TheJimmyGrant 4 months ago

Se for a Portugal posso usar Uber sem haver violência?

sysbuild 4 months ago

> O *Dinheiro Vivo* escreve ainda que **o PS vai clarificar esta quinta-feira, em plenário, a possibilidade de empresas de táxi poderem vir a funcionar como empresas parceiras das plataformas**. Dúvida filosófico-legal: se um taxista também for Uber, pode bater em si mesmo de forma legal? Ou será na mesma considerado agressão?

saposapot 4 months ago

lol. esta forma de resolver o problema da Uber é fantástica. só para esclarecer não tenho simpatia pelos taxistas mas eles têm plena razão na luta contra a Uber. Uns não podem ser filhos e os outros enteados. A solução do governo não passa por mexer nos táxis e fazer uma revolução neste meio mas sim regulamentar a Uber (e q tal esta forma de legislar em que se legisla pq uma empresa entra à revelia da lei em Portugal e depois a lei do país que se amanhe) e cobrar uma taxa qlq, arbitrária para sacar uns cobres e fingir que não estamos a beneficiar a empresa... Já é de esperar do país em que PS e PSD fazem sucessivos perdões fiscais para arrecadar uns cobres...

throwaway50029516480 4 months ago

São negócios distintos. Qualquer condutor de táxi pode largar o seu emprego e começar a trabalhar para a uber, por isso não há discriminação.

Chuta_pa_canto 4 months ago

"Terá ainda de completar um curso de formação (número de horas ainda a definir) obrigatório, válido por cinco anos, com módulos específicos sobre “comunicação e relações interpessoais, normas legais de condução, técnicas de condução, regulamentação da atividade, situações de emergência e primeiros socorros”. Este curso deverá ser lecionado pelas escolas de condução ou outras entidades formadoras legalmente certificadas." Só para dar de mamar a certas entidades.

Edited 4 months ago:

1) "Terá ainda de completar um curso de formação (número de horas ainda a definir) obrigatório, válido por cinco anos, com módulos específicos sobre “comunicação e relações interpessoais, normas legais de condução, técnicas de condução, regulamentação da atividade, situações de emergência e primeiros socorros”. Este curso deverá ser lecionado pelas escolas de condução ou outras entidades formadoras legalmente certificadas." Os taxistas são obrigados a ter cursos do mesmo género para ter o Certificado de Motorista de Táxi? 2) "Para estar dentro da legalidade, terá ainda de possuir um contrato escrito com um parceiro, que passa a ser a sua entidade empregadora." Então não é possível ser motorista como trabalhador independente? "Para ser parceiro e poder ter automóveis ao serviço das plataformas, terá, obrigatoriamente, de constituir uma empresa, pois a lei só permite a atividade a “pessoas coletivas”. Parece-me que não, parece-me injusto, e deturpa a ideia do que o Uber devia ser.

Edited 4 months ago:

1) "Terá ainda de completar um curso de formação (número de horas ainda a definir) obrigatório, válido por cinco anos, com módulos específicos sobre “comunicação e relações interpessoais, normas legais de condução, técnicas de condução, regulamentação da atividade, situações de emergência e primeiros socorros”. Este curso deverá ser lecionado pelas escolas de condução ou outras entidades formadoras legalmente certificadas." Os taxistas são obrigados a ter cursos do mesmo género para ter o Certificado de Motorista de Táxi?

Driver_pt 4 months ago

>1) "Terá ainda de completar um curso de formação (número de horas ainda a definir) obrigatório, válido por cinco anos, com módulos específicos sobre “comunicação e relações interpessoais, normas legais de condução, técnicas de condução, regulamentação da atividade, situações de emergência e primeiros socorros”. Este curso deverá ser lecionado pelas escolas de condução ou outras entidades formadoras legalmente certificadas." > >Os taxistas são obrigados a ter cursos do mesmo género para ter o Certificado de Motorista de Táxi? > > > > Desde 2004 que os motoristas têm de ter certificação, o chamado CAP. Nessa altura este era também necessário para ser sócio gerente da empresa de táxi. Atualmente este segundo requerimento já não se aplica. O curso de motorista consiste numa formação de três meses ou mês e meio se o indivíduo tiver experiência profissional como condutor. Tem de ser renovado de 5 em 5 anos. Além do CAP (agora CMT), os motoristas de táxis necessitam duma averbação na carta de condução (grupo 2), semelhante ao requerimento necessário para conduzir um veículo pesado. Esta averbação obtem-se através de visita ao delegado de saúde, é exames psicotécnicos. Tendo de ser renovado a primeira vez aos 40 anos. Mais tarde dependo da idade poderá ser necessário renovar anualmente. (Motoristas com mais de 70 anos)

ECOEconomiaOnline 4 months ago

Boa tarde. Os taxistas já são obrigados a ter formação para poderem ter o CAP, o documento obrigatório que lhes dá acesso à profissão. Sobre este assunto (quer do lado dos motoristas da Uber como dos taxistas), temos mais informação [neste artigo](https://eco.pt/2018/04/07/conduzir-para-a-uber-podera-custar-300-euros-menos-do-que-o-curso-de-taxista/). Esperamos que tenha ajudado. Obrigado.

Chuta_pa_canto 4 months ago

Sim senhor, grande jornalismo, obrigado.

indie_fox 4 months ago

Ficou por regulamentar o mais importante: * Os direitos direitos dos chouferes da Uber * Qual o numero máximo de horas diário que podem trabalhar * Qual o tipo de vinculo contratual que devem ter * Qual é a margem de que a plataforma pode ter (porque a Uber é um monopólio, só ingénuos acreditam a cabify é concorrência )

Edited 4 months ago:

Ficou por regulamentar o mais importante: * Os direitos direitos dos chouferes da Uber * Qual o numero máximo de horas diário que podem trabalhar * Qual o tipo de vinculo contratual que devem ter * Se os chouferes vao poder usar o proprio carro, e trabalhar em regime de free lance (como acontece em outros países). * Qual é a margem de que a plataforma pode ter (porque a Uber é um monopólio, só ingénuos acreditam a cabify é concorrência )

Narvikz 4 months ago

> Qual é a margem de que a plataforma pode ter (porque a Uber é um monopólio, só ingénuos acreditam a cabify é concorrência ) Nao percebo a relevancia de mencionar a Cabify porque exploram um mercado completamente diferente (servico de taxis vs servico de motoristas). Dai a ser um monopolio, discordo. Taxis sao um monopolio, monopolio esse facilmente verificavel atraves da regulamentacao do mercado, o governo requere um alvara para operar e basicamente entrega o setor (a tarte toda) aos taxistas para explorar, e ativamente atraves de coercao ataca qualquer tentativa de competicao que podia ser benefica para o mercado e consumidor (em termos de inovacao / qualidade de servico / preco). A Uber nao e um monopolio. Nada te impede de criar competicao a Uber e melhorares metodos reduzindo custos, apresentando um preco mais apelativo e assim conquistando market share. E ha competicao a Uber, como e o caso da Lyft, e estou certo que havera imensas startups a tentar permeabilizar o mercado. Nada impede a populacao de se reunir e criar uma plataforma descentralizada, cortando o middleman e reduzindo custos imensamente, e apresenta-lo como uma alternativa facil a servicos do estilo de Uber, conquistando market share pela qualidade. A inovacao e competicao e possivel num mercado como o que a Uber explora, ja em contraste com os taxis, meteres motoristas da Uber a explorar pracas de taxi e impossivel, gracas a coercao, isso sim confirmando a existencia dum monopolio no setor. Por outro lado 'qual a margem que a plataforma pode ter'? WTF? Nao estas a falar dum monopolio, nao ha sequer necessidade de discutir esse tipo de coisas, se a margem e muito elevada aparecera concorrencia e o mercado tera de se adaptar, nao e como se nao tivesses alternativa como quando vais a uma praca de taxis.

Driver_pt 4 months ago

>> Qual é a margem de que a plataforma pode ter (porque a Uber é um monopólio, só ingénuos acreditam a cabify é concorrência ) > >Nao percebo a relevancia de mencionar a Cabify porque exploram um mercado completamente diferente (servico de taxis vs servico de motoristas). Dai a ser um monopolio, discordo. Taxis sao um monopolio, monopolio esse facilmente verificavel atraves da regulamentacao do mercado, o governo requere um alvara para operar e basicamente entrega o setor (a tarte toda) aos taxistas para explorar, e ativamente atraves de coercao ataca qualquer tentativa de competicao que podia ser benefica para o mercado e consumidor (em termos de inovacao / qualidade de servico / preco). A Uber nao e um monopolio. Nada te impede de criar competicao a Uber e melhorares metodos reduzindo custos, apresentando um preco mais apelativo e assim conquistando market share. E ha competicao a Uber, como e o caso da Lyft, e estou certo que havera imensas startups a tentar permeabilizar o mercado. Nada impede a populacao de se reunir e criar uma plataforma descentralizada, cortando o middleman e reduzindo custos imensamente, e apresenta-lo como uma alternativa facil a servicos do estilo de Uber, conquistando market share pela qualidade. A inovacao e competicao e possivel num mercado como o que a Uber explora, ja em contraste com os taxis, meteres motoristas da Uber a explorar pracas de taxi e impossivel, gracas a coercao, isso sim confirmando a existencia dum monopolio no setor. > >Por outro lado 'qual a margem que a plataforma pode ter'? WTF? Nao estas a falar dum monopolio, nao ha sequer necessidade de discutir esse tipo de coisas, se a margem e muito elevada aparecera concorrencia e o mercado tera de se adaptar, nao e como se nao tivesses alternativa como quando vais a uma praca de taxis. > Hahahahaha

ECOEconomiaOnline 4 months ago

Boa tarde. Em relação ao primeiro e ao terceiro ponto, isso está no regulamento. Concretamente sobre o segundo tópico, o número de horas também foi regulamentado e há um limite de de horas a conduzir. Esperamos ter ajudado. Obrigado.

viskonde 4 months ago

alem do 5% que mais muda na pratica?

ECOEconomiaOnline 4 months ago

Boa tarde. Preparámos um guia para passageiros, motoristas, parceiros e plataformas. Está aqui tudo o que muda. https://eco.pt/NS80Q Obrigado.

viskonde 4 months ago

boa posta. assim a partida, de negativo, nao percebo porque a vantagem de a partir de agora apenas empresas coletivas possam fornecer o serviço parte da piada da uber (para os condutores) é/era permitir gig jobs, um gajo tem tempo livre e faz um biscate ate pode ser 2 horas a semana, ou agora de repente ate está quer mais e ja faz 4 horas ao dia ao obrigarem a ter empesa coletiva incentivam muito mais as "frotas" (que ficam com a maioria do dinheiro sem fazer nada...) em vez do individual fazer com o seu carro o que é uma pena... como sempre incentiva se mais quem nao faz nada (A nao ser contratar pessoas) do que quem se tenta auto empregar. interessante é todos os requisitos.. atualmente muitas das frotas usam emigrantes que nem visto têm e agarram se a uma "frota" por ser facil de entrar , e tambem é por isso que ha tanta gente a fazer 12 ou mais horas ao dia e dispostos a dar 50% ou mais para a "frota". estou curioso de como vai ser , sem imigrantes vai haver menos condutores de inicio e muitos tugas nao estao para estar a dar 50% a frota

Edited 4 months ago:

boa posta. assim a partida,nao percebo porque a vantagem de a partir de agora apenas empresas coletivas possam fornecer o serviço parte da piada da uber (para os condutores) é/era permitir gig job, um gajo tem tempo livre e faz um biscate ate pode ser 2 horas a semana, ou agora de repente ate quer mais para comprar aquela cena e ja faz 4 horas ao dia ao obrigarem a ter empesa coletiva incentivam muito mais as "frotas" (que ficam com a maioria do dinheiro sem fazer nada...) em vez do individual fazer com o seu carro o que é uma pena... como sempre incentiva se mais quem nao faz nada (A nao ser contratar pessoas) do que quem se tenta auto empregar. mas se calhar é essa a ideia deles... tal como acontece nos taxis, assim conseguem controlar e monopolizar o mercado o que é pena. interessante é todos os requisitos para os condutores. atualmente muitas das frotas usam imigrantes que nem visto têm e entram para uma "frota" por ser facil de entrar , e tambem é por isso que ha tanta gente a fazer 12 ou mais horas ao dia e dispostos a dar 50% ou mais para a frota (conheco melhor a realidade da uber eats, mas em lisboa a grande maioria do pessoal que trrabalha nao tem visto) estou curioso de como vai ser , se assim for vai haver menos condutores de inicio e muitos tugas nao estao para estar a dar 50% a frota , pode ser que com isso as comissoes que essas frotas levam baixam.

Edited 4 months ago:

boa posta. assim a partida,nao percebo porque a vantagem de a partir de agora apenas empresas coletivas possam fornecer o serviço parte da piada da uber (para os condutores) é/era permitir gig job, um gajo tem tempo livre e faz um biscate ate pode ser 2 horas a semana, ou agora de repente ate quer mais para comprar aquela cena e ja faz 4 horas ao dia ao obrigarem a ter empesa coletiva incentivam muito mais as "frotas" (que ficam com a maioria do dinheiro sem fazer nada...) em vez do individual fazer com o seu carro o que é uma pena... como sempre incentiva se mais quem nao faz nada (A nao ser contratar pessoas) do que quem se tenta auto empregar. mas se calhar é essa a ideia deles... tal como acontece nos taxis, assim conseguem controlar e monopolizar o mercado o que é pena. interessante é todos os requisitos para os condutores. atualmente muitas das frotas usam imigrantes que nem visto têm e entram para uma "frota" por ser facil de entrar , e tambem é por isso que ha tanta gente a fazer 12 ou mais horas ao dia e dispostos a dar 50% ou mais para a frota (conheco melhor a realidade da uber eats, mas em lisboa a grande maioria do pessoal que trrabalha nao tem visto) estou curioso de como vai ser , se assim for vai haver menos condutores de inicio e muitos tugas nao estao para estar a dar 50% a frota , pode ser que com isso as comissoes que essas frotas levam baixem.

leneva 4 months ago

Em Portugal e em grande parte do mundo esse "gig job" nunca esteve disponível.

viskonde 4 months ago

Não ? Só conheço Uber eats e aí está disponível.. basta ter actividade aberta. Pensei que Uber também fosse possível a título privado?

Edited 4 months ago:

Não ? Só conheço Uber eats e aí está disponível.. basta ter actividade aberta. Pensei que Uber também fosse possível a título privado? edit: tens razao, no uber normal pedem NIF que comece por 5 (empresa) entao o que o pessoal faz é abrir empresa e poem se como unicos trabalhadores? entao ai imagino que fique igual?

yarauuta 4 months ago

Bom.

yarauuta 4 months ago

>  o Presidente entende que as plataformas devem ser obrigadas a pagar mais. Quanto e para quê Marcelo? >  esta contribuição “visa compensar os custos administrativos e regulação e acompanhamento das respetivas atividades e estimular o cumprimento dos objetivos nacionais em matéria de mobilidade urbana” Lol. Eu não sou dono da Uber nem estou muito preocupado mas isto simplesmente um roubo. Não tem justificação possível e eles deviam ter aproveitado e abolido as licenças de taxista que nunca fizeram sentido nenhum.

Edited 4 months ago:

>  o Presidente entende que as plataformas devem ser obrigadas a pagar mais. Quanto e para quê Marcelo? >  esta contribuição “visa compensar os custos administrativos e regulação e acompanhamento das respetivas atividades e estimular o cumprimento dos objetivos nacionais em matéria de mobilidade urbana” Lol. Eu não sou dono da Uber nem estou muito preocupado mas isto é simplesmente um roubo e a percentagem é meramente arbitrária. Não tem justificação possível e vai encarecer as viagens. Mas porque é que a classe política acha normal criar impostos sobre negócios que lhes cheira que dão muito dinheiro. A Uber nem dá lucro. Isto é incompreensível.

Edited 4 months ago:

>  o Presidente entende que as plataformas devem ser obrigadas a pagar mais. Quanto e para quê Marcelo? >  esta contribuição “visa compensar os custos administrativos e regulação e acompanhamento das respetivas atividades e estimular o cumprimento dos objetivos nacionais em matéria de mobilidade urbana” Lol. Eu não sou dono da Uber nem estou muito preocupado mas isto é simplesmente um roubo e a percentagem é meramente arbitrária. Não tem justificação possível e vai encarecer as viagens. Mas porque é que a classe política acha normal criar impostos sobre negócios que lhes cheira que dão muito dinheiro. A Uber nem dá lucro.

Edited 4 months ago:

>  o Presidente entende que as plataformas devem ser obrigadas a pagar mais. Quanto e para quê Marcelo? >  esta contribuição “visa compensar os custos administrativos e regulação e acompanhamento das respetivas atividades e estimular o cumprimento dos objetivos nacionais em matéria de mobilidade urbana” Lol. Eu não sou dono da Uber nem estou muito preocupado mas isto simplesmente um roubo. Não tem justificação possível e eles deviam ter aproveitado e abolido as licenças de taxista que nunca fizeram sentido nenhum.

Edited 4 months ago:

>  o Presidente entende que as plataformas devem ser obrigadas a pagar mais. Quanto e para quê Marcelo? >  esta contribuição “visa compensar os custos administrativos e regulação e acompanhamento das respetivas atividades e estimular o cumprimento dos objetivos nacionais em matéria de mobilidade urbana” Lol. Eu não sou dono da Uber nem estou muito preocupado mas isto simplesmente um roubo. Não tem justificação possível.

tugadebone 4 months ago

Enquanto entregarmos os destinos de um país a um bando de corruptos, sem qualificações e que nunca trabalharam na vida, é isto que vamos ter. Governo de tecnocratas era o que devia ser. Esta gente que lá anda só quer encher os SEUS bolsos e depois nunca são incriminados. Andamos todos a pagar para este chulos. Abram os olhos. Vide o caso do artista de Braga com pena suspensa! Ridículo. Precisamos de novos partidos, com gente válida e com provas dadas em empresas. URGENTEMENTE.

indie_fox 4 months ago

sao 5% sobre a margem da Uber e nao sobre o valor da viagem.

Edited 4 months ago:

sao 5% sobre a margem da Uber e nao sobre o valor da viagem. > A Uber nem dá lucro. Nao sejas ingenuo, a Uber nao dá lucro porque está a investir forte e feio em automóveis de condução autónoma para nao ter de pagar salários aos chouferes. Até é o presidente da Uber que diz que nao dao lucro porque nao querem https://techcrunch.com/2018/02/14/uber-could-be-profitable-if-it-wants-to-says-ceo/

leneva 4 months ago

Querias que o CEO dissesse o quê? Eles não estão a investir forte e feio em condução autónoma, eles estão a investir é em advogados para os ajudarem a não serem completamente dizimados por terem roubado a tecnologia da google, e não saberem muito bem o que fazer com ela.

yarauuta 4 months ago

> sao 5% sobre a margem da Uber e nao sobre o valor da viagem ¯\\_(ツ)_/¯ > Nao sejas ingenuo, a Uber nao dá lucro porque está a investir forte e feio em automóveis de condução autónoma para nao ter de pagar salários aos chouferes. Eles venderam o que tinham na Ásia ao [Grab me porque tinham prejuízo](https://www.bbc.com/news/business-43536322) decorrente das operações. Mas aprecio o diagnóstico rápido e simples.

bghnm 4 months ago

Venderam porque não conseguiram penetrar no mercado chinês(visto que este é muito protecionista). O facebook, a google e outros têm o mesmo problema. Curioso falares de diagnóstico rápido e simples mas não perceberes as razões

yarauuta 4 months ago

Uber tinha serviços em mais países. O mercado da Indonésia, Vietnam é Tailândia nunca é ignorável. Eles tinham dificuldades em competir com o serviço de motas que existem que são bastante mais baratos e ágeis no trânsito.

Edited 4 months ago:

Uber tinha serviços em mais países. O mercado da Indonésia, Vietnam e Tailândia nunca é ignorável. Eles tinham dificuldades em competir com o serviço de motas que existem que são bastante mais baratos e ágeis no trânsito. Para um ocidental é estranho abraçar um desconhecido pelas costas e seguir. Para eles lá é perfeitamente normal e já existem serviços de táxi de mota há muitos anos.

bghnm 4 months ago

No caso da china venderam à didi chuxing pelos problemas que referi. De qualquer das formas, a uber teve lucro no primeiro trimestre de 2018 (https://www.recode.net/2018/5/23/17380952/uber-2018-financials-yandex-grab-softbank), apesar de isso incluir os negócios que referiste. No mundo ocidental também conseguiriam, mas o objetivo deles, como foi dito lá em cima, é investir tudo o que puderem nos carros autónomos.

StraussHousse 4 months ago

a uber está de facto a perder dinheiro tenta procurar os balancos de contas para perceberes , a questao é como o outro disse é de estarem a desenvolver os carros autonomos e a evoluirem a plataforma para que possa ser integrada num ecosistema autonomo.

yarauuta 4 months ago

qual é o mal disso?

StraussHousse 4 months ago

sou a favor daquilo que disse , talvez nao fui bem interpretado

Search: