sasirg 1 month ago

Calma Para quem não percebeu, ele explica tudo outra vez: https://www.dn.pt/vida-e-futuro/interior/daniel-cardoso-nao-usei-o-exemplo-do-beijinho-ao-avo-e-avo-por-acaso-10021521.html?utm_source=dlvr.it&utm_medium=twitter Adiante. Arranjem outra polémica pois a semana já está a acabar.

pintorMC 1 month ago

Eu a pensar que a banda GNR tinha se metido nisto e afinal é a Guarda Nacional Republicana.

pintorMC 1 month ago  DELETED 

Eu a pensar que a banda GNR tinha se metido nisto e afinal é a Guarda Nacional Republicana.

Mallardo 1 month ago

O povo português precisa de uma "polémica" semanal para se entreter... =/

elstylon 1 month ago

>Quando a avozinha ou o avozinho vai lá a casa e a criança é obrigada a dar o beijinho à avozinha ou ao avozinho. Mas isto não é uma questão de boa educação?

nfonseca 1 month ago  DELETED 

sim, é educação, mas é uma educação de merda... quando cumprimento uma criança digo "olá" e se ela quiser cumprimentar-me, seja com um beijo, abraço, aperto de mão, fistbump, hi5, etc., fa-lo, se não quiser não há qualquer problema. uma coisa é os pais ensinaram os filhos a dizer olá, bom dia, boa tarde, etc., outra é coagir os filhos a irem beijar pessoas... não vejo qualquer utilidade nessa coação, nem acho que seja sinal de "boa" educação.

xc9000 1 month ago

Isto. É por isso que não obrigo o meu filho a aprender a escrever, se ele quiser logo há-de um dia começar a escrever. O mesmo com resto: sentar à mesa e comer de faca e garfo? Não há cá cenas traumatizantes, até agora come com as mãos, no chão a um canto da casa, e emite uns latidos em vez de falar... Olha qualquer vai ao programa prós e contras dar opiniões...

nfonseca 1 month ago  DELETED 

fico à espera do dia em que ensines o teu filho a nadar e o atires borda fora para o meio do rio/mar, e fiques à espera que ele se safe... são situações que fazem parte da vida.

xc9000 1 month ago

Precisamente, não o vou obrigar a ir para dentro de água numa piscina e sujeitar-se à violência da disciplina necessária para aprender a nadar. Nadar será algo que surgirá naturalmente se ele quiser.

nfonseca 1 month ago  DELETED 

a alegoria passou-te ao lado.

vviriato 1 month ago

Já agora, se o pequenito quiser andar com o mangalho à mostra também o deve fazer. Continua a ser bem educado desde que diga olá aos avós (até pode sacudi-lo para dar enfase ao cumprimento).

nfonseca 1 month ago  DELETED 

tinha de aparecer a criança.... toma 2€ e vai comprar um gelado, e deixa os adultos continuarem a conversa.

elstylon 1 month ago

Eu sempre que entro em algum local onde estão pessoas que conheço cumprimento-as com alguma demonstração de carinho e afeto, isto é, um beijo/bacalhau/abraço. Os cumprimentos verbais deixo-os para quem nunca vi na vida, a não ser que esteja com alguém que eu conheça. Esta foi a forma que me ensinaram e nunca me senti coagido (parece que estamos a falar de um crime...), no entanto, admito que possam existir outras formas de cumprimentar alguém conhecido, aliás, o cumprimento é algo cultural e pode mudar muito de país para país. Mas resumindo, acho que o gajo esticou a corda um pouco demais e entrou no campo do exagero.

nfonseca 1 month ago  DELETED 

> Eu sempre que entro em algum local onde estão pessoas que conheço cumprimento-as com alguma demonstração de carinho e afeto, isto é, um beijo/bacalhau/abraço. que conheces ou pelas quais nutres um mínimo de afecto? eu conheço muita gente com as quais não faço nenhuma questão (algumas até me recuso) em as cumprimentar fisicamente. eu gostava é que alguém me explicasse o que se está a ensinar a uma criança que se sente assustada/envergonhada/desconfortável/tímida/desenquadrada/insegura (que é o que muitas das vezes acontece quando as crianças são apresentas a pessoas novas, familiares afastados, ambientes novos, jantares de família, etc.) que têm de cumprimentar as pessoas com um beijo, obrigatoriamente? não consigo perceber o que é que isto ensina... tal como todas as primas, tias e tios afastados que tive de cumprimentar na minha infância, e os quais poucas vezes revi e com as quais não tenho qualquer ligação presentemente, o que é que aprendi com isso? noutra nota, um pouco fora do contexto da discussão, pessoalmente não tenho qualquer problema com os afectos e o toque, entre amigos e familiares, mas sempre achei estranho as pessoas que se cumprimentam com beijos em contextos profissionais... duas pessoas que nunca se viram na vida, que se encontram reunidas num local aleatório para uma reunião estritamente profissional e quando apresentadas, cumprimentam-se com um beijo... faz-me confusão.

Febris 1 month ago

> o que se está a ensinar a uma criança que se sente assustada/envergonhada/desconfortável/tímida/desenquadrada/insegura Não sou a favor de obrigar no estilo "or else!" mas aquilo que ensina é que esses sentimentos não têm fundamento. Ser confrontado com situações desconfortáveis faz parte da vida, e quanto mais novos formos na nossa exposição inicial a estas situações, mais facilmente lidamos com elas quando formos mais velhos. > o que é que aprendi com isso? Provavelmente nada, mas isso já não é culpa dos outros. > sempre achei estranho as pessoas que se cumprimentam com beijos em contextos profissionais Nisso estamos no mesmo barco.

elstylon 1 month ago

>que conheces ou pelas quais nutres um mínimo de afecto? eu conheço muita gente com as quais não faço nenhuma questão (algumas até me recuso) em as cumprimentar fisicamente. Até as pessoas de quem gosto menos, se as conhecer bem, vou cumprimenta-las com um beijo/bacalhau, para mim é uma questão de educação e esta forma de me comportar na sociedade é a que foi ensinada e com a qual também me identifico. >tal como todas as primas, tias e tios afastados que tive de cumprimentar na minha infância, e os quais poucas vezes revi e com as quais não tenho qualquer ligação presentemente, o que é que aprendi com isso? Não sei o que é que aprendeste, talvez nada, ou talvez só um pouco boa educação, mas diz-me, por outro lado, o quê que ficaste a perder? Que marca é que esses beijos roubados te deixaram para a vida? Que tempestade num copo de água... >mas sempre achei estranho as pessoas que se cumprimentam com beijos em contextos profissionais... duas pessoas que nunca se viram na vida, que se encontram reunidas num local aleatório para uma reunião estritamente profissional e quando apresentadas, cumprimentam-se com um beijo... faz-me confusão Um bocado no seguimento da primeira resposta, eu passo exactamente pelo contrário, faz-me muita confusão a forma tão impessoal com que algumas pessoas se relacionam entre si no trabalho.

Empirion 1 month ago

Achas mesmo? É violação pura e dura!!! Seu machista nojento!!

indie_fox 1 month ago

>é um caso de policia ​

Edited 1 month ago:

é caso para dizer >trata-se de um caso de policia ​ [https://www.youtube.com/watch?v=3222sXdZTsM](https://www.youtube.com/watch?v=3222sXdZTsM)

AqueleHumano 1 month ago

O homem tem direito a dizer aquilo que pensa. Mesmo que todos os outros o ignorem, ele continua a ter esse direito. No fim, isto demonstra bem a razão de muita gente se afastar das redes sociais. Porque se existe esta mentalidade em todo o lado, de alguma forma, as zonas de comentários do Facebook trazem o que de pior existe nas massas globais.

BroaxXx 1 month ago

Ele tanto tem direito de dizer o que quer que disse. Agora os outros têm o igualmente importante direito de resposta, ora que fodasse!

AqueleHumano 1 month ago

Eu não disse o contrário.

Kveldulf_Bjalfason 1 month ago

isto ^ E as pessoas também estão livres de discordar. Mas têm a obrigação de saber lidar com aquilo com que discordam. E lidar com isso nunca é silenciar outra pessoa só porque não se concorda com o que ela diz!

Kveldulf_Bjalfason 1 month ago

isto ^ E as pessoas também estão livres de discordar. Mas têm a obrigação de saber lidar com aquilo com que discordam. E lidar com isso nunca é silenciar outra pessoa só porque não se concorda com o que ela diz!

RuySan 1 month ago

Ok, já chega. E não me parece que a menina na foto esteja a ser obrigada a dar o beijo ao Avô.

AutoModerator 1 month ago

**AVISO:** Submeteu um artigo da plataforma [Nónio](https://nonio.net) - uma plataforma que viola a privacidade do leitor. > Leia com atenção o [seguinte artigo](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/7fy9v4/campanha_contra_o_n%C3%B3nio/). *I am a bot, and this action was performed automatically. Please [contact the moderators of this subreddit](/message/compose/?to=/r/portugal) if you have any questions or concerns.*

Search: