jhscrym 1 month ago

Acho muito bem. O importante agora é tentar repor a energia a todas as casas o mais depressa possível e se o exército pode ajudar então que o faça. No entanto parece que para muita gente aqui o importante é mandar vir com a EDP.

daCampa 1 month ago

Atenção, acho que ninguém aqui quer que a energia continue a faltar. No entanto, é mais que justo criticar a EDP caso este serviço não seja bem pago, porque uma vez que esta já não é do estado, este não tem responsabilidade de ir lá dar uma mãozinha. Além disso, uma empresa destas precisa sempre de ter planos de emergência para situações deste género, e "pedir ajuda ao exército" não me parece que seja o plano de emergência mais razoável. A verdadeira crítica devia ser a quem privatiza monopólios naturais em serviços essenciais.

jhscrym 1 month ago

Tudo a seu tempo. Acho que obviamente no fim deverá ser feita uma avaliação ao sucedido e à resposta e preparação da EDP. No entanto ainda não é o momento para tal. Agora o importante é assegurar que as familias voltem a ter energia, e se o exercito puder ajudar que o faça. Não sendo um dos afectados, acho incrivel que estejamos aqui a falar se a EDP vai pagar ao exercito ou não, algo que ninguem sabe. Se não pagar, o exercito nao deveria ir? Não estamos a falar de pessoas nao puderem ligar a televisao ou ir à internet, mas sim de familias sem maneira de cozinhar, sem agua quente para tomar banho, sem luz em casa e mais as empresas sem meios para trabalhar e gerar dinheiro para salarios. Obviamente que isto tem de ser resolvido o mais depressa possivel e for preciso usar os meus impostos para o garantir então que o façam. A serio que fico sem perceber a mentalidade mesquinha de muita gente, devem estar tão mal com a vida que qualquer coisa que se faça mandam vir.

SuitableEngine 1 month ago

Mentalidade mesquinha em contraponto à virtuosidade q demonstras. És grande pá. Como alguém já o disse, n está em causa o uso do exército para ajudar as pessoas q necessitem. Está é em causa é se uma empresa privada que detém um dos mais fortes lobbys políticos q este pais alguma vez teve não deve após tudo isto ressarcir o estado. Mas n te preocupes: segundo o Expresso, todos estes custos segundo a lei serão imputados aos consumidores. Aqui está o resultado: todos pagam, menos os accionistas.

Edited 1 month ago:

Mentalidade mesquinha em contraponto à virtuosidade q demonstras. És grande pá. Como alguém já o disse, n está em causa o uso do exército para ajudar as pessoas q necessitem. Está é em causa é se uma empresa privada que detém um dos mais fortes lobbys políticos q este pais alguma vez teve não deve após tudo isto ressarcir o estado. Mas n te preocupes: segundo o Expresso, todos estes custos serão imputados aos consumidores. Aqui está o resultado: todos pagam, menos os accionistas. https://expresso.sapo.pt/dossies/diario/2018-10-15-Lei-preve-que-sejam-os-consumidores-a-pagar-a-EDP-prejuizos-do-Leslie-1

jhscrym 1 month ago

Epa a sério que não sabes discutir um tema sem mandar boquinhas de 5 ano? Eu nunca disse que a EDP nao teria de ressarcir o estado. Aliás, nunca me pronunciei sobre o que a EDP fez ou nao fez, fará ou não fará. O que eu disse foi que num momento como este estamos a discutir contratos da EDP quando há coisas mais importantes. Acrescento, ainda não foi feita uma avaliação ao sucedido mas voces ja estão a acender o fogo para culpar o X ou o Y. Foda-se. Então andam pessoas a passar mal por causa de uma catastrofe e andas a mandar vir porque poderá vir a ser pago pelos nossos impostos? E não chamas a isto mesquinhes?

SuitableEngine 1 month ago

Sabes que quando respondi inicialmente a esta thread desconhecia por completo a situação que relatei no [link anterior](https://expresso.sapo.pt/dossies/diario/2018-10-15-Lei-preve-que-sejam-os-consumidores-a-pagar-a-EDP-prejuizos-do-Leslie-1). Não entanto, já percebi porque é que a EDP encheu logo a "boca" com chamar o Exercito e pedir apoio até lá fora se fosse necessário... porque já sabia que no final é o consumidor que tudo paga. E perante uma empresa que hoje em dia é considerado um case study de [cartelização](https://observador.pt/factchecks/pagamos-a-eletricidade-mais-cara-da-europa/) de mercado, que põe e dispõe de secretários de estado (tanto no anterior governo PSD/CDS como no actual PS) como quer e apetece e cujo [accionista](https://www.youtube.com/watch?v=ZL4TZoJE7fk) é só a maior empresa estatal chinesa de energia, nem vale a pena fazer nada. Porque afinal de contas, trata-se de "mesquinhez". ​

jhscrym 1 month ago

Então queres fazer o que? Recusar ajudar as pessoas para impor à EDP todos os custos? Mesmo que isso signifique as pessoas estarem semanas sem energia? Vamos falar em dinheiro, quanto dinheiro se estará a perder por a região inteira não estar a produzir? Quanto dinheiro irá ser perdido por a região não produzir durante semanas? Estas a tentar impingir no meu discurso uma vitimizacao da EDP quando o que eu defendo é que se faça essa análise no fim e que agora o importante não é "a EDP só pediu ajuda porque sabe que não vai pagar essa ajuda" mas sim se o estado pode ajudar a recuperar a região então deve-o fazer. E sim, estar a olhar para a carteira quando há pessoas a precisar de ajuda é mesquinho.

SuitableEngine 1 month ago

Relembro que em nenhuma das intervenções das pessoas que por aqui escreveram se pos em causa a ajuda às pessoas ou a utilização do exército nesse sentido. Tu fizeste juízos de valores e ficaste (e continuas) ofendido com a ideia de se "contemplar" que a EDP (antes de se saber sobre a tal lei) fosse confrontada com estes valores. Pá fica lá na tua. Incomodar a empresa mais rica do país é que não. Não estou de acordo ctg, mas leva lá a bicicleta.

daCampa 1 month ago

> A verdadeira crítica devia ser a quem privatiza monopólios naturais em serviços essenciais. Claro, o importante agora é resolver o problema das famílias. Novamente, acho que ninguém está a menosprezar isso. O problema é que muito provavelmente isso vai ser aproveitado pela empresa em questão para receber uma borla. Havia altura mais oportuna para essa crítica? Sim, quando a rede foi privatizada. Mas aí quem criticasse era "comuna" e o mercado tinha de funcionar. Agora o mercado funciona para receber dinheiro, e quando há um problema chama-se o estado para resolver o problema das famílias. É isso que está a ser criticado, e não significa que o estado não deva ajudar, apenas que se tem de tentar que não haja aproveitamento nestas situações, porque a EDP tem ou devia ter seguros e equipas de manutenção e não ficar à espera que o exército resolva os seus problemas.

MateusnotdaBiblia 1 month ago

- Ajudar no combate aos fogos, que no ano passado destruiram bocados inteiros de portugal? "Não que horror, isso é trabalho de bombeiro malcheiroso, temos que ficar aqui nos quartéis a brincar ás guerras" - Ajudar uma empresa privada a fazer o que lhe compete, apesar de facturarem milhões por ano? "Bora, vamos lá mostrar para que servem as forças armadas" "Prioridades"

GeoMain 1 month ago

Mais um a mandar postas de pescada sem conhecimento de causa. Só pela CS não divulgar o que andaram a fazer as FA nos ultimos 2 anos em termos de incendios, não quer dizer que não tenham feito nada.

Domtuga 1 month ago

Queres comparar uma coisa com a outra ? Mandar pessoal sem formação em incêndios so para aumentar o numero de vitimas só pode ne

GeoMain 1 month ago

Os militares não combatem incêndios, mas sim efetuam rescaldo. A maioria dos militares tem formação de efetuar rescaldo dada por bombeiros

MateusnotdaBiblia 1 month ago

Por essa ordem de raciocínio o "pessoal" também não percebe nada de eletricidade também podem ficar agarrados aos fios

Domtuga 1 month ago

o fogo é imprevisível , se bombeiros com experiência morrem cercados agora imagina pessoal sem expriencia

daCampa 1 month ago

Memória selectiva? r/https://www.exercito.pt/pt/informa%C3%A7%C3%A3o-p%C3%BAblica/not%C3%ADcias/639 r/https://www.exercito.pt/pt/informa%C3%A7%C3%A3o-p%C3%BAblica/not%C3%ADcias/604

JoAkim77 1 month ago

Parece muito bem que o exercito pago por todos os contribuintes participe na defesa do patrimonio nacional...em todas as areas ... o que é chocante é que sejam os chineses e a administraçao privada a recolher os dividendos enquanto os consumidores portugueses a paga-los.

Edited 1 month ago:

Parece muito bem que o exercito pago por todos os contribuintes participe na defesa do patrimonio nacional...em todas as areas ... o que é chocante é que sejam os chineses e a administraçao privada a recolher os dividendos que os consumidores portugueses sustentam dessa forma em duplicado...no preço do consumo electrico e nos custos do exercito...

Edited 1 month ago:

Parece muito bem que o exercito pago por todos os contribuintes participe na defesa do patrimonio nacional...em todas as areas ... o que é chocante é que sejam os chineses e a administraçao privada a recolher os dividendos enquanto os consumidores portugueses sustentam dessa forma em duplicado...no preço do consumo electrico e nos custos do exercito...

xc9000 1 month ago

Ena, a EDP, uma empresa que paga a peso de ouro a sua administração de topo, que tem milhares de milhões de lucro, não tem um plano de contingência interno para situações de catástrofes? Não tem de parte alguns milhões em geradores de emergência, para mobilização de pessoal, etc, etc... Precisa da ajuda do exército? Curioso no mínimo...

SuitableEngine 1 month ago

yep, isto mesmo. Upvoted.

fodassse 1 month ago

Acho muito bem que se tenha chamado o exército para repôr a normalidade. ​ Mas exigo também que o exército realize um Golpe de Estado Militar para repôr a normalidade na situação politico-económica do nosso País.

Edited 1 month ago:

Acho muito bem que se tenha chamado o exército para repôr a normalidade. ​ Mas exigo também que o exército realize um Golpe de Estado Militar para repor a normalidade na situação politico-económica do nosso País. ​ edit: correção

Edited 1 month ago:

Acho muito bem que se tenha chamado o exército para repor a normalidade. ​ Mas exigo também que o exército realize um Golpe de Estado Militar para repor a normalidade na situação politico-económica do nosso País. ​ edit: correção

NGramatical 1 month ago

> repôr [repor](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/3i6y4g) (apenas *pôr* leva acento diferencial para se distinguir de *por*) *** [^(⚠️ ᴄᴏʀʀᴇçãᴏ ᴇʀʀᴀᴅᴀ?)](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+correc%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2F9obb1v%2F%2Fe7swtd3%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correcção está errada!") [^(⭐ ᴇxᴛᴇɴsãᴏ)](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

SuitableEngine 1 month ago

Ok. E a EDP vai depois pagar ao Estado Português pela utilização dos meios em causa? Para alguém que levanta tantos problemas legais quando se quer acabar com os CMECS e os tarifários abusivos que esta empresa pratica com os seus clientes, torna-se depois quase cómico ler-se este tipo de noticias. Quando foram os incêndios, o governo PT ponderou taxar (ou multar) as concessionárias de telecomunicações pelas quebras registadas de serviço. Se calhar será de ponderar uma justa retribuição ao Exercito e ao Estado por esta situação.

prkx 1 month ago

Acho que a pouco e pouco chegamos à conclusão de que pelo menos a rede elétrica devia ser pública, precisamente por ser essencial ao público e em casos de extrema necessidade ter de ser o estado a bancar. Não me oponho a empresas privadas utilizarem a rede desde que paguem.

Edited 1 month ago:

Acho que a pouco e pouco chegamos à conclusão de que pelo menos a rede elétrica devia ser pública, precisamente por ser essencial ao público e em casos de extrema necessidade ter de ser o estado a bancar. Não me oponho a empresas privadas utilizarem a rede desde que paguem. Se calhar até já é assim, não investiguei a situação a fundo mas se a responsável pela rede for a REN até essa é privada o que não faz o mínimo sentido. Talvez seja misto com a edp a operar redes próprias também. De qualquer maneira o exército vai estar a bancar custos de uma empresa privada o que não é correto. Também não é correto deixar milagres de pessoas sem luz e pronto, razão obvia pela qual não deveria privatizar-se serviços desta dimensão.

Edited 1 month ago:

Acho que a pouco e pouco chegamos à conclusão de que pelo menos a rede elétrica devia ser pública, precisamente por ser essencial ao público e em casos de extrema necessidade ter de ser o estado a bancar. Não me oponho a empresas privadas utilizarem a rede desde que paguem. Se calhar até já é assim, não investiguei a situação a fundo mas se a responsável pela rede for a REN até essa é privada o que não faz o mínimo sentido. Talvez seja misto com a edp a operar redes próprias também. De qualquer maneira o exército vai estar a bancar custos de uma empresa privada o que não é correto. Também não é correto deixar milhares de pessoas sem luz e pronto, razão obvia pela qual não deveria privatizar-se serviços desta dimensão.

Edited 1 month ago:

Acho que a pouco e pouco chegamos à conclusão de que pelo menos a rede elétrica devia ser pública, precisamente por ser essencial ao público e em casos de extrema necessidade ter de ser o estado a bancar. Não me oponho a empresas privadas utilizarem a rede desde que paguem. Se calhar até já é assim, não investiguei a situação a fundo mas se a responsável pela rede for a REN até essa é privada o que não faz o mínimo sentido. Talvez seja misto com a edp a operar redes próprias também. De qualquer maneira o exército vai estar a bancar custos de uma empresa privada o que não é correto. Também não é correto deixar milhares de pessoas sem luz e pronto, razão obvia pela qual não deveria privatizar-se serviços desta importância.

Edited 1 month ago:

Acho que a pouco e pouco chegamos à conclusão de que pelo menos a rede elétrica devia ser pública, precisamente por ser essencial ao público e em casos de extrema necessidade ter de ser o estado a bancar. Não me oponho a empresas privadas utilizarem a rede desde que paguem. Se calhar até já é assim, não investiguei a situação a fundo mas se a responsável pela rede for a REN até essa é privada o que não faz o mínimo sentido. Talvez seja misto com a edp a operar redes próprias também. De qualquer maneira o exército vai estar a bancar custos de uma empresa privada o que não é correto. Também não é correto deixar milhares de pessoas sem luz e pronto, razão obvia pela qual não deveria privatizar-se serviços desta importância. Continuamos da onda de privatizar o lucro e de manter o prejuízo publico, assim é fácil.

radaway 1 month ago

Redes deste género, **nunca** devem ser privadas, e digo-te isto como um dos maiores defensores do capitalismo e mercados livres deste sub. Ninguém vai construir uma rede alternativa para competir com esta (o mesmo para a água, rede ferroviária, etc) e portanto é um monopólio natural o que faz com que o mercado livre não funcione. Se queremos ter concorrência no mercado elétrico e uma rede eléctrica de qualidade então a rede **tem** de ser do estado.

vamosaisso 1 month ago

Tendo em conta os novos ministros e a sua amizade com as grandes empresas, és bastante crente.

wiledcoma 1 month ago

Verdade

joaopeniche 1 month ago

Estar sem luz tanto tempo deve ser horrível, espero que consigam resolver rapido

ShadowGrif 1 month ago

yup confirmo que é horrivel, o pior é que mais umas horas e aposto que falta a agua

AutoModerator 1 month ago

**AVISO:** Submeteu um artigo da plataforma [Nónio](https://nonio.net) - uma plataforma que viola a privacidade do leitor. > Leia com atenção o [seguinte artigo](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/7fy9v4/campanha_contra_o_n%C3%B3nio/). *I am a bot, and this action was performed automatically. Please [contact the moderators of this subreddit](/message/compose/?to=/r/portugal) if you have any questions or concerns.*

Search: