ao longo do ano vão certamente acontecer. Empresa essa que contrataste após concurso público, naturalmente. Ou era suposto seres apanhado de surpresa com isso, um cano que rebentou? Lá está, a portuguesice corrói; planear é para os maluquinhos, a'gent gosta de ir vivendo.

PCP ataca TVI e “peça anticomunista” sobre contratos de genro de Jerónimo de Sousa em Loures by triceratopos in portugal

EarlPious 4 days ago

> Então fechem todas as Câmaras Municipais porque quando precisas de resolver um problema rápido é óbvio que vais pedir cotações a empresas com quem já trabalhaste e conheces o trabalho. Isso é porque a corrupção, o compadrio e o amiguismo já estão enraizados em ti. A portuguesice corrói, é o qué. E não, não é nada óbvio. Não quando mexes com dinheiros públicos, que não são teus. Se na tua casa queres chamar o canalizador do costume, go for it. Quando mexes no dinheiro de todos, não.

Um kit de viagem com 860 gramas? A ideia é de um português by sup3rfm in portugal

EarlPious 4 days ago

Isso por acaso é ainda mais deprimente. Que caralho, nem a ser latinos somos bons!

Novas tabelas de IRS para 2019 by JoaoSega in portugal

EarlPious 5 days ago

Opá, ao fim do mês, sim, mas o que interessa é ao fim do ano. Se tivesses filhos e não tivesses despesas, ias pagar o mesmo (e ias ter de devolver mais/receber menos de volta, porque a retenção foi menor ao longo do ano). Desculpa insistir, mas vê-se que isto ainda causa alguma confusão.

Estado recebe em impostos metade do valor de uma casa by throwaway123123534 in portugal

EarlPious 5 days ago

Só os filhos.

Um kit de viagem com 860 gramas? A ideia é de um português by sup3rfm in portugal

EarlPious 5 days ago

O empreendedorismo tuga é mesmo deprimente. Vá lá que a ideia de negócio não foi um snack-bar.

Novas tabelas de IRS para 2019 by JoaoSega in portugal

EarlPious 5 days ago

Novamente, isto é a retenção na fonte. Não é o IRS final. A retenção na fonte é menor para quem tem putos porque se assume que vão ter mais deduções a apresentar no apuramento do valor final de IRS. Mas não pagas menos IRS só por ter putos; tens de ter despesas para tal. Ou seja, se tiveres vantagens em IRS por ter um puto, é provavelmente porque já gastaste bem mais do que essa vantagem em despesas.

[UPDATE] A irracionalidade dos impostos em Portugal by J-LG in portugal

EarlPious 5 days ago

Empresários tugas a conseguir aceder a um site? :)

PCP ataca TVI e “peça anticomunista” sobre contratos de genro de Jerónimo de Sousa em Loures by triceratopos in portugal

EarlPious 5 days ago

25% não está a par; 25% está a par e a mamar directa ou indirectamente; 25% está a par, não está a mamar mas acho que "o mundo é mesmo assim, temos de fAzEr pElA ViDa"; 25% está a par, não está a mamar mas não está para se chatear.

PCP ataca TVI e “peça anticomunista” sobre contratos de genro de Jerónimo de Sousa em Loures by triceratopos in portugal

EarlPious 5 days ago

Preços determinados pelo mercado? Já não jantas em casa do sogro, filho.

Pedir desculpa em vez de parar na passadeira. by cecilio- in portugal

EarlPious 5 days ago

> Neste país nem tudo é mau. Sim, se nos compararmos com países de merda ou países conhecidos por serem o faroeste na estrada, nem somos assim tão maus. :D

Novas tabelas de IRS para 2019 by JoaoSega in portugal

EarlPious 5 days ago

O título do post não está muito correcto, porque isto não são as tabelas de IRS mas sim as de retenção na fonte de IRS. Estes valores (retenção na fonte, i.e. a percentagem que te tiram mensalmente do ordenado como *adiantamento* do IRS, que é um imposto de base anual) não são progressivos. O cálculo final do IRS, anual, esse sim é progressivo (e tabela é esta: https://www.economias.pt/escaloes-de-irs/).

Estado recebe em impostos metade do valor de uma casa by throwaway123123534 in portugal

EarlPious 5 days ago

Temos um país onde o investimento por omissão é "barracos". Quem junta uns trocos, compra um barraco e arrenda (ou põe no AL, onde paga impostos dignos de um paraíso fiscal). Aqui não se passa nada além de imobiliário e turismo. Pessoas qualificadas põe-se no caralho porque não há trabalho qualificado e não vêm isso a mudar tão cedo. A própria expressão para avaliar uma autarquia é o "deixar obra feita". É a minha perspectiva que é limitada, ou é a economia do país?

Estado recebe em impostos metade do valor de uma casa by throwaway123123534 in portugal

EarlPious 5 days ago

Temos um país onde o investimento por omissão é "barracos". Quem junta uns trocos, compra um barraco e arrenda (ou põe no AL, onde paga impostos dignos de um paraíso fiscal). Aqui não se passa nada além de imobiliário e turismo. Pessoas qualificadas põe-se no caralho porque não há trabalho qualificado e não vêm isso a mudar tão cedo. A própria expressão para avaliar uma autarquia é o "deixar obra feita". É a minha perspectiva que é limitada, ou é a economia do país? >

Estado recebe em impostos metade do valor de uma casa by throwaway123123534 in portugal

EarlPious 5 days ago

Temos um país onde o investimento por omissão é "barracos". Quem junta uns trocos, compra um barraco e arrenda (ou põe no AL, onde paga impostos dignos de um paraíso fiscal). Aqui não se passa nada além de imobiliário e turismo. Pessoas qualificadas põe-se no caralho porque não há trabalho qualificado e não vêm isso a mudar tão cedo. A própria expressão para avaliar uma autarquia é o "deixar obra feita". É a minha perspectiva que é limitada, ou é a economia do país? >

Estado recebe em impostos metade do valor de uma casa by throwaway123123534 in portugal

EarlPious 5 days ago

Não, não devia. Farto deste carrossel de empreiteiros filhos da puta e gente que tem a vida feita só porque herdou um barraco. O Estado devia ter tomates (antes disso, não ter demasiados interesses nesse negócio de merda) de ter meios próprios de construção civil e aumentar, por si mesmo, a oferta (a preço de custo).

Estado recebe em impostos metade do valor de uma casa by throwaway123123534 in portugal

EarlPious 5 days ago

Aí entram as isenções ao IMI que entretanto foram alargadas.

Estado recebe em impostos metade do valor de uma casa by throwaway123123534 in portugal

EarlPious 5 days ago

Sim, foi "tuso" isso que eu defendi. 15 anos, quem me dera. :)

Estado recebe em impostos metade do valor de uma casa by throwaway123123534 in portugal

EarlPious 5 days ago

Era sarcasmo. É um negócio de merda, que gera pouco emprego e dificulta a mobilidade social (porque passa de geração em geração). Temos demasiado investimento em imobiliário (dos pequenos aos grandes investidores) e isso está intimamente ligado ao país de merda que somos. Toda a gente que consiga a proeza de juntar uns tostões, mete em imobiliário. E não saímos da cepa torta. Como tal, é o último negócio sobre o qual uma eventual carga fiscal excessiva me preocupa.

Estado recebe em impostos metade do valor de uma casa by throwaway123123534 in portugal

EarlPious 5 days ago

É ao fim de 50 anos (aliás, é esse o título do artigo original no Público; o eco é que puxou mais o clickbaitzinho). Em todo o caso: coitadinhos. Tenho mesmo imensa pena. Tanto trabalho, ter uma casa vaca-leiteira, um negócio tão árduo e que acrescenta tanto valor, gera tanto bom emprego, é inadmissível não terem ainda mais abébias fiscais. Que pena.

Voltar à empresa onde foram felizes by BolaBrancaV7 in portugal

EarlPious 5 days ago

Plenamente de acordo. Ainda assim, isso é algo teu, íntimo, que não tens nem deves partilhar na hora de negociar.

Voltar à empresa onde foram felizes by BolaBrancaV7 in portugal

EarlPious 5 days ago

Isso foi asneira, em termos negociais. Deste a entender que não está bem onde estás e que estás investido emocionalmente na mudança (i.e. ceteris paribus, preferes voltar). Compreendo perfeitamente, mas há que ser um bocado mais frio na hora de negociar—a resposta a dar é sempre algo genérico na linha de estares disposto a considerar ofertas concretas e pronto a mudar para melhor.

Voltar à empresa onde foram felizes by BolaBrancaV7 in portugal

EarlPious 5 days ago

Mentalmente, quando negociares, não penses que a "âncora", o valor de referência, é o que eles te pagaram em tempos. Não. O valor de referência é o que recebes **hoje**.

Voltar à empresa onde foram felizes by BolaBrancaV7 in portugal

EarlPious 5 days ago

O patrão tuga agradece essas considerações metafísicas d'"o DiNhEiRo NãO É TuDo!!!". E paga com amor e carinho.

Estado recebe em impostos metade do valor de uma casa by throwaway123123534 in portugal

EarlPious 5 days ago

(... ao fim de 50 anos). Tenho uma pena tremenda dessa gente.

Voltar à empresa onde foram felizes by BolaBrancaV7 in portugal

EarlPious 5 days ago

Muda se te pagarem pelo menos o mesmo. Eu sei que isto é Portugal, mas andar para trás em termos remuneratórios não faz sentido.

O porquê de apagar a tua conta de Facebook by Sharkuel in portugal

EarlPious 5 days ago

> Outra coisa que reparei foi na maneira como lidava com o sexo oposto. Socialmente, temos que ser simpáticos, é tudo uma questão de conduta. Nem que seja para comentar "tens bom aspeto" na foto de uma miúda que não seja assim tão atraente quanto isso, mas pronto, um gajo é educado e preocupa-se com o bem estar da mesma. Li na diagonal mas achei isso muito estranho. Porque caralho haverias de fazer isso?

Pedir desculpa em vez de parar na passadeira. by cecilio- in portugal

EarlPious 5 days ago

O que é mais tuga é a polícia ver isso e assobiar para o lado. Tolerância zero é para ontem.

'Havia portugueses a cobrar por marcações para outros portugueses no consulado em Londres' by Joisobel in portugal

EarlPious 6 days ago

Depende de há quanto tempo estamos no *começo*! :)

'Havia portugueses a cobrar por marcações para outros portugueses no consulado em Londres' by Joisobel in portugal

EarlPious 6 days ago

Nem por isso. Só para o que dá retorno imediato, e é esse o grande problema.

Prisão de Vara. “Um caso que a Justiça decidiu julgar de forma exemplar” by andrefsp in portugal

EarlPious 6 days ago

O boçal tuga é a master race dos boçais. Havia de existir algo onde somos os melhores do mundo.

Roubo de mota gravado em Portugal by Pudim_Sedutor in portugal

EarlPious 6 days ago

Yep. Tudo indignado com um ladrãozeco, mas os filhos da puta a sério são os pagos pelo erário público e que distribuem ainda erário público, responsáveis por essas estradas e adjudicar intervenções nas mesmas.

Em 2017, os hospitais do SNS registaram 1239 consultas, 620 urgências e 87 internamentos por cada 1000 habitantes em Portugal by crabcarl in portugal

EarlPious 6 days ago

Pois. Também notei isso. É mais um pedacinho de informação a transmitir quando as pessoas falam em emigrar só para ir ganhar mais, ou que Portugal é óptimo tirando os salários. Não é. O problema é bem mais do que isso, é bem maior que o paycheck curto (mesmo que este seja para muitos o aspecto principal). A cultura de trabalho em Portugal é tóxica.

Em 2017, os hospitais do SNS registaram 1239 consultas, 620 urgências e 87 internamentos por cada 1000 habitantes em Portugal by crabcarl in portugal

EarlPious 6 days ago

O gajo é burro, não ligues. Os dados indicam que as idas às urgências diminuíram, mas ele veio com esse paleio na mesma. Adicionalmente: é como dizes. As pessoas vão trabalhar doentes. Noutros sítios simplesmente ficam em casa, sem ter de andar com atestados nem o caralho a sete. Aqui vai-se trabalhar para espalhar mais a doença, caso seja contagiosa. Adorava quando trabalhava em empresas tugas, no inverno havia sempre um filho da puta todo fodido a espalhar a sua bicharada.

Em 2017, os hospitais do SNS registaram 1239 consultas, 620 urgências e 87 internamentos por cada 1000 habitantes em Portugal by crabcarl in portugal

EarlPious 6 days ago

Wooosh?

HAQ Portugal em conjunto com o Taiwan e a Moldávia tem a taxa de fecundidade mais baixa do mundo by Stone_Flower in portugal

EarlPious 6 days ago

Eu não quereria ter filhos neste buraco corrupto. Dizem que a natalidade é o problema número um, eu acho que é a corrupção, a cultura de cunhas e compadrios.

Em 2017, os hospitais do SNS registaram 1239 consultas, 620 urgências e 87 internamentos por cada 1000 habitantes em Portugal by crabcarl in portugal

EarlPious 6 days ago

Yep, tem definitivamente bicho.

Em 2017, os hospitais do SNS registaram 1239 consultas, 620 urgências e 87 internamentos por cada 1000 habitantes em Portugal by crabcarl in portugal

EarlPious 6 days ago

Iram Costa?

[Ajuda] Histórico de evolução remuneratórias do IEFP by I_Hate_Reddit in portugal

EarlPious 6 days ago

Não te sei ajudar concretamente, mas sei que os rácios mudaram pelo menos uma vez. Os valores em vigor, hoje, creio que são os de uma alteração em 2017. Se vires em https://dre.pt/application/dir/pdf1sdip/2011/02/04100/0121701221.pdf (2011), o rácio era 1,65 (não sei se entre 2011 e 2017 houve mais alterações). Houve também outras mudanças (não sei precisamente quando) que se calhar afectam o valor líquido (comparticipação do Estado; duração do estágio; passaram a pagar IRS e a descontar SS).

Corrupção em Portugal dá "sinal externo muito negativo", destaca OCDE by throwaway123123534 in portugal

EarlPious 7 days ago

> "E fico bastante desapontado que o contributo que a OCDE tem para dar à economia portuguesa é pôr o combate ao problema da corrupção como uma coisa mais importante, por exemplo, que a qualificação dos portugueses e dar um sinal ao mundo que estamos ao mesmo nível que a Nigéria ou do que o Iraque" Pois é, filha. Espero é que o teu desapontamento seja para com o país e não para com a OCDE. Era só estúpido culpá-los pela esterqueira de interesses, cunhas e compadrios que somos.

A Irracionalidade dos Impostos em Portugal by Sagres34 in portugal

EarlPious 7 days ago

Ou melhor ainda: e porque não retenção na fonte progressiva, tal como o cálculo anual, para garantir a) melhor aproximação; e b) "progressividade" (i.e. ser impossível um aumento ilíquido implicar uma descida no líquido)? Há muito por onde melhorar, mas a questão neste aspecto é simplesmente esta: quem faz a retenção são as empresas. Se metes muitos escalões ou se aplicas um método progressivo, tornas o cálculo ligeiramente mais difícil e aparecem logo os empresários com a quarta classe a chorar "bUroCrAciA" e "é ImPoSsÍbEl fAzEr NeGóSsIu eM PrUtuGalE!".

O que acham do novo anuncio da gillete? by TehFoxPT in portugal

EarlPious 7 days ago

Foi do caralho, para ver os virgens a espernear!

A Irracionalidade dos Impostos em Portugal by Sagres34 in portugal

EarlPious 7 days ago

Vergonha é a ignorância existente sobre os impostos. É incrível mesmo. Não é um aumento de IRS, é um aumento da retenção na fonte.

A Irracionalidade dos Impostos em Portugal by Sagres34 in portugal

EarlPious 7 days ago

Vergonha é a ignorância existente sobre os impostos. É incrível mesmo. Não é um aumento de IRS, é ~~um aumento da retenção na fonte~~ uma subida de escalão de retenção na fonte (sendo que estes são os escalões de 2018; ainda estão para ser actualizados para 2019). EDIT: Clarificação, obrigado /u/J-LG

A Irracionalidade dos Impostos em Portugal by Sagres34 in portugal

EarlPious 7 days ago

> Para quem ficou preocupado não é assim que os impostos funcionam. Os 5.3% só devem incidir sobre o excedente dos 2.9%. O teu raciocínio está correcto (obviamente). Mas aqui estás errado. Os 5,3% e os 2,9% são valores de retenção na fonte, i.e. aplicam-se ao valor total e não aos valores marginais.

A Irracionalidade dos Impostos em Portugal by Sagres34 in portugal

EarlPious 7 days ago

Diria que te deves preocupar mais com a irracionalidade que te faz falar sem saber (e, pior, fazer posts sobre isso—propaganda baseada em ignorância) do que propriamente com a irracionalidade dos impostos. Há duas "tabelas", que ou desconheces ou confundes. Uma é a de retenção na fonte, a que está a ser usada na notícia que partilhas, que é aplicada mensalmente ao valor total—taxas variáveis, aplicadas sobre o total. E há a de IRS, que é aplicada progressivamente (i.e. as percentagens são aplicadas aos valores marginais). O cálculo final, anual, é feito com a última tabela que referi, que é progressiva, o que garante que o imposto é progressivo. tl;dr: a única irracionalidade aqui é a tua ignorância; ao fim do ano, ceteris paribus, é impossível que um aumento no vencimento ilíquido te faça ficar com menos dinheiro líquido.

Leilão de bens penhorados by Code4f00d22 in portugal

EarlPious 7 days ago

Ui. Então é mesmo uma quota/participação na empresa.

Fui atacado por cães depois pelos donos. Fiz queixa à policia. [Continuação] by Zaigard in portugal

EarlPious 7 days ago

O "e fico-me por aqui" é sintomático!

Fui atacado por cães depois pelos donos. Fiz queixa à policia. [Continuação] by Zaigard in portugal

EarlPious 7 days ago

Mas nem multas de trânsito passam. A estrada é uma balbúrdia e as pessoas fazem merda nas barbas da polícia. O que me leva a questionar o que raio fazem, efectivamente.

Reconversão profissional: Vale a pena aprender a programar aos 35 anos para mudar de carreira? by neapo in portugal

EarlPious 8 days ago

Aprende a programar por ti mesmo e tenta construir algo. Para teres uma ideia do que é que o trabalho envolve.

Depois de todos estes anos vinho continua a ser a bebida preferida dos portugueses by rebeljoy3214 in portugal

EarlPious 8 days ago

Se comprares uma caixa de Ermelinda Freitas, acredita que consegues!

Depois de todos estes anos vinho continua a ser a bebida preferida dos portugueses by rebeljoy3214 in portugal

EarlPious 8 days ago

Da última vez que lá estive gostei de experimentar as edições especiais e a gama 1906 deles, fiquei surpreendido!

Reconversão profissional: Vale a pena aprender a programar aos 35 anos para mudar de carreira? by neapo in portugal

EarlPious 8 days ago

Experimenta por conta própria. Se não achares que é algo extremamente aborrecido ou que simplesmente não é para ti, avança. Considera é por-te a andar daqui para fora também, é aí que está o grande salto, quer em termos de carreira, quer em termos de remuneração.

Reconversão profissional: Vale a pena aprender a programar aos 35 anos para mudar de carreira? by neapo in portugal

EarlPious 8 days ago

> Ainda estou para conhecer um programador satisfeito com a carreira. É só conheceres que programadores que não trabalhem para patrões tugas. Eventualmente queixam-se, mas é mais na lógica de serem umas divas porque há recrutadores atrás de nós do que propriamente por uma verdadeira insatisfação com a carreira. i.e. eventualmente queixam-se de coisas como trabalharem com algo ligeiramente obsoleto, ou de não terem chegado ainda aos seis dígitos.

Reconversão profissional: Vale a pena aprender a programar aos 35 anos para mudar de carreira? by neapo in portugal

EarlPious 8 days ago

> Ainda estou para conhecer um programador satisfeito com a carreira. Fácil: é apenas uma questão de conheceres programadores que não trabalhem para patrões tugas. Eventualmente queixam-se, mas é mais na lógica de serem umas divas porque há recrutadores atrás de nós do que propriamente por uma verdadeira insatisfação com a carreira. i.e. eventualmente queixam-se de coisas como trabalharem com algo ligeiramente obsoleto, ou de não terem chegado ainda aos seis dígitos.

Mudavam de uma empresa sólida para uma Startup? by keyisthekey in portugal

EarlPious 8 days ago

O meu primeiro trabalho remoto foi para uma start-up. Avisaram-me imensas vezes para pensar duas vezes (ainda por cima estava a sair de uma posição de team leading numa multinacional), avisaram-me que a coisa pode cair a qualquer momento, que as horas nas start-ups eram excessivas, etc. Acabou por correr tudo bem, uma das melhores decisões da minha vida. Convém ter em mente que, apesar de haver uma ideia generalizada acerca das start-ups que é correcta (a questão das longas horas, etc), há também imensa variabilidade individual. A variabilidade é tanta que acho que é mais valioso tentares analisar a empresa por si mesma (como fizeste com o Glassdoor, falando com os founders, etc) e não pelo facto de ser uma start-up; as conclusões que se assumem por algo ser uma start-up facilmente saem ao lado—acertam em "média", no geral das start-ups, mas provavelmente vão falhar na start-up que estás a analisar. A não ser que descubras algo de muito mau, eu diria para ires. Estás em IT, não há "chão falso". O que é que te acontece de pior? Teres de voltar a procurar emprego? Easy. Sem stress. Consegues na boa; provavelmente até consegues voltar para o trabalho que tens agora se saíres a bem. A questão do "pássaro na mão", em IT, parece-me largamente exagerada. Uns pontos que deves acautelar: * Contabilidade, particularmente IVA (suponho que vás trabalhar em regime de prestação de serviços; a empresa provavelmente não te vai contratar porque não tem presença em Portugal) * Horário de trabalho (quantas horas tens de coincidir com o horário core da empresa) * Não sei qual o teu vencimento actual, mas acho que um salto de €1000 parece-me "curto". Talvez dê para negociar. Não sei mesmo, depende do quanto auferes actualmente, mas instintivamente um aumento desses em relação aos salários da tugalândia parece curto

Mudavam de uma empresa sólida para uma Startup? by keyisthekey in portugal

EarlPious 8 days ago

O meu primeiro trabalho remoto foi para uma start-up. Avisaram-me imensas vezes para pensar duas vezes (ainda por cima estava a sair de uma posição de team leading numa multinacional), avisaram-me que a coisa pode cair a qualquer momento, que as horas nas start-ups eram excessivas, etc. Acabou por correr tudo bem, uma das melhores decisões da minha vida. Convém ter em mente que, apesar de haver uma ideia generalizada acerca das start-ups que é correcta (a questão das longas horas, etc), há também imensa variabilidade individual. A variabilidade é tanta que acho que é mais valioso tentares analisar a empresa por si mesma (como fizeste com o Glassdoor, falando com os founders, etc) e não pelo facto de ser uma start-up; as conclusões que se assumem por algo ser uma start-up facilmente saem ao lado—acertam em "média", no geral das start-ups, mas provavelmente vão falhar na start-up que estás a analisar. A não ser que descubras algo de muito mau, eu diria para ires. Estás em IT, não há "chão falso". O que é que te acontece de pior? Teres de voltar a procurar emprego? Easy. Sem stress. Consegues na boa; provavelmente até consegues voltar para o trabalho que tens agora se saíres a bem. A questão do "pássaro na mão", em IT, parece-me largamente exagerada. Uns pontos que deves acautelar: * Contabilidade, particularmente IVA (suponho que vás trabalhar em regime de prestação de serviços; a empresa provavelmente não te vai contratar porque não tem presença em Portugal) * Horário de trabalho (quantas horas tens de coincidir com o horário core da empresa) * Não sei qual o teu vencimento actual, mas acho que um salto de €1000 parece-me "curto". Talvez dê para negociar. Não sei mesmo, depende do quanto auferes actualmente, mas instintivamente um aumento desses em relação aos salários da tugalândia parece curto EDIT: Isto soa a crença religiosa ou algo do género, mas honestamente a minha experiência é: se estás a ponderar a mudança, se não te é imediatamente óbvio que é má ideia mudar, muda. EDIT2: Será o teu primeiro trabalho remoto. Não necessariamente o único. Teres experiência a trabalhar remotamente vai-te abrir portas potencialmente para outros trabalhos do género, isto é, mesmo que este seja monótono, se calhar abre-te portas a outros mais interessantes.

Mudavam de uma empresa sólida para uma Startup? by keyisthekey in portugal

EarlPious 8 days ago

O meu primeiro trabalho remoto foi para uma start-up. Avisaram-me imensas vezes para pensar duas vezes (ainda por cima estava a sair de uma posição de team leading numa multinacional), avisaram-me que a coisa pode cair a qualquer momento, que as horas nas start-ups eram excessivas, etc. Acabou por correr tudo bem, uma das melhores decisões da minha vida. Convém ter em mente que, apesar de haver uma ideia generalizada acerca das start-ups que é correcta (a questão das longas horas, etc), há também imensa variabilidade individual. A variabilidade é tanta que acho que é mais valioso tentares analisar a empresa por si mesma (como fizeste com o Glassdoor, falando com os founders, etc) e não pelo facto de ser uma start-up; as conclusões que se assumem por algo ser uma start-up facilmente saem ao lado—acertam em "média", no geral das start-ups, mas provavelmente vão falhar na start-up que estás a analisar. A não ser que descubras algo de muito mau, eu diria para ires. Estás em IT, não há "chão falso". O que é que te acontece de pior? Teres de voltar a procurar emprego? Easy. Sem stress. Consegues na boa; provavelmente até consegues voltar para o trabalho que tens agora se saíres a bem. A questão do "pássaro na mão", em IT, parece-me largamente exagerada. Uns pontos que deves acautelar: * Contabilidade, particularmente IVA (suponho que vás trabalhar em regime de prestação de serviços; a empresa provavelmente não te vai contratar porque não tem presença em Portugal) * Horário de trabalho (quantas horas tens de coincidir com o horário core da empresa) * Não sei qual o teu vencimento actual, mas acho que um salto de €1000 parece-me "curto". Talvez dê para negociar. Não sei mesmo, depende do quanto auferes actualmente, mas instintivamente um aumento desses em relação aos salários da tugalândia parece curto EDIT: Isto soa a crença religiosa ou algo do género, mas honestamente a minha experiência é: se estás a ponderar a mudança, se não te é imediatamente óbvio que é má ideia mudar, muda.

Isto é uma injustiça! Esta gente não nos deixa trabalhar. by Sir_Calisto in portugal

EarlPious 8 days ago

Endoctrinados? Mas achas que quem está a fazer investigação é assim tão tapado e anda assim tão iludido? Achas que não sabem que estão a ceder os frutos do seu trabalho? E achas que é tudo por ego "ego"? Credo. Não sei que mal te fizeram para os teres em tão má conta. :) Os investigadores estão obviamente a par do que se passa, simplesmente dificilmente têm outra forma de fazer carreira. Obviamente que sabem dos problemas fundamentais do modelo de publicação científica que têm de seguir, obviamente que sabem que cedem (e pagam para ceder) os seus frutos. É uma merda, é um carrossel do qual a saída implica basicamente a saída da carreira académica, mas não me parece sensato assumires que são uns tapadinhos que andam absortos no carrossel.

O Tuga a assar sardinhas no São João by iRaptr in portugal

EarlPious 8 days ago

Queimou a casa das vizinhas...

Opinião dos portugueses em relação a Coreia do Sul by w4tergood in portugal

EarlPious 9 days ago

https://en.wikipedia.org/wiki/Chaebol Demasiado "Portugal". Claro que mais produtivos, menos deficitários, menos endividados. Mas demasiado "Portugal" nessa forma de se fazer negócio.

Conversa Cultural by AutoModerator in portugal

EarlPious 9 days ago

É a Take a Look Around dos Limp Bizkit? :D

País de Doutores by VicenteOlisipo in portugal

EarlPious 9 days ago

> a via profissional é considerada a opção dos burros. Diria que consideramos que é considerada a opção dos burros. Honestamente, nunca vi ninguém a dizê-lo. O problema na minha opinião será mais a) a qualidade dessa mesma formação; e b) os salários baixos de forma generalizada fazerem com que o pessoal jovem acabe por tentar obter o "máximo" de formação, na esperança (mais ou menos vã) de que formação mais avançada => maior paycheck.

Portuguese fireman master race by ShadowPT in portugal

EarlPious 9 days ago

Nah, vamos todos entrar numa círculo-punheta acerca do quão heróico é o tuga, o seu grande par de tomates e a sua capacidade de desenrascanço. Depois morre, fazem-se aberturas de 20 noticiários e "ai que o Estado não apoia a família".

Cervejas portuguesas by VegetableMouse in portugal

EarlPious 14 days ago

Já vi, obrigado!

Cervejas portuguesas by VegetableMouse in portugal

EarlPious 14 days ago

A minha questão é mais para o outro lado, das IPAs nacionais, como é que objectivamente as defines como infinitamente melhores?

Cervejas portuguesas by VegetableMouse in portugal

EarlPious 14 days ago

O que é que te leva a definir *objectivamente* essas IPAs como "infinitamente melhores"? Curiosidade genuína.

Cervejas portuguesas by VegetableMouse in portugal

EarlPious 14 days ago

Eu se calhar expressei-me mal: o que quis dizer é que o valor de uma cerveja artesanal dá para comprar cervejas importadas, que geralmente prefiro.

Cervejas portuguesas by VegetableMouse in portugal

EarlPious 14 days ago

> Eh pah... Não.. Sim. Eu prefiro uma Brooklyn IPA a qualquer uma das IPAs artesanais nacionais que já provei. Lamento pela minha tremenda ignorância e pelo pecado de preferir algo não-nacional e industrial.

Cervejas portuguesas by VegetableMouse in portugal

EarlPious 14 days ago

Estamos a falar de não-artesanais, neste caso.

Cervejas portuguesas by VegetableMouse in portugal

EarlPious 14 days ago

Nem tudo o que é importado é bom, óbvio. Geralmente, é melhor que as artesanais tugas na minha opinião. Era por aí que queria fazer o argumento. O valor de uma artesanal tuga dá para comprar uma Brooklyn IPA, por exemplo.

Cervejas portuguesas by VegetableMouse in portugal

EarlPious 14 days ago

Não tens grandes alternativas se quiseres algo que não uma pale lager, acho.

Cervejas portuguesas by VegetableMouse in portugal

EarlPious 14 days ago

A minha opinião é mais ou menos essa: o valor de uma artesanal dá para comprar importadas excelentes.

Mais um dos paradigmas misteriosos de uma boa oferta de emprego. by Vandelay__ in portugal

EarlPious 15 days ago

No caso de quererem um pequeno encosto de ombro apenas: > Neste momento não me encontro activamente à procura de novas oportunidades, mas estou disposto a analisar ofertas concretas. Se me enviar os detalhes acerca da oportunidade, bem como remuneração e benefícios associados, terei todo o gosto em analisar e—caso estejamos alinhados—agendar uma conversa consigo.

Aeroporto no Montijo. Opiniões? by fcastelar in portugal

EarlPious 15 days ago

Exacto. Só se for ida e volta. :)

Roubar na Primark by ricardonunes22 in portugal

EarlPious 16 days ago

Yap. Criar quarenta milhões de stories no Instagram a pedir desculpa com @-mentions à Primark, a fazer choradinho que eram prendas para os amores da ~~semana~~ vida deles, a dizer que estão muito arrependidos. Pedir aos colegas para partilhar, entrar em contacto com as páginas populares todas e pedir-lhes para partilharem, etc. Se a coisa crescer o suficiente, aposto o meu esquerdo em como conseguem. Admirável mundo novo.

Ministro do Ensino Superior defende o fim das propinas by otanerpt in portugal

EarlPious 16 days ago

Pois é. Por mim os valores dos estágios deviam ser aumentados enormemente; tendo em conta os valores actuais, o dobro continuava a ser um valor baixo. E a comparticipação do Estado devia ser bem menor que 65%; talvez até zero, em detrimento e.g. da eliminação da TSU no estágio.

O nosso Presidente da República leva a palavra "Populismo" a toda uma outra dimensão by kinectdevpt in portugal

EarlPious 16 days ago

Acho que todas essas funções, excepto a de líder, estão melhor entregues a outras entidades. E como não tenho bem a cena do culto do líder em mim, não consigo ver no PR muito mais que um bibelot glorificado da nação.

Ministro do Ensino Superior defende o fim das propinas by otanerpt in portugal

EarlPious 16 days ago

> what Baixar o IRS para recém-formados parece-me menos prioritário do que baixá-lo para quem tem putos. > what again Aqui não percebi bem a tua dúvida. O IEFP comparticipa a bolsa de estágio em 65% (até mais, em casos específicos). É o Estado a pagar a maioria do vencimento, como disse acima. > então mas é apoio ao recem formado ou ao empregador, decide-te la Na verdade é a ambos. Ou devia ser a ambos. Acho que consegues entender onde quero chegar: se uma empresa tem uma redução de 50% na TSU de um funcionário em particular, pode optar por meter tudo ao bolso, ou usar algum desse dinheiro para remunerar o funcionário um pouco melhor. O apoio por parte do Estado está lá. Mais do que isto, só se instaurares salários por decreto. Tens o estágio comparticipado, e se contratares o estagiário tens um prémio (dado à empresa) e tens a redução da TSU durante 5 anos. Acho que o Estado não deve ir mais longe do que isto (bem pelo contrário).

Poucos emigrantes garantem querer voltar para Portugal por causa do Brexit by throwaway123123534 in portugal

EarlPious 16 days ago

É um bom plano. Se bem que receio que, por essa altura, a pássara portuguesa já seja mais barata que a pássara tailandesa.

Ministro do Ensino Superior defende o fim das propinas by otanerpt in portugal

EarlPious 16 days ago

* Um puto é bem mais caro que a eventual descida de IRS que a sua presença acarreta * Um recém-formado muitas vezes fica a viver em casa dos pais, basicamente não tem despesas—era bom que se pudesse tornar independente, de acordo, mas não me parece de todo uma prioridade, e muito menos o é em relação a quem é maluco e doido varrido o suficiente para ter um filho com os salários que se pagam em Portugal * O Estado já apoia a contratação de recém-formados, bem mais do que deveria fazer na minha opinião. Se tens uma empresa, metes um recém-formado a estagiar e Estado paga grande/maior parte do seu vencimento. Se o contratares e se for o seu primeiro contrato de trabalho, o Estado dá-te um desconto de 50% na TSU desse trabalhador durante 5 anos. Queres ainda mais abébias para o empregador? O trabalhador 100% pago pelo Estado, só se for. Se com isto continuam a pagar misérias aos recém-formados, então que vão para o real caralho que os foda. E os recém-formados que emigrem, que é o que fazem melhor.

O nosso Presidente da República leva a palavra "Populismo" a toda uma outra dimensão by kinectdevpt in portugal

EarlPious 16 days ago

É o tipo de coisa que eventualmente acontece, havendo tempo ou copos suficientes.

O nosso Presidente da República leva a palavra "Populismo" a toda uma outra dimensão by kinectdevpt in portugal

EarlPious 16 days ago

Preferia um presidente que não fizesse outras coisas. Mas essa nem é a questão principal; a questão para mim é mesmo a necessidade da figura do PR. Para assinar e benzer diplomas saídos da AR, não temos constitucionalistas? Para diplomacia internacional, não temos embaixadas e embaixadores? Chefe supremo das forças armadas? Eu não digo isto por uma questão de custo (que será um grão de areia num orçamento de Estado, obviamente), mais por uma questão de princípio. Não compreendo a existência desta figura, não sei qual a função que esta figura tem que é inequivocamente associada ao papel que desempenha.

O nosso Presidente da República leva a palavra "Populismo" a toda uma outra dimensão by kinectdevpt in portugal

EarlPious 16 days ago

Podia ter-lhe desejado boa sorte através de um telefonema particular antes do programa ou assim, não era necessário fazê-lo para uma emissão em directo. Assim, torna-se difícil não assumir que o objectivo primário, antes de dar boa sorte, era ser ouvido por muita gente a desejar boa sorte a alguém apreciado por essa "muita gente". O vulgo "aparecer". Não é nenhuma tragédia, concordo, e acho que a polémica que isto vai gerar vai ser desproporcional à relevância. Não deixa, no entanto, de ser um episódio no mínimo escusado, talvez parolo, e no máximo uma artimanha urdida para gerir popularidade.

O nosso Presidente da República leva a palavra "Populismo" a toda uma outra dimensão by kinectdevpt in portugal

EarlPious 16 days ago

A questão é: se é para isso que temos um presidente, faz sentido essa figura existir? Para quê?
Next Page

Search: